1reuters Messi conquistou pela quinta vez a Bola de Ouro. Mas o grande vencedor foi Wendell Lira. Ele não só ganhou o Prêmio Puskas. Conseguiu que 204 milhões de brasileiros vibrassem hoje pelo Goianésia...
No dia em que Messi conquistou sua quinta Bola de Ouro, como melhor jogador de 2015, quem roubou a cena foi Wendell Lira. Ele conseguiu o inesperado. Com o apoio maciço dos brasileiros pela Internet, o atacante conseguiu ganhar o prêmio Puskas, como o gol mais bonito de 2015. Foi marcado pelo Goianésia contra o Atlético Goianiense foi a pedra que 'matou' Golias. No caso, o Golias fala espanhol. Derrotou Lionel Messi e o italiano Florenzi, da Roma.

"É o melhor dia da minha vida. Poder estar aqui conhecendo grandes jogadores que são meus ídolos, que conhecia só de videogame. Queria agradecer minha família, nação brasileira que votou em mim, minha esposa e minha filha.

"Queria deixar uma passagem bíblica. Quando Golias apareceu disseram: 'ele é muito forte, grande, não tem como ganhar dele'. Davi disse: 'Ele é muito grande, não tem como não acertar ele'. É assim que temos de enfrentar os problemas diários em nossa vida e é assim que agradeço."

Ele foi aplaudido com entusiasmo pela plateia em Zurique. Jogadores, treinadores, jornalistas e membros da Fifa não tinham nem ideia que era Wendell Lira.

E nem o Brasil.

Até seu gol ser escolhido entre os três mais bonitos de 2015, escolhido pela Fifa. Graças a uma campanha incrível na Internet, conseguiu 46,7% dos votos, contra 33,3% de Messi.

"Eu sou como 90% dos jogadores do futebol do Brasil, que treinam em campo ruim, sofrem para achar time, têm dificuldade para pagar as contas."

Ele surgiu na categoria de bases do Goiás. Mas não conseguiu se firmar. Teve inúmeras contusões. Rompeu os ligamentos cruzados do joelho direito. Por duas vezes. Foi dispensado em 2012.

Em 2013, não encontrava time para atuar. Teve de vender o carro popular, foi morar com a sogra. E enquanto não arrumava trabalho, foi ganhar a vida em uma fábrica de um amigo. Dobrava panos de chão. Recebia R$ 25,00 por dia. Depois foi garçom e caixa de lanchonete.

1afp Messi conquistou pela quinta vez a Bola de Ouro. Mas o grande vencedor foi Wendell Lira. Ele não só ganhou o Prêmio Puskas. Conseguiu que 204 milhões de brasileiros vibrassem hoje pelo Goianésia...

Passou pelo Goianésia, Novo Horizonte, URT, Anapolina, até que voltou para Goianésia, onde conseguiu marcar o gol que mudaria sua vida. Depois passou pelo Tombense. E agora começa o ano no Vila Nova, graças à badalação por participar da premiação da Fifa.

Quando estava no Goianésia, ao marcar o belo gol de meia bicicleta, ganhava R$ 3 mil. No Tombense ficou um mês e teve direito a R$ 4 mil. No Vila, agora ganha R$ 4,5 mil mensais.

Messi e CR7 ganham cerca de 18 milhões milhões de euros por ano (R$ 78,6 milhões), o que dá R$ 6,5 milhões por mês e cerca de R$ 220 mil por dia. Por hora, os ídolos midiáticos recebem cerca R$ 9 mil reais. O dobro de Wendell.

Foi uma vitória dos internautas brasileiros. E de oportunidade. Nem Messi nem Florenzi fizeram campanha para ganhar o prêmio Puskas. Foi aí que o atacante goiano se aproveitou.

O jogador estava muito elegante. O terno que ganhou de uma fábrica de roupas de Goiânia ficou ótimo. Como a Fifa envia passagens e acomodação para duas pessoas, ele recebeu propostas de até R$ 20 mil de 'amigos' dispostos a acompanhá-lo. Ele não cedeu. Foi fiel à sua esposa Ludymila. "Foi ela que sempre me apoiou. Não havia dinheiro no mundo que me fizesse levar outra pessoa para a Suíça."

2ae3 Messi conquistou pela quinta vez a Bola de Ouro. Mas o grande vencedor foi Wendell Lira. Ele não só ganhou o Prêmio Puskas. Conseguiu que 204 milhões de brasileiros vibrassem hoje pelo Goianésia...

Ele não via a hora de tietar Cristiano Ronaldo, seu ídolo. Disse que já havia visto gols mais bonitos de Messi do que o que concorria com ele. E, sincero, não se empolgou com o de Florenzi. Disse que não gostava de gols do meio de campo. Preferia aqueles que nasciam com dribles ou com o talento do improviso, como o seu. Não chutões fortes como o do italiano.

Wendell foi o que de mais puro e espontâneo aconteceu na cerimônia da premiação. Havia um consenso mundial que Messi venceria a disputa pela quinta vez. Por tudo que fez pelo Barcelona. A instabilidade do Real Madrid prejudicou Cristiano Ronaldo. Os dois travam um duelo particular há anos. São cinco prêmios para o argentino e três para o português.

Pela primeira vez Neymar esteve na disputa. Aos 23 anos, está claro que, se nada de anormal acontecer, ele estará brigando de verdade para ser o melhor do mundo dentro de dois ou três anos. Na entrevista que antecedeu a entrega do prêmio, ele deixou claro que não se sente no mesmo nível de Messi e Cristiano Ronaldo. Mas é apenas uma questão de tempo. Talento ele tem de sobra.

Deixando claro o peso da Champions, o treinador do Barcelona, Luis Henrique, foi escolhido como o melhor do mundo. E foi divulgada a Seleção de 2015. Manuel Neuer, Daniel Alves, Thiago Silva, Sergio Ramos e Marcelo; Iniesta, Modric e Pogba; Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo. Dunga deve estar exultante. Mesmo que tenha abandonado Thiago Silva e feito de Marcelo seu reserva. Afinal, quatro brasileiros fazem parte deste time ideal. A Alemanha, campeã da Copa de 2014, apenas com Neuer.

A melhor treinadora de futebol feminino foi Jill Ellis. A também norte-americana Carli Lloyd foi escolhida como melhor jogadora do mundo. Pesou a conquista da Copa do Mundo, no Canadá, em 2015.

A brasileira Marta, cinco vezes vencedora da Bola de Ouro, desta vez não ficou nem entre as três melhores. Foi a primeira vez que isso acontece em 12 anos.

Depois desta noite de Cinderela, a realidade aguarda por Wendel Lira.

O Vila Nova.

Os campos ruins de Campeonato Goiano.

A Série B do Brasileiro.

A incerteza de um jogador mediano.

34 Messi conquistou pela quinta vez a Bola de Ouro. Mas o grande vencedor foi Wendell Lira. Ele não só ganhou o Prêmio Puskas. Conseguiu que 204 milhões de brasileiros vibrassem hoje pelo Goianésia...

Que não nasceu com talento especial como Neymar.

Mas ao menos terá o que mostrar ao filho.

O troféu Puskas.

O que ganhou de Lionel Messi.

No dia que derrubou o Golias argentino com uma meia bicicleta.

Isso, não há dinheiro que pague

Parabéns Wendell Silva Lira.

Hoje, o Brasil ficou muito orgulhoso de você.

Conseguiu um milagre.

O Goianésia teve mais de 204 milhões de torcedores.

E todos terminam essa segunda-feira felizes..

http://r7.com/hjJ3