543a Robert não jogará mais no Palmeiras. Antônio Carlos a um fio da demissão...

Tudo estava dentro da normalidade.

O Palmeiras tinha feito mais um péssimo jogo, desta vez contra o Vasco.

O presidente Belluzzo estava na festa de aniversário da Traffic, no luxuoso hotel Unique.

Com direito a show de Lulu Santos.

Diego Souza, desesperado para sair do Palmeiras, já havia se insinuado para o Atlético Mineiro de Luxemburgo.

O treinador havia recomendado ao presidente Alexandre Kalil ir à festa, pois seria fácil convencer os dirigentes da Traffic de emprestar o jogador.

As propostas da Europa não chegaram.

Até porque 2010 está sendo um ano péssimo para Diego Souza.

E depois de Vagner Love, o Palmeiras perderia outro jogador importante.

Por vontade desse atleta de deixar o clube.

Tudo dentro da normalidade.

Até que a rádio Globo vazou o que não era para vazar.

Estava combinado pelo time palmeirense.

Mas alguém que estava na delegação não se calou.

E revelou a história.

Após o fraquíssimo empate em 0 a 0 contra o Vasco, os jogadores foram liberados até as 4 horas da manhã.

Eles teriam de voltar neste horário ao hotel.

Folga inexplicável e descabida essa.

O time foi jogar ou farrear no Rio?

Robert e mais três jogadores chegaram bem atrasados ao hotel.

E acompanhados de mulheres.

Antônio Carlos ficou irritadíssimo e começou a discutir com Robert dentro do ônibus que levou a delegação ao aeroporto.

A partir daí, versões diferentes.

A mais repetida é a de que o treinador e o atacante trocaram empurrões, socos.

E foram separados pelos jogadores.

Antônio Carlos confirma que houve a discussão áspera e não a agressão.

O diretor de futebol, Serafim del Grande, garante que vai mandar os dois embora se houve a pancadaria.

O presidente Belluzzo, na festa da Traffic, foi duro.

Teve uma atitude presidencial marcante.

Inesquecível.

Disse ser 'lamentável' o que aconteceu.

E depois de analisar tomaria providências.

Voltou em seguida para a festa, para conversar com dirigentes de todo o Brasil.

O que falta acontecer no Palmeiras?

Que desculpa a bem paga assessoria de imprensa vai dar amanhã?

A mesma que divulgou a contusão de Diego Souza, quando ele não queria mais jogar no Palmeiras?

Conselheiros e até Belluzzo sonham com Luiz Felipe Scolari.

Os dirigentes pediram preferência.

Se ele quiser voltar ao Brasil é para consultar o Palmeiras.

Antônio Carlos é há muito tempo peça descartável no clube.

Robert é detestado mais pelos dirigentes do que pelos torcedores, o que é um absurdo.

Conselheiros ligados a Belluzzo não se conformavam com essa estranha folga aos jogadores depois da partida contra o Vasco.

Por quê?

Qual a justificativa?

Premiar com esse passeio noturno no Rio de Janeiro com que intenção?

Seraphim del Grande era o mais inconformado.

E vai tomar atitude amanhã.

Robert não faz parte dos planos.

Antônio Carlos pode se preparar para explicar muito bem o que aconteceu.

Porque se o que disser não agradar, também vai embora.

Não haverá perdão.

Triste Palmeiras.

Com jogadores ruins, liberados para farrear no Rio de Janeiro.

Atletas voltam atrasados e acompanhados.

O técnico tenta desmentir ter trocado empurrões e socos com seu jogador em um ônibus.

Atitude dos dirigentes?

Só quando o presidente Belluzzo acordar e descansar da luxuosa festa da Traffic...

2h35 desta terça-feira:

De acordo com a rádio Bandeirantes, nesta madrugada, Antônio Carlos pediu demissão.

Ele não teria suportado a pressão, a desmoralização de a história ter vazado por toda a imprensa.

O presidente Belluzzo estaria acordado e confirmado o pedido para ir embora do treinador.

A direção do clube iria se pronunciar oficialmente nesta manhã.

Antônio Carlos deveria saber que farra de jogadores não costuma dar certo.

A que os corintianos fizeram no Pops Drinks, em Presidente Prudente, custou a sua demissão como dirigente.

Pior ainda para o clube do Palestra Itália.

Sem dinheiro da Traffic, a equipe é fraca, envergonha a torcida.

Tem muita chance de levar o clube ao segundo rebaixamento de sua história.

Foi 11ª no Campeonato Paulista e desclassificada da Copa do Brasil pelo Atlético Goianiense.

E o presidente ainda festeja o aniversário da parceira que não ajuda.

Agora, o escândalo do ônibus.

Pobre Palmeiras...

+ Tudo sobre futebol no R7

http://r7.com/ylrQ