136 Se Cuca for demitido do Palmeiras, não ficará desempregado. Seu nome já é muito cogitado no Atlético Mineiro. Campeão da Libertadores, deixou saudades. Menos para Marcos Rocha e Luan...
Cuca pode ter certeza.

Se sair do Palmeiras, não ficará na fila do desemprego.

Em Belo Horizonte, seu nome é mais que comentado.

Para um retorno ao Atlético Mineiro, em 2018.

O grupo de Alexandre Kalil segue dominando o clube. Fará o próximo presidente, com mandato de 2018 a 2021. Para o mandatário poder focar na construção da nova arena atleticana, há a necessidade de um treinador que tenha aceitação dos conselheiros, da torcida, da imprensa.

E o nome de consenso é o de Cuca.

Se ele estiver livre.

Ex-vice-presidente, ex-assessor pessoal e amigo íntimo de Kalil, Sérgio Sette Câmara deverá ser o candidato da situação. Daniel Nepomuceno não estaria disposto a concorrer pela reeleição. Mesmo montando times caríssimos, o resultado nacional e internacional foi fraquíssimo. Daí Sette Câmara ser o favorito para disputar a presidência.

E seria o seu desejo ter Cuca de volta.

619 Se Cuca for demitido do Palmeiras, não ficará desempregado. Seu nome já é muito cogitado no Atlético Mineiro. Campeão da Libertadores, deixou saudades. Menos para Marcos Rocha e Luan...

O atual treinador, Rogério Micale, não é levado em consideração. A não ser que faça milagre, o técnico campeão olímpico deverá sair do clube no final de seu contrato, em dezembro. Com ele, o time foi eliminado da Libertadores, contra o boliviano Jorge Wilsterman em pleno Mineirão. A equipe ocupa a 13ª colocação do Brasileiro.

Se Cuca voltar ao Atlético, dois jogadores não ficarão.

Marcos Rocha e Luan.

Eles não suportam sequer ouvir falar no técnico.

A imprensa mineira já antecipa até o conflito.

E alimenta a certeza que o campeão da Libertadores voltará.

Uma coisa é certa.

O prefeito Alexandre Kalil adora Cuca...

http://r7.com/8ITH