Toda a mágoa de Zico. “Nunca mais boto os pés no Flamengo.” Ele foi para o Iraque tentar esquecer o seu grande amor: a Gávea…

Gols de Zico por perolasblogs no Videolog.tv.

De cair o queixo...

De provocar tristeza em vascaíno...

A mágoa que Zico tem do Flamengo é incrível...

Muito maior do que a Renato Gaúcho e Falcão do Grêmio e do Inter...

Eles foram mandados embora, choraram e ponto final...

Zico, não...

Ele foi submetido a um inquérito interno...

Tratado como alguém que estava roubando o clube...

Houve uma investigação no Conselho Fiscal

Para apurar as contratações de Val Baiano, Borja e Leandro Amaral...

E ainda a participação dos filhos de Zico na parceria com seu clube CFZ...

Seus filhos foram acusados de registrar jogadores do Flamengo como se fossem do CFZ...

A investigação durou quatro meses e nada ficou provado...

Mas acabou com o amor incondicional de Zico ao clube...

Ele abandonou o cargo de diretor executivo de futebol...

E desde o ano passado nunca mais foi ao clube...

Ou acompanhou qualquer partida do time que tanto amou...

"Não boto mais os pés lá no Flamengo.

Nem no estádio.

De maneira nenhuma."

A entrevista dada ao jornal Extra mostra o tamanho da revolta que sente.

"Desconfiaram da minha idoneidade depois de 40 anos no futebol, sendo que 20 foram passado dentro do clube.

Como podem fazer isso depois de tudo que fiz pelo clube?

Como posso ser tratado com a desconfiança de que beneficiei meu clube (CFZ), meu filho e alguns jovens?

E isso foi feito por gente que não sei o que fez dentro do Flamengo.

Foi uma tristeza muito grande que tive no futebol."

Os bastidores dessa história são simples...

E não estão na entrevista...

Quando Patricia Amorim procurou Zico, o grupo que a apoiou na eleição foi contra...

Pelo simples motivo que ela estaria criando um monstro...

Ela estaria dando o futebol ao maior ídolo do clube...

E Zico em pouco tempo estaria ofuscando não só a presidente como toda a diretoria...

O próprio ex-jogador não esconde que seu maior inimigo foi o presidente do Conselho Fiscal...

O ex-chefe de torcido organizada, o 'Capitão' Léo...

Houve uma briga política envolvendo os dois...

A ala do Capitão Léo foi quem questionou Zico sobre as contratações fracassadas...

E sobre a relação entre o CFZ com o clube...

Zico ficou possesso...

Achou que foi golpe sujo demais envolver os seus filhos na questão...

Percebeu o que tinha de fazer...

E abandonou o Flamengo...

Só que, ao contrário de Roberto Dinamite, Zico não tem vocação para político...

Nem disposição para concorrer à eleição para voltar como presidente do Flamengo...

"Não tem a menor condição. Não serei. Nunca disse que seria."

Ele deixa claro o quanto tem raiva de tudo ligado à Gávea...

Prefere viver bem longe...

Tanto que essa rusga com o Flamengo foi um dos pontos que o fez aceitar trabalhar no Iraque...

Tentar levar a seleção do país massacrado pela guerra para a Copa de 2014...

Vai morar em Erbil...

Sabe que não adiantaria nem treinar a Seleção do Alasca...

Para onde for, Zico será uma bandeira viva do Flamengo...

Não adianta nem acompanhar mais os jogos do time na tevê...

Mudar de canal...

Não ler a parte esportiva do jornal para não saber notícias da Gávea...

Zico e Flamengo formam uma união que Capitão Léo nenhum vai desmanchar...

Vá para o Iraque...

Trabalhe, pense, deixe a mágoa passar...

Faça projetos com Ronaldo...

Tente descobrir novos talentos no futebol...

Ganhe mais dinheiro...

Viaje com Sandra e os netos pela Europa...

A raiva e a mágoa vão passar...

Assim como quem está mandando no clube que você tanto ama...

Afinal, você não engana ninguém...

Seu amor de 40 anos pelo rubro negro não vai acabar...

O Flamengo não merece...

Nem a Magnética que não lhe esquece um dia sequer...

Seu lugar é na Gávea...

É muito mais do que presidente do Flamengo...

Há quatro décadas você não é mais Artur Antunes Coimbra...

Enxugue as lágrimas...

Levante essa cabeça...

Você é ninguém menos do que Zico...

O medo do São Paulo de passar mais um vexame com Luís Fabiano. Ninguém garante mais que fará sua reestreia contra o Ceará. E os 62 mil ingressos?

divulgacao88 O medo do São Paulo de passar mais um vexame com Luís Fabiano. Ninguém garante mais que fará sua reestreia contra o Ceará. E os 62 mil ingressos?
O medo de um novo vexame é enorme...

O São Paulo não garantiu...

Mas mandou confeccionar 62 mil ingressos para a partida contra o Ceará...

Número especial para festas...

Como a milésima partida de Rogério Ceni...

Todos no clube esperavam pela reestréia de Luís Fabiano neste sábado...

O planejamento já estava feito...

O presidente Juvenal Juvêncio havia sido avisado...

E repassou as boas novas ao departamento de marketing...

Para que isso acontecesse, o atacante deveria treinar já nesta terça-feira com o grupo...

Era para ser um dia de alegria, esperança...

Mas o atacante não treinou com os outros jogadores...

Simplesmente não apareceu...

A assessoria de imprensa garantiu que estava fazendo exercícios musculares...

Sumiu a garantia de que ninguém teve coragem de dar...

Todos só deixaram implícito...

Nem com Dario Pereyra ou com Careca, o São Paulo passou tanto vexame...

O uruguaio reclamou por um bom período de 'dolores musculares'...

Teve uma série de contusões seguidas por causa do treinamento puxado...

Quando se submeteu a um trabalho individualizado, foi o grande zagueiro que o time precisava...

Careca, contratado para substituir Serginho, levou meses para se recuperar de um estiramento muscular...

Mas tanto Dario quanto Careca foram diagnosticados com problemas físicos de imediato...

Não aconteceu como Luís Fabiano..

Ainda no Sevilla, ele conversou com Rogério Ceni e disse que deseja voltar...

O goleiro avisou Juvenal Juvêncio...

Luís Fabiano seria o escudo perfeiro para desviar a atenção do seu contestado terceiro mandato...

O atacante estava contundido...

Juvenal mandou médicos e fisioterapeutas do clube examinarem o jogador...

E eles garantiram que o atacante poderia atuar sem precisar de operação...

Só assim, com esse aval, o São Paulo aceitou pagar R$ 20 milhões ao clube espanhol...

Acontece que ao chegar no Brasil, Luís Fabiano teve de passar por duas operações...

Foi contratado em março...

Tentou jogar contra o Goiás e Avaí pela Copa do Brasil...

Houve até vendas de ingressos levando em conta o seu retorno ao futebol...

E até agora não conseguiu jogar...

Isso aconteceu em abril contra os goianos...

E em maio diante dos catarinenes...

Dois vexames inacreditáveis....

"Se sou eu quem tivesse contratado o Luís Fabiano contundido...

Estaria preso."

Ironizou o presidente do Corinthans, Andres Sanches...

Juvenal Juvêncio teve de engolir a provocação...

Sabia que, desta vez, o seu rival estava certo...

E descontou a raiva com os médicos do clube...

Desde maio, o presidente espera...

Acompanhou as duas operações...

Foi avisado que o atacante poderia jogar com o Ceará...

Ninguém mais fala com certeza para evitar a fúria do dirigente...

Mas tudo apontava para a reestréia...

Que talvez ainda aconteça contra o Ceará...

Mas o torcedor são paulino que deseja ver Luís Fabiano no sábado é melhor esperar...

A ausência no treinamento de hoje foi um balde frio em todos no Morumbi...

O jogo contra os cearenses serviria como preparação para o clássico contra o Corinthians...

Só que agora, ninguém tem certeza de nada...

Nunca o 'organizado' São Paulo passou por uma situação tão vexatória...

(Luís Fabiano já está fora da partida contra o Ceará...

Nesta tarde deu alguns chutes a gol...

Mas não tem condições para jogar no sábado..

Talvez enfrente o Corinthians...

Talvez...

Os médicos não querem garantir nada...

A situação continua indefinida...

Mas pelo menos os torcedores que sonhavam com ele no sábado...

Podem esquecer...)

Roberto Dinamite, Juninho Pernambucano e Cristóvão. O exemplo de dignidade do Vasco diante do AVC de Ricardo Gomes…

reproducao447 Roberto Dinamite, Juninho Pernambucano e Cristóvão. O exemplo de dignidade do Vasco diante do AVC de Ricardo Gomes...
O que poderia ser uma tragédia se tornou um exemplo de dignidade.

O AVC de Ricardo Gomes poderia ter demolido o Vasco.

O treinador transformou o que parecia um ano vergonhoso em vitorioso...

Quem não se lembra do recorde de derrotas na história do clube no início do Carioca?

Com toda a paciência e postura firme que não exibia no Morumbi, ele reverteu a expectativa...

E ganhou de forma brilhante a Copa do Brasil...

Dentro do Couto Pereira...

Diante do melhor time da competição, o Coritiba...

Veio a até então impensável classificação para a Libertadores de 2012...

A equipe ganhou confiança, conjunto...

A paciência e o exemplo de vida de Ricardo Gomes recuperaram o problemático Diego Souza...

Quando todos esperavam uma acomodação no Brasileiro, outra ótima surpresa...

O time se desdobrando, os jogadores lutando como mouros pela conquista do título nacional...

A situação estava ótima quando veio o AVC no dia 28 de agosto em pleno Engenhão...

Contra o Flamengo...

No ano passado, dirigindo o São Paulo no clássico contra o Palmeiras, já havia vivido essa cena...

Só que, de acordo com os médicos, o AVC foi muito mais 'leve', se um AVC pode ser leve...

Voltou a trabalhar sem sequelas, e os próprios médicos do São Paulo classificaram como um susto...

Só que contra o Flamengo, o Acidente Vascular Cerebra foi intenso...

Provocou na hora a paralisia parcial do lado esquerdo do corpo...

E problemas na fala...

Foi internado na UTI ou CTI, como se fala no Rio...

E aí que surgem os personagens que deram dignidade à tragédia...

O primeiro deles foi Roberto Dinamite...

O presidente do Vasco...

Foi vereador e há cinco mandatos é deputado estadual...

A política já impregnou sua alma...

Não tem mais a autenticidade dos tempos de maior artilheiro do clube cruzmaltino...

Tudo que fala é estudado, calculado, quando acha necessário, chega a ser dissimulado...

Como todo político...

Sem hipocrisia...

O AVC de Ricardo Gomes é gravíssimo...

Principalmente para uma pessoa que trabalha com uma profissão tão tensa como treinador...

Não há a menor certeza de que os médicos o liberarão para voltar a trabalhar como técnico...

Nenhuma...

A prioridade é, e deve ser, a sua saúde...

Pai de família, cidadão, ser humano...

O político Roberto Dinamite poderia pensar em outra Comissão Técnica para o Vasco...

Lamentar o ocorrido, continuar dando assistência médica a Ricardo Gomes...

E deixar a vida seguir...

Até porque eu soube que chegaram alguns recados de treinadores à direção do clube...

Singelas mensagens do tipo mais baixo possível...

"Se precisar de alguma coisa, é só chamar..."

Tradução: "Se quiser deixar o Ricardo Gomes de lado, posso assumir seu time"...

Foi aí que Dinamite voltou a ser apenas um ser humano espontâneo...

E não o político de frases feitas, dos acordos, da dicção forçada...

Deu toda a força possível a Cristóvão, o auxiliar de Ricardo Gomes...

E já o avisou...

Ele comandará o clube não só no Brasileiro, como na Libertadores...

Está dando todo o apoio a Cristóvão...

Não mostra a menor preocupação com sua falta de experiência...

O trata como o braço direito de Ricardo Gomes...

E ponto final...

Dinamite diz que o treinador poderá levar o tempo que for na fisioterapia...

E, depois, com calma, decidir sua vida...

Enquanto isso, Cristóvão é o treinador do Vasco e ponto final...

Decisão digna e mais do que justa...

Impensável na política rasteira brasileira, onde o certo é levar vantagem em tudo...

Mas que combina com uma pessoa que sabe reconhecer o trabalho de um funcionário...

E não lhe vira as costas por causa de uma doença...

Como é tão comum no Brasil...

Outra pessoa que teve uma postura tão digna quanto Roberto se chama Juninho Pernambucano...

Ele está provando todo o caráter que sempre teve...

É o jogador que uniu toda a equipe em torno de Cristóvão...

Que está fazendo os atletas apoiarem com alma e coração as determinações do inexperiente auxiliar...

Juninho é tão digno que está fugindo dos holofotes...

Não quer se mostrar como líder que não deixou o time perder a concentração sem o seu comandante...

Abrir mão do sonho da conquista do Brasileiro...

Pelo contrário...

A equipe está até mais dedicada...

Os jogadores se desdobram...

Por eles, por Ricardo, por Cristóvão, por Juninho, por eles mesmos...

Até os reservas não se aproveitam da inexperiência do auxiliar...

O respeito, a união vascaína são impressionantes...

Os resultados é impressionante...

Se o time não tivesse sido tão prejudicado pela arbitragem em Santa Catarina...

Seria o líder do Brasileiro...

Ao lado de Dinamite e Juninho Pernambucano está o próprio Cristóvão...

Ele sempre foi um jogador diferenciado...

Digno, centrado e respeitado pelos clubes por onde passou...

E está levando esses preceitos nessa situação terrível com Ricardo Gomes...

Ele assumiu o time...

Tem todas as responsabilidades de treinador...

Mas continua com o salário de auxiliar...

E quer continuar...

Ele diz a todos que o treinador é Ricardo Gomes...

Não quer, não merece...

Sua postura é de total fidelidade, solidariedade ao homem que está hospitalizado...

E que, na intimidade vascaína, Cristóvão o trata por 'irmão'...

O Vasco que já demonstrou o quanto nasceu para a dignidade...

Ao ser o primeiro clube a aceitar negros nos seus times...

Outra vez mostra para o Brasil como agir quando um AVC atinge seu comandante...

E nessa hora terrível...

A dignidade pode ser traduzida em três nomes...

Roberto Dinamite, Juninho Pernambucano e Cristóvão...

Goleiro Heurelho foi oferecido ao Corinthians para 2012. Ele também é conhecido como Gomes…

reuters335 Goleiro Heurelho foi oferecido ao Corinthians para 2012. Ele também é conhecido como Gomes...
Empresários já sondaram o gerente Edu Gaspar do Corinthians...

Quiseram saber se o clube está interessado em Gomes...

Em péssima fase no Tottenham, o reserva de Júlio César na Copa de 2010 foi sondado no início do ano...

Mas a situação era outra...

Estava bem na Inglaterra...

Edu não soube o que responder...

Há um impasse envolvendo Andres Sanches...

O presidente deixará o cargo em dezembro...

E não quer se comprometer com novas contratações...

Mas a verdade é que há um grande descontentamento no Parque São Jorge...

Tanto com Júlio César...

Como Renan, contratado do Avaí...

Há um consenso na diretoria que o melhor é o terceiro goleiro, o jovem Danilo...

Tite tem dado todo o apoio possível a Júlio César...

O gol que sofreu contra o Fluminense virou discussão por dirigentes corintianos...

A maioria acredita que novamente ele falhou...

Muita gente discute a estatura do titular corintiano...

Ele tem 1m85...

Heurelho, sim o nome de Gomes é Heurelho, tem 1m91...

Aos 30 anos, experiente, tem o perfil que o Corinthians quer há tempos...

Mas agora, Andres vai lavar as mãos...

Até porque o goleiro de seus sonhos se aposentou, Dida...

Ninguém sabe o que acontecerá no Parque São Jorge após dezembro...

Se o seu candidato Mario 'futebol é business' Gobbi não vencer...

Nem Tite está garantido...

Se o Corinthians não quiser, a diretoria do Inter será procurada...

Heurelho está em baixa, irritado com sua situação na Inglaterra...

E aceitaria voltar ao futebol brasileiro no início de 2012...

O Atlético Mineiro agradece à crise que o senador Zezé Perrella levou ao Cruzeiro…

divulgacao1 O Atlético Mineiro agradece à crise que o senador Zezé Perrella levou ao Cruzeiro...
A gangorra em Belo Horizonte continua cruel...

Assim como o revezamento dos torcedores no aeroporto de Confins...

Os atleticanos deixaram em paz seus jogadores...

Deram a vez aos cruzeirenses...

Apenas quatro pontos separam o massacrado time de Cuca...

Da até então equipe respeitada de ... quem?

Emerson Ávila não tem culpa...

É um interino na hora que o Cruzeiro precisa de um treinador de verdade...

Desde que Zezé Perrella anunciou que iria embora do clube...

Houve uma implosão...

A troca de Cuca por Joel Santana se mostrou um enorme erro...

Se Cuca já era defensivo e havia rejeição do elenco...

Com Joel tudo ficou insuportável...

Já perto do fim, quando resolveu abrir a equipe foi um desastre...

As vendas de Henrique, Thiago Ribeiro, Gil, Dudu...

Um desmanche incompreensível...

Ou não...

É fácil perceber a falta de cuidado com o time...

Desde que o senador avisou a sua saída...

O Cruzeiro passou a não importar...

Para que ajudar o clube a disputar a Libertadores?

Ou até o título brasileiro?

Se o presidente não terá o sobrenome Perrella...

O que está acontecendo é cruel...

Mas demonstra o que acontece quando um clube fica na mão de uma famíla...

Quando a democracia de verdade para de imperar...

A saída de um dirigente não pode comprometer o clube desse maneira...

O senador deveria ser mais solidário...

Pensar menos no seu sobrenome...

E pensar no futuro do Cruzeiro, entidade que diz amar...

Como pode se conformar com a derrocada que provocou?

Ele passou anos se orgulhando por presidir um dos clubes mais avançados da América...

E o deixa assim, exposto a vexames?

O time só escapou da goleada contra o Santos por sorte...

Pela péssima arbitragem de Francisco Carlos Nascimento...

Ele anulou um gol legítimo santista...

Deixou inconformado Muricy Ramalho...

E se não fosse o jovem Rafael fazer quatro defesas dificílima...

Viria a goleada santista...

Cercado pelos torcedores, o desorientado Gilberto deu outro vexame...

Na semana passada ele anunciado o final de sua carreira...

Como pude antecipar no blog, ele voltou atrás...

E hoje disse aos torcedores que devem cobrar outros jogadores...

Não só ele...

Não é isso, Gilberto...

Assuma a liderança que a idade deveria lhe conferir...

E deixar claro que o time está fazendo o que pode...

O treinador interino também...

A culpa tem nome e sobrenome...

Zezé Perrella...

Ele conseguiu...

Atrapalhou mais o Cruzeiro que Alexandre Kalil...

E a gangorra do futebol mineiro se inverteu...

Quem está por cima, mas nem tanto, é o Atlético...

O América já está virtualmente rebaixado, não conta...

Ridícula ficou a situação do Cruzeiro...

Clube que começou o ano com jeito que iria ser campeão da Libertadores...

E menosprezando o Atlético Mineiro...

Esnobando sua organização, a força do seu cofre...

Agora precisa se proteger da própria torcida...

Do próprio presidente...

Zezé Perrella conseguiu...

Abateu o clube que preside...

Nem um atleticano no seu cargo seria tão efetivo em decepcionar seus torcedores...

A situação está mais delicada do que parece...

As expulsões de Léo e Fabrício mostraram um desrespeito total a Emerson Ávila...

Os números não mentem...

É o vice lanterna do segundo turno...

E já usou 22 jogadores diferentes nas últimas quatro partidas...

Essa falta de rumo tem um comandante...

Ele está no Senado federal...

E faz a festa da torcida atleticana...

A dúvida é onde vai parar essa derrocada cruzeirense...

Se é que vai parar...

Alexandre Kalil já anda com uma foto de Zezé Perrella na carteira...

E a beija de hora em hora...

Tirone já mandou avisar à oposição, à torcida e ao próprio Felipão: Não vai liberá-lo do Palmeiras. Basta o time não ser rebaixado que está tudo bem…

AE12 Tirone já mandou avisar à oposição, à torcida e ao próprio Felipão: Não vai liberá lo do Palmeiras. Basta o time não ser rebaixado que está tudo bem...

Arnaldo Tirone não vai ceder.

Nem à oposição.

Nem à torcida...

Nem a Luiz Felipe Scolari.

Mesmo sabendo que o treinador decidiu abrir mão da multa para ser demitido pelo Palmeiras.

Cansado de ser o 'Cristo' como costuma colocar a amigos, ele não se importa mais com os R$ 5 milhões de multa...

Percebeu que está dando murro em ponta de faca...

Ele caiu no conto...

Nas promessas de Belluzzo e de Gilberto Cipullo...

Os dirigentes da administração que saiu prometeram um grande time a Scolari...

O treinador estava na Europa em 2010 quando Cipullo implorou para que voltasse ao clube...

Contratado a peso de ouro, Felipão poderia brincar e escolher o time que gostaria de trabalhar...

Formar uma seleção brasileira...

O Palmeiras seria tão ou mais forte do que na época da Parmalat...

Só que Belluzzo teve um grave problema cardíaco...

Não pôde concorrer ao segundo mandato...

Cipullo caiu com ele...

Ficou Arnaldo Tirone, candidato da ala ligada ao ex-presidente Mustafá Contursi...

Ainda no ano passado, por causa de uma briga envolvendo a Arena Palestra, os dois se afastaram...

Não sem antes Mustafá alertar Tirone que Scolari, Valdivia e Kléber eram caros demais ao Palmeiras...

As dívidas do clube já ultrapassam R$ 170 milhões...

O Conselho Fiscal pressiona Tirone...

O futebol é o grande vilão pelo dinheiro ser escoado...

A oposição deita e rola com os fracassos dentro de campo...

E implode o trabalho de Scolari...

O vice Roberto Frizzo sabe que Paulo César Carpegiani ganharia muito menos para trabalhar no clube...

E até sonhava com ele...

Só que Carpegiani foi digno quando soube que seu nome estava sendo usado no Palmeiras...

E antecipou a Felipão e conselheiros que ligavam a ele e ao seu filho...

Não vai trabalhar no clube mesmo se Felipão sair...

Não quer manchar sua carreira, sua vida...

Como se tivesse articulado a queda de Felipão...

Os opositores de Tirone o cobram aos gritos no clube...

Não se conformam com os gastos envolvendo Luan, Chico, Gerley...

Nem com a desclassificação da Copa Sul-Americana logo no primeiro mata-mata para o Vasco...

E com a queda livre no Brasileiro...

Desde que foi contratado, Felipão não conseguiu levar o clube sequer a uma final...

Nem do fraco Campeonato Paulista...

A torcida palmeirense já pichou os muros do Palestra Itália...

Voltou a pedir a saída de Felipão...

O celular de Tirone foi bombardeado depois da derrota por 3 a 0 para o Inter em pleno Pacaembu...

As fotos da torcida de costas para o campo inundaram os e-mails dos conselheiros do clube...

Scolari repete todos os dias que aceita sair sem receber um centavo...

Tirone o mantém porque ainda o vê como um escudo...

Se colocar qualquer outro treinador, a pressão maior será sobre ele...

Só por isso mantém Scolari...

O próprio presidente palmeirense não tem esperança...

Nem de Libertadores...

Muito menos de título brasileiro...

Sabe que manter o time na Série A para 2012...

Quem sabe 'beliscar' uma vaga para a Sul-Americana estará bom demais...

E Felipão continuará acorrentado ao clube...

A não ser que pague os R$ 5 milhões para ir embora...

Só assim ele se livrará do Palmeiras...

Para Tirone, a oposição, a torcida e próprio treinador podem gritar à vontade...

Ou até jogarem água nele, como aconteceu ontem no Pacaembu...

Felipão fica...

E o time limitado também...

Porque o clube está endividado...

E ele não quer ser tachado como irresponsável gastando mais com jogadores...

Veja mais:
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

 

 

 

O dia em que Andrés Sanchez encontrou Mahatma Gandhi. Adivinhe o que aconteceu…

divulgacao441 O dia em que Andrés Sanchez encontrou Mahatma Gandhi. Adivinhe o que aconteceu...

A peça 'Gandhi, um Líder Servidor' já foi vista por 700 mil pessoas...

É um monólogo interpretado de forma brilhante por João Signorelli...

Ele encarna com perfeição o advogado Mohandas Gandhi...

Arquiteto da independência da independência da India da Inglaterra...

Usava o seu exemplo de vida para motivar milhões de pessoas...

Jejuava, tecia a própria roupa...

Caminhava centena de quilômetros para protestar contra a opressão imperialista britânica...

Defendia o exemplo, a conduta...

A não violência...

A honestidade a qualquer preço...

Acabou assassinado...

Mas conseguiu o seu intento...

A Índia se libertou da Inglaterra...

E até hoje é lembrado como Mahatma Gandhi...

Em sânscrito, Mahatma signfica grande alma...

Um homem santo...

De tanto interpretrar Gandhi, João Signorelli adotou vários preceitos para sua vida...

E o que mais o indiano pregava era a verdade...

Pois bem, o destino colocou frente a frente Signorelli e Andrés Sanchez...

O motivo foi uma matéria para uma revista...

Depois de conversarem, o presidente do Corinthians se mostrou interessado no monólogo...

Disse que queria levar Gandhi para ser exibido no Parque São Jorge...

Incumbiu Duílio Monteiro Alves de organizar a peça...

O cenário do monólogo exige algumas frutas no chão e uma roca de tear...

Nada mais...

Signorelli ficou empolgado...

Mas descobriu que não estava lidando com grandes almas...

Muito pelo contrário...

A promessa de Andrés foi feita no início do ano...

Desde então, nenhum contato...

O ator já ligou algumas vezes ao Corinthians mas nada de resposta...

Sua reação é de perplexidade...

Por que prometer?

Por que mentir?

E depois nem se dar ao trabalho de dar uma justificativa...

Foi como se o próprio Gandhi descobrisse o que é acreditar em um dirigente...

Ele precisaria jejuar muito...

Caminhar demais...

E mesmo assim seria impossível mudar a mentalidade...

A maneira de agir quem comanda o futebol no Brasil...

Descobriria que conseguir a independência da Índia é bem mais fácil...

reproducao12 O dia em que Andrés Sanchez encontrou Mahatma Gandhi. Adivinhe o que aconteceu...

Patricia Amorim vai cobrar Luxemburgo. O projeto Libertadores está em xeque pelo péssimo relacionamento do técnico com o time…

divulgacao664 Patricia Amorim vai cobrar Luxemburgo. O projeto Libertadores está em xeque pelo péssimo relacionamento do técnico com o time...
Três pontos em 24 pontos possíveis...

De briga pela liderança, ponto a ponto com o Corinthians...

A queda livre levou o time à sexta colocação...

Sete pontos longe do primeiro colocado...

Ameaçando o projeto de Libertadores já traçado na Gávea...

A grande pergunta é por que o Flamengo de Luxemburgo implodiu?

O time ontem perdeu para o Atlético Paranaense em Macaé...

Com a equipe que está na zona do rebaixamento atuando com dez jogadores...

Enquanto o Flamengo estava completo, com direito a Ronaldinho Gaúcho e tudo...

Um vexame...

Ou melhor, outro...

E de todos os lugares surgem sinais...

O relacionamento entre o time e o treinador...

Ele que no início do ano batizou os jornalistas que se preocupavam com as baladas do seu time...

Ao vivo, pela rádio, ele escolheu a expressão "Manja Rola"...

O tempo passou...

E para conter as noitadas dos seus atletas, o treinador resolveu antecipar concentrações...

Insistir no pomposo nome de intertemporada...

Tudo para segurar o ímpeto notívago do seu grupo...

Principalmente de Ronaldinho Gaúcho...

Os jogadores não são bobos...

Pelo contrário...

Perceberam muito bem a estratégia...

E a união começou a azedar...

A festa do técnico com as novas convocações de Ronaldinho Gaúcho foi exagerada...

Na luta para ter o jogador de qualquer maneira na partida contra o Corinthians...

Deixou claro para muitos atletas que o treinador não acredita no time sem Ronaldinho...

Acabou a cumplicidade...

Os fracassos em casa diante de Bahia, Atlético Goianiense, Atlético Paranaense...

Todos eles deixaram evidente a falta de amizade do time com Luxemburgo...

Mesmo nas entrevistas o treinador tenta se proteger nesta fase de fracassos rubro-negros...

E age como se os culpados fossem apenas os jogadores em péssima fase...

O ridículo pum de um dos seus atletas em plena preleção mostrou não só falta de respeito...

Mas uma postura irônica do grupo diante da autoridade do treinador...

Patricia Amorim já foi cobrada no final da noite deste domingo...

Assessores políticos da presidente querem que ela cobre Luxemburgo publicamente...

E internamente o relembre do projeto Libertadores...

Ainda mais porque Luxemburgo é o manager na prática do clube...

Faz o que quer...

Sem consultar o gerente Isaias Tinoco...

E muito menos Luiz Augusto Velloso, que deveria ser o responsável pelo futebol...

As torcidas organizadas se arrependeram de não pressionar o time...

E cobrarão tanto o treinador como os jogadores...

O clima no Flamengo que já está ruim...

Ficará muito pior nos próximos dias...

Até chegar o clássico no domingo contra o Botafogo...

Nova derrota pode provocar um tsunami...

São Paulo de Adilson Batista pensou pequeno para ser líder. E mereceu perder para o limitado Grêmio de Celso Roth…

divulgacao35 São Paulo de Adilson Batista pensou pequeno para ser líder. E mereceu perder para o limitado Grêmio de Celso Roth...
"Entramos só para marcar, segurar o empate.

Faltou ousadia...

Tivemos desatenção em um lance e perdemos o jogo."

Lucas...

"Chutamos pouco ao gol...

Acho que duas vezes só..."

Rogério Ceni...

Os principais jogadores do São Paulo revelaram apó o jogo a frustração...

Bastaria uma vitória diante do Grêmio para roubar a liderança do Corinthians...

Mas Adilson Batista preparou o time para empatar...

Queria apenas somar um ponto no Olímpico...

E sofreu a merecida derrota...

A postura do time paulista facilitou o trabalho de Celso Roth...

Ele sim, um especialista em jogos áridos, com forte marcação...

Com briga por centímetros...

O treinador sabia que teria de travar Lucas...

Piris e Juan...

Adilson Batista foi para o Olímpico tentar ser líder com três volantes...

Wellington, Casemiro e Carlinhos Paraíba...

Cícero mais marcou do que atacou...

Na frente, apenas Dagoberto...

Um time sem ambição...

Conseguiu segurar o 0 a 0 no primeiro tempo...

Fez até cera como pelo empate...

Postura digna de um time pequeno, sem tradição...

Não o São Paulo...

Mas no segundo tempo, veio o castigo por um objetivo tão tacanho...

E o go gremista...

Em uma partida tão feia, a técnica de Júlio César e Douglas definiram o jogo...

O lateral deu um desmoralizante drible em Piris e cruzou para o frio meia tocar de primeira...

1 a 0 para o Grêmio...

O gol desestruturou todo o plano de Adilson...

Fiel à sua infidelidade tática...

O técnico fez o time adiantar a marcação...

E com Rivaldo e Willian José, o time passava a ter três atacantes...

Só que de nada adiantou...

A postura competitiva, misturando time de futebol com de rugbi, dos gaúchos foi perfeita...

Os tanques de guerra do meio para trás de Celso Roth seguraram a vitória...

Outra vez o São Paulo decepciona...

Poderia ter tirado a liderança corintiana...

Mas não teve postura de quem deseja ser primeiro colocado...

Adilson sonhava com o 0 a 0...

Colocou o time para buscá-lo...

E volta da gélida Porto Alegre com a justa derrota...

Equipe que pensa pequeno não merece ser líder de campeonato algum...

Terceiro lugar está bom demais...

Medo de Tite faz o Corinthians perder para o Fluminense. Só rezar não adianta. É preciso ter coragem, Adenor…

Agencia Corinthians Medo de Tite faz o Corinthians perder para o Fluminense. Só rezar não adianta. É preciso ter coragem, Adenor...
Um lance banal...

Primitivo até...

Falta a 30 metros...

De Alex em Edinho...

O normal seria o contrário...

O meia sofrendo falta do volante...

Mas no Corinthians de Tite tudo é possível...

Júlio César pede três jogadores...

São suficientes...

Fred bate forte...

Jorge Henrique, William e Ralf na barreira...

William se vira com medo da bolada...

Ralf também abre...

A bola bate no medroso volante da Seleção Brasileira e desloca Júlio César...

O gol que decidiu Fluminense e Corinthians mostrou o que imperou no Engenhão...

O medo...

De ambas as partes...

Com a desculpa do desgaste excessivo na partida contra o Flamengo...

Tite fez o que mais gosta...

Montou o time para contragolpear o Fluminense...

Em vez de seguir pelo caminho corajoso e vencedor de quinta no Pacaembu...

O treinador volta à velha recaída...

E mesmo contra um time tecnicamente inferior...

Se propôs a esperar por espaço na defesa carioca e ganhar a partida na velocidade...

Com Émerson fora, William correndo pelo lado direito deveria a sua maior arma...

Se não tivesse de correr atrás do lateral Carlinhos...

Na inversão de valores proposta pelo treinador, Jorge Henrique entrou em campo apenas para marcar Mariano...

Ciro tinha como missão explorar sua correria diante de Ramon...

E o argentino Lanzini estava livre, isolado...

Quase entrou em depressão tamanho a solidão...

O treinador corintiano não ordenou a sua marcação...

E hábil, ele se aproveitou...

Criou várias chances de arremate...

Fred, quando não estava brigando com Vuaden, incomodou demais a zaga corintiana...

O primeiro chute do time paulista ao gol foi de William aos 30 minutos...

Depois de meia hora Cavallieri foi incomodado...

O Fluminense poderia ter marcado mais um ou dois gols no primeiro tempo...

A perspectiva era de fácil vitória diante do líder do Brasileiro...

Mas Abel deve ter tomado a mesma água de Tite...

No segundo tempo, colocou seu time para se defender...

Chamou o Corinthians...

Queria vencer nos contragolpes...

E tudo se inverteu...

A pressão corintiana nos últimos 45 minutos foi intensa...

Mas faltou criatividade, talento...

O caro Alex outra vez foi muito mal...

Liédson acabou anulado por Leandro Euzébio...

A única chance clara foi no último minuto do jogo em cabeçada de Paulo André...

O Fluminense conseguiu sua quarta vitória seguida...

E o Corinthians não sai da gangorra...

Acumulou a quarta derrota em seis jogos...

A falta de uma postura corajosa, que marca os grandes times está longe de Tite...

Para uma equipe se firmar como verdadeira campeã...

Precisa atuar da mesma maneira fora como dentro de casa...

Mas o medo o trava e bloqueia o Corinthians...

Por isso, o Corinthians perde mais uma vez...

Mesmo tendo melhor time...

Adenor faz o possível para perder mais um campeonato fácil na sua carreira...