Impasse logo na primeira convocação de Mano…

divulgação52 Impasse logo na primeira convocação de Mano...

Continua o impasse, na manhã de hoje, dia da convocação.

A pressão de Ricardo Teixeira é igual à de 1991, quando obrigou Falcão a levar jogadores que não disputaram a Copa do Mundo de 1990.

O treinador aceitou a imposição do presidente, o Brasil disputou a Copa América com esses novatos.

A Argentina foi campeã no Chile.

O Brasil foi vice.

E Falcão foi demitido.

Inteligente, Mano não quer começar a sua caminhada com um vexame diante dos Estados Unidos.

E está tentando convencer o presidente da CBF a levar alguns jogadores que atuam no Exterior.

O impasse está criado.

E pende mais para Ricardo Teixeira.

Evidente que na coletiva, seja quem for o vencedor dessa importante questão, Mano não assumirá a 'divergência' de opiniões.

Pessoas ligadas a Ricardo Teixeira tentam ajudar, colocando que ele poderia fazer algumas exceções.

Viu como não é fácil ser treinador da seleção brasileira, Mano?

Veja mais:

+Todas as notícias sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

Ganso, Neymar, Dentinho, Pato e quem mais na lista do bem amado Mano Menezes?

reuters4 Ganso, Neymar, Dentinho, Pato e quem mais na lista do bem amado Mano Menezes?

Vanderlei Luxemburgo e Carlos Alberto Parreira devem estar unidos.

Pela mesma pontinha insistente de inveja.

A despedida de Mano Menezes do Corinthians foi emocionante.

Os dois deixaram o Parque São Jorge para assumir a Seleção.

Mas não tiveram 5% do carinho da torcida e dos jogadores a Mano Menezes.

Impressionante o que aconteceu ontem no Pacaembu.

Vitória, volta olímpica de um só...

Voar nos braços dos atletas.

Depois uma entrevista equilibrada.

O raciocínio de Mano foi desenvolvido para suportar pressão.

Ele mostra firmeza e não perde o raciocínio.

Sua filha jornalista o ajuda com simulações, antecipando as perguntas mais complicadas.

Mas sua personalidade é assim.

O novo técnico da Seleção fez a lição de casa.

Deu sua primeira entrevista exclusiva para a TV Globo, como é de praxe.

Se até mesmo Dunga foi falar no Jornal Nacional, não seria ele quem iria se negar.

Depois da negativa de Muricy Ramalho, Ricardo Teixeira pediu uma apresentação de gala para Mano.

Ele estará hoje, às 16 horas, no luxuoso Sherathon, no Rio de Janeiro.

Fará sua primeira convocação.

Para o amistoso contra os Estados Unidos.

Está orientado para começar o processo de renovação.

Ganso, Neymar, Pato, Lucas, Dentinho, Elias, Victor deverão estar na lista.

Além de Julio César, Maicon, Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva, Robinho, Nilmar.

Kaká vai depender do seu estado médico, que ninguém tem certeza de qual é.

Bruno César e Diego Souza podem aparecer.

Hernanes, Sandro e Miranda talvez não estejam na lista por causa da Libertadores, mas Mano os quer.

Esses são os nomes mais comentados.

Correm por fora, para completar a lista, o zagueiro Chicão e o lateral esquerdo Marcelo do Real Madrid.

"Nunca me violento.

Para aceitar um cargo, não sei não ser eu mesmo."

Essas foram as declarações mais fortes de Mano na longa coletiva de ontem.

Essas foram as suas respostas diante da pergunta se fez concessões para aceitar ser o novo treinador do Brasil.

"Eu não vou mudar o estilo que o brasileiro gosta de ver futebol.

Vou buscar uma seleção que privilegie o ataque, embora digam que sou defensivista", provocou.

A princípio, Ricardo Teixeira gostaria de ver só jogadores que atuam no País.

Porém, Mano quer convencê-lo nesta manhã a "não expor o futebol brasileiro" e levar atletas de fora.

A lista acima foi feita com a convicção de que o treinador deve ganhar essa primeira disputa.

Mano fez questão de dizer que deixou o Corinthians na liderança do Brasileiro e com o melhor ataque.

Nada mal para quem tem a fama de colecionar volantes e esquemas de muita marcação.

Só resta agora ir ao Rio para ver como será o primeiro dia de Mano no cargo de maior responsabilidade do futebol mundial...

Ainda dá tempo...

Quem você acredita que não pode ficar de fora da convocação de Mano Menezes?

Veja mais:

+Todas as notícias sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

A insegurança de Ricardo Gomes domina o São Paulo…

reuters3 A insegurança de Ricardo Gomes domina o São Paulo...

O que aconteceu com o São Paulo?

Despencou para a 15ª posição do Campeonato Brasileiro.

Às vésperas do início da semifinal da Libertadores da América contra o Internacional.

Perdeu mais uma vez para o Santos.

Com gol contra de Renato Silva.

No primeiro tempo não conseguir chutar a gol.

O time até lutou.

Mas foi impressionante o esquema de Ricardo Gomes.

Mesmo com o time misto, ele montou a equipe com três zagueiros, seis jogadores no meio de campo e apenas Fernandinho na frente.

Além de não passar a bola nem para os seus parentes, Fernandinho atuava longe da área.

Ou seja: no primeiro tempo, o São Paulo atuou sem um atacante.

Assustador.

A postura mais raçuda dos jogadores,que brigavam mais pela posse do bola foi o único ponto a se destacar.

O time conseguiu apenas acertar o travessão do Santos em uma cabeçada esporádica de Washington.

Na verdade, o São Paulo mereceria ter perdido a partida por mais gols.

Rogério Ceni disse que o time mostrou na Vila Belmiro o espírito que precisa ter no Beira-Rio.

Voltarão os titulares.

Mas o problema do clube está no banco de reservas.

Ricardo Gomes passa por um péssimo momento.

Sua insegurança tem contaminado o grupo.

Não há um norte.

A maneira de a equipe atuar muda jogo a jogo.

Ele mistura atletas que não têm entrosamento.

O São Paulo é uma equipe confusa, intranqüila e sem confiança.

Infelizmente, o retrato fiel do momento vivido por seu treinador.

Futebol é como a vida, por vezes surpreendente.

Mas na maioria do tempo, previsível.

E a lógica não aponta o time paulista como favorito nesta disputa.

Muito, mas muito pelo contrário.

Os gaúchos chegam empolgados, entusiasmados e reforçados pela luta de ser o brasileiro na final.

Já o São Paulo reflete toda a insegurança de Ricardo Gomes.

E há tempos.

Estranha é a atitude de Juvenal Juvêncio que finge não enxergar.

Ricardo Oliveira será apresentado na tentativa de desviar o foco.

Mas o problema não está nos jogadores.

Todos no Morumbi sabem disso.

Só que será necessário o fim da Libertadores para Juvenal agir.

E a competição mais amada dos são-paulinos pode acabar precocemente por causa dessa teimosia...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

De que adianta o Palmeiras ter o melhor técnico do Brasil?

divulgação31 De que adianta o Palmeiras ter o melhor técnico do Brasil?

Três jogos, nove pontos em disputa.

Adversários: Avaí, Botafogo e Ceará.

Dois pontos conquistados.

Três expulsões.

Uma por partida.

Lei da mordaça, jogadores proibidos de dar entrevistas no intervalo e na saída da partida.

Se alguém ousar falar, multa até de R$ 10 mil.

Esse é o início da trajetória de Luiz Felipe Scolari.

O bom humor do treinador com seu retorno ao futebol brasileiro acabou.

Ele tinha avisado que o 'bicho era feio'.

Só que é mais feio do que imagina.

E quer ação de Belluzzo, da Traffic, do Corpo de Bombeiros, do CVC...

Quem puder que mande reforços ao limitado Palmeiras.

Felipão sabe que diversas pesquisas o apontam como o treinador ideal para a seleção brasileira.

Até esse repórter também o considera assim.

Mas antes de Muricy Ramalho, ele foi a primeira pessoa  a ser leal à sua palavra.

Ele havia garantido a Belluzzo que ficaria até o final de 2012 no Palmeiras.

Então nem sinalizou com intenção de voltar à Seleção.

Se tivesse demonstrado vontade seria novamante convidado, como foi em 2006.

Só que chegou a hora de quem o buscou também ser leal e ir buscar reforços.

O Palmeiras recebeu um sonoro não na tentativa de buscar de volta o zagueiro Henrique, do Barcelona.

Luiz Felipe precisa de um zagueiro, um meia e um atacante.

Ele e nem ninguém aguenta mais a contratação mais lenta do futebol mundial: Valdívia.

Cada dia os dirigentes prometem que o chileno virá na próxima semana e nada.

Scolari já pediu publicamente 'um carinho' da Traffic, no mínimo dois jogadores.

Contra o Ceará, o futebol de sempre.

Diante de um time muito organizado, herança de PC Gusmão, que Estevam Soares soube aproveitar, o Palmeiras lutou.

Correu e até dominou a partida.

Até ter a expulsão infantil de Léo.

A segunda em três partidas com Scolari.

Com um jogador a menos e jogando fora, o empate pode ser considerado um resultado aceitável.

Mas Scolari quer mais.

Um treinador de seu currículo.

Com o prestígio de ser o predileto da população para assumir a Seleção.

A hora é da direção do Palmeiras acordar e perceber que já fez o mais difícil.

Tem o melhor treinador brasileiro por dois anos e meio.

Agora só falta lhe dar jogadores.

Domingo que vem, o clássico contra o Corinthians.

Scolari não precisa de 'carinho'.

De 'favor'.

Precisa de competência dos dirigentes...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

São Paulo e Santos. Quem acredita que o jogo não vale nada?

O Sexto Sentido São Paulo e Santos. Quem acredita que o jogo não vale nada?

Dia de ver quem vai cumprir a  palavra.

A diretoria do São Paulo garante que não vai demitir Ricardo Gomes.

Nem que  o time perca de '10 a 0' para o Santos.

Grato, Ricardo Gomes prometeu que o seu time será outro.

Terá raça, garra.

Não existirá apatia.

Ele mesmo não ficará parado como a estátua da Liberdade no banco de reservas.

Ele promete até dar dois ou três gritos de incentivo.

Não importa se com time misto, titulares ou dentes-de-leite.

Até porque, quarta-feira começam as semifinais da Libertadores contra o Internacional.

Há que se ter o mínimo de confiança contra os gaúchos.

Dorival Júnior jurou ao presidente Luís Álvaro que já domou o surto.

E  as três derrotas serão esquecidas.

Seus jogadores vão esquecer das propostas da Europa...

Vão parar com brincadeiras estúpidas de garotos de 10 anos...

E irão se concentrar para vencer o clássico e a Copa do Brasil.

Depois, quem tiver de sair, vai sair...

O dirigente adiou a idéia de afastar jogadores já negociados, como André.

Há duas certezas no clássico da Vila Belmiro.

Alguém não sairá inteiro.

E promessas não serão cumpridas...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

Adilson Batista, o José Mourinho de Andrés Sanchez…

reuters2 Adilson Batista, o José Mourinho de Andrés Sanchez...

Como o blog e o mundo sabia, Adilson Batista foi confirmado como novo treinador do Corinthians.

Ele havia se desligado do Cruzeiro de olho em outro clube paulista: o São Paulo.

Empresários lhe garantiram que era só uma questão de tempo para Ricardo Gomes sair.

Assim como agentes insistiam que o Grêmio lhe faria uma oferta.

Mas Adilson resolveu não esperar porque a proposta corintiana trazia tudo o que queria.

Vai dirigir o segundo clube mais popular do país.

Com um interessante grupo de jogadores, vice líder do Brasileiro.

No ano do seu centenário.

A possibilidade de repetir Mano e conversar sobre reforços diretamente com Andrés Sanchez.

Comandar de verdade o futebol do clube.

Ter a poderosa mídia paulista.

Mas quem é Adilson Batista?

Ele foi capitão dos times onde jogou.

Zagueiro inteligente, com habilidade.

Ganhou a Libertadores com o Grêmio.

Foi campeão mundial com o Corinthians, em 2000.

Na final contra o Vasco, formou dupla com Fábio Luciano.

Contusões fizeram com que encerrasse a carreira, em 2001, com 33 anos.

A partir daí, decidiu ser treinador.

Fez um estágio que mudou a sua vida.

Com Luiz Felipe Scolari.

Aprendeu demais com ele, principalmente no trato com os jogadores.

Costuma se fechar com o grupo de maneira até um pouco exagerada.

Adora montar equipes com jogadores versáteis e sem posição fixa.

A principal crítica que carrega é o fato de ousar demais, colocar atletas fora de posição.

Em Minas Gerais, parte dos comentaristas o batizaram de 'Professor Pardal' por causa destas 'invenções'.

Seu principal feito foi levar o Cruzeiro à decisão da Libertadores em 2009.

Mas perdeu o título em pleno Mineirão para o Estudiantes de Verón.

Adilson ganhou dois Campeonatos Mineiros destroçando o Atlético.

Mas o deste ano jogou pelo ralo ao colocar uma equipe reserva nas semifinais contra o Ipatinga.

Essa derrota o abalou.

Ser eliminado pelo São Paulo de Ricardo Gomes da Libertadores foi a gota d'água.

Seu relacionamento com a diretoria do Cruzeiro foi excelente.

Ele e Zezé Perrella se entendiam como irmãos.

Uma parceria que lembra a de Mano e Andrés Sanchez.

Adilson terá pela frente o grande desafio chamado Ronaldo, que tanto atrapalhou o Corinthians nos últimos tempos.

Na Libertadores, com sua péssima forma física atrapalhou demais o próprio time.

Como ele lidará com quem acaba pagando o salário de todos, graças ao patrocínio que atraiu?

Provavelmente com muita conversa e o defendendo da crítica da imprensa, como seu mestre Felipão ensinou.

E cobrava na Justiça, R$ 500 mil do próprio Corinthians por salários e direito de imagem, da época em que era jogador.

Ele deverá retirar a ação.

Seu contrato vai até o final de 2011.

Tem 42 anos.

É um treinador da mesma geração de Andrés.

Exatamente como ele queria.

Tanto que o acerto estava acertado verbalmente há mais de dez dias, quando havia sinais que Mano iria para a seleção.

Nunca houve qualquer outro concorrente.

A troca de treinador promete ser menos traumática do que parece.

Adilson Batista tem muito de Mano Menezes.

Mano Menezes tem muito de Adilson Batista...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

Aleluia! O Atlético Mineiro não perdeu. Empatou com o Avaí…

parangol%C3%A9(1) Aleluia! O Atlético Mineiro não perdeu. Empatou com o Avaí...

Aleluia! Aleluia!

O Atlético Mineiro não perdeu.

Fábio Costa finalmente jogou.

Fez várias defesas importantes.

Salvou o time de Vanderlei Luxemburgo.

Daniel Carvalho, logo na estréia, mostrou porque decepcionou já tanta gente.

Conseguiu ser expulso por um carrinho inconseqüente.

Neto Berola, também pediu o cartão vermelho.

O Avaí cansou de perder gols.

Se os seus atacantes fossem mais objetivos, o time de Antônio Lopes teria vencido.

E bem.

Mas, Eltinho, Caio, Vandinho estavam jogando mais para a torcida do que para o time.

Mas mesmo assim, o Avaí faz surpreendente campanha.

Está em um mais do que digno sexto lugar.

Já do rival, fica a valentia dos jogadores mineiros que, mesmo com dois a menos, se superaram.

A grande melhora no Atlético Mineiro coube a Vanderlei Luxemburgo.

Uma vitória pessoal.

Em vez da cadeira de rodas motorizada de R$ 9.000,00, ele estava de muletas na Ressacada.

O seu time?

Ah, continua sim na zona do rebaixamento, com dez pontos em onze partidas.

A campanha: três vitórias.

Um empate.

E sete, sim, sete derrotas.

A apaixonada torcida atleticana merecia bem mais, muito mais.

Talvez isso explique porque Luxemburgo deixou de ser opção para a seleção brasileira há muito tempo...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

Lágrimas de Andrés, pó de arroz no Rio e medo de represálias. A saga Mano e Muricy Ramalho…

paradoxo6 26 Lágrimas de Andrés, pó de arroz no Rio e medo de represálias. A saga Mano e Muricy Ramalho...

As lágrimas de Andrés Sanchez.

Todos que estavam na sala de entrevistas do Parque São Jorge ficaram constrangidos.

Até mesmo Mano Menezes.

Por que as lágrimas?

Porque o treinador aceitou o Corinthians na Série B?

O presidente se esquece como foi a contratação.

O gaúcho almoçou com a direção do Cruzeiro.

E jantou com Andrés.

Recebeu mais dinheiro e foi para o Corinthians.

Que favor ele fez?

O time da segunda maior torcida do Brasil...

A subida para a Série A era obrigatória, diante de adversários medíocres.

A possibilidade de montar o elenco como achasse necessário.

E a chance de seu empresário Carlos Leite colocar atletas para jogar e se valorizar no Parque São Jorge.

Leite chegou até a emprestar dinheiro para o clube contratar seus jogadores.

Nos tempos atuais não há treinadores que não tenham seus empresários favoritos.

Ninguém.

Pense em Muricy, Felipão, Parreira, Luxemburgo...

Jorginho, auxiliar de Dunga, era empresário...

As lágrimas do presidente corintiano são mais incompreensíveis quando se sabe que Mano será seu aliado.

Para sempre, onde for.

E ele vai para a CBF.

Ter o técnico da seleção brasileira ao seu lado nunca é ruim.

Ainda mais quando tem jogadores que podem ser convocados como Dentinho, Jucilei, Bruno César...

E acalenta o sonho de ser o sucessor de Ricardo Teixeira.

Do outro lado, no Rio de Janeiro..

O pó de arroz da torcida do Fluminense.

Orgulhosos por Muricy Ramalho ter cumprido a palavra.

E virado as costas para a seleção brasileira.

Não aceitou o dinheiro da CBF para romper o contrato.

Pelo contrário, até ficou ofendido.

A questão nunca foi dinheiro.

Como fica a cabeça de um treinador que disse não ao seu maior sonho de vida?

Ainda mais tendo a convicção de que com Ricardo Teixeira não deverá ter mais chance de voltar à seleção?

Muricy e sua assessoria de imprensa divulgaram um comunicado de agradecimento pelo convite.

O homem que esteve por trás do 'fica Muricy' foi Celso Barros.

Presidente da Unimed/Rio ele já havia colocado muito dinheiro no time.

Fechou recentemente com Belletti e Deco.

Ele quer ganhar o Brasileiro.

E se cansou de se aventurar com treinadores com potencial duvidoso.

Foi ele quem enfrentou a CBF.

Já foi alertado por conselheiros de possível represália dentro do campo pela ousadia de não liberar o técnico.

Teoria da conspiração?

Se houver algum lance duvidoso contra o Fluminense, a ordem da diretoria é fazer escândalo.

Os dirigentes cariocas estão de queixo caído ainda.

Contrataram alguém com ética suficiente para recusar a seleção.

Foi essa postura irredutível de Muricy que fez Ricardo Teixeira desistir de brigar por ele.

O dono do futebol brasileiro desistiu ao perceber que o treinador não compraria a briga.

Ele tinha a certeza que Muricy enfrentaria o mundo pela seleção.

Agora ele termina de preparar a equipe para enfrentar o Botafogo.

Quer continuar líder do Brasileiro.

E Mano está preocupado com sua lista de convocados de segunda-feira.

Vai poder escolher com toda a calma a seleção renovada que enfrentará os Estados Unidos.

Antes, a partida contra o Guarani.

Quer se despedir com uma vitória.

E esquecer o vexame contra o Atlético Goianiense que pesou na escolha imediatista de Muricy.

Adílson Batista tem a certeza de que na segunda-feira substituirá Mano no Parque São Jorge.

Assim como Andres no aniversário do Corinthians irá anunciar o novo estádio.

A vida segue...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

“Tinha que ser o Mano…” Andrés Sanchez, mais feliz que o técnico..

Tratore Tinha que ser o Mano... Andrés Sanchez, mais feliz que o técnico..

"Quando tem que ser, tem que ser."

Essa foi a frase que Andrés Sanchez mais falou para Mano Menezes hoje à noite.

Toda a decepção dos dois amigos com o convite a Muricy Ramalho virou festa, comemoração.

O convite de Ricardo Teixeira ao técnico corintiano já foi aceito.

Ele quer fazer o anúncio oficial amanhã de manhã no Parque São Jorge.

Tem mesmo de reconhecer que sem o Corinthians e Andrés não chegaria à seleção tão cedo.

Pessoas próximas dos dois acompanharam o constrangimento da tarde desta sexta-feira.

Tudo começou no meio-dia, quando o anúncio de Muricy Ramalho foi feito.

Eles imaginaram que tudo havia acabado.

Todas as horas que Andrés Sanchez gastou falando de Mano na África para Ricardo Teixeira.

O apoio desesperado do presidente para tentar fazer de Kléber Leite, candidado da CBF, presidente do Clube dos 13...

A aproximação de Lula de Teixeira...

Tudo isso não poderia ser em vão.

Mas depois quando Celso Barros, presidente da Unimed-Rio não liberou Muricy Ramalho, tudo mudou.

O clima de funeral virou reveillon.

Todos tinham certeza que o caminho estava aberto de novo.

Pouco importava o currículo de Mano, com uma Copa do Brasil, dois estaduais.

E as obrigatórias subidas do Grêmio e do Corinthians da Série B para a A.

O rei do Twitter.

Afável nas entrevistas.

Leal com seus patrões.

Nunca se importou ou expôs o fato do diretor corintiano Mário Gobbi não entender nada de futebol.

Não tinha problema.

Ele e Andrés dominaram o futebol corintiano.

Fizeram de tudo.

Compraram Souza.

Tentaram colocar Ronaldo nos eixos.

Jogaram a Libertadores do centenário fora vendendo André Santos, Douglas e Cristian.

Fizeram a festa na Copa do Brasil e  no Campeonato Paulista de 2009.

Compraram Messi e trouxeram Defederico.

Ao contrário do que sonha Ricardo Teixeira, Mano tem um estilo germânico de enxergar futebol.

Aquela história de que a seleção brasileira de 2014 será feita à brasileira não será verdadeira se Mano chegar até lá.

Andres sabe que terá um fortíssimo aliado na CBF com a escolha de Mano.

Como o presidente corintiano jura que irá suceder Ricardo Teixeira, nada mal.

Triste será a madrugada de Muricy.

Por ser tão fiel aos seus princípios, não realizou o sonho da sua vida, dirigir a seleção.

"Eu tenho de dar o exemplo para os meus filhos.

Como é que vou justificar a eles falar uma coisa e fazer outra.

Eu tinha dado a minha palavra ao Fluminense", justificou.

Ricardo Teixeira dormirá aliviado.

Primeiro sondou Felipão.

Amigos em comum disseram que ele está até mais ranzinza.

Depois investiu em Muricy.

A Unimed não deixou ele sair.

Então se voltou para quem sempre quis a seleção.

E não colocava sequer um obstáculo.

Plano C ou não, o que interessa para Mano Menezes é que ele é o novo técnico da seleção brasileira.

Adilson Batista deverá substituí-lo no Parque São Jorge.

Tudo como Andrés desejava.

Mesmo desconfiado da ambição do dirigente corintiano, Ricardo Teixeira teve de se aliar a ele.

Pensou que já havia pago o apoio na eleição do Clube dos 13 lhe dando o cargo de chefe da delegação brasileira na Copa da África.

Mas está levando o seu técnico para a seleção brasileira.

Está mais do que quite.

Só que o dirigente corintiano quer mais.

Deseja o cargo do próprio Teixeira.

"Quando tem que ser, tem que ser..."

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

Ricardo Teixeira quer tirar Muricy Ramalho do Flu. Mesmo que tiver de ser à força…

divulgação20 Ricardo Teixeira quer tirar Muricy Ramalho do Flu. Mesmo que tiver de ser à força...

Ricardo Teixeira ficou petrificado quando soube a postura da diretoria do Fluminense.

Principalmente a de Roberto Horcades.

Amigos comuns foram quem intermediou o encontro de hoje de manhã no Itanhangá Clube.

O presidente da CBF decidiu que não desistirá tão fácil de Muricy Ramalho.

Os mesmos amigos que o ajudaram na reunião com Muricy já telefonaram para Horcades.

E várias pessoas influentes no Fluminense dizem que o responsável pela negativa é Celso Barros.

O presidente da Unimed, patrocinadora do clube, finalmente estava contente com um treinador.

Há anos ele desejava ter Muricy Ramalho.

E foi ele quem insistiu com Horcades que não tem cabimento liberar o técnico "nem para a seleção".

Para ele está muito claro que importante é o Fluminense e ponto final.

Horcades quando foi dar a entrevista coletiva para dizer que não liberaria o treinador saiu rápido.

Estava constrangido.

Sabia que seus amigos estranharam a postura do Fluminense.

Está claro que Horcades tomou a decisão graças à pressão de Celso Barros.

A situação está muito complicada.

Ricardo Teixeira jura que não vai ceder.

Pagar a multa realmente faz parte dos seus planos.

Só depende de Muricy Ramalho.

A história de contrato até 2012 é uma meia verdade.

Porque o treinador apenas conversou sobre a possibilidade.

Não assinou nada.

Teixeira promete lutar pelo treinador.

Desde que perceba que Muricy vai comprar a briga.

Se não sentir firmeza no treinador, começará a pensar nas opções disponíveis.

Aí Mano Menezes, Vanderlei Luxemburgo, Abel Braga, Paulo Autuori podem ser anunciados.

Mas sempre ficará no ar o que ninguém deseja: que a Seleção Brasileira teve de apelar para o plano B.

O treinador que Ricardo Teixeira, o dono do futebol do País, deseja está nas Laranjeiras...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7