turista Kleberson. Um turista na Copa da África...

Só existe um jogador brasileiro totalmente calmo antes da estreia da seleção contra a Coreia do Norte.

Até mesmo o terceiro goleiro Doni tem uma remotíssima esperança de ficar no banco caso Julio César ou Gomes tenham uma indisposição estomacal, por exemplo.

Quem pode assistir à partida tomando um chocolate quente e comendo roscas é Kleberson.

O que faz o jogador do Flamengo aqui em Johannesburgo?

Nada contra ele pessoalmente, mas contra a convocação de Dunga.

Kleberson não entrou nem um minuto contra Zimbábue e Tanzânia foi o único em todo o grupo.

Assistiu aos jogos de um ângulo especial.

E não há menor perspectiva que possa ser utilizado.

O que é constrangedor e sério na presença de Kleberson é a ausência de um jogador que poderia ser utilizado de  verdade.

Por que não Paulo Henrique Ganso, por exemplo?

O mundo sabia que Kaká estava com graves problemas físicos.

Pode ser que ele entre contra os norte-coreanos e faça 15 gols.

Mas por que Dunga arriscou?

Trouxe um jogador que não tem utilidade e deixou um importante meia fora.

Se Kaká tiver problemas, Júlio Baptista, reserva de atacante na Roma e o lateral Daniel Alves será improvisado no meio de campo.

Por que improvisar em uma Copa do Mundo?

Para que Kleberson faz turismo?

Só uma pessoa pode responder: Dunga...

Veja mais:

+ Acompanhe a cobertura da Copa no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Tudo sobre futebol no R7
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/04WU