Governo boliviano não aceitará passivamente a decisão da Gaviões. Apresentar um menor como autor do disparo que matou Kevin Beltrán. Um garoto que não pode ser extraditado. E a Conmebol nunca acreditou no blefe de desistência da Libertadores pelo Corinthians…

ap2 Governo boliviano não aceitará passivamente a decisão da Gaviões. Apresentar um menor como autor do disparo que matou Kevin Beltrán. Um garoto que não pode ser extraditado. E a Conmebol nunca acreditou no blefe de desistência da Libertadores pelo Corinthians...
Não será tão fácil quanto todos imaginam.

A Gaviões da Fiel promete apresentar amanhã um menor.

Um garoto de 17 anos que teria disparado o sinalizador que matou outro garoto: Kevin Beltrán.

Já vazou a tese de que ele fez sem intenção.

Queria comemorar o gol e se atrapalhou com o sinalizador.

Não se apresentou como o autor do crime na Bolívia.

Porque viajou sob responsabilidade da torcida por ser menor.

Ele assumindo o crime nada acontece.

Porque o governo brasileiro não extradita criminosos.

Muitas vezes até italianos, como Cesare Battisti.

Ele é um ex-terrorista italiano com acusações de quatro mortes na década de 70.

A tese é essa.

A Gaviões apresenta um menor de idade como autor do disparo.

Nada acontece a ele.

E os 12 membros das organizadas, alguns dirigentes de torcidas, são soltos.

Deixam a penitenciária de Oruro.

Ao mesmo tempo, a Conmebol se dobra.

Diante da ameaça velada de o Corinthians abandonar a Libertadores.

Mesmo tendo de pagar R$ 600 mil e ficando de fora das três próximas que se classificar.

A entidade sul-americana revoga a medida de afastar seus torcedores.

Ninguém é punido pela morte de Kevin Beltrán, de 14 anos.

Ele perdeu a vida graças a um foguete que entrou no olho direito e esfacelou seu cérebro.

O sinalizador atingiu 360 quilômetros por hora.

Todos viram as costas, se esquecem do que aconteceu.

O garoto de 17 anos fica no Brasil sem preocupação.

E o Corinthians luta pelo bicampeonato da Libertadores.

Isso não vai acontecer.

A começar pelo blefe do clube abandonar a competição.

Mesmo a covarde Conmebol sabe que isso é uma bravata.

Feita para tentar pressionar o Comitê Disciplinar.

Amanhã sairá a decisão se revogará a própria sentença em relação aos estádios de porta fechada.

Por isso os boatos incentivados no próprio Parque São Jorge.

Para consumo da imprensa e pressão nos membros da Conmebol.

O octogenário José Maria Marin recomendou a Mario Gobbi desmentir o abandono.

Não haveria como pressionar a entidade de Nicolás Leoz dessa maneira.

Não diante da estúpida morte do menino de 14 anos.

 Governo boliviano não aceitará passivamente a decisão da Gaviões. Apresentar um menor como autor do disparo que matou Kevin Beltrán. Um garoto que não pode ser extraditado. E a Conmebol nunca acreditou no blefe de desistência da Libertadores pelo Corinthians...

Marin também recomendou a Gobbi que modere suas palavras.

"Acidente acontece" foi uma péssima maneira de resumir a morte de Kevin.

Se fosse filho ou neto do corintiano, ele não falaria dessa maneira.

Marin disse que sabe lidar com Nicolás Leoz.

Ele tem certeza de que a pena será diminuída.

Não extinta completamente.

Mas diminuída.

Gobbi seguiu as determinações.

Será mais prudente, terá o mínimo de sensibilidade na hora de se expressar.

E garantiu que o Corinthians não sai da Libertadores.

Não haverá desistência do torneio.

O governo de Evo Morales vê como uma questão de honra a punição.

O caso saiu da esfera esportiva há muito tempo.

O Itamaraty de Dilma Rousseff está dando assistência aos presos corintianos.

Mas não há a mínima condição moral de pressionar a Conmebol.

A justiça boliviana não irá comprar tão fácil a tese da Gaviões da Fiel.

Já fez sua investigação.

E chegou aos nomes de Cleuter Barreto Barros e Leandro Silva de Oliveira.

Seriam eles os autores do disparo.

E os outros dez detidos são acusados de cumplicidade.

Deverão ser julgados em agosto.

Se não houver uma prova irrefutável, nada mudará.

Principalmente porque um menor estará se apresentando.

E no Brasil, onde não pode ser punido.

O confronto político está armado.

E é muito mais profundo do que parece.

Há até uma certa revolta na imprensa boliviana.

E descrença em relação ao garoto da Gaviões.

A direção corintiana continua cumprindo a sua palavra.

Está de costas para o que acontece com a torcida.

As organizadas que se virem para defender seus membros.

Assim como não terá apoio na hora de mostrar o tal menor de idade.

Para a diretoria de Mario Gobbi só interessa se livrar da punição.

Quer no estádio os torcedores que levaram R$ 15 milhões aos cofres na Libertadores de 2013.

E que seus jogadores tenham o apoio das arquibancadas.

Mas tudo está entrelaçado.

Muito confuso.

Mas se a covarde Conmebol promete não se dobrar...

Precisa acordar para o San José, mandante da partida.

E da falta de revista da polícia na entrada do estádio em Oruro.

Como os membros das organizadas entraram com os sinalizadores?

O clube merece uma severa punição.

A situação é muito pior em relação à justiça boliviana.

Não funcionará a simples lógica da Gaviões da Fiel.

Que basta apresentar o menor como autor do disparo.

E sem poder ser julgado em Oruro.

Que terá vida normal no Brasil sem a extradição.

E que os 12 membros das organizadas serão soltos na Bolívia.

Mesmo se as fotos do tal menor sejam irrefutáveis.

Advogados dizem que os corintianos seriam acusados de cumplicidade.

Porque ocultaram a identidade do autor do disparo.

E ainda facilitaram que se escondesse das autoridades.

Ainda não há nenhum motivo para comemorações.

Nem no Parque São Jorge.

Muito menos na superlotada cadeia de Oruro.

O temido 'Cárcere São Pedro'...

a114 1024x576 Governo boliviano não aceitará passivamente a decisão da Gaviões. Apresentar um menor como autor do disparo que matou Kevin Beltrán. Um garoto que não pode ser extraditado. E a Conmebol nunca acreditou no blefe de desistência da Libertadores pelo Corinthians...

134 Comentários

"Governo boliviano não aceitará passivamente a decisão da Gaviões. Apresentar um menor como autor do disparo que matou Kevin Beltrán. Um garoto que não pode ser extraditado. E a Conmebol nunca acreditou no blefe de desistência da Libertadores pelo Corinthians…"

24 de February de 2013 às 12:38 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • lúcia
    - 25 de fevereiro de 2013 - 19:29

    esse comentário infeliz desse peixoto corintiano aí demonstra muito bem como esses ... desse timinho vagabundo de são paulo pensam, seé que pode se chamar isso de pensar. O que tem de errado com o nome do cara? Será que peixoto ( nome horroroso) é melhor?? Só rindo mesmo... Nem assisto nada dessa Rede esgoto de Televisão, que so serve para em busca de riqueza de dinheiro massacrar o verdadeiro povo brasileiro que simplesmente odeia esse corintians amarelão timinho tomara que esses ... na cadeia e esse "menor" aí manda pra Bolívia pra ... junto também!

    Responder
  • aecio
    - 25 de fevereiro de 2013 - 18:19

    olha eu puxei o cordao , ja comecou a mentir a parada tem um pino que funciona como um gatilho,estao querendo vender gato por lebre,pensao que boliviano e besta, ta brincando isso e mais falso que nota de 3 reais que ver se falasse pra ele amanha vc vai ser transferido para a Bolivia, aposto que mudaria logo.,

    Responder
  • wagner luiz
    - 25 de fevereiro de 2013 - 13:52

    grande cosme só para tirar mais uma duvida manda a globo pergunta qual foi a loja ai ver setem filmagem dele em trando na loja para comprar esta tal de sinalizador vamos ver se ele vai tremer na base

    Responder
  • peixoto-pres.prudente/sp
    - 25 de fevereiro de 2013 - 12:33

    Nada é menor, mais sujo e repugnante do que uma pessoa se chamar Apolinário e ainda torcer para um time pequeno que pensa ser grande...

    Responder
  • Wdson
    - 25 de fevereiro de 2013 - 12:13

    O corintians arranjou um bode espiatório para tentar driblar a comebol e se livrar das punições,pra mim esse menor foi arranjado pq eles sabem q menor de idade aquí no Brasil não vai preso e a justiça brasileira gosta de dar guarita a criminosos,pois não estradita para outros país,mas como tudo aquí tem o chamado jeitinho brasileiro, vamos ver se vão dessa vez empurrar com a barriga e deixar q tudo acabe em pizza como sempre.

    Responder
  • Junior
    - 25 de fevereiro de 2013 - 11:47

    A Debora Holanda está desesperada, já está colocando o carro na frente dos bois, tem que deixar os 12 apodrecerem na cadeia mesmo com a Globo, Gavião e Curintia arrumando este laranja, não dou um mês para a mão do laranja comprar carro novo ou casa nova. Debora vai lá pra Bolivia cuidar daqueles coitadinhos vai!

    Responder
  • Maior Campeão Nacional
    - 25 de fevereiro de 2013 - 11:25

    Estou impressionado e quero deixar meus parabéns à : 1 - Ao garoto que confessou ser autor do disparo do sinalizador. 2 - À sua mamãe que o entregaria, caso ele não tivesse a coragem necessaria. 3 - À gaviões e a seu advogado que agiram rapidamente para encontrar o verdadeiro culpado. Deixo tambem minha solidariedade aos 12 honestos trabalhadores inocentes que estão presos injustamente na Bolivia. Até hoje não tive notícia de um caso onde o culpado confessa o crime e luta pra provar a sua culpa, afinal a justiça deve ser feita e o que interessa é a satisfação dada a familia do garoto Kevin .

    Responder
  • Franklim Alves
    - 25 de fevereiro de 2013 - 11:09

    Alguém realmente acredita nessa história de que foi esse adolescente? É hora de assumir o erro e as consequências, e já passou da hora de acabarem com as organizadas, todas elas!

    Responder
  • Icaro
    - 25 de fevereiro de 2013 - 11:01

    Sinceramente, esta entrevista de outra tv monstra o quanto esta corrompida, cheia de contradiçoes do proprio menor (laranja), se ele diz que nao sabia porque ele saiu correndo na hora que ele disparou o sinalizador, e ele tambem diz que perguntou pro policial se estava tudo bem, mentira, se ve que os policias ja sabian o que havia pasado, tem um video que monstra tudo isso a correria dos culpados, com sua permissao cosme, tenho um video do youtube, http://youtu.be/1xYoPrp2zwQ .

    Responder
  • Apolinario
    - 25 de fevereiro de 2013 - 11:01

    esperar o que de um clube repugnante, minusculo com mania de grandeza , sem historia, cheio de maracutaias ao longo de sua existencia, apoiada ainda por um governo e por uma emissora de TV que só pensa em ibope , gananciosos, que sem sombra de duvidas , nem pensam na morte do garoto , e sim, no retorno comercial e financeiro que estes marginais e esta torcida escrota acham que da´. Este subterfugio de arrumar um menor para assumir a culpa é totalmente compativel com o tipo de raça que torcer para esta escória. nada é menor , mais sujo e repugnante do que o small.

    Responder
1 2 3 4 5