Libertadores é amaldiçoada no Palmeiras. É um peso que todos os candidatos à presidência querem se livrar. Sem dinheiro, 2013 é um ano de Segunda Divisão. Libertadores só para os ricos: Corinthians, São Paulo, Atlético, Grêmio, Fluminense…

ae37 Libertadores é amaldiçoada no Palmeiras. É um peso que todos os candidatos à presidência querem se livrar. Sem dinheiro, 2013 é um ano de Segunda Divisão. Libertadores só para os ricos: Corinthians, São Paulo, Atlético, Grêmio, Fluminense...
A Libertadores é um sonho de consumo.

O maior desejo de todos quase todos os clubes grandes brasileiros.

Quase.

Porque se dependesse de Arnaldo Tirone, Paulo Nobre e Décio Perin, o clube nem a disputaria.

Os três candidatos à presidência do clube estão tensos.

Sabem que o clube está endividado.

O Conselho Deliberativo resolveu acordar.

E não haverá contratação que comprometa financeiramente o Palmeiras.

A prioridade imposta pelos conselheiros será tirar o time da Série B.

Ou seja: não há a menor condição de montar um time para brigar de verdade para a Libertadores.

Se o Palmeiras for eliminado na primeira fase será uma dádiva.

Pelo menos para os candidatos.

Em conversas com correligionários, eles seguem pelo mesmo caminho.

Manter Kleina e o elenco que esta aí.

Sabem que deverão passar vergonha, diante dos rivais Corinthians e São Paulo.

Só que não enxergam solução.

Só Fernando Prass e Ayrton foram contratados.

O CD barrou inconsequências como a de trazer Riquelme.

O argentino de 34 anos está parado desde o fim da Libertadores.

Mesmo assim, Tirone o queria como trunfo na eleição.

O dirigente gosta de contratar atleta com a carreira parada, sem clube.

Foi o que fez ao buscar o lateral Leandro.

Contratação inútil que só fez o Palmeiras desperdiçar dinheiro.

Acabou sendo mais um entre os vinte que o clube mandou embora.

O prejuízo, lógico, não foi para o bolso de Tirone.

Cesár Sampaio passou vergonha.

Entrou em contato com o lateral do Botafogo, Marcio Azevedo.

Também com o volante Rodrigo Souto no Jubilo Iwata.

Os convenceu a defender o Palmeiras em 2013.

Mas os conselheiros barraram o dinheiro.

Sampaio não deu nem satisfação aos empresários dos atletas.

Vexame, atrás de vexame.

Gilson Kleina já cobrou publicamente Tirone por reforços.

Várias vezes.

Foi aconselhado a se calar para não ser demitido.

Ouviu para 'se virar' com os juniores.

Paulo Nobre diz ter um grupo de empresários interessado em ajudar.

Assim como Décio Perin.

Só que ambos ficaram chocados com a dívida de R$ 210 milhões.

Não é por acaso que Marcos Assunção ainda não renovou.

Tirone não quer pagar R$ 380 mil ao jogador.

O Palmeiras deseja pagar R$ 250 mil.

Na verdade, o presidente não irá chorar se ele sair.

Acredita que João Denoni, que saiu dos juniores, resolve.

Os dirigentes estão esperando sentados propostas por Valdivia.

O máximo que empresários conseguiram foram equipes chilenas.

Que o querem por empréstimo, pagando metade do salário.

Diante de tudo isso, tanto Tirone quanto Nobre e Perin querem a mesma coisa.

Consideram um desperdício montar equipe cara para disputar a Libertadores.

Sabem não ter condições para enfrentar de igual para igual a guerra.

Corinthians, São Paulo, Fluminense, Grêmio, Atlético Mineiro estão muito à frente.

O melhor é disputá-la sem compromisso.

Com uma equipe barata, recheada de juniores.

Mas forte o suficiente para tirar o time da Série B.

A triste realidade aponta para chances enormes de desclassificação precoce.

Na prática, quanto mais cedo ela vier, melhor.

O foco fica para a Série B.

Os homens que brigam para comandar o Palmeiras não querem saber de Libertadores.

Não assumem isso publicamente para não perder a chance de serem eleitos.

Mas no clube não é segredo para ninguém.

Toda festa pela conquista da Copa do Brasil não valeu de nada.

A competição implodiu o time e o rebaixou no Brasileiro.

A desculpa era chegar à Libertadores.

Agora no Palmeiras, todos querem se livrar da competição.

Pouca importa a frustração dos seus torcedores.

O clube está na Segunda Divisão.

O treinador tem currículo de Segunda Divisão.

E o time será de Segunda Divisão.

Já com medo da cobrança, Tirone tem enorme chance de desistir.

Não há caminho para ser reeleito.

Paulo Nobre é o grande favorito.

Décio Perin busca apoios de última hora.

Ninguém, absolutamente ninguém, prioriza a competição sul-americana.

Assim como já avisam que não será montado elenco forte.

O Palmeiras assume: a Libertadores é para os outros.

Corinthians, São Paulo, Atlético Mineiro, Grêmio, Fluminense.

Eles que se divirtam e sonhem alto com título mundial.

No Palestra Itália todos querem é se livrar.

E amaldiçoam bem baixinho a conquista da Copa do Brasil.

Tanta festa por nada...

67 Comentários

"Libertadores é amaldiçoada no Palmeiras. É um peso que todos os candidatos à presidência querem se livrar. Sem dinheiro, 2013 é um ano de Segunda Divisão. Libertadores só para os ricos: Corinthians, São Paulo, Atlético, Grêmio, Fluminense…"

27 de December de 2012 às 14:29 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Edu jr
    - 31 de dezembro de 2012 - 21:03

    Será que o once caldas e olímpia do Paraguai são times ricos????

    Responder
  • Hudson da Silveira
    - 29 de dezembro de 2012 - 17:14

    Em 2013, assim como em 2012, o Reginaldo-Matão, Peixoto-Presidente Prudente, Paulo Castelli, Guilherme Henrique, Artur Nogueira, Ernesto de Minas, Cleber Alexandre, Diego, Paulo, ESN e outros corintianos terão motivos de sobra para tirar sarro do Palmeiras-Segunda-Divisão. Em 2013, assim como em 2012, a Rede Globo exibirá quase todos os jogos do Corinthians, para raiva da minoria palmeirense. Em 2012, apostei e ganhei que o Porco cairia para a Segunda Divisão. Em 2012, apostei e ganhei que o Corinthians ganharia a Libertadores e o Mundial. A torcida do Palmeiras, que é pequena, está ficando cada vez menor. A torcida do Corinthians, que é grande, está ficando cada vez maior. Quando o Palmeiras manda jogos no Pacaembu ou em Barueri, o público é sempre inferior a 10 mil pessoas. Quando o Corinthians manda jogos no Pacaembu, o público é sempre superior a 30 mil pessoas. No site do Cosme Rímoli, aparecem uns 10 palmeirenses e uns 50 corintianos. O Palmeiras tem o apoio do vascaíno “Apito Amigo”. O Corinthians tem o apoio dos poderosos, como Caixa Econômica Federal, Rede Globo, CBF, Fifa e Lula. Palmeiras-2012: jogadores medíocres, dirigentes incompetentes e torcedores invejosos. Palmeiras-depois-da-saída-da-Parmalat: Tirone, Belluzzo, Della Monica, Mustafá, nenhum Brasileirão, nenhuma Libertadores, Maurício Ramos, Luan, Maikon Leite, Bruno e muitos outros fracassados.

    Responder
  • Marcelo Novaes Pereira
    - 29 de dezembro de 2012 - 14:38

    É isso aí, Hudson! Dei uma olhada nos números e constatei: seu ibope acaba de passar de 0,2 a 0,38! QUASE DOBROU!!! Você já pode ter um programa na Rede TV! Compre muito amendoim e comemore!

    Responder
  • "Edna,2
    - 29 de dezembro de 2012 - 10:18

    "Mas RÍMOLI se o time está numa *pindaíba* danada:por que existem tres(3) carinhas loucos para serem eleitos?" Isso nada mais é que um cargo poítico,*ELES* querem ser eleitos para se locupletarem de alguma maneira,as vêzes não é nem por dinheiro mas sim por prestígio,por status,para as portas se abrirem para *ELES*. Quando eu começo a ver qualquer *TIME DE FUTEBOL* se desmoronar, atrás de tudo tem *os dedinhos ou melhor as GARRAS DOS CARTOLAS*,a coisa começa de cima aí desmorona tudo.

    Responder
  • Hudson da Silveira
    - 29 de dezembro de 2012 - 02:33

    Recado para o Porco-Burro-Asno-Anta: o distintivo do Palmeiras aparece grandão, bonitão e verdão em todos os meus posts, pois tenho orgulho de exibir o meu time do coração, enquanto os covardes se escondem por detrás da bola azul e branca. Muito obrigado, ralé, por dar ibope para mim. Recardo para o marcelinho-estressadinho: muito obrigado, mané, por dar ibope para mim. Recado para o incomparável Cosme Rímoli: apesar de você não ser palmeirense, eu gostaria de vê-lo como gerente de futebol do Palmeiras, já que você demonstra em tua profissão um ótimo conhecimento do que acontece dentro e fora do campo de futebol. Por favor, faça uma entrevista com o Brunoro para sabermos o porquê de a Parmalat ter terminado o patrocínio do Palmeiras.

    Responder
  • Marcelo Novaes Pereira
    - 29 de dezembro de 2012 - 00:00

    Rosy, sair de um time pequeno para um time grande (ainda que esteja na situação terrível - e TEMPORÁRIA - em que se encontra agora o Palmeiras) é a chance da vida de qualquer profissional ligado ao futebol. O Palmeiras na segunda divisão tem muuuuuuuuito mais alcance e impacto no futebol que a Ponte Preta na primeira. E, se houver um mínimo de competência no trabalho, o Palmeiras volta logo à primeira divisão e os dividendos ao técnico serão grandes.

    Responder
  • Rosy - Campinas,SP
    - 28 de dezembro de 2012 - 17:17

    Acho que o Kleina fez ... ao deixar a Ponte Preta para assumir o Palmeiras, verdadeira bomba relógio. Que o rebaixamento sirva de lição e que consigam voltar a elite sem precisar de estrelas.

    Responder
  • Samanta
    - 28 de dezembro de 2012 - 17:10

    Desculpe,Cosme,mas o Marcos Gomes está certo.Se o dinheiro que mantém o Galo e o Fluminense vem de Mecenas eles não podem ser considerados ricos.Rico é o time que se mantém principalmente pela força de sua marca,ações de marketing e presença maciça de uma enorme torcida,o que não se aplica a nenhum dos dois times.

    Responder
  • Porco Sorridente pra Hudson
    - 28 de dezembro de 2012 - 17:03

    Noooooossaaaaaaa!!!Pelo tamanho do comentário do tal Hudson qualquer um diria que ele é "um porco no armário",pois é difícil acreditar que um torcedor de outro time vá gastar tanto tempo e tantas linhas de digitação para "esculhambar"o Palmeiras.Assuma ,Hudson...hehehe ...

    Responder
  • REGINALDO - MATÃO SP
    - 28 de dezembro de 2012 - 15:36

    Realmente só a torcida (amigos meus) que se iluden achando que o time terá força para fazer bonito na LIberta, para ganhar as segundona já acho muito dificil, pois tem times fortes como o Figueirense, Sport e Atl. Goianiense, e o atual elenco do Palmeiras é bem fraco, vamos esperar para ver.

    Responder
1 2 3 4 5