150 Pratto quer jogar no River Plate. São Paulo negocia com Diego Souza. E sonha com Calleri
Voltar à Seleção Argentina, ganhar a Libertadores e voltar a conviver com Pía, sua filha de sete anos, de quem está há três anos afastado. E frustração com a promessa mentirosa que a diretoria do São Paulo fez, ao tirá-lo do Atlético Mineiro. O time poderoso nunca saiu dos sonhos. E a realidade foi lutar, em um time medíocre, contra o rebaixamento.

Por tudo isso, Lucas Pratto quer jogar no River Plate em 2018.

"Sempre se pensa em voltar (ao seu país). Há também questões familiares, há muitas coisas que eu ponho na balança. Tampouco sou um garoto. Tenho uma idade justa e seria importante (voltar)", deixou claro o atacante à imprensa argentina.

O jogador está em um momento decisivo na carreira. E sabe disso. Completará 30 anos no dia 4 de junho de 2018. Tem plena consciência que o São Paulo passará por nova reformulação. Buscará formar uma equipe que não tenha de lutar contra o rebaixamento. O novo responsável pelo futebol, Raí, já avisou Leco da necessidade de contratações. Dorival Júnior deseja um meia talentoso, o sonho é Gustavo Scarpa. Busca ainda um lateral direito, um zagueiro, um volante marcador, um meia versátil, um atacante vivido, Diego Souza. Pelo menos mais cinco peças de reposição.

Só que o argentino não tem tempo para esperar esse time entrosar. Ele precisa jogar em uma equipe montada e que esteja pronta a proporcionar a chance que marque muitos gols. Logo nos primeiros meses de 2018. Pratto tem pouquíssimo tempo para conseguir convencer a imprensa argentina a pressionar Jorge Sampaoli a levá-lo para o grande sonho de sua vida. Disputar uma Copa do Mundo. A caminho dos 30 anos, o atacante sabe. Ou será a da Rússia ou nenhuma.

O time pronto e que o deseja é o River Plate. Marcelo Gallardo não esconde que precisa de um atacante com suas características. Forte, definidor, capaz de cabecear bem e chutar com força e precisão, com o pé esquerdo e com o direito. E, principalmente, que tenha personalidade, coragem para enfrentar os zagueiro adversários. Esse homem faltou no time argentino, eliminado da semifinal da Libertadores da América.

O presidente reeleito do River, Rodolfo D’Onofrio, foi muito claro na sua campanha. Prometeu a contratação de um grande artilheiro. E não fez questão de esconder que o nome pretendido é o do atacante do São Paulo. A Argentina vive uma grande crise financeira, não é segredo para ninguém. Mas o River Plate tem dinheiro reservado para buscar esse jogador prometido pelo dirigente.

Lucas Pratto é caro para o mercado sul-americano. O São Paulo pagou 6 milhões de dólares por 50% do atacante ao Atlético Mineiro. Cerca de R$ 20 milhões, na conversão atual. Pelo acordo, o time paulista se comprometia a comprar os demais 50%, caso o atacante ficasse até o final de seu contrato, em 2021. O que, Leco não quer fazer. Se vender o argentino, se livra dessa obrigação.

1spfc Pratto quer jogar no River Plate. São Paulo negocia com Diego Souza. E sonha com Calleri

Pratto só se frustrou no Morumbi. Ele ouviu pessoalmente de Leco que jogaria em uma verdadeira seleção. E que teria condições de se firmar na Seleção Argentina. Além de marcar muitos gols, conquistar títulos. E se houvesse uma proposta concreta de qualquer time grande europeu, seria vendido. Só que deu tudo absolutamente ao contrário do que Leco falou. Nem a vaga para a Libertadores o São Paulo conseguiu. Pelo contrário. Lutou como equipe pequena para fugir da Segunda Divisão.

O atacante tem inúmeros motivos para não seguir no Morumbi.

Raí, Dorival e Leco sabem disso.

Por isso estão insistindo na contratação de Diego Souza. Assim como o Palmeiras fez e não conseguiu fechar com o atacante, os contatos já foram feitos com Eduardo Uram. O jogador de 32 anos vê sua chance de disputar a Copa do Mundo cada vez menor. E também acompanha nova reformulação do Sport, agora comandado pelo veterano Nelsinho Baptista. O time pernambucano escapou por pouco do rebaixamento para a Série B.

Seu contrato termina no final de 2018. Se mantiver o meia-atacante até lá, o Sport pode perdê-lo sem ganhar um centavo. A força para segurar Diego Souza em Pernambuco já foi muito maior. O momento parece ideal para qualquer clube contratá-lo. Leco sabe disso. E, embora negadas publicamente, as conversas com Uram seguem cada vez mais fortes e construtivas.

329 Pratto quer jogar no River Plate. São Paulo negocia com Diego Souza. E sonha com Calleri

O São Paulo vendeu R$ 181 milhões em jogadores. Raí sabe que há dinheiro reservado para contratações. Porém se o River confirmar uma proposta que seja parecida ao que o clube pagou ao Atlético Mineiro, Lucas Pratto pode arrumar as malas. Ele não é considerado jogador imprescindível ao clube. Parte desse dinheiro seria repassada ao Sport por Diego Souza. Esse parece ser o caminho ideal das negociações.

Raí ainda tem um sonho secreto. Mesmo se o time contratar Diego Souza. Trazer de volta Calleri. O argentino que fracassou no West Ham, está no Las Palmas. O time é fraquíssimo. Está na lanterna do Campeonato Espanhol e caminha para o rebaixamento.

Mesmo assim, o argentino conseguiu marcar seis gols neste semestre. O Corinthians se interessou pelo jogador. Mas o pai do atacante já avisou nas redes sociais que, no Brasil, o filho só atua no São Paulo.

Vender Lucas Pratto para o River Plate.

Contratar Diego Souza e Calleri.

Este cenário não seria desagradável para Raí.

Muito pelo contrário...
811 Pratto quer jogar no River Plate. São Paulo negocia com Diego Souza. E sonha com Calleri

http://r7.com/lE5O