143 1024x576 Quem acredita nas desculpas sinceras de Neymar? Cavani, pode esperar, sua hora vai chegar
O L'Equipe publica com estardalhaço.

Neymar pediu desculpas.

De acordo com a publicação francesa, o brasileiro teria usado Thiago Silva como intérprete. E pedido desculpas diante de todos os jogadores. O motivo ter criado um problema público ao pedir para cobrar pênaltis e faltas perto da área, privilégio de Cavani.

O técnico Unai Emery afirmou em coletiva que conversaria com seus dois atacantes e já resolveu quem será o cobrador oficial.

"Nós sabemos a importância dos pênaltis, são uma grande responsabilidade. Muitos jogadores querem assumir essa responsabildade, um momento importante do jogo. O primeiro e mais importante é a responsabilidade. Os jogadores que estão aptos a bater os pênaltis são Cavani e Neymar, porque eles têm a responsabilidade. Antes, o jogador que batia era Cavani, agora Neymar chegou e temos os dois. Tomamos a decisão será assim. A decisão será minha, de acordo com o momento e a importância do jogo", avisou o técnico, querendo transmitir autoridade.

Esse recuo apaziguador de Neymar está estranho.

Não combina com sua personalidade.

E muito menos com o status que tem no clube francês.

Os jornalistas puderam acompanhar parte do treino do PSG hoje. Lógico que focaram em Neymar e Cavani. Os dois não se olharam. Evitaram qualquer contato. Ficaram cada um de um lado.

Neymar sabe que revolucionou o PSG e o próprio futebol francês. Trouxe respeito. O ganho técnico com ele na equipe foi enorme. A ponto de o time já ser considerado pela imprensa internacional como um dos favoritos para a Champions.

Ele é o protegido de Nasser Al-Khelaifi, bilionário do clube. E quem pagou, sem pestanejar, R$ 885 milhões pelo atacante brasileiro.

Neymar não teria motivo para recuar.

Ele tem o apoio de Nassar e dos companheiros de time.

Inclusive dos brasileiros. Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos, Lucas, Thiago Motta. E também da nova estrela Mbappe. O argentino Di Maria e o italiano Verratti lavam as mãos. O restante do elenco também já entendeu quem é que tem a prioridade. Cavani está isolado.

Esse eventual pedido de desculpas não tem lógica.

Ele não precisaria.

Pedir desculpas por querer fazer bater pênaltis e falta?

227 Quem acredita nas desculpas sinceras de Neymar? Cavani, pode esperar, sua hora vai chegar

A busca pela paz pode ter acontecido.

Mas é surreal.

E não combina com a personalidade de Neymar.

No Santos, clube onde pôde se impor, se impôs.

No Barcelona, Messi era uma estrela grande demais.

No PSG, tem tudo para fazer o que quiser.

A estrela é ele.

Cavani agora se transformou em mero coadjuvante.

As desculpas de Neymar estão nas manchetes dos grandes portais.

Em discussões nas tevês e rádios.

Amanhã estará nos jornais.

Só que tudo está muito estranho.

E com todas as características de uma atitude teatral.

Algo para, pelo menos por agora, todos se acalmarem.

Preservar o ambiente no PSG.

Cavani já jogou pela Champions.

Não pode ser despachado para os grande clubes.

Pelo menos até a janela do meio do próximo ano.

O Atlético Madrid que o queria recontratou Diego Costa.

Cavani tem de ficar, pelo menos por enquanto.

Para quem conhece as guerras, há uma palavra que pode resumir o que aconteceu. Armistício, que é muito diferente de paz. Armistício é um acordo por conveniência para as duas partes. Mas com a promessa de a guerra prosseguir no futuro.

Por mais que possam haver abraços e até beijinhos, sábado, contra o fraco Montpellier, os céticos que fiquem atentos.

Neymar é rancoroso.

Já viu Cavani cobrar quatro pênaltis.

Negou duas vezes que o brasileiro cobrasse ao menos um.

O uruguaio também é tinhoso.

A resposta veio no número de passes.

Neymar diminuiu de oito para o uruguaio, na estreia diante do Guingamp para apenas um, contra o Metz e o Lyon.

Mas tomou o troco. Ele recebeu três passes de Cavani, diante do Guingamp.

E contra o Lyon? Nenhum. Não por acaso.

É quase impossível acreditar nesse pedido de desculpas.

Há uma música erudita que pode resumir a situação.

"Cavani, pode esperar, sua hora vai chegar..."
514 Quem acredita nas desculpas sinceras de Neymar? Cavani, pode esperar, sua hora vai chegar

http://r7.com/JMuu