gettyimage843 Kléber mostra, de verdade, como anda a sua péssima relação com o Palmeiras...

"Ele (o diretor de futebol Wlademir Pescarmona) falou pra mim que se eu quiser sair do clube, eu poderia.

Que se eu tiver um bom empresário e conseguisse sair, que poderia.

Sei que o clube é profissional e precisa fazer caixa.

Se tiver uma proposta boa, tem mais é que vender mesmo.

Mas isso se trata internamente.

Eu vim para o Palmeiras e me esforcei, mesmo sabendo que o clube estava com salários atrasados.

Prometeram pagar em dia, um carro, título de sócio...

Continuam com dois meses atrasados.

Mas não vou sair por causa disso.

Sei que um dia vão pagar.

Eu, como capitão, tenho de chegar e motivar os outros jogadores.

Mas como vou fazer isso?"

Frases de Kléber, atacante do Palmeiras.

Ele mostrou sem rodeios, após a derrota contra o Fluminense, como está a sua situação no clube.

E como é tratado por dirigentes que fizeram de tudo para trazê-lo de volta do Cruzeiro.

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/cRJY