Presidente do Palmeiras toma Hulk e Marcelo como ‘ídolos emprestados’. Pensa brincar, mas na verdade desrespeita o passado. O Palestra Itália nunca precisou de ídolos de outros clubes. Tinha os seus. Mas eram outros presidentes…

 Presidente do Palmeiras toma Hulk e Marcelo como ídolos emprestados. Pensa brincar, mas na verdade desrespeita o passado. O Palestra Itália nunca precisou de ídolos de outros clubes. Tinha os seus. Mas eram outros presidentes...
Paulo Nobre feliz, sorridente.

Posando com Hulk e Marcelo com a camisa do Palmeiras.

Foi o que conseguiu como chefe da delegação do Brasil contra a Itália e Rússia.

O que é diversão para o presidente do clube é uma provocação.

Um despropósito.

O Zenit pagou R$ 153 milhões por Hulk.

O Real Madria não o vende, mas Marcelo vale R$ 100 milhões.

O Palmeiras teve de abrir mão do seu melhor atacante nos últimos 10 anos.

Por não ter como bancar R$ 500 mil mensais a Barcos.

Nobre disse que iria revolucionar o marketing palmeirense.

Deixou nas mãos de Paulo Gregoraci, sócio de Washington Olivetto.

Ele tem de arrumar patrocínio para o clube.

A Kia paga um terço do que pagava.

Dá apenas R$ 500 mil pelo patrocínio master da camisa do time.

E avisou que vai embora no final do mês.

Não quer ter sua imagem relacionada a um clube rebaixado.

Nobre estava tentando buscar a Caixa Econômica Federal.

Mas a confusão com o Corinthians travou o interesse do banco estatal.

O clube vai tentar imitar o rival do Parque São Jorge.

E focar nos torcedores.

Tem dez mil sócios-torcedores.

Quer quadruplicar esse número aproveitando o sofrimento da Segunda Divisão.

A Série B será um testa para a fidelidade do palmeirense.

Como foi para os corintianos, vascaínos, gremistas, atleticanos etc.

Mas Gilson Kleina implora por reforços.

Fernando Prass; Weldinho, André Luiz, Mauricio Ramos e Juninho (Marcelo Oliveira);

Márcio Araújo, Léo Gago, Charles (Rondinelly) e Wesley;

Leandro e Caio (Vinícius)

Esse é o time que empatou com o Santos no Pacaembu.

Nobre já avisou para o treinador não esperar grandes contratações.

Confirmou que Adriano ligou tentando jogar no clube.

O Palmeiras se interessou.

A ligação foi em janeiro.

E desde então, o jogador sumiu.

O clube paulista quer insistir um pouco.

Chegar à conclusão que o problema do jogador é 'para psiquiatra' como disse Paulo Pelaipe.

O homem do futebol da Gávea garantiu que não vai perder tempo com Adriano.

Não é essa a postura palmeirense.

Se ele demonstrar interesse e a mínima chance de voltar a jogar, interessa.

Até porque não está dando certo toda a pressão em Marcelo Moreno.

O boliviano foi envolvido na troca por Barcos.

Envolvido sem saber.

Quando soube, ficou revoltado.

a6 Presidente do Palmeiras toma Hulk e Marcelo como ídolos emprestados. Pensa brincar, mas na verdade desrespeita o passado. O Palestra Itália nunca precisou de ídolos de outros clubes. Tinha os seus. Mas eram outros presidentes...
Ele e seu pai recusaram o Palmeiras.

"Clube para só onde vai fracassado", na definição do pai do atleta.

Marcelo queria ficar no Grêmio.

Só que Fábio Koff havia garantido a Nobre que o atacante iria para o Palmeiras.

Luxemburgo decidiu não só afastá-lo do time titular, como do grupo que disputa a Libertadores.

Manobra para quebrar a resistência do boliviano em relação ao clube paulista.

Só que Moreno se mostra firme.

E treinando no time C.

Não está parado, quer tentar voltar ao Exterior.

Ou jogar no Cruzeiro, onde teve ótima passagem.

Já conversou com o Santos e com o Botafogo.

Não quer o Palmeiras e sua Segunda Divisão.

José Carlos Bruno tem recebido recados de vários empresários.

Tem contatos que trouxe do Audax, time do Pão de Açúcar onde trabalhava.

Busca revelações baratas, talentosas e jovens nos clubes do Interior e fora do estado.

Se não conseguir, o clube batalhará por contratações baratas.

Jogadores que não estiverem sendo utilizados por rivais.

Como foi Weldinho no Corinthians.

A situação é bem complicada.

Os conselheiros não gostaram nada da foto com Hulk e Marcelo.

Mesmo os da situação consideraram uma piada sem graça, sem propósito.

Como a que Barcos fez quando pediu para Messi posar com a camisa verde.

A história do Palmeiras prova que não precisa de ídolos emprestados.

Teve os seus: Ademir da Guia, Marcos, Evair, Rivaldo, Luís Pereira...

Leivinha, Altafini, Leão, Cafu, Djalma Santos, Djalma Dias...

Edmundo, Jorge Mendonça, Servílio e tantos outros.

Não precisa de presidente pedindo para jogador de Seleção tirar foto.

Nobre foi além de Hulk e Marcelo.

Falou com Neymar.

Disse que sabia que ele foi palmeirense na infância.

Só faltou levar uma camisa para o grande ídolo santista.

E pedir para que posasse com ela.

Só faltou isso na sua aventura como chefe de delegação.

6reproducao Presidente do Palmeiras toma Hulk e Marcelo como ídolos emprestados. Pensa brincar, mas na verdade desrespeita o passado. O Palestra Itália nunca precisou de ídolos de outros clubes. Tinha os seus. Mas eram outros presidentes...

O dirigente deveria respeitar mais o cargo que ocupa.

O clube que representa.

Levar a camisa para Hulk e dar a da Valdivia para Marcelo é ato de torcedor.

Só embaraça os palmeirenses de verdade.

Principalmente porque analisam o time atual.

E são obrigados a ver seu presidente posando com jogadores que não tem condição de comprar.

Imatura atitude.

Esse tipo de marketing não é revolucionário.

Muito ao contrário.

É suicida.

Só desvaloriza o clube com cerca de R$ 200 milhões em dívidas.

E irrita a sua torcida.

Que Paulo Nobre esqueça logo seus tempos de Inferno Verde.

Hoje ele é presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras.

E ídolo no Palestra Itália nunca faltou.

Nunca precisou pegar emprestado...
1reproducao2 Presidente do Palmeiras toma Hulk e Marcelo como ídolos emprestados. Pensa brincar, mas na verdade desrespeita o passado. O Palestra Itália nunca precisou de ídolos de outros clubes. Tinha os seus. Mas eram outros presidentes...

http://r7.com/EDuu

47 Comentários

"Presidente do Palmeiras toma Hulk e Marcelo como ‘ídolos emprestados’. Pensa brincar, mas na verdade desrespeita o passado. O Palestra Itália nunca precisou de ídolos de outros clubes. Tinha os seus. Mas eram outros presidentes…"

26 de March de 2013 às 13:21 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Adriano
    - 26 de março de 2013 - 13:31

    Que lixo...

  • Luís Carlos
    - 26 de março de 2013 - 14:08

    É um pouco cedo ainda. Mas vem dando mostras de ser apenas um aventureiro. Espero estar errado.

  • Paulo Teta
    - 26 de março de 2013 - 14:25

    É verdade, o parmera teve uns 2 ou3 jogadores regulares em sua história. O seu maior ídolo, esse meia-boca chamado Ademir, nunca foi titular absoluto da Seleção Brasileira. Quando teve uma chance na Copa de 1974 ficou esquentando o banco.

  • Umberto
    - 26 de março de 2013 - 14:29

    Cosme,boa tarde! Um dos lugares onde vejo o esgotamento da torcida palmeirense é aqui,no seu blog. Qdo vc escreve,é SEMPRE para falar mal(e,desgraçadamente,vc tem razão),os leitores comentam menos do que posts de outros times,e geralmente concordando com as críticas. Ou seja,uma geração de palmeirenses perdida. Abraços desolados...

  • Henrique
    - 26 de março de 2013 - 14:29

    Cosme, porque você não nos mostrou essa foto de Neymar com a camisa do Palmeiras antes? Agora ficou claro porque ele vem atuando tão mal! Brincadeiras à parte, a princípio achei que Paulo Nobre seria muito bom pro Palmeiras, mas ele parece alternar ótimas decisões com atitudes típicas de torcedor... preocupante!

  • Renato Granada
    - 26 de março de 2013 - 14:47

    O Palmeiras caminha para o abismo. Nunca mais será o mesmo, assim como o Guarani e Ponte Preta também já não são os times de outrora. O Palmeiras será o único time que acabou pelos atos de sua própria torcida. Coitado dos times dos outros Estados que herdarão seus torcedores, os famigerados, desolados e humilhados torcedores do extinto Palmeiras, antigo Palestra Itália. Apague a luz o último que sair.

  • Gabriel
    - 26 de março de 2013 - 14:51

    Cosme, triste para a torcida palmeirense, mas acho que esse presidente em breve vai se equiparar ao saudoso A. Tirone (Pituca). Abriu com chave de ouro sem mandato, fazendo a pior venda da história ao dispensar o Barcos e aceitar empréstimos de jogadores fraquíssimos, impossibilitados de participar da Libertadores. Acho que para montar um elenco para a série B, não precisava se desfazer do Piratas dessa forma e com tanta pressa. Ver esse cidadão tirando foto com estrelas segurando a camisa do time só não é pior do que o Pituca pedindo autógrafo ao Andrès Sanches. Temo que o verdinho não volte esse ano para a elite e vc? Abs

  • ROBERTO LIMA
    - 26 de março de 2013 - 14:58

    o corinthians so não ta no abismo por causa dos arbitros e da globo

  • Luciano
    - 26 de março de 2013 - 15:01

    Resposta à Paulo Teta: Meu caro acho q vc não conhece a história da seleção brasileira e seus títulos mundiais. Veja as cinco seleções e perceberá que em todas elas tinham jogadores que à época atuavam no Palmeiras, diferentemente de outros times, com exceção do São Paulo que tb teve jogadores nos cinco mundiais da seleção. Agora me diga quantos são os ídolos do Corinthians que foram campeões atuando ainda no clube. É certo q hj não estamos bem, assim como todos os times em sua história já não estiveram, mas nossa história ainda é a maior. Tanto é q somos o maior campeão de títulos nacionais. O futuro não podemos precisar, mas o passado ainda é nosso. Forza Palestra! Vamos Verdão!

  • Apolinario
    - 26 de março de 2013 - 15:17

    o QUE ?? PALMEIRAS ?? MÓOOOORRRRREUUU...timeco de segunda...ninguém mais liga...já vi até torcedor do coritiba ( pasmem) zoando este timinho...ou seja, o fundo do poço chegou...

1 2 3 4 5
6234