Foram 5.300 propagandas na televisão em 2012. Em 12 campanhas diferentes. 44 horas. R$ 60 milhões no bolso. O Brasil já sofre com a superexposição de Neymar. O pior é que até a Copa a dose será muito maior. Alguém precisa cuidar do garoto…

ae137 Foram 5.300 propagandas na televisão em 2012.  Em 12 campanhas diferentes. 44 horas. R$ 60 milhões no bolso.  O Brasil já sofre com a superexposição de Neymar. O pior é que até a Copa a dose será muito maior. Alguém precisa cuidar do garoto...
Neymar de cuecas, vestido de vaca, fantasiado de Elvis Presley, falando no celular com Ronaldo, de samurai, passeando de carro, falando de sua vida, abraçando o pai, tentando animar a torcida para a Copa, de pernilongo...

Do Oiapoque ao Chuí.

É impossível que alguém não saiba quem é Neymar.

O motivo é simples.

E vai muito além do seu talento com a bola.

O assustador levantamento é da Controle da Concorrência.

Empresa que contabiliza inserções comerciais.

Só em 2012 foram 5.300 aparições em intervalos na tevê.

Mais de 159.000 segundos no ar.

São mais de 44 horas só de Neymar.

Quarenta e quatro horas...

Tiete alguma suportaria assistir todas as propagandas em seguida.

Não haveria tortura maior.

Foi o garoto-propaganda do Brasil.

Esteve em campanhas de 12 marcas diferentes.

Em todos os canais abertos.

Fora os fechados.

Até em cinema, ele atormentou os telespectadores.

A overdose de Neymar rendeu R$ 60 milhões ao bolso do jogador.

A contabilidade foi feita por membros da diretoria santista.

Tudo deverá aumentar ainda nos dois próximos anos que precedem a Copa.

Por isso seu pai, Wagner Ribeiro e Ronaldo devem controlá-lo.

Mas entram na onda e tudo o que fazem é aplaudir.

Se transformam em tietes quando deveriam estar resguardando o garoto.

A superexposição antecede a rejeição, garantem os publicitários.

E o bom senso.

Neymar precisa preservar sua imagem.

Não tem cabimento ficar participando de clipes musicais vestido de gorila.

Cantando em trios elétricos.

Programas de auditório.

Não bastasse isso há o twitter.

Ele manipula mais de cinco milhões e setecentos mil pessoas.

Se sente obrigado a todos os dias mostrar algo diferente.

A vítima predileta é o seu cabelo.

Joga litros de gel, corta, coloca fita, descolore.

Não contente, coloca óculos, deixa barba, tira barba.

Virou escravo do ego.

Ninguém controla o seu lado 'Robert'.

Ele não precisa mais aparecer.

Já pode sossegar, todos o conhecem como melhor jogador do País.

Seus 11 patrocinadores individuais vão continuar.

Provavelmente, devem chegar outros.

As propagandas na tevê, rádio, cinema, internet já serão suficientes.

Neymar já é disparado o jogador com maior visibilidade no Brasil.

Ninguém fez tantas propagandas quanto ele.

Nem seu mentor Ronaldo no auge.

Pelé ficou longe.

Elia Júnior e Simone Mello foram por anos os apresentadores do Show do Esporte.

Sempre foram muito competentes.

A Band começava a transmitir esporte pela manhã e só terminava no final da noite.

Valia tudo: futebol, boxe, vôlei, basquete, sinuca, tênis, judô, lambada.

Na década de 80 não havia ainda os canais fechados, de esporte.

E a atração foi consumida pelos brasileiros com avidez.

Só que faltou visão e os apresentadores mostravam todas as atrações.

E ainda participavam dos intervalos.

Eram horas e horas de Elia Júnior e Simone Mello no ar.

Por anos.

Acabaram desgastados.

Faltou bom senso à direção da emissora.

Os dois saturaram o público.

Depois de um tempo afastado, Elia Júnior voltou.

Trabalha na Band Sports.

E Simone Mello deixou a profissão.

Preferiu ser mãe e cuidar dos dois filhos.

Neymar vai no mesmo caminho.

As tietes já têm material até para mostrar aos bisnetos.

Tudo ficará pior, já que a presidente Dilma o quer como símbolo do Mundial.

Felipão também o usará como escudo.

Como referência para tentar fazer a Seleção voltar a ser aplaudida por aqui.

Principalmente na Copa das Confederações.

Ou seja: Neymar será o jogador mais entrevistado do time brasileiro.

Seus patrocinadores irão insuflar as campanhas a partir de janeiro de 2013.

Começa a reta final para a Copa de 2014.

Será um ano e meio de propagandas, publicidades inundando a televisão.

Por tudo isso, passou da hora do staff de Neymar agir.

A 9ine de Ronaldo, Wagner Ribeiro e o pai do jogador devem se unir.

E lembrar dos R$ 60 milhões que o atacante embolsou.

Preservar o atacante para aparições que valham dinheiro.

Fazer com que não vulgarize sua valiosa imagem.

Se não fizerem isso, vão se arrepender.

Por exemplo se a Seleção perder a Copa, o que há muita chance.

Como ficará a sua imagem?

Queimada com o jogador tendo apenas 22 anos?

A overdose de Neymar está aí, na frente de todos.

Depois não haverá lugar para arrependimento.

Quando ninguém suportar ter pela frente o garoto de cabelo espetado.

Vestido de vaca, de gorila, de pernilongo, de cuecas...

81 Comentários

"Foram 5.300 propagandas na televisão em 2012. Em 12 campanhas diferentes. 44 horas. R$ 60 milhões no bolso. O Brasil já sofre com a superexposição de Neymar. O pior é que até a Copa a dose será muito maior. Alguém precisa cuidar do garoto…"

28 de December de 2012 às 10:40 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • jamile
    - 9 de junho de 2014 - 10:43

    o futebol hoje é como personagem de desenho animado. tem mochila, camisa, brinquedo até pasta de dente do personagem e às vezes ninguem nunca viu o desenho. no futebol tem propaganda de celular, satelite de tv, refrigerante, revista de fofoca e o escambau mas futebol que é bom dá sono, um monte de jogo com a maior cara de 0x0.

    Responder
  • Pablo Cêta
    - 9 de junho de 2014 - 08:40

    de vaca foi o pior. ladislau, garrincha, etc se reviram na tumba.

    Responder
  • joao valerio
    - 13 de fevereiro de 2013 - 21:12

    esse ja ta encaminhado

    Responder
  • Marcos
    - 1 de janeiro de 2013 - 11:29

    Que pena,ele nao joga nos gambas e nunca jogara,pois se jogasse a chamada seria esta.NEYMAR ELEVA RECEITAS E ATRAI INVESTIDORES PARA O JA SUPERESTIMADO GAMBA.teve um cidadao que falou em mais um ano de fracassos do Neymar.Leo estava correto,estes caras nao sabem nem andar de onibus.

    Responder
  • Jones
    - 30 de dezembro de 2012 - 17:27

    Tenho uma camisa que o Neymar usou em um jogo do campeonato paulista há poucas semanas de completar 18 anos. Ainda sou fã do seu futebol e não acho nada edificantes as atitudes juvenis do garotão folgado que não deve acatar, integralmente, as orientações dos seus assessores (incompetentes?). Não é o primeiro alerta que este jornalista esportivo lança para a troupe de Neymar & Cia através deste blog sobre a superexposição do craque santista (ver post publicado no dia 18/07/2012) Compactuo com as ponderações do grande Rímoli e acrescento, para contrariar as Neymarzetes, que “a batata [do gorila pagodeiro e da vaquinha mocha] está assando”. Lembrem-se da perseguição ao honrado e competente Mestre Telê em 1982, após a perda do título mundial, e aguardem “as águas rolarem” após o final da próxima copa. Ganhei outra camisa que foi autografada pelo genial Messi que não se pode ser criticado por ter sucumbido ao deslumbramento total pelo efêmero e fútil universo virtual povoado, na maioria das edições, por subcelebridades aBBBestalhadas pela mídia tupiniquim, profundamente, grotesca e vulgar. Fico na torcida para que o jovem e inspirado boleiro construa uma sólida e vitoriosa carreira dentro e fora dos gramados com um mínimo de compostura e elegância. Desejo um feliz 2013 ao blogueiro-mor e a todos os seus leitores.

    Responder
  • gesiel
    - 29 de dezembro de 2012 - 21:09

    Pra aparecer tanto em comerciais É PRECISO TER CREDIBILIDADE, por isso O PELÉ NÃO APARECE TANTO (vide agencias de publicidades); e o Elia Junior, PROFISSIONAL COMPETENTE, carismatico e "PESSOA DECENTE"; Deu uma derrapada quando FEZ CERTA VEZ ANUNCIO DE "PRODUTO QUE EVITAVA QUEDA DE CABELO". Dá pra acreditar? Porém CONCORDO QUE O NEYMAR ESTÁ EXAGERANDO, mas quem CONSEGUIRAR FREIA-LO? - O Pai dele, JA DEMONSTROU QUE NÃO TEM CONDIÇÕES, afinal, CERTAMENTE NÃO FOI RECOMENDAÇÃO DELE, que o filho NEYMAR VIRASSE PAI com 19 anos (ainda mais SE DECLARANDO de uma familia de evangelicos). A esperança do FUTURO do Neymar fica a cargo do RONALDO FENOMENO, que felizmente para o Neymar e familia, é UM DOS MAIS DECENTES DO MEIO DO FUTEBOL. (embora muita gente ache que o ideal para orientar o Neymar seria o Kaká, a orientação do Fenomeno está de bom tamanho)

    Responder
  • rondon
    - 29 de dezembro de 2012 - 17:07

    De uma coisa tenho certeza.por mais que seja dificil conciliar vida de pop star com craque de bola que é, com todos compromissos etc.... a carreira do neymar ta no trilho, caso ele estivesse assessorado pelo Assis, como aconteceu com ronaldiho ia para o buraco. ia ser so propaganda, propaganda, e balada e balada e esquecer do futebol o RG p mim nao eh um bom jogador, p mim é exemplo do maio desperdicio de talento de um jogador, era para ele ter se firmado com um dos top 10 da historia, mas quis ser so um firulento (digo so, perto do talento que lee tinha e nao soube e seu irmao nao quis ou nao soube administrar, privileginadno ir p um fllaengo da vida por causa de um contrato ao inves de gremio, se escondendo nas decisoes como em copa domndo e assim por diante).

    Responder
  • Fabrício Xavier
    - 29 de dezembro de 2012 - 15:31

    Tem gente que confunde as coisas: aqui é site esportivo! O assunto é sobre esportes! Então, essa conversa de cuidar das criancinhas carentes tem que ser feita sites/blogs relacionados ao assunto. Aliás, como tem gente demagoga! Até parece que ajudam as criancinhas, os pobres, os desafortunados, os idosos, os carentes de recursos...

    Responder
  • Augusto
    - 29 de dezembro de 2012 - 13:01

    Cosme, já passou da hora do Neymar ir jogar na Europa. Como já tem um acerto com o Barcelona, que vá jogo, aparecer para o mundo!!!

    Responder
  • lucas
    - 29 de dezembro de 2012 - 12:50

    Cosme, acredita que mais um ano de fracsssos para o Neymar pode ser fatal a sua carreira?

    Responder
1 2 3 4 5