divulgacao913 O não de Abel Braga desnorteou o Santos. Sem rumo, a saída será improvisar novo um técnico. E brinca com a geração Neymar e Ganso...
Desnorteada.

Assim ficou a diretoria do Santos diante da negativa de Abel Braga.

Os dirigentes que entraram em contato com ele no Al Jazeera perceberam algo diferente.

A sua postura mudou de janeiro para cá.

Há uma certeza: outro clube brasileiro já está apalavrado com o treinador.

A desconfiança é que possa ser o Internacional.

Mas isso não importa.

O Santos não tem um comandante em plena disputa da Libertadores da América.

O que assusta na Vila Belmiro é que houve a dispensa de Adilson Batista sem a confirmação de um novo técnico.

Com a benção de Neymar, Ney Franco recebeu a proposta.

"Eu fiz um acordo que vou trabalhar de forma exclusiva com a CBF.

Me disseram bem claro que não assumiria um clube em paralelo para não atrapalhar nos nossos planos."

Ney Franco me garantiu essa decisão no final do ano passado.

E, realmente, Ricardo Teixeira não se mostra disposto a liberá-lo ao Santos.

Confirmada essa decisão, há uma lista enorme de técnicos que poderiam trabalhar na Vila Belmiro.

Dois nomes chamam a atenção.

Marcelo Bielsa, ex-treinador da Seleção Argentina e da Seleção Chilena.

E Dunga, o comandante do fracasso na África do Sul.

Parreira, Levir Culpi, Paulo Autuori e Joel Santana também estão nesta lista...

O grupo de empresários que apóio financeiro ao trabalho de Luís Álvaro também dá os seus palpites.

E há a pressão para uma definição o mais rápido possível.

Marcelo Martelotte comandará o time contra o Cerro Portenho quarta-feira, na Vila Belmiro.

Isso não significa nada.

A direção quer um nome respeitado comandando o ótimo elenco que montou.

Ainda mais porque em março, Paulo Henrique Ganso estará de volta.

A postura de Abel Braga desnorteou Luís Álvaro.

E agora ele busca, desesperado, um novo técnico para o Santos.

Assim trabalham os maiores clubes brasileiros.

À base do improviso, sem estratégia determinada.

Se os dirigentes não estavam gostavam do trabalho de Adilson Batista...

Qual a grande dificuldade em traçar um estratégia para substituí-lo?

Ouvir a negativa de Abel Braga lembrou um time amador...

Não o Santos Futebol Clube...

Contratou um treinador que todos sabiam que não daria certo na Vila em dezembro.

E em fevereiro, depois de 11 jogos, o manda embora.

Com o bolso recheado.

Pagando R$ 1 milhão de multa.

Não é possível que dirigentes além de jogar dinheiro fora, brinquem com a geração Neymar e Ganso.

Em plena Libertadores da América...

Veja mais:
+
Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/bvSw