divulgação Horcades mostra que quem manda no futebol brasileiro é ele. Muricy fica no Flu. Um vexame...

Um vexame.

Ricardo Teixeira nem sonhava com a negativa de Roberto Horcades.

O presidente do Fluminense disse a Muricy Ramalho que não o libera do contrato.

Ele ficou irritado ao saber que seu treinador havia sido convidado e ninguém o avisou.

E mais, de raiva, avisa que vai mantê-lo para 2012.

A situação é mais do que uma saia justa.

É surreal.

Ricardo Teixeira deu até entrevista confirmando Muricy como treinador até 2014.

Pessoas ligadas ao treinador garantem que Horcades o pegou na palavra.

Muricy tem contrato em vigor e ele se orgulha de dizer que nunca virou as costas a um clube.

Mas nem pela seleção brasileira?

Até mesmo os seus assessores estão de queixo caído.

Muricy Ramalho já ligou para Ricardo Teixeira agradecendo o convite e explicando a situação.

O presidente da CBF tomou um imenso susto.

Vai tentar reverter a situação nas próximas horas.

Se Horcades for inflexível, vai buscar outro nome.

Mano Menezes, Luxemburgo, Leonardo, Ricardo Gomes, Dorival Júnior, Silas...

Quem sabe, Dunga?

Quem estiver à mão...

A sexta-feira que havia começado com uma surpresa agradável com Muricy Ramalho como novo treinador da Seleção Brasileira se transforma em mais um dia surreal.

Ninguém da CBF está querendo falar.

Nem o diretor de comunicação, Rodrigo Paiva, que estava no encontro entre Teixeira e Muricy, nesta manhã, no Itanhangá Clube.

Ninguém quer falar.

A postura de Horcades paralisou o futebol brasileiro.

Muricy quer muito assumir a seleção.

Mas não aceita ir contra a sua própria palavra.

Surreal é pouco...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja as principais notícias do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/c0co