divulgacao9021 Randy Couture. O UFC não será o mesmo sem ele. A despedida que o MMA não queria...
Como não ficar empolgado com a estréia de José Aldo no octógono?

Uma luta complicadíssima para George Saint-Pierre contra Shields...

Mas hoje o UFC e o mundo do MMA vai parar por Randy Couture...

Será o final de uma das mais brilhantes carreiras...

E contra o brasileiro Lyoto Machida...

O Canadá terá o privilégio de ser o último palco do 'Capitão América'...

O homem que fez Dana White ficar de joelhos...

Quando não recebeu o que acreditou ser justo, virou as costar para o cinturão...

E foi brincar de fazer cinema e ficar ainda mais milionário...

Dana e seus sócios donos de cassinos não podiam ficar sem o mais americano dos lutadores...

E pagaram o que ele queria...

O homem que vencia o tempo...

Que desafiava atletas superiores a ele pelo prazer do desafio...

Engordava ou perdia peso para entrar na categoria do lutador que desejava ter pela frente...

Ganhou três vezes o cinturão nos pesados e duas no meio pesado...

Absurdo...

Suas lutas bateram recordes de audiência, de fãs em ginásio...

Ganhou a medalha de ouro no Panamericano de Cuba, em 1991...

Ganhou na luta greco-romana...

"Estava em momento de decisão na minha vida.

Não sabia que rumo tomar.

Precisava ganhar dinheiro e lutar...

Tudo mudou quando vi um vídeo do UFC.

Percebi que desejava fazer.

E fui atrás, sem medo.

A vida é para ser vivida", disse Randy em entrevista de apresentação da sua luta com Machida.

E como o americano viveu...

Juntou seu enorme talento no wrestling com o jiu-jitsu de Rickson Gracie...

Apanhou até aprender...

E desenvolveu a sua estratégia básica:

Encurralar os adversários na grade, derrubá-los usando o wrestling...

E acabar com a luta no ground and pound...

Com o marketing milionário investido no UFC, Dana White precisava de 'heróis'...

E nada mais americano do que Randy e seu enorme instinto de superação...

Cada luta era uma batalha...

A longevidade foi impressionante.

Ele está com 47 anos...

Começou no UFC 13...

Vai lutar no de hoje, o UFC 129...

Irônico, escolheu como 'O Natural' como apelido...

Natural foi uma provocação a tantos adversários que pareciam estar mais fortes graças à química...

Foi em uma época em que o UFC começava a introduzir o antidoping nas lutas...

O que revolucionou e moralizou o MMA...

Os adversários de Randy foram fundamentais para nascer a lenda...

Vitor Belfort, Pedro Rizzo, as três lutas com Chuck Liddell, Tim Sylvia, Gabriel 'Napão' Gonzaga...

Brock Lesnar, Minotauro, Brandon Vera, Mark Coleman, James Toney...

Ao derrotar Brandon Vera quebrou um recorde significativo.

O de lutador mais velho a conseguir uma vitória.

Ele estava com 46 anos...

E escolheu Lyoto para, finalmente, encerrar sua carreira no UFC...

"Quero parar agora enquanto não acumulo muitas derrotas...

E saudável....

Não queria parar machucado e sentindo que não sou mais respeitado...

A hora é essa...", disse.

E por que com Lyoto?

"Por ser um estrategista, especialista no caratê...

Um lutador de grande talento...

Desde que ele surgiu no UFC queria essa luta.

Eu quis essa batalha mesmo sabendo que seria muito difícil...

Superar os desafios sempre foi a minha motivação de vida...

Terminar a carreira enfrentando o Lyoto será um ponto alto na minha vida."

Para dar mais dramaticidade à luta...

Depois de ser campeão invicto, o brasileiro vem de duas derrotas seguidas...

Perder hoje pode complicar de vez sua permanência no UFC...

Por isso, não vai haver preocupação nenhuma de Lyoto em preservar seu nobre adversário...

É a sua sobrevivência em risco...

O que torna a luta ainda mais imperdível...

Seja qual for o resultado, essa noite de sábado é para reverenciar Randy Couture...

Capitão América...

The Natural...

Ou simplesmente um fantástico atleta...

http://r7.com/fru6