divulgacao2903 Ricardo Gomes. Vasco e Avaí. Jogo fundamental para o treinador mais desacreditado do País...
O São Paulo causou um enorme trauma na carreira de Ricardo Gomes.

Sua imagem ficou muito desgastada.

Tanto que ele esteve a ponto de pensar que só saindo do País para voltar a trabalhar.

A impressão de treinador inseguro...

Sem liderança, apático...

Ficou difundida no Brasil todo...

Ainda mais porque substituiu Muricy Ramalho...

Educado até demais para um treinador de futebol...

No Morumbi todos estranharam demais suas atitudes...

As conversas com titulares e reservas...

O cuidado para não deixar os atletas deprimidos que não jogavam...

Mas o que causou péssima impressão foi seu comportamento durante os jogos...

Sua aparente omissão, falta de vibração, gritos, palavrões...

Ele aceitava as derrotas de uma maneira impressionante...

E que parecia que contagiava o time...

O São Paulo de Ricardo Gomes foi uma equipe sem vibração...

Que aceitava perder...

Justo ele que, como jogador, foi capitão da Seleção Brasileira...

Foi assim no Brasileiro de 2009, quando o título estava nas mãos do time...

No Paulista de 2010...

E na Libertadores do ano passado...

Quando chegaram as semifinais contra o Inter ele já estava completamente desacreditado...

Ninguém mais o queria perto do Morumbi...

Era só o São Paulo cair diante do Inter...

A primeira partida em Porto Alegre foi a mais acovardada da história do time tricolor...

Cavou de vez a demissão de Ricardo Gomes...

Mas veio a revanche no Morumbi...

E o time vibrou demais...

Foi eliminado, mas saiu aplaudido...

Tudo foi tarde demais...

Juvenal Juvêncio deixou o contrato do treinador acabar e, como era de se esperar, não o renovou...

O treinador que chegou até a sofrer um AVC e voltou a trabalhar antes da liberação médica...

Viu seu esforço não ser recompensado...

Gomes ficou sem trabalho e sem perspectivas...

De agosto de 2010 até fevereio de 2011...

Foram seis meses de desgosto...

De espera pelo telefone tocar...

E ele não tocava...

Até que veio o convite de Roberto Dinamite...

O desacreditado Vasco da Gama precisava de um treinador...

Com nome no mercado e barato...

Foi a chance que Ricardo Gomes agarrou de unhas e dentes...

O sofrido período no São Paulo...

E o mais ainda sem trabalho...

A dor serviu para ensinar ao técnico que o futebol brasileiro precisa de um comandante vibrante...

Ele forçou e mudou o seu estilo blazè que poderia combinar com o futebol francês...

Mas não com o Brasil...

E ele tratou de montar um Vasco lutador, brigador...

Até jogadores técnicos como Felipe tiveram de acordar e lutar pela posse de bola...

Diego Souza também está vendo em São Januário uma fundamental chance na já desacreditada carreira...

Bernardo tenta mostrar o que o Cruzeiro está jogando fora...

Dedé que pode chegar à Seleção...

Éder Luís, que é um incompreendido...

Ricardo Gomes montou um time à sua feição....

O Vasco que entrará em campo hoje contra o Avaí pela semifinal da Copa do Brasil briga pela autoestima...

O time como um todo quer ser reconhecido como grande, poderoso...

Recuperar a aura que já teve...

Assim como o clube...

Depois da sofrida classificação contra o Atlético Paranaense...

O Vasco é a mais tradicional equipe entre as semifinalistas da Copa do Brasil...

Avaí, Ceará, Coritiba não despertariam medo há 30 anos...

Pelo contrário...

Seria impensável...

Mas o mundo e o futebol mudaram demais nesses últimos 30 anos...

O Vasco e Ricardo Gomes sentem isso na pele...

E vão fazer a cruz de malta voltar a mostrar sua força hoje no Rio...

O técnico descobriu que o Brasil não é a França...

E Dinamite que camisa não ganha jogo...

Por isso essa semifinal da Copa do Brasil será especial...

Tanto Ricardo Gomes como o Vasco precisam voltar ao futuro...

E vão precisar sofrer muito...

O Avaí já fez um estrago imenso no São Paulo, o clube que maltratou Ricardo Gomes...

Silas, o treinador adversário, jogou com Gomes na Seleção Brasileira...

E também precisa vencer para voltar a ser um treinador promissor...

Sua passagem por Grêmio e Flamengo o desmoralizaram...

Mas sua situação ainda é muito melhor do que a de Gomes...

Se não será o mais importante jogo no território nacional...

Vasco e Avaí será o mais tenso...

Será uma prova de fogo para o treinador mais desprezado dos últimos tempos no País...

http://r7.com/8dly