- Blog do Cosme Rímoli - http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli -

Montillo no Santos. Negociação um ano atrasada. O companheiro que Neymar precisava para disputar a Libertadores, não o Paulista. E o Cruzeiro mostra o quanto sua diretoria é amadora, vendendo a preço de banana sua grande estrela…

Postado por Cosme Rímoli em 3 de janeiro de 2013 às 16:49 em Sem categoria | 80 Comments

ae11 Montillo no Santos. Negociação um ano atrasada.  O companheiro que Neymar precisava para disputar a Libertadores, não o Paulista. E o Cruzeiro mostra o quanto sua diretoria é amadora, vendendo a preço de banana sua grande estrela... [1]
Com um ano de atraso, o Santos comprou Montillo.

A negociação acontece totalmente fora de hora.

Para os dois clubes.

O Santos terá agora o jogador que precisava há um ano.

E a diretoria cruzeirense mostra seu amadorismo.

Vende sua principal estrela um dia após o aniversário do clube.

Quando havia colocado em prática o plano para cativar sócios torcedores.

E a diretoria prometido montar um dos melhores times do Brasil.

Como, se abre mão da maior estrela.

Recebeu R$ 16,4 milhões e Henrique de volta.

Que Gilvan Tavares tente comprar 60% de alguém do mesmo nível pelo que recebeu.

O presidente recusou diversas propostas.

Do Corinthians, São Paulo, Fluminense e Grêmio.

O assédio vem desde 2010.

No fim aceita uma proposta fraca.

Abaixo do talento do jogador de 28 anos.

Marcelo Oliveira havia dito ontem que Montillo era imprescindível.

A presença do argentino pesou no fato de Diego Souza assinar com o Cruzeiro.

Ele queria uma outra estrela para dividir responsabilidade.

Diego Souza não nasceu para ser protagonista.

Zezé Perrella havia dito várias e várias vezes que o clube deveria vender o meia.

Passou 2012 repetindo isso nos microfones.

Por mais que ele quisesse agradar aqueles que detinham 40% do jogador, estava certo.

Em 2011, o argentino estava valorizado.

Havia disputado de forma excelente o Brasileiro de 2010.

Na Libertadores já não conseguiu repetir a façanha.

E caiu no Campeonato Nacional.

A oportunidade era na janela do início de 2012.

Houve várias chances.

O próprio argentino deixou claro que desejava sair.

Corinthians e Santos insistiram.

Mas Gilvan quis mostrar força.

Segurou e desvalorizou o argentino.

Desanimado, disputou o Mineiro, a Copa do Brasil e o Brasileiro.

Não foi nem sombra do jogador de 2010 e do primeiro semestre de 2011.

Do lado da Vila Belmiro, Muricy insistia com Luís Álvaro.

Queria o argentino.

Ele sabia que a relação entre Ganso e Laor era péssima.

Para piorar, o meia enfrentava suas contusões.

O Santos precisava se armar para tentar vencer a Libertadores.

a1 Montillo no Santos. Negociação um ano atrasada.  O companheiro que Neymar precisava para disputar a Libertadores, não o Paulista. E o Cruzeiro mostra o quanto sua diretoria é amadora, vendendo a preço de banana sua grande estrela... [2]

O rival Corinthians estava muito bem armado.

Não foi por falta de pedidos do treinador.

Mas não houve o empenho exigido para a contratação.

Se Montillo tivesse vindo para a Vila há um ano, muita coisa poderia ter mudado.

O perfil do time seria outro.

Com Ganso fora de combate, a responsabilidade de Neymar seria dividida.

E o ano do centenário santista poderia ter sido muito melhor.

As chances de vencer a Libertadores seriam muito maiores.

Poderia ter roubado o protagonismo do Corinthians em 2012.

O que a dupla não aprontaria?

Mas o velho 'se' não adianta muita coisa.

Agora chega Montillo.

Foi escolhido diante da pedida abusiva de Robinho.

Para voltar ao time do 'seu coração' não baixou R$ 1,1 milhão sem impostos por mês.

Laor não quis pagar mais dez milhões de euros ao Milan, cerca de R$ 26,6 milhões.

Com dinheiro assegurou Montillo e mais um ano e meio de salários, além das luvas.

Montillo e Neymar deverão formar uma dupla fabulosa.

Mas disputarão o quê?

Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Brasileiro.

Eles deveriam estar juntos na Libertadores de 2011.

A contratação foi excelente para o time da Vila Belmiro.

Pela, lamentável que aconteceu com um ano de atraso.

Já para o Cruzeiro foi desastrosa.

Só mostra a falta de habilidade de Gilvan Tavares.

O Cruzeiro perdeu sua maior estrela.

E por um valor que não vale a pena.

A transação lembra a fase afoita de Alexandre Kalil.

Ele apanhou muito até a ter uma visão melhor do futebol [3].

Quem perdeu no período do seu amadurecimento foi o Atlético Mineiro.

É o que está acontecendo com o Cruzeiro.

Enquanto Gilvan Tavares não amadurecer será esse sofrimento.

Montillo foi embora barato demais.

Que a diretoria tente comprar agora um jogador como ele.

Com o que recebeu do Santos.

E continue hoje com a campanha para atrair sócios torcedores.

Terá a resposta que merece.

Quanto à Vila Belmiro, uma certeza.

O excelente argentino chega com doze meses de atraso.

A Libertadores, que importava, foi embora.

Ele e Neymar que se divirtam no Paulistinha...


Artigo impresso de Blog do Cosme Rímoli: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli

Endereço do artigo: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/montillo-no-santos-negociacao-um-ano-atrasada-o-companheiro-que-neymar-precisava-para-disputar-a-libertadores-nao-o-paulista-e-o-cruzeiro-mostra-o-quanto-sua-diretoria-e-amadora-vendendo-a-preco-03012013/

Endereços neste artigo:

[1] Imagem: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/files/2013/01/ae11.jpg

[2] Imagem: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/files/2013/01/a1.jpg

[3] futebol: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli http://esportes.r7.com/futebol/

© 2011 Nicolau Marmo. Todos direitos reservados.