No Corinthians, a frustração. Carlitos Tevez vendido à Juventus por R$ 35 milhões. Cinco milhões mais barato que o clube pagou por Alexandre Pato. A sensação é que a volta do argentino era possível. Faltou planejamento…

1ae42 No Corinthians, a frustração. Carlitos Tevez vendido à Juventus por R$ 35 milhões. Cinco milhões mais barato que o clube pagou por Alexandre Pato. A sensação é que a volta do argentino era possível. Faltou planejamento...
Momento de reflexão no Corinthians.

E mais cobrança velada a Alexandre Pato, à Nike.

Ao entusiasmado Mario Gobbi.

Os R$ 40 milhões gastos pelo jogador do Milan passaram a valer mais.

Ainda mais quando se sabe que em futura venda, ele ficará com 40%.

Não bastasse a instabilidade técnica e emocional do jogador...

Tudo ficou mais pesado por uma negociação na Europa.

Carlitos Tevez deixou marcas no Parque São Jorge.

É um dos grandes ídolos da história.

Bastaram 18 meses, ano e meio.

Foi a primeira e mais impactante contratação da MSI.

O iraniano Kia Joorabchian o tirou do Boca Juniors.

Pagou US$ 19,5 milhões.

A quantia foi espantosa na época.

A mais cara transação de um clube brasileiro até 2005.

Tevez foi o escudo de Kia.

O empresário queria investir o dinheiro de Boris Berezovisky.

Nos melhores jogadores da América do Sul, comandar vários clubes.

E principalmente formar uma rede independente de transmissão dessas equipes.

Bateu de frente com dois inimigos.

A TV Globo e a Polícia Federal.

Foi o fim da MSI.

Mas no ano e meio que ficou no Parque São Jorge, Tevez virou ídolo.

Foram 76 partidas marcantes e 46 gols.

A identificação com o jogador raçudo, rápido, talentoso foi total.

Tudo ruiu porque Carlitos encarava o clube como trampolim para a Europa.

Ele chegou para classificar o time à Libertadores.

Conseguiu liderar a equipe até o título brasileiro.

Já queria ir embora na janela do início de 2006.

Kia implorou para que continuasse e disputasse a Libertadores.

O argentino já tinha péssimo ambiente com o vice de futebol, Andrés Sanchez.

A relação degringolou porque Andrés tentou controlar suas declarações.

Veio a decepção com a Libertadores de 2006.

2ae9 No Corinthians, a frustração. Carlitos Tevez vendido à Juventus por R$ 35 milhões. Cinco milhões mais barato que o clube pagou por Alexandre Pato. A sensação é que a volta do argentino era possível. Faltou planejamento...

A derrota para o River Plate no Pacaembu.

E a revolta da iludida torcida que esperava o título.

À eliminação teve consequências com a infeliz contratação de Leão.

O treinador ultrapassado nunca escondeu seu rancor com os argentinos.

Foi a oportunidade.

Logo se desentenderam.

Leão tirou a faixa de capitão do jogador.

Magoada, a torcida o cobrava pela queda na Libertadores.

Tudo acabou quando estava sendo vaiado no Morumbi.

Era uma partida contra o Fortaleza.

Ao marcar, ele se vingou, mandando os corintianos se calar.

Há quem garanta que foi de caso pensado.

3gazeta1 No Corinthians, a frustração. Carlitos Tevez vendido à Juventus por R$ 35 milhões. Cinco milhões mais barato que o clube pagou por Alexandre Pato. A sensação é que a volta do argentino era possível. Faltou planejamento...

A reação foi automática.

Torcedores chutaram seu carro.

E a relação acabou.

Ele foi para o West Ham, sem drama de consciência.

Nestes sete anos, o Corinthians tentou seu retorno quatro vezes.

Foram tentativas insistentes, marcantes.

Logo após a conquista do Mundial, em dezembro, houve a chance.

Kia, grande amigo de Andrés, avisou que ele não continuaria no Manchester City.

O jogador queria uma transação.

Estava interessado em ganhar luvas e ter aumento de salários.

A princípio, não desejava voltar à América do Sul.

Mas tudo dependeria do esforço corintiano.

Foi quando surgiu o plano envolvendo Alexandre Pato.

A Nike intermediando a transação.

Pato querendo disputar a Copa do Mundo.

O Corinthians buscando um ídolo para agradar a torcida.

E, principalmente, os patrocinadores.

A transação foi fechada por R$ 40 milhões.

Com o trato dele ficar com 40% de uma possível saída.

A alta cúpula corintiana sabe que a prioridade é do Milan.

O seu relacionamento com a família Berlusconi vai além da amizade.

Ele tem um namoro com Barbara, filho de Silvio, dono do clube italiano.

A adaptação de Pato no Corinthians está difícil.

Primeiro houve a recuperação total física.

Dentro do campo produzia menos que Guerrero e Emerson.

Romarinho faz um trabalho de composição que ele não consegue.

Por isso, Alexandre amargou o banco.

Perdeu convocações, deixou de ser levado em consideração por Felipão.

Não foi chamado nem para a reserva na Copa das Confederações.

Está jogando muito mal.

E não teve a sonhada identificação com os torcedores.

Nem despertou a paixão dos patrocinadores.

Tudo vem à tona de novo agora.

Carlitos Tevez, o dom Sebastião corintiano, saiu do Manchester City.

Foi para a Juventus da Itália.

O preço é que incomoda no Parque São Jorge.

R$ 35 milhões.

Mais barato do que Alexandre Pato.

Perfeitamente dentro dos padrões do novo rico do futebol brasileiro.

A sensação é de desperdício.

Não será tornada pública.

Mas pessoas ligadas a Andrés Sanchez lamentam.

No atual momento de reconstrução...

Com Sheik leiloando seu passe...

Guerrero sonhando com volta à Europa...

E Pato decepcionando, a contratação seria fantástica.

Serviria para revigorar o clube.

Tevez escapou pelos dedos dos corintianos.

De nada adiantou a amizade entre Kia e Andrés.

O gosto de frustração domina a garganta de quem manda no Parque São Jorge.

Não há quem não sonhe com a volta do argentino.

Ela poderia acontecer agora.

Faltou planejamento, visão.

E apostar de cabeça em Alexandre Pato...
2gazeta1 No Corinthians, a frustração. Carlitos Tevez vendido à Juventus por R$ 35 milhões. Cinco milhões mais barato que o clube pagou por Alexandre Pato. A sensação é que a volta do argentino era possível. Faltou planejamento...

46 Comentários

"No Corinthians, a frustração. Carlitos Tevez vendido à Juventus por R$ 35 milhões. Cinco milhões mais barato que o clube pagou por Alexandre Pato. A sensação é que a volta do argentino era possível. Faltou planejamento…"

26 de June de 2013 às 12:04 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Ray Domingos Motta
    - 27 de junho de 2013 - 15:02

    No meu ver mesmo com todo carisma e carinho da torcida pelo Tevez, que o negócio não seria bom. Ele tinha várias regalias, ia e voltava pra Argentina como se fosse um pulo a baixada santista. Ele iria desagregar e nunca que aceitaria um banco de reservas por não se encaixar num sistema tático, assim como ocorreu no City. Tevez 29, Pato 23... Mesmo com o baixo rendimento da Pato até aqui, sou mais o Pato do que o Tevez por esse valor. Acredito que o Pato vai render muito de agora em diante, ainda mais que voltou com a Bárbara... motivos ele tem dentro e fora de campo pra brilhar e muito por aqui.

    Responder
    • Gustavo
      - 21/04/14 - 19:46

      Pato a Tevez.....nem a pau....Carlitos é muito mais jogador a Pato.....ñ se compara.....volta CARLITOS

  • RODRIGO NEGRÃO
    - 27 de junho de 2013 - 13:41

    Cosme, com todo o seu jornalismo investigativo, sejamos francos, VOCE ACREDITA MESMO QUE O CORINTHIANS COMPROU O PATO ??? aff, tem coisa que a imprensa silencia as vezes. O Berlusconi deu entrevista dizendo que o Pato teria sido emprestado. Na Italia foi anunciado o seu empréstimo a pedido do jogador.

    Responder
  • g.nuno
    - 27 de junho de 2013 - 09:57

    O CORINTHIANS COMPROU O PATO "ENTRE ASPAS". O corinthians "COMPRA JOGADOR COM DINHEIRO DE PARCERIAS", e ACONTECE O QUE ACONTECEU AGORA COM A VENDA DO PAULINHO "ONDE OS INVESTIDORES DECIDEM QUEM ENTRA E QUEM SAI NO CORINTHIANS". Nenhum INVESTIDOR PARCEIRO DO CORINTHIANS SE INTERESSOU PELO TEVEZ.

    Responder
    • Gustavo
      - 21/04/14 - 19:47

      Cala a boca e paga o Morumbi..............

  • Marcio
    - 26 de junho de 2013 - 21:06

    Concordo que o Tevez seria um grande reforço e que, talvez, dentro de campo, hoje, rendesse mais que o Pato, mas nao dá para comparar os valores, pq o Tevez deve estar beirando os 30 anos e o Pato tem só 23. O Tevez ja esta na curva descendente da carreira, enquanto que o Pato, se conseguir se livrar das contusoes, ainda tem muito a crescer. Portanto Cosme, na da para comparar os valores dos dois e acho que nao foi falta de visao da diretoria do Corinthians.

    Responder
  • jose guilherme
    - 26 de junho de 2013 - 20:56

    discordo completamente porque frustração? um jogador temperamental igual a tevez, gosta que todas suas vontades sejam feitas daria certo no Corinthians? imagina ele no banco reclamando, sera que o tite iria gostar? outra questão da idade, se não estou enganado a diferença dele com o pato é de uns 6, 7 anos. imagina o tevez no Corinthians depois passa um ano ele quer sair igual já fez no Corinthians, West Ham, Manchester United e Manchester City, questão salaria ele deixaria de ganhar seus 12 milhões de libras para vim por Corinthians?

    Responder
  • Larissa Azevedo
    - 26 de junho de 2013 - 20:35

    O Pato com todos os defeitos, caberia no tricolor tranquilamente. Tevez além de problemático, é muito feio!

    Responder
  • Vinícius
    - 26 de junho de 2013 - 18:55

    Comparar um jogador de 23 e um de 29 anos é ridículo. Com o Pato, o Corinthians pode ter uma venda no futuro e recuperar o dinheiro. Com o Tevez seria um dinheiro sem retorno futuro.

    Responder
  • ed
    - 26 de junho de 2013 - 17:28

    Cosme sua análise é boa mas tem coisa que não dá para entender. Um cara que saiu corrido, problemático vai ser solução ? E o Pato pegou o time no declínio danado, jogam toda a responsabilidade no jogador que vinha de contusão e tem 23 anos. Vamos ver no momento que o time tiver no bom ritmo e jogando na suas características.

    Responder
  • Francisco
    - 26 de junho de 2013 - 17:05

    "Perder" a chance de ter o Tevez, outra vez, é infinitamente melhor do que ter o Rei dos Pipoqueiros (Luís FaByBano), ou o Valdívia D.P.

    Responder
  • ed
    - 26 de junho de 2013 - 17:02

    Nem o Real Madri consegue todos os jogadores quer querem! Tem que pensar em pagar as dividas e ter um bom trabalho na base e se manter nas disputas dos títulos. Pato com certeza vai melhorar, não é possível que ele seja um "cabeça de bagre" com um time mais equilibrado vai fazer a diferença. Sem falar que não é certeza que o Teves daria certo.

    Responder
1 2 3 4 5