1ae22 Nunca Real Madrid e Barcelona ficaram esperando aflitos pela decisão de um jogador brasileiro. O Santos já aceitou a proposta dos dois e espera a decisão de Neymar. Ele está entre o bolso e o coração...
Nunca houve isso na história do futebol brasileiro.

Um clube com duas propostas por um jogador.

Uma maior do que a outra.

E os dirigentes deixassem o atleta escolher.

Ainda imploravam para que aceitasse uma das duas.

Tanto fazia, mas que fosse embora.

E Neymar ficou à vontade para escolher.

Entre o desejo de jogar pelo Barcelona.

Ou ir ganhar mais dinheiro e rumar para o Real Madrid.

Esse foi o resumo de mais de sete horas de reuniões na Vila Belmiro.

A diretoria do Santos resolveu que chegou a hora de vender Neymar.

Luís Álvaro estava sendo massacrado pelos conselheiros.

Seu acordo com o principal jogador santista passou de excelente para loucura.

O medo era que o atacante saísse depois da Copa do Mundo sem render um tostão ao clube.

Se isso acontecesse, o grupo que domina o clube estaria em perigo.

Laor teria tudo para não conseguir fazer Odílio Rodrigues presidente santista.

A direção do clube se reuniu com o diretor de futebol catalão Raul Sanllehí.

Foram horas e horas de conversa.

Até a proposta definitiva.

O Barcelona ofereceu 28 milhões de euros, cerca de R$ 74 milhões.

Mais salários de 7 milhões de euros por ano, R$ 18,5 milhões.

Além de uma grande participação publicitária, como o Santos faz.

O Real Madrid usou o próprio empresário de Neymar, Wagner Ribeiro como porta-voz.

A proposta é bem melhor financeiramente.

São 35 milhões de euros, mais de R$ 93 milhões.

E um salário maior.

11 milhões de euros anuais ou R$ 29,1 milhões.

Mais participação publicitária.

Quando as duas propostas foram feitas, Neymar e seu pai foram chamados.

Raul Sanllehí e André Coury, representantes do Barcelona, já tinham ido.

Só estava a direção santista e Wagner Ribeiro.

Pai e filho souberam das propostas.

E foram embora para decidir junto com o restante da família.

A direção santista adoraria que Neymar escolhesse o Real Madrid.

Chegaria mais dinheiro.

Só que ela não pode impor nada.

Por causa do acordo com Luís Álvaro.

2ae8 Nunca Real Madrid e Barcelona ficaram esperando aflitos pela decisão de um jogador brasileiro. O Santos já aceitou a proposta dos dois e espera a decisão de Neymar. Ele está entre o bolso e o coração...

Se o jogador não quiser sair, tudo continuará até o final da Copa.

E aí sim iria sem render nada ao clube.

"Nós queremos ajudar o Santos.

Por isso iremos analisar as propostas para sair.

Temos de ajudar o Santos", repetia Neymar pai.

O jogador estava todo sorridente.

"Estou muito orgulhoso por ter essas duas ofertas.

É o melhor momento da minha vida.

Agora vou pensar", disse o jogador, enigmático.

As coisas não foram simples como pai e filho esperavam.

Os dois clubes não ofereceram a mesma coisa.

O que deixaria tudo mais fácil.

Neymar há dois anos deixa escapar seu desejo de atuar no Barcelona.

Queria atuar com Messi.

O jogador argentino fez até a sua parte.

E disse que seria 'ótimo' ter Neymar a seu lado.

Houve o contragolpe imediato do Real Madrid.

Foi a vez de Cristiano Ronaldo dizer que o melhor caminho para Neymar é Madrid.

O lado empresarial de Neymar pai adiou a decisão.

Há uma significativa diferença financeira nas ofertas dos clubes.

O contrato oferecido por ambos teria cinco anos de duração.

Seriam cerca de 20 milhões de euros a mais oferecidos pelo Real.

Mais do que R$ 53 milhões.

É dinheiro demais para virar as costas.

Há outro ingrediente, só que desta vez, a favor do Barcelona.

Robinho, amigo e ídolo de Neymar, não recomenda o Real Madrid.

Pelo contrário.

Ele revelou que viveu péssimos momentos por lá.

Encontrou uma 'panela' de espanhóis chefiada por Raúl.

Ronaldo, dono da 9ine, disse que não é nada disso.

E jogar no Real Madrid é excelente pela infraestrutura.

Por ser um dos clubes mais ricos do mundo e por ter sempre elencos fortíssimos.

Mas desde a final do Mundial de clubes, Neymar é encantado pelo Barcelona.

As informações que recebeu do clube catalão foram ótimas.

Daniel Alves fez o que pôde para convencê-lo que lá é o melhor destino.

"Pode ser cinco minutos, três horas ou três dias.

Mas daremos a nossa resposta", avisou Neymar pai na madrugada.

A diretoria santista está aliviada.

O jogador vai para a Espanha.

O dinheiro entrará nos cofres, o time será reforçado para o Brasileiro.

Mas só não sabe se entrará mais, pelo dinheiro oferecido pelo Real.

Ou menos, com a quantia colocada na mesa pelo Barcelona.

A escolha é do jogador.

Nunca o futebol mundial viu dois gigantes ficarem na expectativa.

Esperando um garoto de 21 anos escolher entre Real Madrid ou Barcelona.

Só mesmo Neymar.

Que está dividido entre o coração e o bolso.

As duas escolhas são ótimas...
3reproducao6 Nunca Real Madrid e Barcelona ficaram esperando aflitos pela decisão de um jogador brasileiro. O Santos já aceitou a proposta dos dois e espera a decisão de Neymar. Ele está entre o bolso e o coração...

http://r7.com/gaV8