423 Renato Augusto e Gil. Vão provar a Dunga se vale a pena apostar em jogadores na China. O treinador está muito desconfiado. Pelo nível fraco do futebol asiático e com as 11 horas de fuso...
Não aconteceu como Dunga havia previsto. Foi pior. O treinador já confessou a Gilmar Rinaldi. Não pode abrir mão de Renato Augusto e Gil da Seleção Brasileira. E os convocaria mesmo se tivessem sido contratados por times de Marte. A China é um pouquinho mais perto. Só que é como se não fosse.

Para os confrontos importantes e difíceis das Eliminatórias, contra o Uruguai no Recife, e Paraguai, em Assunção, o treinador chamou a dupla. E primeira providência do treinador: fazer com que os dois dessem entrevistas hoje, no primeiro dia de treino. Avisar publicamente o que todos sabiam.

Ambos estão milionários. Mas sem ritmo de jogo, sem competitividade. Estão em um país que o futebol profissional, de alto nível mal começou a nascer.

Renato Augusto e Gil têm basicamente o mesmo problema.

Com um preparador particular, ele segue todas as determinações física do departamento físico do Corinthians. Fora a sua relação intensa com Bruno Mazziotti, fisioterapeuta que trabalhava no Parque São Jorge e também foi para a China. Só que trabalha no Shandong Luneng, equipe de Gil, e não no Beijing Guoan, time do meia. Mesmo assim, Mazziotti o ajuda quando precisa.

A questão é que Renato Augusto disputou apenas um jogo nestes três meses do ano. Disputou amistosos e treinou com chineses, com nível técnico muito abaixo do que vai encontrar nas Eliminatórias. Por exemplo, contra o Uruguai, Dunga quer aproveitar o calor de Recife e impor ritmo forte, correria na sexta-feira. Para isso, a participação de Renato Augusto precisa ser efetiva. Flutuar pelo meio de campo. Marcar e abrir espaço na frente. Revezar como volante e meia, com o treinador brasileiro adora.

333 Renato Augusto e Gil. Vão provar a Dunga se vale a pena apostar em jogadores na China. O treinador está muito desconfiado. Pelo nível fraco do futebol asiático e com as 11 horas de fuso...

Por isso, as chances que Renato Augusto seja titular diminuem. O jogador chegou até dois dias antes ao país, como havia pedido Gilmar Rinaldi. Para tentar diminuir a influência do fuso horário. Mas todos os envolvidos sabem que será quase impossível cobrar do jogador o nível de excelência que estava atuando no final do ano passado, quando foi o melhor jogador do país. Destaque na campanha do hexacampeonato do Corinthians.

Na coletiva, Renato Augusto tentou destacar, valorizar o futebol chinês.

"Se você for ver, o número de jogadores que atuavam na Rússia e Ucrânia convocados era um absurdo. Hoje o futebol chinês talvez seja o que mais cresce no mundo, estrangeiros que jogam lá também continuam sendo convocados por suas seleções e a tendência é que o nível suba ainda mais."

Mas o próprio jogador sabe que não é bem assim.

E que começou a viver na pele a dificuldade de ser jogador da Seleção e do futebol chinês.

"A minha vida inteira eu sempre me cuidei, não só dentro e fora de campo. Quem me conhece sabe da maneira como trabalho. Estando no Brasil, sempre fiz trabalhos específicos. Não é porque estou na China que vou parar de jogar, que vou me achar um aposentado, como muitos falavam. Continuo com a mesma seriedade."

Gil tem uma grande vantagem em relação a Renato Augusto. Sua posição. Dunga quer zagueiros tradicionais. Especialistas em despachar a bola da área. Com marcação forte, o uso do corpo até para intimidar os atacantes adversários. O ex-zagueiro corintiano continua bem fisicamente.

519 Renato Augusto e Gil. Vão provar a Dunga se vale a pena apostar em jogadores na China. O treinador está muito desconfiado. Pelo nível fraco do futebol asiático e com as 11 horas de fuso...

E sabe que os atacantes dos times rivais não têm a técnica, a habilidade dos atacantes brasileiros. Mas acredita que sua explosão muscular, seu arranque e impulsão no cabeceio sejam suficientes para permanecer titular na equipe, ao lado de David Luiz.

A expectativa é que Gil tenha muito mais chances de jogar as duas partidas do que Renato Augusto. Dunga está muito preocupado. Disse a Gilmar Rinaldi que observará muito especialmente o trabalho da dupla. Ainda mais contra adversários difíceis, tradicionais como uruguaios e paraguaios.

Gil e Renato Augusto estarão defendendo uma difícil tese. A de que vale a pena chamar os brasileiros que estão na China. Diego Tardelli, Ricardo Goulart, Paulinho já se tornaram descartáveis para Dunga.

"O problema é que há jogadores que vão para lugares distantes e não se cuidam. Nós iremos chamar aqueles que têm responsabilidade e um carinho especial com a Seleção Brasileira. Quem não tiver, não será convocado", resume Gilmar Rinaldi.

O coordenador de seleções sabe que o número de brasileiros na China vai aumentar. Por causa da fragilidade da economia brasileira. Ficou fácil para os clubes chineses contratarem jogadores daqui.

Por enquanto, Gil e Renato Augusto seguiram a cartilha de Dunga.

Mas serão colocado em teste nestas duas partidas.

Poderão provar que não há motivo para desconfiança.

Ou então deixar claro se o treinador tem mesmo razão.

É inviável trazer atletas que disputam campeonatos tão fracos.

E com 11 horas de fuso...
520 Renato Augusto e Gil. Vão provar a Dunga se vale a pena apostar em jogadores na China. O treinador está muito desconfiado. Pelo nível fraco do futebol asiático e com as 11 horas de fuso...

http://r7.com/e7y3