Santos torce para que Barcelona, Real Madrid e Bayern usem sua revolucionária estratégia. Consultem garçons e taxistas para contratar zagueiros. Aí, Fabian Noguera já terá destino certo. A Europa...

24 de junho de 2017.

O futebol foi criado, com suas regras básicas na Inglaterra, em 1863.

No Brasil, Charles Miller teria trazido o esporte, em 1894, em São Paulo.

Mas há registros de jogos no Rio de Janeiro, em 1874.

O profissionalismo no mundo começou em 1885, na Inglaterra.

No Brasil, desde 1910, há relatos de jogadores recebendo dinheiro.

Mas o profissionalismo de verdade, só em 1933.

Esse minúsculo preâmbulo serve para demonstrar o quanto o futebol deste país ainda pode ser amador. Na verdade, é uma homenagem à escalação do zagueiro santista, Fabian Noguera.

O jogador de 24 anos atuava no Banfield.

No dia 6 de junho, desembarcou no Santos.

O então treinador Dorival Júnior não sabia quem era. Não o havia pedido. E ficou irritadíssimo quando soube que teria de integrar o atleta no elenco santista. Era ordem direta do presidente Modesto Roma.

E por que o dirigente estava tão firme, autoritário? Desejava de qualquer maneira que Fabian fizesse parte do plantel? Por inteira confiança no empresário Luiz Taveira. Afinal, ele é o intermediário predileto de Roma. Foi o responsável pelas chegadas de Bruno Henrique, Cleber, Ricardo Oliveira, Rodrigão, Copete, Emiliano Vecchio, Vladmir Hernandéz.

Cada presidente de clube tem o seu agente preferido.

Taveira é o de Modesto.

Mas se Dorival Júnior já estava revoltado com a imposição de Fabian Noguera, tudo ficaria muito pior com a demonstração de amadorismo que levou o argentino até a Vila Belmiro. Algo que chocaria os dirigentes de futebol antes do profissionalismo começar a ser adotado neste país.

Luiz Taveira havia viajado até a Argentina para contratar Oliver Benítez, que atuava no Gimnasia Y Esgrima. Mas o preço do jogador era de R$ 2 milhões e o Santos não estava querendo investir tanto. Foi quando começou a conversar com taxistas e com garçons dos restaurantes onde ia almoçar e jantar. E ouviu ótimas indicações de Fabian Noguera. Tratou de procurá-lo no Banfield e se animou ao saber que estava no final de contrato. E o trouxe 'de graça'.

5reproducao5 Santos torce para que Barcelona, Real Madrid e Bayern usem sua revolucionária estratégia. Consultem garçons e taxistas para contratar zagueiros. Aí, Fabian Noguera já terá destino certo. A Europa...

Confirmou essa história em conversas pelo aplicativo whatsapp. Sua confissão chegou até conselheiro santistas que ficaram revoltados. Modesto Roma assinou contrato com o jogador até 2021. O dirigente não teve como fugir da confirmação. O seu empresário predileto havia contratado um jogador graças a taxistas e garçons.

Eis o relato de Taveira.

"Fui para contratar o Benitez, zagueiro canhoto. Cheguei à Argentina e pediram 2 milhões de dólares. Fiquei mais dois dias e fui com o jogador almoçar. No restaurante, entrei e ninguém o conhecia. Dei um tempo, levantei e falei com o garçom. Perguntei se conhecia o jogador. Disse que não. Perguntei quem era bom. Ele falou: "fulano, ciclano e o menino do Banfield, o Noguera", que inclusive foi indicado pelo procurador do Ricardo Oliveira, o Augusto Castro.

"Está brigado com o Banfield e tem propostas. Eu fui para a Argentina cinco vezes. Em todas eu perguntava para taxista, jornaleiro e todos falavam do Noguera. Vi dois coletivos dele. Achei ele seguro, firme. O futebol argentino é diferente, mais pegado. Achei bom e era muito mais barato que o Benitez.

"Na realidade não houve um comunicado direto ao Dorival. Essa é a realidade. Comuniquei ao Dagoberto (dos Santos, gerente de futebol), entendeu? Em uma das reuniões o Conforti (vice-presidente) estava junto. Então, depois de cinco vezes, dois meses indo para a Argentina, optou-se por fazer a contratação do Nogueira. Passaporte europeu, 23 anos, 1,93m, um jogador de boa estatura. E o Oliver Benitez ninguém... aí comecei a perguntar mais do Benitez e ninguém recomendou. Mas todos falavam o nome de um zagueiro do Boca, do Estudiantes e o nome do Noguera.

"Então, foi assim. Vi dois coletivos e gostei. Indiquei. Disse: "Olha, é mais barato, entendeu, porque é com ele que tem de acertar. E tem passaporte europeu. Acho que pode dar certo". Mas na realidade não foi um pedido do treinador. Levei até uma bronca por causa disso do treinador. Mas tinha comunicado à diretoria, à presidência e no fim ele está aí. Mas vou me encarregar, vou levá-lo à Europa no meio do ano, nessa janela, se Deus quiser. E o Santos vai conseguir ter lucro com ele."

2reproducao10 Santos torce para que Barcelona, Real Madrid e Bayern usem sua revolucionária estratégia. Consultem garçons e taxistas para contratar zagueiros. Aí, Fabian Noguera já terá destino certo. A Europa...

Dorival ficou ainda mais irritado. E seguiu sem escalar o jogador. Foi um dos inúmeros motivos de desgaste com Modesto Roma.

Enquanto isso, Fabian treinava.

E mal.

Não bastasse, ele entrou no amistoso contra o time marroquino Kenitra, no Pacaembu, no dia 28 de janeiro. E na tranquila goleada do Santos por 5 a 1, ele falhou no gol dos gregos. O repórter do globoesporte.com, Lucas Musetti, escreveu no seu twitter que o jogador havia sido o responsável pelo gol sofrido pelo time brasileiro.

Bastou.

Mal acabou o amistoso e o zagueiro chamou Musetti. Queria conversar em um canto próximo das escadas que ficam atrás do Tobogã. Longe de todos. Mal chegaram no lugar afastado, o jogador agarrou o repórter pela gola da camisa. E o ameaçou.

"Quem paga você para falar mal de mim? Eu vou te acompanhar e se você continuar falando mal de mim, a conversa vai ser pior."

3reproducao5 Santos torce para que Barcelona, Real Madrid e Bayern usem sua revolucionária estratégia. Consultem garçons e taxistas para contratar zagueiros. Aí, Fabian Noguera já terá destino certo. A Europa...

Após a ameaça, o jornalista registrou um Boletim de Ocorrência contra o jogador.

A Aceesp, Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo, publicou uma nota de repúdio à atitude do jogador. A diretoria santista não se manifestou. Agiu como se nada houvesse acontecido.

A postura da direção do clube deu legitimidade à agressão, à intimidação. Talvez Taveira tenha ouvido dos garçons e taxistas que Fabian gosta de ameaçar jornalistas que o critiquem. Até porque não ficou confirmado que há um organismo como o Fundo Monetário Internacional ou o Banco Mundial pagando a repórteres, só para falar mal de Noguera.

Fabian seguiu na reserva da reserva com Dorival.

E logo na quatra partida de Levir Culpi, hoje, contra o Sport, quem estará em campo? Noguera.

Ele que era sétima opção para a zaga, será titular.

A janela para a Europa está aberta.

Quem sabe dirigentes do Barcelona, do Bayern, do Real Madrid, do Chelsea também ouçam sugestões de taxistas e garçons argentinos? E contratem o zagueiro que Taveira levou para a Vila Belmiro? Quem sabe.

O que é certo: a partida de hoje será de alto risco.

Mas para os repórteres.

Que ninguém se atreva a falar mal de Fabian Noguera.

Ou então, que vão ao trabalho com suas piores camisas.

Por via das dúvidas, para economizar tempo, uma dica.

http://www.ssp.sp.gov.br/bol.

Este é o endereço para registrar Boletim de Ocorrência em São Paulo...
522 Santos torce para que Barcelona, Real Madrid e Bayern usem sua revolucionária estratégia. Consultem garçons e taxistas para contratar zagueiros. Aí, Fabian Noguera já terá destino certo. A Europa...

http://r7.com/9sNI