pele%20xuxa1 Neymar: o cenário para a volta contra o Corinthians está montado...Punição rápida essa, não?

Escorregão feio de Mano Menezes.

Na gravação do programa Roda Viva que a TV Cultura mostra logo mais, o técnico errou.

Para defender Neymar usou a maior imagem que lhe ocorreu: a de Pelé.

Diante das várias atitudes infantis e egocêntricas do atacante santista, o treinador do Brasil falou.

"Não podemos esquecer que o Pelé não foi um anjinho em campo."

Não mais falou.

Porque treinador de seleção e político espertos deixam no ar.

Mas houve uma tremenda injustiça com Pelé.

Ele quebrou pernas, deu cotovelas, é verdade.

Porém na grande maioria dos casos, para quem tem memória ou se informou, ele participou de duelos.

Era ele ou o oponente.

Antes de fazer a alavanca para machucar seu marcador, Pelé havia sofrido pontapés tão criminosos quanto.

Ele quebrou a perna do alemão Kiesman e do zagueiro cruzeirense Procópio.

E deu uma cotovelada no uruguaio Dagoberto Fontes durante a Copa de 1970.

Esses foram os casos mais marcantes.

Não há espaço nesse post para dizer quantas vezes Pelé não pôde jogar por pancadas.

O rodízio da seleção portuguesa em 1966 já basta.

A desculpa de Mano, trazendo Pelé para a discusão é inconsistente.

Por que Neymar é prepotente, mimado.

Não é violento como Pelé foi às vezes.

Mano defende Neymar porque sabe que ele é imprescindível para a sua seleção.

O garoto de 18 anos é mesmo muito talentoso.

Está sendo muito criticado pelas molecagens que aprontou como xingar técnico e companheiros.

Mano já viu o que ele é capaz de fazer no amistoso contra os Estados Unidos.

O treinador sabe muito bem de que lado ele é obrigado a estar nesta dividida.

Do lado de Neymar.

Para o bem do futuro da seleção olímpica e da principal.

Só que ele não deveria ter usado Pelé.

Apesar de ser genial com a bola nos seus pés, ele nunca xingou seus treinadores ou companheiros.

Respeito, limites são características que Neymar não tem.

O talento o protegeu.

E agora ele o está usando para o mal.

Há a certeza na Vila Belmiro de que o garoto estará de volta contra o Corinthians.

Os indícios demonstram que Dorival Júnior fracassou na vontade de impor uma suspensão de 15 dias.

Para sua falta de sorte, a tabela marcava Santos e Corinthians na Vila Belmiro.

Tanto que não houve jeito.

Está mais  do que claro no clube quem importa mais: se o treinador ou o jogador de R$ 100 milhões...

Neymar já treinou hoje com o restante do elenco.

Talvez, no máximo, comece o clássico no banco de reservas.

E entre logo.

Alguém tem dúvida de que Neymar vai jogar?

Nem seu defensor Mano Menezes.

Ou mesmo Pelé...

Veja mais:

+ Tudo sobre esporte no R7
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/BcbR