reuters30 300x213 Infiltrações em Kaká. O que mais a clausura de Dunga escondeu?

A cada dia uma nova e assustadora revelação envolvendo Kaká e a Copa da África.

Primeiro foi a cirurgia que se submeteu ao joelho esquerdo.

As dores e ele o departamento médico acreditavam que as dores eram efeito colateral da pubalgia.

Só que a pubalgia estava melhor do que seu joelho.

Depois, ontem, em entrevista ao Marca da Espanha ele confirma ter recebido infiltração no joelho para jogar.

Infiltração é injeção de corticóide para evitar dores.

O medicamento que o doutor Runco usou era liberado pela Fifa.

Mas o princípio da infiltração é o mesmo usado no doping cruel no hipismo.

Para os cavalos não sentirem dores devido aos saltos, eles recebem infiltração.

Muitos terminam provas com cortes nas patas graças aos toques nos obstáculos.

Só que os animais não se manifestam porque não sentem as dores.

Runco confirmou: fez duas infiltrações em Kaká.

Uma no pé direito e outra no joelho esquerdo.

A reveleção demonstra três coisas.

A primeira a vontade absurda e irresponsável de Kaká de atuar de qualquer maneira no Mundial.

A segunda que ele não é tão sincero em momentos de pressão, já que cansou de dizer que estava tudo bem.

E a terceira, os jornalistas não podem acreditar no que ouvem.

Principalmente dos médicos.

Isso para quem achou que esconder o peso de Ronaldo e de Adriano em 2006 era grave...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Leia os principais destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/DT2u