who is hillary clinton O Flamengo merece, e precisa, de um técnico de verdade. Chega de vexame...

Patrícia Amorim está em uma situação difícil.

Manter a palavra dada a Rogério ou buscar um novo treinador para o Flamengo?

Depois do clube eliminar o Corinthians da Libertadores, ela foi clara.

Abraçou o interino Rogério e prometeu, lhe deu a palavra que ele era o seu técnico.

Só que veio a desclassificação da Libertadores contra a Universidade de Chile.

A saída de Adriano.

A chegada de Zico e a entrega de todo o futebol para ele comandar.

Inclusive a desejada divisão de base.

O desespero para tentar manter Vagner Love.

O abandono do treino de Álvaro.

As derrotas seguidas.

O vexame de ontem diante do Goiás.

O clube está dividido desde a eleição do Clube dos 13.

Patrícia Amorim não tem apoio político nem de sua diretoria.

Há 'infiltrados' de Márcio Braga.

E eles forçam a situação para que o Flamengo tenha um treinador consagrado, vivido, o mais rápido possível.

A pressão para a contratação de Abel Braga.

Patrícia gostaria que Leonardo assumisse a equipe.

Mas ele não quer vir trabalhar como treinador no Brasil.

Muito menos no Flamengo, não quer correr o risco de perder o prestígio que conseguiu como jogador.

 E ainda há o fator Rogério.

Patrícia foi se aconselhar com Zico.

Estão estudando uma decisão firme.

A tendência é que a presidente/vereadora peça para que Rogério volte a ser auxiliar técnico.

E um novo treinador chegar.

Ele terá todo o tempo da Copa do Mundo para remodelar a equipe.

Como dizem os 'infiltrados' de Márcio Braga, está na hora de Patrícia parar com discursos e agir de verdade.

Um clube como o  Flamengo merece um treinador de verdade, vivido, calejado.

Rogério tem potencial, mas precisa ganhar muita experiência para controlar esse furacão batizado de Flamengo...

Veja mais:

+ Acompanhe a cobertura da Copa no R7
+ Leia mais sobre futebol no R7
+ Leia os principais destaques do dia

http://r7.com/lltt