divulgação843 Ronaldo não joga contra o Santos. Cadê a novidade?

Sábado à noite, festa dos 34 anos no sofisticado bar Cortez.

Brincou de jogar golfe com Sabrina Sato.

Ela sugeriu um esporte menos estressante.

Talvez por acaso o mais difundido entre os aposentados do Primeiro Mundo.

Domingo, descanso da festa.

Segunda-feira, fisioterapia.

E hoje, provocar Dentinho no twitter.

Mais tarde, fisioterapia e outra vez a confirmação: fora de outra partida.

Desta vez contra o Santos, na Vila Belmiro.

Desde o início de agosto, ele não participa de uma partida.

Ninguém mais se choca, questiona.

Esta está sendo a vida de Ronaldo no Corinthians.

Adilson Batista simplesmente não conta com ele.

Não perde tempo bolando esquemas alternativos para que jogue.

Pelo contrário.

Quando ele não atua tudo fica mais simples.

O jogo flui.

O ataque cria muito mais.

Só que Ronaldo simboliza dinheiro de patrocínio.

E prestígio internacional ao clube.

O atacante vai testando o poder da medicina ortomolecular.

Quer perder peso e sabe que diuréticos são proibidos, caso seja sorteado para o antidoping.

Não há clima ruim, tensão.

Ronaldo brinca, os jogadores o adoram, a diretoria não cobra, a torcida aceita.

Está calmo demais esse período da relação Corinthians e Ronaldo.

De acomodação.

Os dois lados já sabem que não adianta cobrar, reclamar , lembrar do R$ 1,5 milhão por mês.

Ronaldo passou a ser um bônus.

Faltando 15 rodadas para o líder do Brasileiro tentar o título, o importante é deixar Ronaldo fazer o que pode, o que tem condições.

O time é muito bom e joga até melhor sem ele.

E será nessa batida que o jogador que já foi três vezes o melhor do mundo vai seguir.

Pelo menos até o final da Libertadores de 2011, como prometeu a Andres.

Depois...Nem ele sabe...

Então hoje à noite em vez de concentração, Ronaldo tem uma bela noite livre em São Paulo...

Pode ir para um restaurante...

Jogar poquêr...

Assistir dvd...

Se divertir no twitter...

Essa é a rotina de Ronaldo no Corinthians de 2010.

Até o torcedor mais fanático quando vai comprar o ingresso sabe que não pode contar com ele em campo.

Virou um especialíssima celebridade  que, de vez em quando, joga futebol...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/EHf0