11 São Paulo humilha seu torcedor. Faz campanha de mau gosto para tentar encher o Morumbi. Dirigentes se esquecem do apoio que receberam nos últimos anos. Mesmo com vexames e mais vexames...
De extrema infelicidade, mau gosto a nova campanha de marketing do São Paulo. Feita com a aprovação, lógico, do presidente do São Paulo. A diretoria usou o twitter oficial do clube para uma provocação. Truque simplório de aluno faculdade.

Em cima de uma montagem de Calleri, autor de quatro gols ontem contra o Trujillanos. Foi colocada a colocada a pergunta: "Cadê você, aí no sofá?".

O diretor de marketing, Vinicius Pinotti, poderia responder. Não foi ele quem, com seus R$ 12 milhões, colocou Centurión no clube? E ganhou um cargo na diretoria, do ex-presidente Carlos Miguel Aidar? Ao dar emprestar o dinheiro para a contratação e assumir posição na cúpula do clube, fica muito difícil para qualquer treinador não escalar o jogador. Por pior que ele esteja. E o prejudicado é o próprio São Paulo cada vez que ele joga.

Pinotti e seu departamento cobra o 'torcedor de sofá'. Como se ele não soubesse que as últimas diretorias têm envergonhado os são paulinos. Com elencos montados por presidentes, que pensavam ser melhores do treinadores europeus, quando não passavam de enganados por empresários espertos. Eles cansaram de apresentar jogadores muito ruins e caros como se fossem os mais talentosos. Tomaram Alan Kardec e Wesley do Palmeiras, a peso de ouro, por exemplo.

Não bastasse isso, houve os escândalos. Dignos de polícia. Alguém se lembra do caso Iago? Ainda no mandato de Aidar, presidente amigo de Vinicius Pinotti? O jogador foi comprado do Criciúma por R$ 400 mil. E dois dias depois de registro no Monte Cristo, clube da Terceira Divisão de Goiás, repassado ao Morumbi por R$ 2 milhões. Quem foi o intermediário? A empresa Itaquerão Soccer. Especializada em venda de coco verde.

212 São Paulo humilha seu torcedor. Faz campanha de mau gosto para tentar encher o Morumbi. Dirigentes se esquecem do apoio que receberam nos últimos anos. Mesmo com vexames e mais vexames...

A comissão de R$ 18 milhões pela chegada da Under Armour como a empresa fornecedora de material esportivo. O dinheiro deveria ser pago a uma empresa, a Far East Trading Global. No paraíso fiscal de Hong Kong. Depois que os conselheiros descobriram o valor absurdo de comissão, o empresário Jack Banafsheha, simplesmente teria abdicado de receber. Alguém vira as costas para tanto dinheiro, acertado por contrato, e ninguém acha estranho?

O vice de futebol esmurra e tenta esganar o presidente. O motivo, ele ter recebido uma proposta indecente. Rachar a comissão da contratação de um jogador. Gustavo, da Portuguesa. Cada um ficaria com R$ 100 mil. Flagrado, o presidente afirma que seu vice estava sem falido e decidiu ajudá-lo. Dando dinheiro de quem? Seu, mas apenas iria falar que era do São Paulo. Ah, bom...

 São Paulo humilha seu torcedor. Faz campanha de mau gosto para tentar encher o Morumbi. Dirigentes se esquecem do apoio que receberam nos últimos anos. Mesmo com vexames e mais vexames...

Ataíde Gil Guerreiro grava uma conversa com Aidar. Só falam sobre corrupção. E o chantageia. Mandando um e-mail, dizendo que, se não renunciasse, tornaria tudo público. Este blog publica o e-mail secreto. Sem saída, Aidar renuncia. E Ataíde continua vice de futebol do novo presidente Leco. Conselheiros se revoltam por ele não ter levado a denúncia contra Aidar para o Conselho Deliberativo. Foi preciso vazar seu e-mail pelo blog para tudo ficar esclarecido.

Ataíde deixa o futebol. Mas, para a surpresa generalizada, continua na diretoria. Agora virou diretor de relações institucionais. Por que Leco fez questão de mantê-lo ao seu lado? Ninguém sabe.

36 São Paulo humilha seu torcedor. Faz campanha de mau gosto para tentar encher o Morumbi. Dirigentes se esquecem do apoio que receberam nos últimos anos. Mesmo com vexames e mais vexames...

Aliás, como havia prometido ao assumir, os escândalos do Morumbi foram abafados. Leco falou muito claro nos discursos de posse que 'os problemas do São Paulo ficaria com o São Paulo'. E ninguém foi punido com tudo o que aconteceu no período de Aidar presidente.

O marketing do São Paulo dá um tapa na cara do seu torcedor. E faz de conta que se esquece dos vexames que o time fez o apaixonado pela camisa tricolor passou. 6 a 1 para o Corinthians no Itaquerão no final do ano passado. Foi eliminado do Paulista e da Copa do Brasil pelo Santos. Tem montado equipes pouco competitivas, frustrantes.

O terceiro e derradeiro Mundial faz 11 anos. Como a conquista da Libertadores. O Brasileiro faz oito. Paulista, 11. A Sul-Americana, de 2012 foi o título mais recente.

Mesmo sem motivo, o clube cobrava ingressos caríssimos. Os dirigentes não tiveram competência para aproveitar a Copa do Mundo. Não mantiveram o Morumbi como sede da Copa. O estádio ficou velho, obsoleto em relação às arenas dos rivais Palmeiras e Corinthians.

47 São Paulo humilha seu torcedor. Faz campanha de mau gosto para tentar encher o Morumbi. Dirigentes se esquecem do apoio que receberam nos últimos anos. Mesmo com vexames e mais vexames...

Em todos os sentidos, a incompetência de quem comanda o São Paulo mandou os torcedores para o sofá. E mesmo assim, com grande audiência, foi garantida a segunda melhor cota de televisão em terras paulistas. Melhor que Palmeiras e Santos.

Mas o departamento de marketing fez questão de reverter a realidade.

Humilhar o torcedor porque a partida contra o Trujillanos levou o segundo pior público da história do São Paulo, na Libertadores. 18.561 pagantes. Por que não valorizá-los?

Será que Pinotti se lembra dos 26.467 pagantes que foram ao Pacaembu, pagaram 1.596.990,00, para ver o clube humilhado. Perder para o Strongest, há dois meses. Depois de 34 anos, os bolivianos venciam fora de sua casa pela segunda vez na Libertadores.

 São Paulo humilha seu torcedor. Faz campanha de mau gosto para tentar encher o Morumbi. Dirigentes se esquecem do apoio que receberam nos últimos anos. Mesmo com vexames e mais vexames...

A diretoria do São Paulo não deveria ridicularizar seu torcedor.

Mas pedir perdão pelos vexames e vergonha que o faz passar.

Essa campanha para promover o jogo contra o River Plate é bizarra.

E explica muito bem.

Não foi o grande São Paulo que encolheu.

Mas a competência dos seus dirigentes.

Explicável.

Qualquer milionário pode trocar jogador ruim por um cargo.

A decadência da cúpula do São Paulo não tem limite...
 São Paulo humilha seu torcedor. Faz campanha de mau gosto para tentar encher o Morumbi. Dirigentes se esquecem do apoio que receberam nos últimos anos. Mesmo com vexames e mais vexames...

http://r7.com/Ox1e