74 O São Paulo está humilhando Lugano. Leco desrespeita um dos maiores ídolos da história do clube. Renove ou não renove o contrato do zagueiro. Mas tenha a decência de assumir uma postura. Lugano não merece esse desprezo...

O São Paulo está humilhando Lugano.

A postura de Carlos Augusto Bastos e Silva, em relação a um dos maiores ídolo da história moderna do clube, é indecente. E prejudica não só o uruguaio como contamina, constrange o elenco.

E principalmente Rogério Ceni.

Leco é conhecido há décadas por sua insegurança. É latente. Nos anos que passou ligado ao futebol não teve firmeza, convicção. Por isso, apesar de anos e anos de lealdade a Juvenal Juvêncio, era sempre preterido em relação à sua sucessão. Assumiu o lugar graças ao banimento político de Carlos Miguel Aidar. O poder caiu no seu colo.

Como dirigente sempre se mostrou contra jogadores com mais de 30 anos.

Acreditava que o time precisa ter atletas fortes fisicamente.

Mas precisava de um nome de impacto no início de 2016.

Rogério Ceni já estava aposentado.

Na sua despedida, a torcida aplaudiu, pediu, exigiu Lugano.

Ceni, concordava que o time precisaria de um líder.

E, como sempre foram próximos, indicou o uruguaio como seu substituto. Escolha mais do que lógica e fácil. O jogador sabia que havia uma cláusula no contrato com o Cerro Porteño que o liberaria. Não só para o São Paulo, como foi amplamente divulgado. Mas a qualquer equipe que se dispusesse a pagar os US$ 100 mil que recebia no Paraguai.

Leco procurou Juan Figer, o eterno empresário do jogador.

E tudo foi acertado.

Contrato de um ano e meio.

R$ 300 mil mensais.

"O Diego volta para retomar uma história marcada por títulos e uma identificação tão forte que a distância só fez fortalecer nossos laços de afeto mútuo. Ele será uma peça importantíssima não só dentro das quatro linhas, já que sua experiência, caráter e dedicação também serão fundamentais para ajudar a formar um grupo vencedor e de muita fibra, que joga qualquer partida como final de campeonato", garantia Leco.

Só que ficou claro que Lugano estava longe de ser o mesmo jogador ágil, com incrível arranque e fortíssima impulsão, que surgiu no clube em 2003. Que foi jogar na Europa. E que por muito tempo foi capitão da Seleção Uruguaia. O tempo passou também para ele. Se tornou lento, sem vitalidade para não só anular os atacantes mais agudos dos adversários como cobrir as laterais.

No ano passado só entrou em campo 25 vezes.

Sua maior contribuição foi no vestiário. Cobrando, animando, incentivando os seus companheiros. Agia como um misto de auxiliar técnico e gerente de futebol. Presença marcante nos bastidores. Principalmente nos momentos mais difíceis. Animando os jogadores mais cobrados. Encorajando os criticados.

Rogério Ceni foi nomeado treinador em dezembro e avisou Leco que seguiria com Lugano. Precisava de sua liderança. Mas os treinamentos deixaram claro que não seria importante dentro do campo. Tanto que só o utilizou por oito vezes. Cinco no Paulista, uma na Copa do Brasil, uma no Brasileiro e outra em amistoso.

2spfc O São Paulo está humilhando Lugano. Leco desrespeita um dos maiores ídolos da história do clube. Renove ou não renove o contrato do zagueiro. Mas tenha a decência de assumir uma postura. Lugano não merece esse desprezo...

Seu contrato termina daqui exatos 16 dias.

O uruguaio tem um sonho.

Renovar por seis meses e ter uma festa imensa de despedida.

Só que ele ainda não foi procurado por Leco.

O dirigente não sabe o que fazer.

Por Rogério Ceni, a homenagem tem de ser prestada.

O treinador sabe bem de sua importância no Mundial de 2005.

E na Libertadores daquele ano.

Lugano se desdobrou, além de jogar bem, foi o líder das conquistas.

Só que completará 37 anos em novembro.

Até por uma questão de amor próprio, ele aceita renovar pelo mesmo.

Ganhar os idênticos R$ 300 mil atuais.

Isso significa mais R$ 1,6 milhão.

314 O São Paulo está humilhando Lugano. Leco desrespeita um dos maiores ídolos da história do clube. Renove ou não renove o contrato do zagueiro. Mas tenha a decência de assumir uma postura. Lugano não merece esse desprezo...

O arrecadado na despedida de Rogério Ceni beirou os R$ 5 milhões.

O dinheiro foi dividido entre o clube e o goleiro.

Foram mais de 60 mil são paulinos no Morumbi.

Rogério Ceni foi o maior ídolo do clube.

Mas o adeus a Lugano pode levar pelo menos 40 mil torcedores.

E o arrecadado pode passar dos R$ 3 milhões.

Basta o clube ter competência para se reunir com o uruguaio.

Combinar que parte dos seus salários será completado com a festa.

Ou fazer algo parecido.

O que é cruel, humilhante, é o descaso.

Faltam 16 dias para acabar o contrato.

Lugano não foi procurado por Leco.

64 O São Paulo está humilhando Lugano. Leco desrespeita um dos maiores ídolos da história do clube. Renove ou não renove o contrato do zagueiro. Mas tenha a decência de assumir uma postura. Lugano não merece esse desprezo...

Os jogadores sentem a tristeza do líder do elenco.

E Sidão chegou até a postar um vídeo no seu instagram.

Nele, está acompanhado de Lucas Perri, Douglas, Júnior Tavares, Lucas Fernandes, Shaylon Léo Natel. E além do uruguaio, claro. Sidão pergunta em voz alta. "Qual é a hashtag?" Os jogadores respondem "Fica Lugano". O zagueiro se mostra constrangido.

A cena aconteceu ontem em Recife.

Rogério Ceni decidiu encurralar Leco na semana passada.

"Acho que, independentemente do número de jogos que ele faça até dezembro, o clube sempre tem muito a ganhar com sua imagem, sua presença, e também em alguns jogos com sua atuação dentro de campo. Acho que seria uma coisa justa com o atleta.

"Eu tenho uma opinião formada sobre o Lugano. Acho ele um jogador importantíssimo para nós como liderança. Você vai me dizer: Ah, mas então por que ele não vem jogando como titular? Isso é uma opção. Quando ele atuou esse ano, foi capitão do time.

"Um atleta merecedor disso (renovação), é um dos últimos campeões mundiais pelo São Paulo que nós temos em atividade, e provavelmente o último que jogue pelo clube até que apareça uma geração que ganhe esse título."

6 O São Paulo está humilhando Lugano. Leco desrespeita um dos maiores ídolos da história do clube. Renove ou não renove o contrato do zagueiro. Mas tenha a decência de assumir uma postura. Lugano não merece esse desprezo...

Ceni deixou claro na semana passada sua postura.

Esperava uma reação imediata de Leco.

Só que o presidente silencia.

Não quer pagar R$ 1,6 milhão a um reserva.

Pelo contrário, busca outro zagueiro.

Sondou Geromel do Grêmio.

Mas está disposto a contratar Robert Arboleda, 25 anos, da Universidad Católica de Quito. Empresários que representam atletas do equador mostraram vídeos do defensor a Leco e ao diretor de futebol, Vinicius Pinotti.

Lugano soube dessa negociação.

E deu razão ao técnico.

73 O São Paulo está humilhando Lugano. Leco desrespeita um dos maiores ídolos da história do clube. Renove ou não renove o contrato do zagueiro. Mas tenha a decência de assumir uma postura. Lugano não merece esse desprezo...

Ceni contou a ele que precisa de um novo zagueiro.

Que seja rápido.

No elenco atual, só Rodrigo Caio tem essa característica.

E ele pode ir para a Europa nesta janela.

Independente das negociações, Leco está sendo cruel.

Se não quer mais contar com o uruguaios, tenha coragem.

Assuma.

E deixe claro, tenha consideração.

Mas se o quer, mas acha caro, negocie.

Converse.

Não o evite.

Diego não merece.

Por tudo que fez pela camisa tricolor.

Não tem culpa de envelhecer.

Não foi ele quem forçou sua volta.

Foi procurado pelo próprio Leco.

A cada dia fica mais clara a insegurança.

E a profunda falta de firmeza do presidente do São Paulo.

Só que ele precisa respeitar um dos maiores ídolos do Morumbi.

Incompetência tem limite...

65 O São Paulo está humilhando Lugano. Leco desrespeita um dos maiores ídolos da história do clube. Renove ou não renove o contrato do zagueiro. Mas tenha a decência de assumir uma postura. Lugano não merece esse desprezo...

http://r7.com/plRu