Jobson. Uma aula de como tentar jogar a carreira fora. Atlético e Botafogo se cansaram dele. Oferecido ao Palmeiras, Felipão avalia…

divulgacao44 Jobson. Uma aula de como tentar jogar a carreira fora. Atlético e Botafogo se cansaram dele. Oferecido ao Palmeiras, Felipão avalia...
Poucos jogadores de futebol, no final de suas carreiras, podem olhar para trás e pensar:

"A vida me deu várias chances".

Este não será nunca o caso de Jobson.

Atacante rápido, ousado, atrevido.

Surgiu como grande esperança no Brasiliense.

O ex-senador Luís Estevão, dono do clube, viu nele a possibilidade de fazer muito dinheiro.

Mas logo Jobson se mostrou muito atraído pelas tentações da vida.

Mulheres, bebidas, noitadas, punições e fugas para o Pará, onde nasceu e tem família.

Logo as situações ficaram repetitivas, rotineiras.

Luís Estevão se cansou, mas não queria perder dinheiro.

Tratou de emprestá-lo para o mais longe que conseguiu.

E lá foi Jobson jogar na Coréia do Sul, no Jeju United.

Não se acostumou à rigidez oriental.

E muito menos os coreanos se adaptaram ao brasileiro e seus atrasos.

Trataram de devolvê-lo.

Foi quando o Botafogo acabou o levando.

Rio de Janeiro...

Time grande, torcida, dinheiro no bolso.

Noitadas...

Se Jobson logo chamou a atenção de todos no Botafogo: pelos gols e pelas baladas e baladas.

Os jogadores faziam rodízio para sair com ele.

Ninguém suportava o seu ritmo forte.

Os atrasos já começavam a incomodar, quando ele foi pego no antidoping.

A substância apontada foi cocaína.

Um dia, ele disse que a consumiu pura.

No outro, ela chegou ao seu organismo graças ao crack.

Não importa.

Estava negociado com o Cruzeiro quando estourou o escândalo.

Tudo foi desfeito.

Foi suspenso por dois anos.

Dois anos...

Mas o destino o ajudou e a pena caiu para apenas seis meses.

Uma oportunidade de ouro para se recuperar.

Voltou ao Botafogo.

Mas nem Joel Santana, com toda a sua paciência suportou os atrasos, a volta às noitadas de Jobson.

Gastou saliva tentando convencer o atacante a se levar a sério.

Se cansou.

E logo o Atlético Mineiro surgiu e o levou emprestado.

Com a saída de Tardelli e Obina, a diretoria acreditou que o jogador teria todo o espaço para atuar.

Só que não contavam com a seriedade de Dorival Júnior.

Com ele, Jobson não seria tratado como um menino levado.

Pelo contrário.

O técnico, que sabia de toda a história do atleta, foi direto.

Ou ele se enquadraria ao clube e seria seu titular ou ficaria de lado.

Jobson não teve espaço e nem companhia para aprontar.

Dorival Júnior conseguiu montar um grupo consciente e disciplinado.

O time recebe em dia.

Mas sabe que não há espaço para indisciplina ou falta de entusiasmo.

Jobson se viu isolado, pressionado.

E sem ninguém para o mimar, como acontecia nos tempos do Brasiliense, do Botafogo.

Nem mesmo sua mãe, dona Lourdes, que perdeu oito quilos por sofrimento...

Enquanto durou a suspensão do filho por uso de cocaína...

É a única pessoa no mundo que não acredita que ele tenha usado drogas...

Mesmo diante da confissão do atacante...

Coisa de mãe...

Quem tem sabe o que é...

Jobson pediu para sair do Atlético Mineiro.

Alegou falta de adaptação.

Dorival Júnior não moveu uma palha para segurá-lo.

O treinador sabe quanto tempo perdeu tentando convencê-lo a se dedicar à carreira...

A direção do Atlético Mineiro o quer devolver.

O Botafogo não o deseja de volta.

Situação absurda, criada pela falta de responsabilidade, amor à profissão de um jogador.

Mas o destino parece não se cansar de Jobson.

Empresários o estão oferecendo ao Palmeiras.

Felipão já disse uma vez que gostaria de ter o atleta.

Que o endireitaria.

As negociações mal começaram.

Pode ser que não dê em nada.

Mas só o interesse do Palmeiras recoloca o interesse de outras equipes em Jobson.

Realmente, ele nunca poderá reclamar de falta de oportunidade na vida, na carreira.

Que pense agora.

Tem 23 anos e a história de um jogador veterano, problemático, sem rumo...

Seu sonho é passar a aposentadoria pescando no Pará.

Pode ser em um barco moderno e seu...

Ou em uma vara de pescar, sentado na margem do rio...

As escolhas que fizer daqui por diante na vida é que definirão a qualidade de vida que terá e dará à sua família...

Pense bem, Jobson...

Um dia o destino vai cansar de você...

Honre o sofrimento de dona Lourdes...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Luís Fabiano deitou e rolou em cima do Corinthians. Diretoria se articula agora por Lugano…

divulgacao390 Luís Fabiano deitou e rolou em cima do Corinthians. Diretoria se articula agora por Lugano...
45 mil são paulinos no Morumbi...

Em uma terça-feira à tarde.

Sem jogo...

A apresentação de Luís Fabiano foi a maior da história do futebol brasileiro.

Superou a Ronaldinho Gaúcho no Flamengo.

E a de Ronaldo no Corinthians.

Aliás, Andres Sanches conseguiu.

Perdeu-se muito tempo com provocações inúteis, bobas, infantis ao Corinthians.

O motivo: a ousadia dos dirigentes em tentar levar Luís Fabiano para o Parque São Jorge.

E o atacante entrou nas provocações.

Disse que não jogaria em nenhum outro clube a não ser o São Paulo, ao saber por dirigentes do Sevilla do interesse do Corinthians...

Afirmou ser difícil jogar no estádio corintiano já que seu contrato tem (só) quatro anos.

E que sua festa foi grande porque no Morumbi 'cabe muita gente'.

A de Ronaldinho Gaúcho foi na Gávea, com direito a torcedor derrubar portão.

E a de Ronaldo no velho e acanhado Parque São Jorge.

Tirando essas infantilidades, o que importa é a contratação de um grande artilheiro internacional com 30 anos.

Luís Fabiano ainda tem muito o que jogar.

A sua presença dá outro perfil para o São Paulo.

O time perde aquela tradicional atitude blasé, polida diante de uma derrota.

Luís Fabiano traz um pingo de revolta, ira, inconformismo que tanto falta ao clube do Morumbi...

Com ele, o São Paulo é outro.

O investimento de R$ 19 milhões foi muito bem feito.

Encheu de orgulho os são-paulinos...

Foi o começo de um sonho...

Luís Fabiano chegou...

Agora, a torcida quer muito mais: Lugano.

Os dirigentes vão tentar.

Mas a situação está complicada.

Não está fácil contratá-lo de volta do futebol turco...

O ponto favorável é que se cansou do Fenerbahce...

E quer retornar ao Morumbi...

Seu preço é caro, cerca de R$ 20 milhões, dinheiro difícil de juntar para um zagueiro...

Mas não impossível...

Esperto, Juvenal Juvêncio disfarça e diz que para este ano é impossível...

Sabe que não é ....

Mas quer se valorizar se conseguir os R$ 20 milhões...

Depois da festa de hoje não há como fugir...

O São Paulo está renascendo...

E tendo como alvo principal um time preto e branco da Zona Leste...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Neymar dá sua contribuição para o racismo. Assim como Ronaldo, Roberto Carlos. E bananas para a eficiente polícia inglesa. A que matou Jean Charles…

divulgacao211 Neymar dá sua contribuição para o racismo. Assim como Ronaldo, Roberto Carlos. E bananas para a eficiente polícia inglesa. A que matou Jean Charles...
A polícia inglesa divulgou quem jogou uma banana em direção a Neymar.

Na partida entre Escócia e Brasil, no estádio do Arsenal, o Emirate.

Um estádio sem alambrado para proteger os jogadores.

Se uma pessoa quiser jogar uma moeda, uma pilha, pode atingir os atletas.

De acordo com os policiais, foi um um adolescente alemão, um turista.

E que não houve intenção do jovem em hostilizar o brasileiro, compará-lo ao um macaco.

Não, jogou a banana por jogar.

Se estivesse comendo uma jaca, jogaria a jaca...

E diante desta profunda investigação, o caso está encerrado...

Assim como o torcedor russo que mostrou uma banana para Roberto Carlos...

Ou como os peruanos que ficaram imitando macacos para Diego Maurício na disputa do Sul-Americano sub-20.

Ou como Danilo não quis ofender Manuel quando o chamou de macaco no ano passado e já esquecemos...

Esta postura absurda diante do racismo se explica pelos ofendidos...

Eles não querem confusão e optam pela saída mais vergonhosa: a da covardia...

"Prefiro nem tocar no assunto para não virar uma bola de neve", foi o que disse Neymar.

Ele já disse pior.

Antes da partida em Londres, de uma interessante entrevista.

Perguntado se já havia sofrido preconceito, ele foi direto.

"Nunca fui discriminado. Até porque não sou preto..."

Talvez não no seu espelho, mas para um adolescente alemão você é.

E deve ser humilhado por isso.

O comportamento da polícia inglesa é absurdo.

Como no caso de Jean Charles de Menezes, morto pela Scotland Yard, em 2005.

Apenas por ter sido confundido com um terrorista.

Nenhum policial foi punido.

Esta é a atitude da polícia inglesa.

Até porque há muito dinheiro envolvido.

O Emirates virou a casa da Seleção graças a um acordo com a empresa Kentaro, que negocia os jogos do Brasil.

O time agora de Mano Menezes atua por lá porque rende muito dinheiro.

Não seria uma casca de banana jogada para Neymar que iria alterar esse acordo.

Só para lembrar.

Neymar não está sozinho nesta postura de não se enxergar negro.

Ronaldo também falou algo assustador quando atuava no Real Madrid.

"Acho que todos os negros sofrem (com o racismo).

Eu, que sou branco, sofro com tamanha ignorância."

Roberto Carlos disse que não 'se afetou' com a banana mostrado pelo torcedor do Zenit.

Enquanto os jogadores tiverem medo de enfrentar essa situação nojenta, racistas continuarão fazendo o que quer.

Se alguém quer ganhar muito dinheiro deve vender bananas em frente ao Emirates Stadium.

Principalmente se a Seleção Brasileira estivar jogando...

Consumidores dessas bananas não vão faltar....

Nem policiais e jogadores se fazendo de desentendidos...

E encorajando gerações e gerações de racistas...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Luís Fabiano é só o primeiro. Finalmente o São Paulo se lembrou o que representa no futebol mundial. E Juvenal desistiu da Copa de 2014…

divulgacao232 Luís Fabiano é só o primeiro. Finalmente o São Paulo se lembrou o que representa no futebol mundial. E Juvenal desistiu da Copa de 2014...
A Copa de 2014 provou uma pane no São Paulo.

Assim que o Brasil foi confirmado como sede da competição, Juvenal Juvêncio travou o clube.

O presidente vislumbrou uma oportunidade de ouro.

Sabia que o Rio de Janeiro iria fechar o Mundial, sediar a final.

E São Paulo abrir a Copa.

E tinha certeza que o Morumbi seria o palco ideal o jogo inaugural.

Só que se esqueceu da briga desigual que comprou com Andres Sanches.

Na hora errada.

Quando ele se aliou para sempre com Ricardo Teixeira.

E com o respaldo do seu padrinho Lula.

Depois do título brasileiro de 2008, só tristeza para os são-paulinos.

Para Juvenal Juvêncio.

Perdeu a sua quixotesca briga para ter o Morumbi na abertura da Copa.

Vale perceber que a luta era na direção de conseguiu o estádio completamente reconstruído com todo o apoio financeiro governamental.

Assim como sairá a Arena Itaquera para o Corinthians.

Era uma disputa de centenas de milhões de reais.

"Se o São Paulo conseguisse fazer no Morumbi a abertura da Copa iria dar um salto de 20 anos na frente dos rivais.

Foi isso que não deixaram", me confidenciou o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo Jesus Lopes.

Juvenal só desistiu de vez no final do ano passado.

Percebeu que não há como enfrentar o Corinthians nesta disputa.

E só no início deste ano acordou...

Viu tudo o que desperdiçou...

E resolveu correr atrás...

Primeiro tratou de amarrar as forças políticas do clube e garantiu seu terceiro mandato...

Atropelou quem tinha de atropelar para conseguir seu intento...

Depois, resolveu reinvestir na grandeza do São Paulo...

E sem gastar...

Mesmo percebendo todo o talento do jovem Lucas Piazon para o Chelsea.

O meia de 17 anos trouxe R$ 16 milhões para os cofres são-paulinos.

O clube colocou mais R$ 3 milhões e trouxe Luís Fabiano.

Jogada genial.

O São Paulo precisava de um atleta deste nível, com essa personalidade.

Um goleador respeitado no mundo inteiro.

E que hoje será apresentado no Morumbi com toda pompa e circunstância.

Os astros se uniram para no domingo, Rogério Ceni marcar seu centésimo gol contra o Corinthians.

E fará a festa hoje, na apresentação do atacante.

São esperadas entre 25 mil e 30 mil pessoas no Morumbi.

Será um marco.

O renascimento do São Paulo.

Finalmente hoje, o clube exorciza a Copa de 2014.

E volta a se comportar como um clube de vanguarda.

Juvenal Juvêncio já perdeu tempo demais...

O clube disputa a Copa do Brasil e não a Libertadores em 2011 graças à sua teimosia...

Estava mais do que na hora de compensar o sofrimento de tantos são-paulinos...

E já que vai mesmo fazer do São Paulo a sua casa, ficando quantos anos quiser, que não pare no Luís Fabiano...

Pague o preço de querer se tornar eterno, Juvenal...

Monte um esquadrão...

E ganhe muitos títulos...

Só assim algumas pessoas vão esquecer que você rasgou os estatutos do clube...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Luxemburgo rebaixa Negueba no Flamengo. Não é novidade… Basta lembrar quem teve a coragem de deixar Neymar e Ganso na reserva do Santos…

AgenciaEstado35 Luxemburgo rebaixa Negueba no Flamengo. Não é novidade... Basta lembrar quem teve a coragem de deixar Neymar e Ganso na reserva do Santos...
Há muito tempo a excelente máquina de fazer ídolos vindo da base estava travada na Gávea.

Questão de forte concorrência de Internacional, São Paulo, Grêmio, Santos.

E sorte.

Zico, Júnior, Andrade, Adriano, Zinho e muitos e muitos outros surgiram nas divisões de base.

Por décadas, o Flamengo consumia o talento que formava.

Existem treinadores que nasceram para fazer essa difícil transição.

Que se dispõem a ter toda a paciência de um pai misturada com a dedicação de um professor.

Isso exige energia, tempo, dedicação do técnico.

Não é o caso de Vanderlei Luxemburgo.

Desde quando surgiu no cenário nacional com o Bragantino, sempre preferiu o jogador formado.

Aquele que tem a obrigação de suportar todo tipo de cobrança, de pressão.

Que não precisa ser tratado de maneira diferenciada.

Luxemburgo sempre quis se preocupar com a estratégia, com o adversário.

Não se um garoto está chorando de saudades dos pais.

Se não sabe lidar com o assédio da imprensa, com as marias chuteiras...

Com a inveja dos veteranos...

O pior exemplo na carreira de Luxemburgo foi o que fez com Neymar e Ganso no Santos...

Basta citar o nome do treinador do Flamengo que ambos fecham a cara...

Luxemburgo não prestou atenção no enorme talento da dupla...

Só dizia que os dois não estavam prontos para serem titulares do Santos...

Até Marcelo Teixeira, que sempre adorou o trabalho de Luxemburgo, não entendia...

Ninguém na Vila Belmiro entendeu tamanho desperdício...

Ninguém no Santos se preocupou em analisar com cuidado o currículo de Luxemburgo...

Ele nunca soube se relacionar com jovens jogadores...

Basta lembrar do vexame que foi o Brasil na Olimpíada de Sidyney...

O Brasil foi eliminado por Camarões, mesmo tendo dois jogadores a mais...

O treinador não soube orientar seus atletas.

O time era favorito ao título.

Hélton, Baiano, Fábio Bilica (Lúcio), Álvaro e Athirson (Roger); Fábio Aurélio, Marcos Paulo, Fabiano e Alex; Lucas (Geovanni) e

Ronaldinho Gaúcho...

Tenso, o time discutiu a partida inteira e Lúcio acabou dando uma cabeçada em Roger...

Situação constrangedora para o comandante da equipe eliminada...

E outra vez um jovem talento cai no colo de Luxemburgo...

Negueba...

Estrela do Flamengo na conquista da Taça São Paulo..

A presidente Patricia Amorim e o departamento de futebol se animaram...

Outra vez um grande jogador nascia na Gávea...

Logo a pressão da imprensa e da própria diretoria o colocou no elenco principal...

Mas a lua de mel durou pouquíssimo tempo.

Tendo se desdobrar entre cuidar de Ronaldinho Gaúcho e barrar a volta de Adriano, Luxemburgo não queria dor de cabeça...

E o menino Negueba caiu na tentação normal de se achar importante demais...

Todo jogador de futebol talentoso passa por isso com 18 anos...

Ainda mais nos tempos modernos de culto da mídia a quem sabe chutar uma bola...

Caberia ao treinador sensibilidade, vontade de educar esse talento...

Mas Luxemburgo não tem tempo...

Não tem tanta disposição...

Vai pelo descaminho mais fácil...

Mandou Negueba de volta ao time sub-20...

Ele que aprenda a valorizar a chance de atuar no elenco principal do Flamengo...

Assim, sem explicação, sem cuidado...

Negueba está desmoralizado, envergonhado, rancoroso...

Exatamente como ficaram Neymar e Ganso com Luxemburgo...

E a diretoria flamenguista que já assistiu de braços cruzados o treinador fechar a porta da Gávea para Adriano?

Outra vez, virou o rosto para o outro lado...

Luxemburgo deve saber o que está fazendo é o que comenta Patricia Amorim...

Assim como dizia Marcelo Teixeira no Santos...

Alguém precisa acordar...

Isso não é educar...

É apenas se livrar do problema...

Como pais ricos que mandam um filho que consideram problemático para o Exterior, para o 'intercâmbio'...

Uma pena...

O Flamengo já teve muito mais cuidado com seus filhos...

Boa sorte no sub-20, Negueba...

Lembre-se de quem colocou Neymar e Ganso na reserva do Santos...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Andrés ficou com medo da concorrência da apresentação de Luís Fabiano no São Paulo. E adiou a festa por Adriano…

divulgacao231 Andrés ficou com medo da concorrência da apresentação de Luís Fabiano no São Paulo. E adiou a festa por Adriano...

Adriano já conseguiu roubar todo o noticiário corintiano.

Sem chegar ao Parque São Jorge.

A começar pelo presidente Andrés Sanchez.

Ele recuou de maneira estranha, medrosa.

Não quis fazer amanhã a apresentação do atacante.

A desculpa esfarrapada foi que "não queria estragar a apresentação de Luís Fabiano no São Paulo".

Na verdade, o presidente corintiano ficou preocupado em ter menos repercussão.

Ainda mais porque a diretoria são-paulina pegou pesado.

Além de Luís Fabiano irá comemorar o 100º gol de Rogério Ceni.

No Morumbi.

As portas do estádio se abrirão às 17 horas...

São esperadas dezenas de milhares de torcedores.

Só para aplaudir os dois ídolos.

Ficou forte demais para o Corinthians?

Ao oferecer de bandeja Adriano para ser entrevistado pela Rede Globo, no Fantástico, Andres deu um tiro no pé.

Ele conseguiu esvaziar o contratado.

Tirou o impacto.

Ao contrário de Luís Fabiano, que ficou muito bem preservado.

Não falou com ninguém.

O interesse sobre ele dobrou...

E a vitória no clássico de ontem, com direito ao centésimo gol de Rogério Ceni, aumentaria ainda mais a festa...

A derrota para o time de Juvenal Juvêncio ficou atravessada na garganta de Andrés...

E Luís Fabiano, por sinal, se negou a vir para o Corinthians.

Andrés o preferia a Adriano...

Ele nunca confirmará isso publicamente...

Mas ficou completamente desnorteado quando o jogador não se interessou pelo Parque São Jorge...

Adriano também provocou a forte entrevista de Gilmar Rinaldi...

O ex-procurador do jogador mostrou toda a sua decepção por haver sido abandonado pelo jogador...

Trocado por Ronaldo, a quem classificou como irresponsável, pela "cantada" que deu no seu ex-contratado...

Gilmar mostrou Adriano como um jogador problemático, sem rumo e que precisa de auxílio...

Não tem confiança no que poderá aprontar no Corinthians...

Ronaldo prometeu ao presidente que irá cuidar pessoalmente do jogador...

O departamento de marketing não perdeu tempo e já colocou a camisa do atacante à venda...

Por R$ 189,00, o corintiano poderá ter a camisa 10 de Adriano...

O Anhembi e o Museu do Ipiranga fecharam suas portas para a apresentação.

Andrés continua querendo fazer algo diferente.

Mesmo se for quinta ou sexta-feira no CT corintiano, ele promete surpresas...

Adriano aproveita para se despedir dos amigos e do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro...

São Paulo, cidade que detesta, só na sexta-feira...

Enquanto isso, na Gávea, Luxemburgo percebe que criou inimigos poderosos por ter fechado o clube para o Imperador...

Já não é mais uma unanimidade, um técnico acima do bem e do mal...

Adriano mexeu profundamente com o futebol brasileiro...

Que ele justifique em campo tanta expectativa...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Luís Fabiano no São Paulo. Adriano no Corinthians. Qual festa de apresentação é mais sincera?

divulgacao101 Luís Fabiano no São Paulo. Adriano no Corinthians. Qual festa de apresentação é mais sincera?
Luís Fabiano e Adriano serão apresentados amanhã...

Andrés Sanchez não esconde que marcou a data de propósito...

Para atrapalhar a festa são-paulina...

Já tentou o Anhembi, o Parque da Independência...

Megalomaníaco, nem se importa em festejar o seu jogador...

Quer acabar com a festa alheia...

Prepotente, a diretoria do São Paulo...

Desafiou a do Corinthians a fazer uma festa no seu estádio...

E levar todas as taças da Libertadores que conseguiu...

O duelo não está longe de um fim...

Mas desperta uma grande dúvida dos leitores deste blog...

Vou repassá-la em uma enquete...

Qual festa de apresentação é mais verdadeira?

Quem renderá mais o investimento?

Luís Fabiano ou Adriano?

Quem voltará à seleção brasileira?

Quem conquistará títulos?

Quem merece confiança?

Quem jogou dinheiro fora?

Em qual você gostaria de ir?

Veja mais:

+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Todos mereceriam ter Montillo nos seus times. Impossível não ter uma ponta de inveja do Cruzeiro…

divulgacao51 Todos mereceriam ter Montillo nos seus times. Impossível não ter uma ponta de inveja do Cruzeiro...
Como não se render a Montillo?

Ele é o mais completo jogador em atividade no Brasil.

Belo Horizonte não tem os mesmos holofotes potentes de São Paulo e Rio.

Neymar é o mais talentoso no ataque...

Ganso é o mais habilidoso...

Mas Montillo, o mais completo.

O que tem feito pelo Cruzeiro é de merecer convocação para a Seleção Argentina...

E palmas até dos rivais...

Mas fora do campo é onde ele impressiona mais.

Está com uma tendinite no joelho e é preciso de seguranças para que não entre em campo.

"Temos preservado, mas ele insiste, implora para jogar.

Que treinador do mundo não vai colocar um atleta em campo se ele diz estar bem?

Ele é um guerreiro que merece todo o respeito..."

Os elogios foram feito por Cuca em uma entrevista ao blog.

Se ele já era fã do meia argentino, agora virou fã número um...

Por causa de uma pneumonia, seu filho Santino ficou cinco dias na UTI de um hospital...

Ele tem um ano e continua com sua situação de saúde complicada...

Antes do jogo de ontem contra o América, emocionado, Montillo chamou seus companheiros...

E pediu uma oração para a melhora do seu filho...

Cuca outra vez perguntou se ele não queria ficar de fora da partida...

Montillo respondeu: "De jeito nenhum..."

E contra o bom América, ele decidiu a partida...

Deu passe para gol e marcou o decisivo, no 3 a 2...

Quantos jogadores teriam essa garra, essa força espiritual?

Esse impressionante sangue frio?

O Cruzeiro tem uma jóia nas mãos.

O único desejo é que Zezé Perrela não seja Zezé Perrela em junho...

Já há empresários implorando por vender Montillo para um time europeu...

Que Perrela permita que os cruzeirenses desfrutem um pouquinho mais de tanto talento...

E que os demais torcedores relembrem o que significa personalidade...

Respeito ao time que defende...

E sintam inveja por não ter Walter Montillo na equipe que amam...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Você nunca mereceu esse beijo, Patricia. Por Luxemburgo, virou as costas a Adriano e o entregou ao Corinthians…

divulgacao22 Você nunca mereceu esse beijo, Patricia. Por Luxemburgo, virou as costas a Adriano e o entregou ao Corinthians...
Como foi antecipado neste blog...

O anúncio oficial de Adriano no Corinthians ficou para hoje...

No Fantástico...

Influência de Ronaldo na emissora...

Mas isso não importa...

O que vale a pena ser questionado é o que acontece na Gávea...

Depois do medíocre empate de hoje diante do Madureira, veio o questionamento...

Porque o Flamengo virou as costas para o seu Imperador ?

Se até a presidente Patricia Amorim havia dado a sua palavra a Adriano...

Como Vanderlei Luxemburgo teve tanta força para barrar a sua volta ?

Isso passou a deixar de ter importância.

Começou o movimento de revolta de quem realmente ama o Flamengo.

Que não tem cargo algum...

Seu poder se restringue à força dos pulmões...

Aos olhos que choram de alegria ou de tristeza...

Nas arquibancadas os torcedores choram a perda...

Maldizem Luxemburgo...

Sabem não existe um só atacante que chegue aos pés do filho desprezado...

Adriano é fruto, nasceu na Gávea...

Tem sangue rubro-negro nas veias...

Queria se recuperar no clube que ama...

Em 2009, o Flamengo não quis apostar em um torcedor ilustre...

Quem jurou que não terminaria a carreira sem vestir o manto sagrado vermelho e negro...

Mas houve medo da diretoria de que ele não estivesse recuperado...

Ronaldo teve de ir para o Corinthians, jogar em São Paulo...

O mesmo destino está sendo seguido por Adriano...

E já deixou claro à Folha de S. Paulo que sabe muito bem que fechou a porta da Gávea para ele..

Os torcedores também sabem que o responsável é Vanderlei Luxemburgo...

Por puro medo.

Falta de confiança em poder conter Adriano e Ronaldinho Gaúcho...

E também não querer mais uma estrela no elenco para lhe roubar os holofotes...

A alegria na Gávea foi cortada pela metade...

Adriano foi injustiçado...

Os torcedores já perceberam...

É uma questão de tempo deste sentimento cristalino se espalhar na Gávea...

Luxemburgo que não pense que ficará deitando e rolando com seu time...

Já não faz isso no fraquíssimo Campeonato Carioca...

O 3 a 3 contra o pobre Madureira é um bom exemplo...

Quando o Flamengo começar a enfrentar jogos de verdade no Brasileiro...

Todos vão se lembrar de Adriano...

Os palavrões que o professor teve de ouvir hoje depois do empate contra o Madureira irão se multiplicar...

Que ninguém se esqueça:

Adriano não está na Gávea por Vanderlei Luxemburgo...

Cada gol que ele marcar pelo Corinthians...

Cada centavo que se valorizar...

Cada camisa 10 branca e preta vendida...

Tudo deve virar uma grande homenagem a Vanderlei Luxemburgo...

Que pena que a presidente do Flamengo não perceba o óbvio...

Vire de costas para o desejo dos apaixonados torcedores...

Não resgate um dos seus filhos mais amados...

Que implorava para voltar para casa...

E se dobre a um mero técnico inseguro...

Os torcedores estão revoltados pelo clube haver desperdiçado

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Que Fifa…Que contabilidade oficial…Rogério Ceni marcou seu centésimo gol contra o Corinthians. E acabou…

divulgacao3 Que Fifa...Que contabilidade oficial...Rogério Ceni marcou seu centésimo gol contra o Corinthians. E acabou...
Que Fifa, contabilidade oficial, choro corintiano...

Rogério Ceni marcou hoje o centésimo gol de sua carreira.

Como em um sonho.

Contra o Corinthians.

E foi fundamental para acabar o tabu de quatro anos de humilhação.

Uma marca para entrar na história, ser celebrada como mil gols...

Um atrevido goleiro cobrar faltas e pênaltis em um dos maiores clubes do mundo...

É um feito para orgulhar até adversários...

Rogério Ceni enfrentou inúmeros preconceitos...

Treinadores descrentes...

Jogadores invejosos da sua precisão de bater na bola...

Foi preciso ter muita personalidade além do talento...

Cobrar mais de cem faltas todos os dias...

Deixar todos embasbacados com sua obstinação...

Ele sempre foi o primeiro a chegar e o último a ir embora dos treinamentos...

Muitas vezes até os goleiros das categorias de base queriam ir embora...

E lá ia ele colocar uma camisa nos ângulos e arrastava sozinho a barreira de madeira...

Como um artista aprimorava a maneira de seu pé direito tocar na bola...

Isso depois de todo masoquista treino que um goleiro é submetido...

Enquanto seus concorrentes de vaga iam para os massagistas, para a sauna...

Lá ia o narigudo goleiro cobrar faltas e pênaltis...

Tinha de casar com psicóloga...

Só alguém com conhecimento profundo sobre a alma humana para entender Rogério Ceni...

Um jogador de tamanha capacidade...

E ego maior do que tudo...

Enfrentou todo tipo de questionamento...

Impassível, não se importou com nada...

Seguiu em frente sem ter licença de ninguém...

Porque Rogério Ceni nem sempre foi Rogério Ceni...

Era um mero reserva de Zetti...

Que um dia se cansou de esperar e disse que estava indo para o Internacional...

Foi quando a diretoria resolveu despachar Zetti para o Santos...

E ele assumiu a vaga para não largar mais...

Ganhou Mundial, perdeu títulos fáceis...

Fez defesas absurdas...

Falhas também...

Mas a personalidade não mudou...

Tem a prepotência, a autoestima que o são-paulino se identifica...

De acordo o tempo foi passando, os gols foram se acumulando...

Virou uma obsessão o centésimo gol...

Mesmo estando mais perto do final da carreira do que gostaria...

Não consegue mais treinar como o início dos anos 2000...

A idade chega para todos...

Mas os deuses do futebol pareciam que estavam esperando o grande prêmio...

A grande data...

Dia 27 de março de 2011...

Contra o grande rival Corinthians...

O clube que roubou a abertura da Copa do Mundo...

Que vai tentar estragar a festa de apresentação de Luís Fabiano...

Que acumulava quatro anos sem derrotas diante do seu amado São Paulo...

Veio a falta do lado esquerdo...

E a batida perfeita...

Cem gols...

Nas suas contas, nas contas do São Paulo...

Pouco importa a Fifa e seus burocratas...

Se valeram gols de Pelé pela Seleção do Exército...

Os de Romário contra combinados...

Por que não, os de Rogério em amistosos?

Moralmente hoje foi o centésimo gol do maior ídolo da história são-paulina...

O resto é bobagem...

Desculpa de quem foi humilhado...

De quem não queria essa tatuagem na testa...

( No site oficial do Corinthians, o recibo.

Classificou a vitória do São Paulo como 'zebra'.

E coloca o gol de Rogério Ceni como 98...

Ficou muito pior...)

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7