AgenciaEstado93 Neymar e Muricy foram os responsáveis por levar o Santos para a semifinal da Libertadores...
O pênalti perdido outra vez tira um pouco de brilho...

Mas outra vez Neymar foi fundamental.

O Santos deve muito da chegada à semifinal da Libertadores ao garoto de 19 anos...

E a Muricy Ramalho, o técnico que, de acordo com inimigos, não saberia disputar mata-matas...

No empate em 1 a 1 contra o perigoso Once Caldas, os dois fizeram muito bem seu papel...

Desde os primeiros minutos de jogo, Neymar pediu todas as bolas...

E enfrentou com coragem e talento os irritados e bem nutridos zagueiros colombianos...

O Santos fez o inverso do Cruzeiro na sua eliminação diante do tinhoso Once Caldas...

Muricy adiantou a marcação santista e encurralou o adversário no seu campo...

E retomou inúmeras bolas e criou chances para golear...

Isso ainda no primeiro tempo...

O Santos desperdiçou chances demais...

Só Neymar conseguiu um chute perfeito da entrada da área....

Quando todos esperavam o segundo e o terceiro gol veio o empate..

Renteria aproveitou a bobeada da zaga e marcou o 1 a 1.

O Santos não sentiu o golpe e continuou buscando o gol...

Tivesse outro atacante e não Zé Eduardo, teria vencido a partida...

Neymar e Elano o deixaram livre para marcar...

Mas o que ele conseguiu no Pacaembu foi irritar os torcedores...

E chegar a 13 partidas sem fazer um golzinho...

Veio o segundo tempo...

E Muricy Ramalho manteve a marcação na saída de bola do Once Caldas...

O time tirou o resto de fôlego que restava da maratona de jogos...

E continuou pressionando, não deixando de maneira alguma os colombianos tocarem a bola no meio de campo...

Sempre a lembrança do jogo do Cruzeiro...

E na pressão veio o pênalti em Neymar...

Ele não deixou o cobrador oficial, Elano, bater...

Muricy Ramalho e Elano não criaram caso...

Tudo certo para o jogador se consagrar...

Mas ele cobrou mal demais, fraco, quase meio do gol e Martinez defendeu...

Isso aos 41 minutos do segundo tempo...

O Once Caldas adiantou toda sua equpe para tentar qualquer coisa...

Mas Muricy Ramalho deu consistência à defesa santista...

Os colombianos nem assustaram...

A vaga foi garantida.

Semifinal da Libertadores...

Festa de 34 mil torcedores o Pacaembu...

E quase ninguém nem se lembrava de um tal Paulo Henrique Ganso...

Neymar e Muricy Ramalho não deixaram...

http://r7.com/6QgF