1reproducao9 Rogério Ceni pede desculpas à torcida do São Paulo. Vai estudar, se preparar para seguir como técnico. Seu sonho é um dia voltar ao Morumbi. Enquanto isso, Dorival Júnior assume. Com multa de R$ 600 mil se for demitido. Só Ceni mereceu R$ 5 milhões...
"Quem vence sem riscos, triunfa sem glórias .

"Esse foi o tema de minha última preleção para o time no domingo passado. Mais que apenas um tema, essa crença ecoa dentro de mim diariamente. Ela representa o que penso, acredito e sou.

"Assumir o time da sua vida logo no início de uma nova carreira não era uma tarefa fácil , alguns podem ter achado precipitado, outros poderiam pensar que deveria ter recusado o convite , o fato é que realmente era arriscado.

"Jamais o teria feito se não me sentisse preparado. O risco e a incerteza já fazem parte de minha vida, e sendo muito sincero, do mundo do futebol.

"Quando deixei Sinop e morei por anos embaixo das arquibancadas do Morumbi eu não tinha certeza de nada. Não sabia se teria uma chance de jogar pelo Clube, mas lutei muito por ela.

"Quando fiquei longos quatro anos no banco de reservas, a incerteza era grande. Seria eu o próximo a me tornar titular? Havia o risco da contratação de um novo goleiro que poderia me colocar em espera por aquela titularidade .

"E quando comecei a bater faltas e pênaltis nos treinamentos, não havia a menor certeza de que eu as colocaria em prática em um jogo de verdade pelo SPFC, o risco aqui era treinar por meses e nunca comemorar um gol.

"Agora nessa minha transição de carreira de atleta para técnico, surgiu a oportunidade de treinar o SPFC, mas infelizmente os resultados não vieram da maneira que eu esperava.

"Mas de nada significaria se eu não tentasse levar esse Clube e seus torcedores ao lugar mais alto possível.

Lugar que todos nós merecemos.

"Desculpem me se falhei, mas o que me moveu nesse projeto, foram os riscos para conquistar a glória .

"Obrigado torcedor são-paulino, pelo carinho, respeito e apoio.

"Jamais esquecerei."

2reproducao2 Rogério Ceni pede desculpas à torcida do São Paulo. Vai estudar, se preparar para seguir como técnico. Seu sonho é um dia voltar ao Morumbi. Enquanto isso, Dorival Júnior assume. Com multa de R$ 600 mil se for demitido. Só Ceni mereceu R$ 5 milhões...

Na sua página do facebook, Rogério Ceni justificou sua curta e fracassada passagem como treinador do São Paulo. A mensagem foi lida por torcedores. Ele recebeu todo o apoio dos fãs. Seu ego foi massageado. Afinal, é o maior ídolo da história do clube.

Ele foi hábil ao lembrar da sua trajetória vitoriosa do Sinop até a consagração.

Sua ousadia em cobrar pênaltis e faltas.

E fez algo que poucos esperavam, pediu desculpas.

Acabou confortado por centenas de são paulinos apaixonados.

Leco, dirigentes e conselheiros também leram.

Houve alívio porque ele não atacou ninguém diretamente.

Não denunciou a sabotagem que sofreu com o desmanche.

Com as vendas exageradas de jogadores.

Mas conselheiros importantes destacaram algo evidente.

Assim como ele treinou, se preparou para as faltas e pênaltis, e para ser um dos maiores goleiros da vida do São Paulo, ele não fez o mesmo para se tornar treinador. Assumiu o clube abandonando o curso de técnico pela metade. Se recusou a fazer estágio nas categorias de base. Nem pensar em ser auxiliar.

3reproducao1 Rogério Ceni pede desculpas à torcida do São Paulo. Vai estudar, se preparar para seguir como técnico. Seu sonho é um dia voltar ao Morumbi. Enquanto isso, Dorival Júnior assume. Com multa de R$ 600 mil se for demitido. Só Ceni mereceu R$ 5 milhões...

As poucas pessoas próximas de Rogério garantem que ele não vai desistir.

Deverá voltar para a Europa para se formar treinador.

Quer seguir técnico.

Com os rivais Corinthians, Palmeiras e Santos como exceção, Rogério acredita que pode trabalhar em qualquer outra equipe do Brasil. Para um dia poder retornar ao São Paulo. Caminho que fez, por exemplo, Renato Gaúcho no Grêmio.

Mas antes disso, ele quer os R$ 5 milhões da rescisão de contrato.

Não há como abrir mão.

É um direito seu que não deixará para trás.

Rogério já teria entrado em contato com seus ex-auxiliares.

E até se desculpado com o inglês Michael Beale e com o francês Charles Hembert.

Convenceu os dois a trocarem a Europa para passarem, no mínimo, dois anos no Brasil. Só que o projeto durou seis meses.

Por todos os dissabores que passou, não abrirá mão do dinheiro.

Há quem acredite no São Paulo que Leco revelou que Ceni teria direito a R$ 5 milhões, um dia antes da partida do Flamengo, para amenizar o choque da opinião pública com a demissão, que ele já desejava.

O maior ídolo já havia sido usado politicamente.

Ajudado, como melhor cabo eleitoral, na reeleição.

Com Dorival Júnior, Leco não queria dar multa alguma.

Mas o treinador exigiu.

E houve o meio termo.

Se for demitido antes de dezembro de 2018, terá direito a dois salários.

Dorival acertou por R$ 300 mil mensais.

Ou seja, multa de R$ 600 mil, bem distante dos R$ 5 milhões de Rogério.

Dorival já pediu, pela Internet, a união de todos os são paulinos.

Ele sabe que o momento é muito tenso no Morumbi.

A zona do rebaixamento se tornou um tormento.

O medo da Segunda Divisão é real.

O técnico pediu para a diretoria tentar segurar todos os jogadores.

Sua primeira missão será buscar acalmar Cueva.

O meia peruano segue querendo ir embora.

Está cansado da pressão, das vaias da torcida.

Além disso, Rodrigo Caio e Lucas Pratto seguem sondados.

Não estão descartadas suas saídas.

Enquanto isso, Rogério Ceni se recompõe.

Decidiu, por enquanto, não comprar briga com Leco.

Acompanhou a entrevista do dirigente.

Ouviu jogar a responsabilidade do fracasso sobre seus ombros.

Sobre sua inexperiência.

Mas quem conhece Ceni sabe o quanto é obstinado.

E vai fazer de tudo para um dia voltar ao Morumbi.

Não como dirigente, presidente, como sonham alguns.

Mas como treinador.

Só que desta vez, preparado.

E, torcendo, que trabalhe com pessoas que cumpram suas promessas.

Em quem possa confiar.

Que, quando garantam que não venderão jogadores, não vendam.

Não foi o que aconteceu com Leco e Pinotti.

É bom Dorival Júnior se prevenir...
67 Rogério Ceni pede desculpas à torcida do São Paulo. Vai estudar, se preparar para seguir como técnico. Seu sonho é um dia voltar ao Morumbi. Enquanto isso, Dorival Júnior assume. Com multa de R$ 600 mil se for demitido. Só Ceni mereceu R$ 5 milhões...

http://r7.com/tMk7