Corinthians, São Paulo e Inter brigam por Renan do Avaí e da Seleção. Ele custa só R$ 5,4 milhões…

divulgacao21 Corinthians, São Paulo e Inter brigam por Renan do Avaí e da Seleção. Ele custa só R$ 5,4 milhões...
Em julho de 2010, Mano Menezes surpreendeu na convocação da Seleção Brasileira.

Entre os goleiros constava o nome de Renan.

Logo os gaúchos colorados comemoraram.

Pensaram ser o jogador do Internacional.

Mas era Renan do Avaí.

Foi o primeiro jogador atuando no futebol catarinense convocado para a Seleção.

Primeiro a sanidade mental do treinador do Brasil foi contestada.

Depois, a desconfiança que tivesse sido a força de empresários por trás da chamada.

Só que para o bem do futebol brasileiro, nenhum dos dois fatos.

Aos 20 anos, Renan era a grande novidade em Santa Catarina.

As observações para a Seleção Olímpica eram excelentes.

Mesmo com 1m92 e 81 quilos, Renan era ágil demais.

Um goleiro diferenciado.

Mano quis contato com o jogador, perceber se tinha nervos para vestir a camisa verde e amarela.

Apesar do nervosismo na apresentação, Renan se impôs.

E dez meses depois, ele se tornou objeto de disputa entre vários clubes grandes do País.

Especialmente entre dois deles: Corinthians e São Paulo.

No Morumbi se comenta que a indicação partiu do próprio Rogério Ceni.

Ele demonstra afinal não ser nenhum highlander e pensa em parar em 2012 ou 2013, aos 40 anos...

E viu nos confrontos que derrubaram o São Paulo da Copa do Brasil um excelente goleiro no Avaí...

Ágil, corajoso, com excelente explosão muscular, reflexo...

Ainda pode ser aprimorado, mas Ceni daria o seu difícil aval para a contratação de Renan...

E o clube de Carpegiani já sondou a direção do Avaí...

Acontece que o goleiro tem uma personalidade forte...

Detesta o banco de reservas...

Dificilmente aceitaria ser comprado para ficar por dois anos admirando Rogério Ceni, um dos seus ídolos...

Ele tem a convicção de que será chamado para disputar a Olimpíada de Londres...

E quer continuar ganhando espaço na mídia, no futebol do País...

Aí surge o Corinthians...

Falhar em uma decisão de campeonato fica marcado para sempre...

O gol que Júlio César tomou de Neymar ainda é comentado pelos dirigentes...

Aos 26 anos, o jogador tem se mostrado muito instável...

Foi muito bem contra o Palmeiras nas semifinais do Paulista, por exemplo...

Já contra o Santos na Vila Belmiro preocupou todos os companheiros, torcida e, principalmente, a diretoria...

Andres Sanches nunca escondeu que sonhava com Dida no gol do Corinthians...

Tentou contratá-lo três vezes e fracassou...

Não há mais confiança no Parque São Jorge em Júlio César...

Pelo contrário...

Os dirigentes querem um novo goleiro...

O primeiro plano era buscar um experiente fora do Brasil...

Helton era um nome muito comentado...

Mas com a conquista da Liga Europa ficou impossível a sua contratação...

Gomes do Tottenham também...

Andres acredita que o técnico da Seleção é um enviado dos deuses do futebol...

O que ele fala é lei...

Seguir Mano Menezes deveria estar entre os Dez Mandamentos...

E o treinador convocou Renan...

O goleiro que acaba de dar muita alegria ao dirigente, sendo peça fundamental na eliminação do seu detestado São Paulo...

O clube já tomou a dianteira e já conversa com a direção do Avaí...

Quer comprar o goleiro...

O nome de Diego Cavalieri também estava sendo discutido...

Mas tentar atropelar o time de Juvenal Juvêncio é sempre estimulante para Andres...

E já conversou com dirigentes do Avaí...

Há outros clubes também interessados, como o Internacional...

Porém São Paulo e Corinthians chegaram primeiro...

O salário de Renan é de R$ 3,8 mil...

Ele vai até o final de 2012...

A multa é de R$ 5,4 milhões...

A direção do Avaí está desesperada oferecendo R$ 30 mil por mês...

Para colocar a multa pelo menos em R$ 20 milhões...

Só que o jogador, aconselhado por seu empresário, não aceita...

Ele quer um clube maior ao final da Copa do Brasil....

Ah, para variar, ontem ele teve uma grande participação...

Foi fundamental no empate em 1 a 1 com o Vasco em pleno São Januário....

Neymar e Muricy foram os responsáveis por levar o Santos para a semifinal da Libertadores…

AgenciaEstado93 Neymar e Muricy foram os responsáveis por levar o Santos para a semifinal da Libertadores...
O pênalti perdido outra vez tira um pouco de brilho...

Mas outra vez Neymar foi fundamental.

O Santos deve muito da chegada à semifinal da Libertadores ao garoto de 19 anos...

E a Muricy Ramalho, o técnico que, de acordo com inimigos, não saberia disputar mata-matas...

No empate em 1 a 1 contra o perigoso Once Caldas, os dois fizeram muito bem seu papel...

Desde os primeiros minutos de jogo, Neymar pediu todas as bolas...

E enfrentou com coragem e talento os irritados e bem nutridos zagueiros colombianos...

O Santos fez o inverso do Cruzeiro na sua eliminação diante do tinhoso Once Caldas...

Muricy adiantou a marcação santista e encurralou o adversário no seu campo...

E retomou inúmeras bolas e criou chances para golear...

Isso ainda no primeiro tempo...

O Santos desperdiçou chances demais...

Só Neymar conseguiu um chute perfeito da entrada da área....

Quando todos esperavam o segundo e o terceiro gol veio o empate..

Renteria aproveitou a bobeada da zaga e marcou o 1 a 1.

O Santos não sentiu o golpe e continuou buscando o gol...

Tivesse outro atacante e não Zé Eduardo, teria vencido a partida...

Neymar e Elano o deixaram livre para marcar...

Mas o que ele conseguiu no Pacaembu foi irritar os torcedores...

E chegar a 13 partidas sem fazer um golzinho...

Veio o segundo tempo...

E Muricy Ramalho manteve a marcação na saída de bola do Once Caldas...

O time tirou o resto de fôlego que restava da maratona de jogos...

E continuou pressionando, não deixando de maneira alguma os colombianos tocarem a bola no meio de campo...

Sempre a lembrança do jogo do Cruzeiro...

E na pressão veio o pênalti em Neymar...

Ele não deixou o cobrador oficial, Elano, bater...

Muricy Ramalho e Elano não criaram caso...

Tudo certo para o jogador se consagrar...

Mas ele cobrou mal demais, fraco, quase meio do gol e Martinez defendeu...

Isso aos 41 minutos do segundo tempo...

O Once Caldas adiantou toda sua equpe para tentar qualquer coisa...

Mas Muricy Ramalho deu consistência à defesa santista...

Os colombianos nem assustaram...

A vaga foi garantida.

Semifinal da Libertadores...

Festa de 34 mil torcedores o Pacaembu...

E quase ninguém nem se lembrava de um tal Paulo Henrique Ganso...

Neymar e Muricy Ramalho não deixaram...

Flamengo de Ronaldinho Gaúcho se rende à realidade. Vai baixar a sua pedida para o patrocínio na camisa. Ninguém quer pagar R$ 40 milhões…

divulgacao9288 Flamengo de Ronaldinho Gaúcho se rende à realidade. Vai baixar a sua pedida para o patrocínio na camisa. Ninguém quer pagar R$ 40 milhões...
Em fevereiro, o Flamengo despachou a Batavo como a principal patrocinadora da sua camisa.

R$ 22 milhões seria dinheiro de pinga para o time mais popular do Brasil.

Ainda mais que havia acabado de contratar Ronaldinho Gaúcho.

R$ 22 milhões por ano seria uma ofensa.

Bastava lembrar que o Corinthians tem o maior patrocínio do País.

E que a Hypermarcas banca R$ 46 milhões pelo privilégio de estar no peito do camisa...

Só que veio fevereiro...

Março...

Abril...

Estamos no dia 17 de maio...

E até agora nenhuma empresa se dispôs a colocar os R$ 40 milhões sonhados na Gávea...

O sonho ficou mais barato, caiu para R$ 35 milhões...

Mas, como?

O time foi campeão carioca...

Inventou o Bonde do Mengão Sem Freio...

Por um simples motivo: Ronaldinho Gaúcho...

Com salários de R$ 1,8 milhão, ele não é nem sombra do que os dirigentes sonhavam...

Em campo não conseguiu se impor nem contra fracos marcadores de times pequenos cariocas...

Nem diante dos jogadores da Copa do Brasil...

O Flamengo caiu diante do Ceará e ele não teve condições técnicas para evitar...

O seu começo no clube carioca não estimula patrocinadores...

Mesmo nestes de estabilidade da moeda...

É muito o que Patricia Amorim pede...

Hoje todas as empresas fazem pesquisa...

O mercado carioca é menor em relação ao paulista...

Mas o que aperta está na questão do carisma...

Ronaldinho Gaúcho não tem o que sobra em Ronaldo...

Tímido, sem vontade de dar entrevista, de se expor, de se vender, o flamenguista não estimula marqueteiros...

Pelo contrário...

Se tornou um grande desafio...

As críticas em relação ao seu futebol...

Às suas incríveis festas que varam a madrugada...

Tudo isso pesa demais...

Só que seria contornável se ele tivesse carisma...

Ronaldo mesmo gordo demais ainda faz a Hypermarcas pedir que esteja incluído no pacote para renovar patrocínio com o Corinthians....

A situação está complicada na Gávea...

O clube resolveu lançar bonequinhos do jogador...

Ver se ganha algum dinheiro com a imagem do atleta...

O que for...

Patrícia já foi aconselhada por gente da Traffic que é melhor reconhecer a realidade...

Baixar a pedida...

Se vierem R$ 30 milhões ou até mesmo R$ 25 milhões vale a pena fechar o acordo...

Os meses vão passando e os interessados não aparecem...

Pelo contrário até...

O time está jogando com o endereço do seu site oficial no peito...

Ninguém assume publicamente, mas na Gávea, já há uma profunda saudade dos R$ 22 milhões da Batavo...

Patricia Amorim está baixando a guarda...

O desgaste com a camisa sem patrocinador já atingiu a política do clube...

Passou a ser cobrada pela oposição e pela situação...

Ela espera que a qualquer momento apareça alguém com os sonhados R$ 40 milhões...

Se tivesse feito uma promessa de não cortar os cabelos até surgir o patrocinador master....

Teria muita chance de seu nome passar a ser Rapunzel...

Ricardo Gomes. Vasco e Avaí. Jogo fundamental para o treinador mais desacreditado do País…

divulgacao2903 Ricardo Gomes. Vasco e Avaí. Jogo fundamental para o treinador mais desacreditado do País...
O São Paulo causou um enorme trauma na carreira de Ricardo Gomes.

Sua imagem ficou muito desgastada.

Tanto que ele esteve a ponto de pensar que só saindo do País para voltar a trabalhar.

A impressão de treinador inseguro...

Sem liderança, apático...

Ficou difundida no Brasil todo...

Ainda mais porque substituiu Muricy Ramalho...

Educado até demais para um treinador de futebol...

No Morumbi todos estranharam demais suas atitudes...

As conversas com titulares e reservas...

O cuidado para não deixar os atletas deprimidos que não jogavam...

Mas o que causou péssima impressão foi seu comportamento durante os jogos...

Sua aparente omissão, falta de vibração, gritos, palavrões...

Ele aceitava as derrotas de uma maneira impressionante...

E que parecia que contagiava o time...

O São Paulo de Ricardo Gomes foi uma equipe sem vibração...

Que aceitava perder...

Justo ele que, como jogador, foi capitão da Seleção Brasileira...

Foi assim no Brasileiro de 2009, quando o título estava nas mãos do time...

No Paulista de 2010...

E na Libertadores do ano passado...

Quando chegaram as semifinais contra o Inter ele já estava completamente desacreditado...

Ninguém mais o queria perto do Morumbi...

Era só o São Paulo cair diante do Inter...

A primeira partida em Porto Alegre foi a mais acovardada da história do time tricolor...

Cavou de vez a demissão de Ricardo Gomes...

Mas veio a revanche no Morumbi...

E o time vibrou demais...

Foi eliminado, mas saiu aplaudido...

Tudo foi tarde demais...

Juvenal Juvêncio deixou o contrato do treinador acabar e, como era de se esperar, não o renovou...

O treinador que chegou até a sofrer um AVC e voltou a trabalhar antes da liberação médica...

Viu seu esforço não ser recompensado...

Gomes ficou sem trabalho e sem perspectivas...

De agosto de 2010 até fevereio de 2011...

Foram seis meses de desgosto...

De espera pelo telefone tocar...

E ele não tocava...

Até que veio o convite de Roberto Dinamite...

O desacreditado Vasco da Gama precisava de um treinador...

Com nome no mercado e barato...

Foi a chance que Ricardo Gomes agarrou de unhas e dentes...

O sofrido período no São Paulo...

E o mais ainda sem trabalho...

A dor serviu para ensinar ao técnico que o futebol brasileiro precisa de um comandante vibrante...

Ele forçou e mudou o seu estilo blazè que poderia combinar com o futebol francês...

Mas não com o Brasil...

E ele tratou de montar um Vasco lutador, brigador...

Até jogadores técnicos como Felipe tiveram de acordar e lutar pela posse de bola...

Diego Souza também está vendo em São Januário uma fundamental chance na já desacreditada carreira...

Bernardo tenta mostrar o que o Cruzeiro está jogando fora...

Dedé que pode chegar à Seleção...

Éder Luís, que é um incompreendido...

Ricardo Gomes montou um time à sua feição....

O Vasco que entrará em campo hoje contra o Avaí pela semifinal da Copa do Brasil briga pela autoestima...

O time como um todo quer ser reconhecido como grande, poderoso...

Recuperar a aura que já teve...

Assim como o clube...

Depois da sofrida classificação contra o Atlético Paranaense...

O Vasco é a mais tradicional equipe entre as semifinalistas da Copa do Brasil...

Avaí, Ceará, Coritiba não despertariam medo há 30 anos...

Pelo contrário...

Seria impensável...

Mas o mundo e o futebol mudaram demais nesses últimos 30 anos...

O Vasco e Ricardo Gomes sentem isso na pele...

E vão fazer a cruz de malta voltar a mostrar sua força hoje no Rio...

O técnico descobriu que o Brasil não é a França...

E Dinamite que camisa não ganha jogo...

Por isso essa semifinal da Copa do Brasil será especial...

Tanto Ricardo Gomes como o Vasco precisam voltar ao futuro...

E vão precisar sofrer muito...

O Avaí já fez um estrago imenso no São Paulo, o clube que maltratou Ricardo Gomes...

Silas, o treinador adversário, jogou com Gomes na Seleção Brasileira...

E também precisa vencer para voltar a ser um treinador promissor...

Sua passagem por Grêmio e Flamengo o desmoralizaram...

Mas sua situação ainda é muito melhor do que a de Gomes...

Se não será o mais importante jogo no território nacional...

Vasco e Avaí será o mais tenso...

Será uma prova de fogo para o treinador mais desprezado dos últimos tempos no País...

Cruzeiro mostrou a Muricy como não jogar contra o Once Caldas…Euforia, ingenuidade e time aberto é tudo o que os colombianos querem…

ap Cruzeiro mostrou a Muricy como não jogar contra o Once Caldas...Euforia, ingenuidade e time aberto é tudo o que os colombianos querem...
O Cruzeiro virou o espelho do Santos.

Ainda com a faixa de bicampeão paulista no peito, Muricy Ramalho viu e reviu o jogo em Sete Lagoas.

Analisou como o Cruzeiro, time mais técnico e talentoso, foi eliminado pelo Once Caldas...

Viu que a armadilha que derrubou os mineiros: a empolgação...

Foi preparada uma festa para a equipe que tinha a melhor campanha na primeira fase da Libertadores...

Com a badalada presença de Deborah Secco, a primeira dama do time...

A torcida empolgada, sonhando em transformar o estádio em caldeirão...

Cuca montou sua equipe muito aberta, esperando os colombianos medrosos, presos na defesa...

Só que o Once Caldas tem como característica tocar a bola em velocidade, comprar a briga...

Buscar o gol mesmo fora de casa...

Tanto que ainda não perdeu na Libertadores atuando longe de Manizales...

O Cruzeiro se irritou com a personalidade, as tabelas, os dribles conscientes dos adversários.

E rapidamente se descontrolou....

A expulsão de Roger ainda no primeiro tempo foi chave, fundamental para a derrocada mineira...

A partir daí, o Once Caldas se tornou cada vez mais confiante e se impôs com personalidade...

O caminho dos erros já está traçado...

E custou caro demais ao Cruzeiro na Arena do Jacaré...

Cabe ao Santos ir pelo outro lado...

Ainda mais depois da conquista do título paulista...

E a garantia do Pacaembu lotado...

Muricy tem uma equipe mais jovem do que a de Cuca...

Sua providência obrigatória foi cortar as asas do time...

Ele quer o mesmo comportamento contra o Corinthians...

Tanto que, apesar de Danilo estar recuperado, vai manter Alan Patrick no time...

Gostou do sentido tático, do espírito de sacrifício na marcação...

Só que ele vai além, graças ao seu talento ofensivo...

O Santos vai atacar, mas com consciência...

O time está cansado...

Não pode entrar na euforia da torcida para tentar decidir a partida a qualquer custo...

A vitória a busca da vitória é atraente, mas pode ser o canto da sereia...

Isso na definição de Muricy...

Ele não esquece que o empate basta para o Santos chegar à semifinal...

E existem poucos treinadores de ponta no País que valorizem tanto o empate na hora certa como Muricy...

"É uma grande vantagem, sim", diz, sem ter vergonha...

Se o Cruzeiro tivesse empatado em Sete Lagoas estaria vivo na Libertadores...

Depois de dez partidas decisivas e com vitórias santistas...

O elenco tem uma grande compensação se passar hoje pelo Once Caldas...

A certeza do descanso...

Nas primeiras rodadas do Brasileiro, o time será poupado caso se classifique...

Os jogos da Libertadores passarão a ter um espaço de uma semana de preparação...

Acabou a pressão da fase decisiva do inútil Campeonato Paulista....

Torneio que só serviu para desgastar o elenco...

A alegria pelo bicampeonato serve apenas para o ego...

É a Libertadores que leva à disputa do Mundial, da valorização internacional dos jogadores...

O Paulista serviu para tirar Ganso da fase decisiva do torneio mais importante do ano...

Mas isso não importa, sempre será assim enquanto os clubes se ajoelharem para federações...

O que vale hoje para Muricy é não imitar o Cruzeiro de Sete Lagoas contra o Once Caldas...

Não cair nos elogios fáceis de Juan Carlos Osorio, treinador adversário...

Ele coloca os jogadores santistas como melhores do mundo...

Todos sem exceção...

Quem o ouve falar parece que seu time ficará travado, morrendo de medo de ser goleado...

Foi o que o Cruzeiro acreditou...

Muricy mostra que não vai cair no truque...

Até porque ele também quer chegar onde nunca chegou...

Ao título da Libertadores...

Por isso foi demitido do São Paulo, apesar de tricampeão brasileiro...

Para isso, promete colocar um Santos equilibrado no Pacaembu...

Se puder ganhar o jogo, golear, Neymar dar dribles históricos...perfeito...

Mas se vier um 0 a 0 e a vaga...também será muito bem aceito...

E o mais importante...

Sem cotoveladas em Renteria ou quem quer que seja...

Até porque Muricy não tem mais físico para o UFC...

O medo dos clubes brasileiros em contratar Sheik, aquele que cantou o Bonde do Mengão sem Freio com a camisa do Fluminense…

divulgacao394 O medo dos clubes brasileiros em contratar Sheik, aquele que cantou o Bonde do Mengão sem Freio com a camisa do Fluminense...
O mundo do futebol não perdoa traição.

Não pública.

Emerson está sentindo isso na pele.

Ele quebrou todos os acordos silenciosos que existem em um clube.

O bom atacante que estava no Fluminense não esperava que o feitiço virasse contra ele.

Resolveu forçar a sua saída das Laranjeiras.

E da forma mais tosca possível.

Em plena disputa da Libertadores da América entrou no ônibus do Fluminense cantando Bonde do Mengão sem Freio...

'Hino' que o Flamengo adotou no Campeonato Carioca.

Ele já tinha problemas com Enderson Moreira, com a diretoria, com Fred.

Conseguiu o seu intento.

Rescindiu contrato.

E resolveu deixar claro o que para ele acontecia no Fluminense.

Enderson aceitava interferência de jogadores na escalação.

Ficou implícito que ela viria de Fred.

Souza não era titular do time por ser seu amigo.

E que outros jogadores tinham cantado animados o Bonde do Mengão sem Freio...

Deixou o ambiente péssimo no clube...

Com todos desconfiando de todos...

Não bastasse isso...

Ainda usou o Twitter para ironizar a desclassificação do Fluminense...

Só que sua vingança pessoal se virou contra ele mesmo...

Acabou fechando as portas para clubes importantes do Brasil...

A primeira delas foi a do Santos...

Muricy Ramalho é fã do seu futebol...

Sabe que o jogador está à disposição...

Mas sofreu resistência da diretoria santista...

Exatamente por não confiar no comportamento do atacante...

Também ocorreu o mesmo no Cruzeiro...

Cuca o conhece bem...

E nem teve tempo para indicá-lo quando a diretoria também se manifestou contra o jogador...

O mesmo aconteceu no clube em que sonhava voltar...

Luxemburgo já foi o primeiro a barrar o retorno do jogador...

Pelo mesmo motivo...

Se ele detonou o Fluminense, por que não detonaria o Flamengo?

Renato Gaúcho o indicou ao Grêmio.

Mas também não houve entusiasmo nos dirigentes por sua escolha...

Emerson tinha certeza que arrumaria novo clube no dia seguinte à sua saída do Fluminense...

Mas não foi bem assim...

Os presidentes dos principais clubes brasileiros ficaram chocados com a indolência do atacante...

Há um medo coletivo que ele venha a fazer a mesma coisa na nova equipe que o contratar...

E inúmeros jogadores também reprovaram a sua atitude...

Perderam a confiança nele...

Emerson resolveu se calar, deixar a poeira baixar...

Mas há poeira demais...

Ainda está muito fresco o que ele fez no Fluminense...

O autor do gol que levou o título brasileiro às Laranjeiras em 2010...

Não tinha ideia das consequências...

Não sabia o que estava fazendo com seu próprio futuro...

O Brasileiro de 2011 vai começar e ele está sem clube...

O mundo do futebol não perdoa traição...

( Perdoar, não perdoa...

Mas há a necessidade....

A vergonha...

Depois de ter sido passado para trás pelo Inter em relação a Gilberto...

O Corinthians tenta Emerson...

E dirigentes pede para que, se ele acertar contrato, não cantar música alguma...)

“O Clube dos 13 desequilibrou o futebol de Pernambuco. Enriqueceu o Sport. E deixou Náutico e Santa Cruz sem nada.” Antônio Luiz Neto, presidente do Santa Cruz…

siteoficialSantaCruz O Clube dos 13 desequilibrou o futebol de Pernambuco. Enriqueceu o Sport. E deixou Náutico e Santa Cruz sem nada. Antônio Luiz Neto, presidente do Santa Cruz...
Antônio Luiz Neto.

Presidente do Santa Cruz.

Campeão pernambucano.

Evitou o hexacampeonato do Sport, o clube rico de Pernambuco...

Com mais de R$ 1,8 milhão a sua folha de pagamento

A do Santa, R$ 300 mil.

Quarta divisão do Campeonato Brasileiro...

Série D...

Exclusiva com presidente...

"Vamos sair da Quarta Divisão do Brasil.

Chega de sofrimento..."

O que significou a conquista do Campeonato Pernambucano?

Mostrou a vitória do resgate das origens do Santa Cruz.

O clube que foi fundado para enfrentar a elite.

Para assegurar um lugar para o negro, o pobre jogar futebol.

Há uma enorme discrepância no futebol de Pernambuco por causa do Clube dos 13.

O Santa Cruz venceu essa enorme distância que o Clube dos 13 trouxe para Recife...

Como assim?

Desde que foi fundado, o Clube dos 13 foi elitista.

Escolheu alguns eleitos e deixou clubes populares, de massa fora.

Aqui em Pernambuco, só o Sport fez parte.

Santa Cruz e Náuticos foram esquecidos.

Vou lhe dar um dado importantíssimo.

Nos últimos 15 anos, com o dinheiro que o Clube dos 13 lhe deu, o Sport ficou muito forte.

Pôde montar equipes mais poderosas que seus rivais.

A competição ficou injusta, sem sentido.

Tanto que o Sport ganhou dois pentacampeonatos.

Só com o dinheiro do Clube dos 13.

Isso é um absurdo que o resto do País nem sabe quanto desequilibrou o futebol de Pernambuco.

Enriqueceu o Sport.

E deixou Náutico e Santa Cruz sem nada...

Como é presidir um clube tão tradicional na Quarta Divisão do Brasileiro?

É difícil.

Nós temos a enorme paixão dos nossos torcedores, que quebram recorde e recorde de arrecadação.

Tanto que queremos construir uma Arena para o Santa Cruz para 70 mil pessoas...

Esse é o nosso grande projeto.

Mas é difícil demais com a Série D...

A busca de patrocinadores, apoio, dinheiro.

Agora com o título pernambucano, a situação deve melhorar.

Mas não é fácil.

E nós temos de subir o mais rápido possível, sair dessa situação lamentável.

Não tem cabimento o Santa Cruz estar na Série D.

Vamos acabar com esse sofrimento.

Vamos sair da Quarta Divisão do Brasil...

Por que o Santa Cruz está na Série D?

Por que decidiu nas últimas administrações ser um clube de elite.

Esquecer a sua origem de clube da massa.

Tentou montar elencos caríssimos sem identidade com o clube.

Foram irresponsáveis com o dinheiro do clube.

O que sobraram foram dívidias, processos e problemas previdenciários.

A situação do Santa Cruz ainda é muito difícil.

Tudo vai melhorar com o título, que abrirá novas portas.

Mas estava quase impossível trabalhar com tanta dificuldade financeira.

(O Santa Cruz deve cerca de R$ 80 milhões...)

Como é que o clube vai se virar ficando dois meses parado, até o início da Série D?

A nossa folha salarial é de R$ 300 mil.

Será difícil não ter jogos oficiais por dois meses.

Os jogadores precisam receber.

Ainda bem que tem a arrecadação da final do Campeonato Pernambucano.

Foi cerca de R$ 1 milhão.

E ainda faremos amistosos, para arrecadar e ainda deixar o time pronto para subir.

Não tenho como negar que tudo fica muito complicado com 60 dias sem jogos, em plena temporada.

O Santa Cruz venderá outros jogadores além do Gilberto?

Não é nossa intenção, não.

Há alguns clubes interessados em jogadores nossos, mas não vamos desmanchar esse time campeão, não.

O Zé Teodoro já está até buscando novos reforços.

A torcida do Santa pode ficar tranquila.

Só o Gilberto é que saiu mesmo.

Presidente, por que houve a súbita mudança?

Por que ele não foi vendido para o Corinthians já que o clube começou a negociação muito antes do Inter?

Por um motivo muito simples: dinheiro.

O Internacional ofereceu muito mais do que o Corinthians.

O Santa Cruz precisa demais de dinheiro.

Não houve como dar preferência ao Corinthians.

Quem pagou mais levou o Gilberto.

Foi tudo as claras.

Ninguém pode reclamar de nada...

(Mas por causa da venda de Gilberto para o Inter...

O Corinthians rompeu relações com o Santa Cruz.

Andres Sanches garante que, enquanto for presidente, não negocia com o clube pernambucano...)

Alguns gremistas chamaram Zé Roberto de macaco no Grenal. Mas e daí, para que levar a sério? Ele mesmo já ‘deixou para lá’…

divulgacao2404 Alguns gremistas chamaram Zé Roberto de macaco no Grenal. Mas e daí, para que levar a sério? Ele mesmo já deixou para lá...
Outra vez um jogador no Brasil é hostilizado pela cor de sua pele.

Zé Roberto denunciou que parte da torcida gremista o xingou de macaco...

E fez gestos imitando o animal...

Basta ele pegar na bola na lateral do campo e lá vinham as ofensas...

Era final do Campeonato Gaúcho...

A decisão mais empolgante do País...

Renato Gaúcho de um lado...

Falcão de outro...

As ofensas iriam passar e ninguém iria comentar se não fosse o destino...

Na decisão por pênaltis coube a Zé Roberto decidir o título...

Cobrou e marcou...

Só nas entrevistas ele resolveu revelar a humilhação que passou...

Disse que já viveu essa triste situação fora do Brasil...

Aqui,não...

Classificou de asqueroso...

Mas como muitos outros jogadores, vai deixar por isso mesmo...

Grafite, Manoel e tantos outros tomaram o mesmo rumo...

O Internacional também não vai se envolver...

Comprar uma briga com a torcida do maior rival não vai acabar nunca...

A CBF fez a mesma coisa quando a torcida peruana fez o mesmo com Diego Maurício na seleção sub-20...

Roberto Carlos não quis levar adiante a banana que o torcedor russo queria lhe entregar...

Como se fosse um macaco...

E assim vamos levando a vida...

Como se tudo fosse normal...

E o futebol vai fazendo sua importante contribuição social...

Divulga o preconceito...

E até pior: o incentivo à omissão...

A covardia das autoridades...

Dos dirigentes...

Dos jogadores...

A lição, o exemplo que fica para os jovens torcedores que fazem sua avalanche no Olímpico...

Por que não seguir os estúpidos que chamam jogadores negros rivais de macacos?

Não acontece nada...

Mais uma vitória da impunidade...

Desta vez na rica e desenvolvida Porto Alegre...

E assim a vida segue...

No Brasil, o país onde não existe preconceito racial...

Então, tá...

Internacional toma atacante do Corinthians no aeroporto. Futebol é business, não é Mário Gobbi?

divulgacao972 Internacional toma atacante do Corinthians no aeroporto. Futebol é business, não é Mário Gobbi?
Para quem não sabe como funcionam os bastidores do futebol...

Vai gostar desta pequena história...

O Corinthians já vinha negociando com Gilberto desde o início do ano.

O atacante do Santa Cruz havia acertado salários e luvas.

Artilheiro do time campeão pernambucano, ele se despediu dos companheiros no domingo à noite...

Disse que estava indo para 'fazer história no Corinthians, clube que sempre sonhou jogar'...

A direção do Santa Cruz havia recebido telefonema de empresário representando o Inter ainda no domingo...

Mas na comemoração do título pernambucano, deixou a conversa para o outro dia...

Na segunda-feira à tarde Gilberto e seu empresário Luís Ferreira estavam com passagens aéreas enviadas pelo Corinthians...

Do Recife para São Paulo.

Só que Ferreira recebeu várias ligações da direção do Internacional...

Os dirigentes queriam saber por quanto Gilberto tinha acertado com o Corinthians...

Era R$ 1,5 milhão em parcelas...

E mais salários de R$ 30 mil...

Os dirigentes gaúchos quiseram saber se o jogador já tinha assinado com o clube...

Quando ouviram 'não'...fizeram sua proposta...

Ofereceram R$ 2,5 milhões por 90% dos seus direitos federativos...

E mais um bom aumento de salário: R$ 60 mil...

Ferreira contatou a direção corintiana que já havia até anunciado o jogador...

Ouviu a revolta dos dirigentes paulistas...

A direção do Santa Cruz quase solta mais rojões do que na conquista do Campeonato Pernambucano...

Para o clube, o dinheiro a mais caiu do céu...

E ontem mesmo Ferreira e Gilberto mudaram suas passagens...

Elas passaram de São Paulo para Porto Alegre...

O Internacional atravessou com o maior prazer a contratação...

Gilberto agora terá de falar que sempre sonhou em atuar no Beira Rio...

A falta de preocupação em romper com o Corinthians é clara...

As informações sobre o jogador são excelentes..

Ele tem apenas 21 anos...

Rompedor, forte e com ótimo chute de fora da área, ele foi contratado para ser o substituto de Leandro Damião...

Já há várias propostas de clubes europeus interessados no atacante...

Mas a direção do Inter planeja esperar ele se valorizar com a convocação para a Copa América...

E sonha em vendê-lo caro depois do Campeonato Brasileiro...

Por isso Gilberto...

Dar satisfação aos dirgentes do Corinthians?

De jeito nenhum...

Como diz o candidato à presidência Mario Gobbi, futebol é business...

Pagou mais, levou...

Paulo César Carpegiani está ardendo em fogo brando no São Paulo. Todos sabem disso. Principalmente ele mesmo…

divulgacao930 Paulo César Carpegiani está ardendo em fogo brando no São Paulo. Todos sabem disso. Principalmente ele mesmo...
O treinador mais constrangido do Brasil tem nome e sobrenome.

Paulo César Carpegiani.

Ele ultrapassou limites pessoais para continuar no São Paulo.

Sabe que é indesejado pela torcida.

A esmagadora maioria da diretoria também quer outro homem comandando o time.

Maquiavélico, Juvenal Juvêncio só o mantem no cargo para não pagar a multa de R$ 1 milhão.

Os jogadores acompanharam toda a perda de comando ao ter de pedir desculpas a Rivaldo.

Justo ele, que era tão imponente nos vestiários.

Não dava abertura aos atletas.

Dizia aos quatro ventos que comandar o time era uma 'prerrogativa' dele.

E não abria mão disso por nada e por ninguém.

Abriu.

Havia mandado recado claro ao presidente depois da lamental eliminação diante do Avaí:

Ou era Rivaldo ou ele.

No fim teve de engolir o meia de 39 anos.

A compensação foi uma pretensa multa de 10% nos salários do milionário jogador.

Multa de clube ninguém confere para saber se foi mesmo descontada.

"No Palmeiras muitas e muitas vezes me garantiram que haviam multado o Edmundo.

E nunca descontaram nada, só fui saber anos mais tarde", já revelou Luxemburgo.

A rotina dos clubes é essa mesma: prometer punir seus atletas publicamente...

E passar a mão na cabeça dos jogadores, como se fossem meninos sem ninguém saber...

Carpegiani finge não perceber que perdeu o respeito do time, da imprensa, da torcida.

E que não está cozinhando em fogo brando.

Tudo o que Juvenal Juvêncio ganhou foi tempo.

Carpegiani vai começar o Brasileiro.

Até porque já será neste final de semana a primeira rodada, o jogo contra o Fluminense.

Mas isso não é garantia de nada.

A direção estudará com calma a contratação de um novo comandante para o time.

Três dias não foram suficientes.

Agora, com a sobrevida de Carpegiani, não há prazo.

Juvenal Juvêncio pode pensar à vontade.

Escolher entre os vários nomes que lhe foram sugeridos.

Esperar uma oportunidade.

O técnico deu suas explicações ontem sozinho.

Não havia um dirigente ao lado dele no reencontro com os jornalistas.

Isso no São Paulo é significativo.

Quando as coisas vão bem, títulos são conquistados, dirigentes fazem questão de acompanhar o técnico.

Quando há derrotas e eliminações humilhantes, eles costumam deixar o treinador isolado, desprotegido.

E é assim que Carpegiani está no São Paulo.

Seu comando é fraquíssimo e sujeito a questionamentos de qualquer atleta.

Seu comportamento inseguro em Florianópolis, sem saber quem trocar...

Colocar Marlos, o tirar logo em seguida...

Mandar os reservas se aquecer...

Depois se sentar...

Depois se aquecer de novo...

Foi primário, tosco para um técnico de um clube tão importante...

A aura de comando e respeito não existe mais.

A começar pelo próprio Carpegiani que está se desrespeitando para continuar no Morumbi.

Quer ser técnico do São Paulo a qualquer custo.

E está pagando o pior preço possível: o do descrédito.

Ele sabe que é apenas questão de tempo para ser demitido.

Basta Juvenal acertar com um novo técnico.

Queria Abel Braga que já é do Fluminense.

Cuca era a opção, mas o Cruzeiro não libera.

Dorival Júnior também está firme no Atlético Mineiro.

Vai esperar, pensar em outros com calma...

O presidente erra ao perder tempo.

Pontos e jogos serão perdidos.

Em nome do quê?

Que planejamento é esse?

Modernidade ou falta de rumo?

Deixar um treinador em quem ninguém acredita no cargo...

Já foi assim com Ricardo Gomes, com Sérgio Baresi...

Mas o dirigente não aprendeu a lição.

Está expondo o time e até mesmo Carpegiani.

Quando Juvenal encontrar outro técnico vai demitir Paulo César...

Todos sabem, principalmente o próprio comandante do time...

Mas ele finge não ver, não saber...

Carpegiani foi campeão do mundo com o Flamengo...

Tem um passado a zelar...

Sua vida financeira está resolvida...

Tem mercado de trabalho...

Não precisa passar por tanto constrangimento...

O que é feio hoje só poderá ficar pior...

Principalmente porque ninguém acredita mais no seu trabalho...

A começar pelos jogadores...

Passando pelos dirigentes...

E terminando na razão de ser do São Paulo Futebol Clube: seus torcedores...