O Sexto Sentido São Paulo e Santos. Quem acredita que o jogo não vale nada?

Dia de ver quem vai cumprir a  palavra.

A diretoria do São Paulo garante que não vai demitir Ricardo Gomes.

Nem que  o time perca de '10 a 0' para o Santos.

Grato, Ricardo Gomes prometeu que o seu time será outro.

Terá raça, garra.

Não existirá apatia.

Ele mesmo não ficará parado como a estátua da Liberdade no banco de reservas.

Ele promete até dar dois ou três gritos de incentivo.

Não importa se com time misto, titulares ou dentes-de-leite.

Até porque, quarta-feira começam as semifinais da Libertadores contra o Internacional.

Há que se ter o mínimo de confiança contra os gaúchos.

Dorival Júnior jurou ao presidente Luís Álvaro que já domou o surto.

E  as três derrotas serão esquecidas.

Seus jogadores vão esquecer das propostas da Europa...

Vão parar com brincadeiras estúpidas de garotos de 10 anos...

E irão se concentrar para vencer o clássico e a Copa do Brasil.

Depois, quem tiver de sair, vai sair...

O dirigente adiou a idéia de afastar jogadores já negociados, como André.

Há duas certezas no clássico da Vila Belmiro.

Alguém não sairá inteiro.

E promessas não serão cumpridas...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/EtDx