São Paulo comemora ‘punição’ pelo vexame da final da Sul-Americana. Em vez do Morumbi, jogará no Pacaembu. E nada aconteceu com o Tigre. Essa é a verdadeira Conmebol. Não a que puniu o Corinthians pela morte do menino Kevin…

reproducao11 São Paulo comemora punição pelo vexame da final da Sul Americana. Em vez do Morumbi, jogará no Pacaembu. E nada aconteceu com o Tigre. Essa é a verdadeira Conmebol. Não a que puniu o Corinthians pela morte do menino Kevin...

A direção do São Paulo não vai protestar.

Nada de escândalo e coletivas da diretoria.

Muito pelo contrário.

Houve um grande alívio com a determinação da Conmebol.

A punição pelo vexame da final da Copa Sul-Americana foi branda demais.

Apenas a proibição de jogar contra o Atlético Mineiro no Morumbi.

O confronto, no entanto, poderia acontecer em qualquer estádio paulista.

E, tranquilamente, o Pacaembu foi reservado para o dia 17 de abril.

No mais, dinheiro.

R$ 200 mil para o São Paulo e R$ 200 mil para os argentinos.

E a vida segue.

Essa é a velha e covarde Conmebol.

O que houve no Morumbi mereceria punição exemplar.

Nada que se compare à morte de Kevin Beltrán em Oruro.

Ainda bem.

Mas foi amador, tosco demais o que aconteceu no dia 13 de dezembro de 2012.

Em plena decisão da Copa Sul-Americana no Morumbi.

O Tigre perdia para o São Paulo por 2 a 0 no primeiro tempo.

Os argentinos estavam dominados.

Tudo indicava uma goleada do time paulista.

Irritados, eles descontavam sua raiva em cima de Lucas.

Foram pontapés e ameaças constantes durante a etapa inicial.

No intervalo, o atacante desabafou, provocando jogadores argentinos.

A confusão foi grande ainda no gramado.

Tudo ficou pior quando os times desceram em direção ao vestiário.

Houve uma briga generalizada entre o Tigre e seguranças do São Paulo.

Inadmissível ter pontos cegos no estádio.

Justo no corredor que leva a equipe adversária para seu vestiário.

Foi lá que houve a briga.

Não foi filmada porque não havia câmeras, os tais 'pontos cegos'.

O São Paulo mereceria uma grande punição.

As câmeras na entrada do vestiário do visitante servem como segurança aos adversários.

O conflito foi feio, com direito até a mancha de sangue na parede.

Sem imagem, as versões são completamente diferentes.

Os argentinos dizem que foram atacados pelos seguranças brasileiros.

E a direção do São Paulo jura que jogadores rivais iniciaram o confronto.

Resultado: o Tigre se recusou a voltar para disputar o segundo tempo.

A decisão da Copa Sul-Americana durou 45 minutos.

Um vexame internacional.

Mais de cem países assistiram ao vivo esse vexame sul-americano.

A direção da Conmebol avisou que tomaria decisões enérgicas.

Houve uma campanha fracassada na Argentina para que o jogo fosse anulado.

O presidente da CBF, José Maria Marin, avisou Juvenal Juvêncio para se tranquilizar.

Não haveria nova partida.

A notícia foi antecipada no blog.

Mas ele estava preocupado em relação ao Morumbi.

Só que o tempo passou e a revolta foi acalmando.

Tudo poderia ter ficado até só nas advertências.

No pedido de colocação de câmeras nos pontos cegos do Morumbi.

Mas a morte de Kevin Beltrán em Oruro precipitou as coisas.

A direção corintiana ficou revoltada com a forte punição preventiva.

Com a determinação de jogos de portões fechados como mandante até o final da Libertadores.

Além do apelo para a mudança da decisão, houve a cobrança em relação ao São Paulo.

Como a cúpula da Conmebol só age diante de pressão, determinou a punição.

E ela veio, branda, sem força, política como é a marca registrada dos conflitos no futebol da América do Sul.

É de envergonhar a simples transferência do jogo contra o Atlético do Morumbi para o Pacaembu.

Diante do aborto da decisão da segunda competição sul-americana mais importante.

A direção do São Paulo vai se dizer injustiçada.

Mas só para inglês ver.

Não tomará qualquer providência.

Jogará no Pacaembu, feliz da vida.

Diante desse quadro, fica claro que os corintianos não precisam se desesperar.

A covarde Conmebol não terá força política para manter a decisão.

O clube não ficará até o final da Libertadores sem sua torcida.

Como sempre fez, a entidade deverá deixar tudo se acalmar.

E depois de um ou dois jogos com o Pacaembu fechado, a situação deve se reverter.

Quando diminuir a revolta com a morte do menino Kevin.

Assim que as coisas acontecem deste lado do mundo.

A injustiça é velha frequentadora da Conmebol.

Toma chá com bolachas com Nicoláz Leoz, o paraguaio de 84 anos.

Presidente há 26 anos, se tornou vitalício no ano passado.

Ele só deixa o cargo morto.

Até o papa Bento 16, um ano mais velho, renunciou.

Mas Leoz, não.

Não abre mão do seu 'direito divino'.

Esta postura é ironizada na Europa.

Nicoláz é especialista em contemporizar, fazer política.

Suas decisões costumam agradar às confederações mais poderosas.

A esse homem está entregue o controle do futebol na América do Sul.

Graças a ele o São Paulo comemora a sua 'punição'.

E nada aconteceu ao Tigre, que abandonou a final.

O revoltado Corinthians tem razão para se animar.

É assim que o futebol da América do Sul é comandado...

a311 São Paulo comemora punição pelo vexame da final da Sul Americana. Em vez do Morumbi, jogará no Pacaembu. E nada aconteceu com o Tigre. Essa é a verdadeira Conmebol. Não a que puniu o Corinthians pela morte do menino Kevin...

54 Comentários

"São Paulo comemora ‘punição’ pelo vexame da final da Sul-Americana. Em vez do Morumbi, jogará no Pacaembu. E nada aconteceu com o Tigre. Essa é a verdadeira Conmebol. Não a que puniu o Corinthians pela morte do menino Kevin…"

23 de February de 2013 às 09:49 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Cristiano
    - 25 de fevereiro de 2013 - 00:09

    Não me surpreende essa decisão "bizarra" e "patética" aplicada ao SPFC. Tirar o jogo do Morumbi e levar ao Pacamebu ??? Então deixa no Morumbi mesmo. Além disso, o Presidente da Conmebol é Sãopaulino assumido. Então, qual a suroresa com essa "punição" ??? Vamos estar bastante atentos ao que a Conmebol irá decidir amanhã com relação ao Corinthians e esperamos A MESMA MEDIDA DE JUSTIÇA. E se manterem a punição, sou a favor da Diretoria do Corinthians tirar o time da Libertadores.

    Responder
  • leandro matias
    - 24 de fevereiro de 2013 - 13:14

    Cosmi tudo bem,sabe alguma contratacao em vista do sao paulo

    Responder
  • sergiovisk
    - 24 de fevereiro de 2013 - 12:18

    Conmebol usa os mesmos critérios das femininas: "A CULPA É SEMPRE DO HOMEM", indpependentemente do caso. No caso em questão, "A CULPA È SEMPRE DOS TIMES BRASILEIROS". Se os jogadores ou torcedores dos times brasileiros aprontam lá fora, a responsabilidade é dos times brasileiros, que não conseguiram "segurar" seus jogadores/torcedores. Mas se os jogadores/torcedores dos times "hermanos" aprontam por aqui, a culpa TAMBEM é dos times brasileiros, por não garantirem a segurança e o controle do espetaculo. Conmebol é um orgão totalmente controlado pelos argentinos, a proximidade de buenos aires mostra que eles sempre estão instigando e usando a força politica deles pra beneficia-los e prejudicar os times brasileiros.

    Responder
  • Josiel
    - 24 de fevereiro de 2013 - 10:34

    Mudar do Morumbi para o Pacaembu, grande punição!!!! O Corinthians será campeão com a torcida apoiando, pra desespero das loucas...

    Responder
  • tone timao
    - 24 de fevereiro de 2013 - 02:37

    com tudo isso os sao paulinos ainda querem ter moral pra falar do corinthians.. esse bando de selvagems q espancaram o time do tigre jogando em casa como mandante do jogo pra puder ser campeões no apito, com direito a jogo só de primeiro tempo e tudo... depois querem dar lição de boa conduta ao corinthians. voces diviam ter era vergonha seus bandidos! bambis safados, voces é que deviam ser excluidos de todas as competições da comebol isso sim.

    Responder
  • Charles Costa
    - 23 de fevereiro de 2013 - 23:58

    Fiel 23/02/2013- 07h33. Como um bom corintiano que vc aparenta ser, conhece muito pouco da história do SPFC, e pelo jeito desconhece profundamente a história de seu clube, vc não pode falar do que não tem certeza ou do que ouviu falar, tem que ter provas. Se fomos listar clubes que tem falhas, erros e etc, TODOS terão, pois são presididos por humanos e TODOS os humanos são falhos e tendem ao erro. Seu clube por exemplo tem um PAI conhecidíssimo EX PRESIDENTE LULA, que fez, faz e vai fazer o (im)possível para favorecer o seu clube do coração. Se fomos levar pelo lado obscuro. Então amigos, vamos ser coerentes e parar de fingir sermos idiotas, o futebol está repleto de SUJEIRA, acabou o tempo do AMOR ao clube, tudo se resolve na ganância do DINHEIRO. O nosso clube não está preocupado se vc está desempregado, passando necessidades e outras coisas mais, o que eles querem é o teu DINHEIRO, quanto mais FANÁTICO melhor. Não estou aqui dizendo para vcs abandonarem seus clubes, mas não vale a pena estas discussões que não levam a NADA. Iremos ter uma COPA em breve, poucos trocariam esta COPA por mais ESCOLAS, HOSPITAIS, SEGURANÇA, REDUÇÃO DA MISÉRIA onde temos muitas crianças morrendo de fome pelos sertões deste nosso BRASIL, mas isto não é noticiado pq o que importa é esta INFELIZ COPA DO MUNDO. Vamos acordar amigos, estamos muito preocupados com nossos clubes e esquecendo que os nossos filhos estarão aqui neste Brasil, onde tudo que "eles" querem é que NÃO VEJAMOS O QUANTO ESTAMOS SENDO ROUBADOS EM TODOS OS SENTIDOS DURANTE UM SIMPLES PARTIDA DE FUTEBOL. Paz a todos. Cosme, Abraços.

    Responder
  • Rones
    - 23 de fevereiro de 2013 - 23:48

    Ao hipócrita torcedor Fiel (04h44): Se o SP é sujo, o que é o seu timeco então??? Esteve envolvido com a máfia russa, MSI, lavagem de dinheiro, investigação da polícia federal, o cara de mixirica, amigo de gangster está envolvido até a unha do pé com o bandido Ricardo Teixeira. Se utilizam de dinheiro público pra construir estádio, dinheiro do mensalão do PT. Perdeu uma grande chance de ficar quieto!

    Responder
  • Betas
    - 23 de fevereiro de 2013 - 20:29

    E os clube do Mexico que abandonaram em 2009 por causa da gripe suina e os Bambi nem precisou jogar o mata mata e em 2010 is clubes Mexicanos voltaram nas Mexicanos enters ram nas oitavas

    Responder
  • Fiel
    - 23 de fevereiro de 2013 - 19:33

    Você ai que tem nome de mordomo de propaganda de papel higiênico, Josè Alfredo: Quem colocou no post que o são paulo está comemorando a pena reduzida, que inclusive o time possa jogar no Pacaembu. Que chama a Conmebol de vergonhosa. Que diz que o ultrapassado morumbi tem pontos cegos, foi o Cosme em seu post. Eu apenas concordei e dei minha opinião. . Agora, se você não consegue ler verdades sobre seu clube que é o mais sujo do Brasil (Falido duas vezes) Então talvez deva acompanhar outro esporte. Talvez xadres lhe faça bem. E aqui ninguém está comparando a gravidade de cada caso e sim o beneficio que gerou praticamente a impunidade com a qual seu clube se beneficiou, e se beneficia de maneira estranha durante toda história suja do seu clube. Basta ver que que o próximo candidato a presidência do são paulo é ou era o Aurélio Miguel. Realmente um candidato a presidente, a altura do seu clube. Seria o continuismo de uma longa história de homens de bem de fachada. E antes que eu me esqueça, trouxa é você que precisa ofender uma pessoas com xingamento apenas porque não concorda com sua opinião, trouxa e cego, que não vê o que seu clube apronta.

    Responder
  • Fred-Timão
    - 23 de fevereiro de 2013 - 19:18

    São Paulinos dizem que os argentinos que foram até o vestiario do sp, para brigar, e que tem um longo corredor entre os dois vestiarios, agora eu pergunto: As manchas de sangue nas paredes e portas quebradas estavam onde? no corredor? no vestiario do sp? Ou no vestiario do time visitante? É obvio que a diretoria do sp mandou o seguranças darem uma coça nos jogadores argentinos. Uma tipica ação do clube ligado a ditadura, que faz uso de tocaias e armadilhas longe das cameras. Não foi a 1° vez que o sp usa de artimanhas violentas. Como a construção de um muro afunilando a passagem dos torcedores visitantes, Proibição das equipes rivais reconhecerem e fazer aquecimento no gramado do morumbi, fazer discordia com o flamengo, internacional, Corinthians, atletico paranaense, dar ingressos do show da Madona para arbitro que apitou uma final envolvendo o sp, vazar video de reunião do clube dos 13, sem contar os inumeros aliciamentos de jogadores de base de outros clubes. Um clube que tem nas suas raizes o envolvimento com torturadores e generais , na epoca da construção do morumbi, quando estavam construindo as pontes que passam em cima do rio Pinheiros de 10 caminhões de cimento 9 eram desviados para a contrução do estadio. E agora agem como moralistas.

    Responder
1 2 3 4 5