1sitebotafogo Sonhando com Leandro Damião, Corinthians perde Roger. O artilheiro foi para o Internacional
O futebol brasileiro nunca esteve tão carente de artilheiros.

Esta é a explicação pela renhida briga nos bastidores por Roger, atacante do Botafogo. Internacional e Corinthians protagonizaram um leilão pelo jogador que completará 33 anos em janeiro. Os dois atropelaram qualquer possibilidade que o time carioca nutria de manter o jogador.

A direção corintiana soube que Roger ficaria livre do seu contrato com o Botafogo em dezembro. E se antecipou. Procurou seus representantes. O atacante, que acabava de se recuperar de uma operação que retirou um tumor benigno do seu rim direito, se empolgou com a proposta. Ele receberia R$ 250 mil por um contrato de um ano, com a possibilidade de prorrogação, por mais um.

A sua certeza de que atuaria no Corinthians era tanta, que chegou a fazer exames médicos, de forma sigilosa, sábado, em Campinas.

Mas surgiu algo que mudou a postura da direção corintiana. Roberto de Andrade recebeu um sinal de pessoas ligadas à Doyen Sports, dona do jogador, que ele pode trocar o Internacional pelo Parque São Jorge. Andrade mandou suspender por 'alguns dias' a transação com Roger.

Foi quando a cúpula do Internacional deu o troco. Sabendo da possibilidade real de perder Leandro Damião, resolveu 'fechar' com Roger. A proposta é de R$ 300 mil mensais, com dois anos de contrato, com a possibilidade de um terceiro.

O atacante, que ficou muito irritado com a postura corintiana, não pestanejou. Fiel à diretoria botafoguense, levou a proposta gaúcha. E não houve como o time carioca segurar seu artilheiro e líder do elenco.

E Roger atuará no Internacional.

1vipcomm Sonhando com Leandro Damião, Corinthians perde Roger. O artilheiro foi para o Internacional

O Corinthians segue negociando com Leandro Damião. Renato Duprat, homem que trouxe a problemática MSI, quer voltar a negociar com o clube. É ele quem representa a Doyen no Brasil. A vontade do empresário pode facilitar a transação.

Tudo isso está acontecendo por dois motivos. Já está mais do que comprovado que Kazim não tem futebol para ser o atacante principal do time. Nem como reserva imediato de Jô.

E porque, apesar do discurso do atacante que ficaria de qualquer maneira em 2018, empresários ligados ao Napoli ofereceram a Jô a possibilidade de jogar no futebol italiano. Ele iria por um período de um ano. Seria uma contratação tampão. O atacante e ídolo, o polonês Milik sofreu uma operação no joelho direito. E só deverá voltar a atuar em março de 2018. Jô teria a chance de ocupar sua vaga. Além disso, Giuliano Bertolucci e Kia Joorabchian receberam sondagens de clubes chineses e do Leste Europeu pelo jogador.

Jô diz que sonha ainda disputar a Copa do Mundo da Rússia. Por isso queria aproveitar os primeiros meses no Corinthians, para tentar convencer que ele é o reserva ideal de Gabriel Jesus. Só que as sondagens podem fazê-lo mudar de ideia. Principalmente se houver uma 'proposta irrecusável'.

Por isso, o Corinthians não quer ficar na mão.

4sitegremio Sonhando com Leandro Damião, Corinthians perde Roger. O artilheiro foi para o Internacional

E busca um novo artilheiro.

No mínimo para se revezar com Jô.

Daí, a busca por Leandro Damião.

Roger já acertou sua 21ª troca de clube, em 14 anos de carreira.

É jogador do Internacional.

Não quis ficar à disposição do Corinthians.

Agora, Roberto de Andrade monitora a situação de Fernandinho.

Ele tem contrato até dezembro com o Grêmio.

E a proposta corintiana nas mãos para 2018...
 Sonhando com Leandro Damião, Corinthians perde Roger. O artilheiro foi para o Internacional

http://r7.com/lC4l