- Blog do Cosme Rímoli - http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli -

O vexame dos filmes patrocinados pelo Ministério da Cultura e rejeitados pelos próprios torcedores. No meio de tanto fracasso, o Bahia dá o exemplo. E usa seu patrocinador para bancar a película e poupa o dinheiro público…

Postado por Cosme Rímoli em 23/01/2013 às 11:00 em Sem categoria | 59 Comments

a1 O vexame dos filmes patrocinados pelo Ministério da Cultura e rejeitados pelos próprios torcedores. No meio de tanto fracasso, o Bahia dá o exemplo. E usa seu patrocinador para bancar a película e poupa o dinheiro público... [1]
Os grandes clubes brasileiros devem R$ 4 bilhões.

Dívidas trabalhistas e impostos para a União são os vilões de seus orçamentos.

Fossem empresas vários já teriam decretado falência.

Seriam fechados.

E muitos dirigentes processados.

Tendo de não só explicar como repor o dinheiro perdido, as dívidas deixadas.

Mas no Brasil, os clubes são protegidos pela legislação.

Sob o escudo de entidades sociais que visam lucros, tudo podem.

De alguns anos para cá, decidiram usar o cinema [2] para manter a pose.

Mas a esmagadora maioria com dinheiro público.

É fundamental que a memória esportiva, principalmente do futebol [3] seja mantida.

Mas não da maneira que está sendo feita.

Principalmente a farra com os filmes destacando só os méritos dos times.

Feitos para agradar torcedores, enaltecem, distorcem os feitos, as conquistas.

Sem exceção seguem por esse caminho.

É melhor do que nada, sem dúvida.

Até um direito essa falta de compromisso com a realidade.

Mas esses filmes ufanistas deveriam ser bancados pelos próprios clubes.

Recursos para isso eles teriam.

Sem onerar ainda mais o Ministério da Cultura.

Cineastas reclamam que esses pedidos acabam furando fila.

Políticos se preocupam em agradar os torcedores.

Afinal, são eleitores.

Mas basta uma análise superficial até para vir o choque.

Nem os torcedores estão interessados nestas obras.

Basta comparar o que o Ministério da Cultura deu...

Com o que os filmes arrecadam no cinema.

Analisar quantas pessoas estão interessadas em vê-los.

A Ancine divulgou uma lista impressionante.

O filme do centenário do Santos é o caso principal.

Revoltante.

Santos. Cem Anos de Futebol-Arte foi agraciado com R$ 1,2 milhão.

691 pessoas se dispuseram a assistir o filme.

A arrecadação foi de R$ 7.719 reais.

Todo Poderoso. O Filme. Cem Anos de Timão também foi um vexame.

Ganhou R$ 2,2 milhões para ser feito.

Foi visto por apenas 1.437 pessoas.

Arrecadou R$ 16.505,00.

Soberano 2, a Heroica Conquista do Mundial de 2005.

Feito sobre o São Paulo Futebol Clube, levou R$ 1,2 milhão.

E teve 13.609 expectadores.

Arrecadou R$ 161.692,46.

O Ministério da Cultura acaba de liberar R$ 2,3 milhões.

Para um filme sobre o Palmeiras.

O Campeão do Século.

Deverá ser lançado em 2014, ano do centenário do clube.

Atualmente, rebaixado, na Segunda Divisão há uma certeza.

Se subir, alguns torcedores deverão assistir ao filme.

Se não conseguir voltar à Série A, há a certeza de nova decepção.

Mas isso não importa.

O dinheiro já está liberado.

Assim como o fracasso do filme sobre o centenário do Santos não mudou nada.

Uma nova verba já foi liberada.

Mais R$ 1,5 milhão para a película "Meninos da Vila".

E há ainda outro pedido tramitando.

10.000 gols do Santos.

Para fugir da generalização, o Bahia dá o grande exemplo.

O filme foi bancado por seu patrocinador master em 2012.

A construtora OAS, que está levantando a Arena Salvador.

O documentário foi mais assistido sobre clubes de futebol.

Teve 74.857 de expectadores.

E arrecadou R$ 597.579,00.

É o maior em termos de clubes.

Só fica atrás do documentário Pelé Eterno.

Que teve 257.932 pagantes.

E arrecadou R$ 1.851.866,00.

O Bahia serve de exemplo.

Será que é necessária a verba do Ministério da Cultura?

Os clubes podem bancar muito bem suas produções cinematográficas.

Abaixo a lista divulgada pela própria Ancine.

1º) Pelé Eterno 257.932 pagantes R$ 1.851.866,00

2º) Bahêa Minha Vida 74.857 pagantes R$ 597.579,00

3º) Fiel, o Filme 53.929 pagantes R$ 469.204,82

4º) Soberano 1 – Seis Vezes São Paulo 35.212 pagantes R$ 346.702,85

5º) Gigante – Como o Inter Conquistou o Mundo 23.515 pagantes R$ 196.117,00

6º) Soberano 2 – A Heroica Conquista do Mundial de 2005 13.609 pagantes R$ 161.692,46

7º) Nada Vai nos Separar 5.407 pagantes R$ 47.118,24

8º) 1983.. o Ano Azul 2.313 pagantes R$ 23.001,98

9º)23 Anos em 7 Segundos: 1977 - o Fim do Jejum Corinthiano 1.718 pagante R$ 14.936,00

10º)Todo Poderoso: o Filme - 100 Anos de Timão 1.437 pagantes R$ 16.505,00

11º) Santos, 100 Anos de Futebol Arte 691 pagantes R$ 7.719,00.

Esse paternalismo irracional precisa acabar.

O Bahia mostrou o caminho.

E envergonha quem apela para o governo para fazer seus filmes ufanistas...

a210 O vexame dos filmes patrocinados pelo Ministério da Cultura e rejeitados pelos próprios torcedores. No meio de tanto fracasso, o Bahia dá o exemplo. E usa seu patrocinador para bancar a película e poupa o dinheiro público... [4]

http://r7.com/KHiN

  [5]
  [6]


Artigo impresso de Blog do Cosme Rímoli: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli

Endereço do artigo: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-vexame-dos-filmes-patrocinados-pelo-ministerio-da-cultura-e-rejeitados-pelos-proprios-torcedores-no-meio-de-tanto-fracasso-o-bahia-da-o-exemplo-e-usa-seu-patrocinador-para-bancar-a-pelicula-e-pou-23012013/

Endereços neste artigo:

[1] Imagem: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/files/2013/01/a1.png

[2] cinema: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli http://entretenimento.r7.com/cinema/

[3] futebol: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli http://esportes.r7.com/futebol/

[4] Imagem: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/files/2013/01/a210.jpg

[5]  : http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-vexame-dos-filmes-patrocinados-pelo-ministerio-da-cultura-e-rejeitados-pelos-proprios-torcedores-no-meio-de-tanto-fracasso-o-bahia-da-o-exemplo-e-usa-seu-patrocinador-para-bancar-a-pelicula-e-pou-23012013//emailpopup

[6]  : http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-vexame-dos-filmes-patrocinados-pelo-ministerio-da-cultura-e-rejeitados-pelos-proprios-torcedores-no-meio-de-tanto-fracasso-o-bahia-da-o-exemplo-e-usa-seu-patrocinador-para-bancar-a-pelicula-e-pou-23012013//print

© 2011 Nicolau Marmo. Todos direitos reservados.