hugh+hafner Palmeiras, Cruzeiro e Inter. Sonham com Felipão. Mas palmeirenses e colorados têm o telefone de Adilson Batista...

São dois técnicos para três clubes.

O mercado proporcionou para Luiz Felipe Scolari a primazia.

É a moça que pode escolher com que rapaz dançar.

Pode dançar novamente com Palmeiras ou Cruzeiro.

Ou tentar ritmos novos no Internacional.

A moça mais feia, Adilson Batista, vai escolher entre o que sobrar.

Desde que seja longe de Belo Horizonte.

A relação com o Cruzeiro desgatou a beleza dos dois.

As diretorias de Inter, Palmeiras e Cruzeiro suspiram de desejo por Scolari.

Mas sabem que são preteridas.

Ele prefere um clube italiano.

Quer realizar um velho sonho.

Usar o italiano que nasceu falando no Interior do Rio Grande Sul, com seus avós.

E voltar a mostrar o seu potencial como técnico.

Já ganhou o que tinha de ganhar até a terceira geração no Uzbequistão.

A hora é voltar a trabalhar em um clube competitivo.

Seu empresário português está trabalhando com seus contatos.

Felipão não quer países exóticos.

Nada de Turquia, Emirados Árabes.

Se não for na Itália, ou até voltar a trabalhar na Seleção Portuguesa, volta para o Brasil.

Ele disse que já está prometido a um clube.

O treinador tem palavra.

No Palmeiras há quem jure que a palavra que é o seu predileto no território nacional.

O Cruzeiro pode oferecer uma vida de luxo a Scolari.

E o Inter o levaria de volta para casa e ainda teria o gosto de amor proibido, por ter convivido com tanta felicidade com o Grêmio.

Como no Palmeiras os dirigentes se dividem até na hora de tomar um café, uma ala quer parar de sonhar e ficar com quem está na mão: Adílson Batista.

O medo é dispensar o treinador, que já foi até convidado para dirigir o clube há 10 dias, sonhando com Felipão e ele também não vir.

Esta ala está ganhando a queda de braço.

A diretoria do Internacional oferece a semifinal da Libertadores.

É um dote e tanto para Adilson virar o rosto.

Para ele também seria uma aventura com gosto de pecado.

A sua ligação com o Grêmio gerou frutos.

Esta é  a situação complicada.

Sempre é complicada quando existem dois para três pretendentes...

+ Acompanhe a cobertura da Copa no R7
+ Tudo sobre futebol no R7
+ Leia os principais destaques do dia

http://r7.com/Y32j