O Corinthians se preparava para deixar de ganhar R$ 50 milhões. Mas os dirigentes viram R$ 80 milhões irem embora com a ida de Marquinhos ao PSG. Foi disparado o pior negócio da história corintiana…

1reproducao12 O Corinthians se preparava para deixar de ganhar R$ 50 milhões. Mas os dirigentes viram R$ 80 milhões irem embora com a ida de Marquinhos ao PSG. Foi disparado o pior negócio da história corintiana...
Administração moderna não significa sem erros.

Muito pelo contrário.

O clima constrangedor do Parque São Jorge não deixa dúvidas.

Ainda mais quando foi o pior negócio de sua história.

Dominou a conversa hoje entre os conselheiros.

Fez com que logo se esquecessem da crise vivida pelo rival São Paulo.

Das confusões da diretoria de Juvenal Juvêncio.

Do duelo entre Rogério Ceni e Adalberto Baptista.

A hora era de se olhar no espelho.

A pancada foi dolorida demais.

A diretoria disfarçava.

Mas sabia ter feito o pior negócio de todos os tempos.

Vendeu Marquinhos, zagueiro capitão da Seleção de base, a preço de banana.

O emprestou para a Roma por R$ 3,9 milhões.

E fixou seu passe em mais R$ 3,5 milhões.

Não levou em consideração o enorme potencial.

E sua personalidade forte.

Ao chegar no profissional o garoto viu que não teria chances.

Tite tinha seu grupo formado.

Os zagueiros eram Chicão, Felipe, Castán, Paulo André, Vinicius e Wallace.

De nada adiantou a fama que o precedeu.

Nem ter vencido a Copa São Paulo de 2012.

Por mais que treinasse muito bem, não ficaria nem no banco.

Pouco importavam suas convocações constantes para a Seleção.

Tite só tinha olhos para o grupo formado para vencera Libertadores.

O garoto se desiludiu.

Tratou de dar o aval ao seu empresário Giuliano Bertolucci.

Ele é amigo pessoal de Andrés Sanchez.

Já fez vários negócios com Kia Joorabchian.

Empresário de vários jovens jogadores.

Foi ele quem tirou Oscar do São Paulo e levou para o Inter.

1ae18 O Corinthians se preparava para deixar de ganhar R$ 50 milhões. Mas os dirigentes viram R$ 80 milhões irem embora com a ida de Marquinhos ao PSG. Foi disparado o pior negócio da história corintiana...

Ele não atuou no Parque São Jorge porque Andrés não quis guerra com Juvenal.

O empresário ofereceu antes mesmo de o levar ao Inter.

A amigos já confidenciou que se arrepende.

Deveria ter comprado mais essa guerra com os tricolores.

Bertolucci sabia possuir outra joia nas mãos.

E tudo foi facilitado diante da passividade no Parque São Jorge.

A negociação com os italianos foi a mais fácil possível.

Olheiros já faziam o que dirigentes da base corintiana deveriam fazer.

Observavam Marquinhos há anos.

E previam que seria um ótimo negócio contratá-lo.

Foi uma festa quando ele foi avaliado tão baixo pelos brasileiros.

Não houve o menor cuidado no Parque São Jorge com a transação.

Pelo contrário.

Beirou o amadorismo.

Dirigentes ficaram irritados quando o garoto confirmou que preferia ir embora.

Trataram quase como ofensa e o liberaram por uma pechincha.

Viraram as costas a um excelente jogador.

Marquinhos não só se firmou na Roma.

Como seu estilo técnico, com excelente antecipações despertou a atenção do Barcelona.

O clube catalão logo começou a negociar com os italianos.

No Parque São Jorge o clima era de comoção, raiva pela precipitação.

Tite se absteve da transação.

Disse que o clube estava bem com seus zagueiros.

E que Marquinhos não teria espaço.

Foi sincero.

O treinador não pode carregar todo o erro nas suas costas.

Ele é um funcionário.

Caberia à direção perceber o potencial do seu jovem atleta.

Os corintianos se preparavam para ser criticados.

O Barcelona chegava a acenar com R$ 66 milhões.

Já era péssimo, terrível.

Mas aí veio o Paris Saint Germain.

E ontem deixou a situação constrangedora, bizarra.

Pagou nada menos do que R$ 101 milhões por Marquinhos.

De agosto de 2012 a julho de 2013, o Corinthians deixou de ganhar R$ 80 milhões.

Em apenas onze meses esse dinheiro deixou de entrar nos cofres.

O jovem atleta se tornou o quarto zagueiro mais caro da história.

Só ficou atrás de Ferdinand, Thiago Silva e Thuram.

Marquinhos tem apenas 19 anos e assinou contrato por cinco anos.

Como clube formador, o Corinthians tem direito a uma triste compensação.

Apenas 3% do valor pago pelo PSG.

Cerca de R$ 3,3 milhões.

E outros míseros 5% por uma cláusula no contrato com a Roma.

Ou seja, mais R$ 5,5 milhões.

Na ponta do lápis, o clube paulista lucrou R$ 21,1 milhões.

E viu o PSG pagar R$ 101 milhões.

As críticas são generalizadas no Parque São Jorge.

Os dirigentes se escondem atrás da vontade do menino em ir embora.

Não tiveram pulso forte diante de um jogador de 18 anos.

E hoje lamentam.

Deixaram de ganhar R$ 80 milhões.

Até que enfim um motivo para Juvenal Juvêncio sorrir.

Ele não está sozinho quando o assunto é mal negócio.

Como é que corintianos podem apontar os R$ 24 milhões pagos por Ganso?

Ou criticar a inutilidade de gastar R$ 20 milhões por Luís Fabiano?

Se eles deixaram de ganhar R$ 80 milhões?

Clima de total constrangimento no Parque São Jorge.

Todos da administração Mario Gobbi sabem o péssimo negócio que fizeram.

Por falta de visão.

E de pulso para se impor diante de um menino de 18 anos e seu empresário.

Pelos valores envolvidos, não há dúvidas.

Esse foi o pior negócio da história do Corinthians.

Se a oposição estivesse viva...
2ae6 O Corinthians se preparava para deixar de ganhar R$ 50 milhões. Mas os dirigentes viram R$ 80 milhões irem embora com a ida de Marquinhos ao PSG. Foi disparado o pior negócio da história corintiana...

60 Comentários

"O Corinthians se preparava para deixar de ganhar R$ 50 milhões. Mas os dirigentes viram R$ 80 milhões irem embora com a ida de Marquinhos ao PSG. Foi disparado o pior negócio da história corintiana…"

20 de July de 2013 às 17:07 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Diego
    - 20 de julho de 2013 - 17:33

    Concordo em 100% com você, Cosme. Essa transação entre Corinthians e Roma beirou o amadorismo. Total. E no final das contas o Walace ficou no clube. Zagueiro fraco. Depois foi para o Flamengo. Logo em seguida.

  • Francisco
    - 20 de julho de 2013 - 17:45

    Uma situação real e a lamentar, no mais é que o jovem zagueiro, em breve, estará na Seleção principal, podendo valer até mais do que pagaram por ele, pelo potencial e qualidade. Agora, não dá para comparar a qualidade e o futebol desse jogador atualíssimo e ativo, contra o "marreco manco" e o "pipoqueiro irritadiço", como ex-jogadores que só enganam no time da Paraisópolis/Jd.Leonor. *E, no caso, do Lucas terem pago mais de R$ 100 milhões, até agora não justificou nem 1/4 do investimento feito pelo PSG.*

  • Jose Flavio
    - 20 de julho de 2013 - 18:15

    Eu concordo que o Corinthians perdeu dinheiro, mas não todo esse dinheiro que dizem. Jamais um zagueiro jogando no Brasil seria vendido por esse valor, mesmo supondo que ele fosse titular do Corinthians e estivesse bem. Outro ponto em que discordo é no papel do Tite na história. Para mim, ele tem parte da "culpa" porque não acreditou no potencial do garoto. Com as credenciais e o histórico do Marquinhos deveria ser fácil para ele perceber que tinha em mãos um jogador muito melhor do que o Felipe, o Vinicius ou o Wallace.

  • Elias Nettor
    - 20 de julho de 2013 - 18:21

    Cosme o Corinthians perdeu dinheiro ? SIM . Mas , dois motivos tem que ser repercutidos : 1 - Se o Marquinhos atuasse em algum time da América do Sul , será que o PSG pagaria essa bolada ? É bem provável que não . 2 - O Marquinhos estava descontente pois Tite não o escalava , é melhor ter um elenco motivado , é por essas e outras que Tite tem o elenco em suas mãos !!! Elias, mera suposição. Você apostaria que o PSG pagaria mais de R$ 108 milhões por Lucas? Ele saiu direto do São Paulo para a França. Cosme Rímoli...

  • jair
    - 20 de julho de 2013 - 18:23

    Nem de perto foi o pior negocio Cosme, o pior foi o nilmar que o timao pago um inferno de caro pra ele joga pelo inter Jair, a transação com o Nilmar foi a mais desmoralizante. A pior em valores é esta do Marquinhos, disparada. Cosme Rímoli...

  • Eduardo
    - 20 de julho de 2013 - 18:37

    Cosme de burro esta diretoria nao tem nada....ninguem me tira da cabeca que foi acertado uma grana por fora, o corinthians sabia quanto valia o marquinhos....ele estava se destacando!

  • Ronaldo Santos - Ribeirão Preto SP
    - 20 de julho de 2013 - 19:06

    Cosme eu e alguns amigos bem antes do Marquinhos cogitar em sair apostávamos 100% que seria um zagueiro para ficar para a história do Corinthians e realmente ficou pena que negativamente. Cosme não tem explicação como pode um dirigente aceitar um empréstimo de um jovem promissor com valor fixado ??? Poderia até fixar porém com um percentual maior (minimo40%) assim protegeria uma possível valorização. Outro caso inesplicavel e do zagueiro que esta vindo da Ponte Preta, como pode fechar um negocio desse, o Corinthians vai ficar com 20%, 60% da DIS o restante com o jogador e seu empresário, bancar salário, estrutura e "vitrine" para depois vender por muito dinheiro e não ganhar quase nada... E descabido e muito mais barato investir na base. Comes mas seu texto explica tudo..

  • Zaupa
    - 20 de julho de 2013 - 19:21

    Essa lavanderia do campeonato frances esta a todo vapor. PSG e Monaco estão queimando dinheiro. Hulk 170 milhões, Cavani 170 milhões, Marquinhos 100 milhões. Nenhum desdes jogadores com certeza vale o valor que estão pagando. E o Marquinhos, é bom zagueiro para antecipar, mais é muito baixo. Ganhar 20 milhões em um jogador da base não é nenhum fracasso, pois a maioria sai de graça. Se estivesse no Corinthians seria reserva até hoje, pois o Tite prefere jogadores mais experientes. Dificilmente o Tite da chance para garotada.

  • Renan
    - 20 de julho de 2013 - 19:23

    Enquanto não modernizarem o futebol brasileiro, todos os clubes deixarão de ganhar muito mais do que R$ 80 milhões. Se esse clube paulista não estivesse em excelente fase, com certeza seria bem diferente. Mas é bem curioso todo esse montante de dinheiro oferecido pelo PSG nas suas negociações. Até hoje não entendi o valor oferecido pelo Lucas. É tudo muito surreal no futebol europeu. E até o fair play fiscal ser implantado na UEFA teremos muitos valores assim.

  • Maria
    - 20 de julho de 2013 - 19:26

    Nessa o Corinthians fez péssimo negócio,mas o Marquinhos no banco sem ser aproveitado acabaria se desmotivando e se desvalorizando no mercado.Nem sempre se ganha todas.

1 2 3 4 5
6234