Feliz Dia Internacional das Mulheres. Para a diretora do Boa Esporte Clube de Varginha. Clube que tem um lugar no para Bruno. Basta sair da cadeia pelo assassinato de Eliza Samudio. O que pode levar apenas três anos…

ae12 Feliz Dia Internacional das Mulheres. Para a diretora do Boa Esporte Clube de Varginha. Clube que tem um lugar no para Bruno. Basta sair da cadeia pelo assassinato de Eliza Samudio. O que pode levar apenas três anos...

Neste Dia Internacional da Mulher, vale a homenagem.

E ela vai de todo o coração.

Para a diretoria do Boa Esporte Clube.

Antigo Ituitaba Esporte Clube.

Que mudou de cidade e virou Boa Vontade Esporte Clube.

Hoje é só Boa para os íntimos.

Clube patrocinado pela prefeitura de Varginha.

Pelo Banco de Minas Gerais.

E pela fabricante de material esportivo Kanxa.

Nono colocado do Campeonato Mineiro.

A homenagem neste 8 de março vai pelo interesse em Bruno.

O homem que acabou de ser condenado por 22 anos e três meses de cadeia.

Seu crime?

Comandar o sequestro e assassinato de Eliza Samudio.

De acordo com ele, o corpo da mãe de seu filho não existe.

Foi retalhado e jogado para cães comerem.

Ela o estava incomodando.

Os dois tiveram um relacionamento rápido.

Eliza cometeu o crime de engravidar.

E querer a pensão pelo filho do jogador.

Bruno nunca assumiu a paternidade.

Mesmo depois do exame de DNA não deixar dúvidas.

Não quis contato com o menino.

A Justiça brasileira o condenou nesta madrugada.

Por ter articulado a morte de Eliza.

E ocultado seu cadáver.

Essa foi a melhor solução para que parasse de atrapalhar sua vida.

Mas a pena não será tão pesada quanto parece.

Bruno tem 28 anos.

Graças à maravilhosa Justiça brasileira, advogados garantem.

Não cumprirá os 22 anos e três meses de cadeia.

Deve passar ao regime semiaberto em menos de três anos.

Basta continuar com um bom comportamento na prisão.

E pode conseguir até a liberação para jogar futebol.

Bruno tinha expectativas maiores.

Antes de 'sugerir' ao seu amigo Macarrão buscar comparsas para matar Eliza.

Era o goleiro titular absoluto do Flamengo.

Passava por uma ótima fase.

Dirigentes já articulavam sua venda para a Europa.

Para ganhar mais atenção da mídia, se especializava nas cobranças de faltas.

E pênaltis.

Ninguém se lembra, mas ele fez quatro gols e é o goleiro artilheiro da história flamenguista.

Do lado profissional estava vivendo um bom momento.

Sonhava até com seleção brasileira.

Acumulava campeonato nacional, três Cariocas.

Tinha certeza que depois do Mundial da África, chegaria a sua vez.

Mas Eliza sumiu em junho.

Ela havia denunciado em vários vídeos.

Os vídeos feitos pelo jornal Extra são chocantes.

Terrivelmente premonitórios.

Anteciparam tudo.

Sabia com quem estava lidando.

Eliza falou em 2009.

Eliza foi clara demais.

Se acontecesse algo com ela, o responsável seria Bruno.

Sem meias palavras.

Eliza disse que o goleiro a agrediu grávida.

E tentou que forçasse um aborto.

A Polícia Militar desconsiderou suas denúncias.

Até que elas pararam.

Porque foi morta.

O principal suspeito foi detido pela polícia.

Foi um escândalo mundial.

Na África, repórteres do mundo todo queriam saber com os brasileiros quem era Bruno.

E se era verdade que a seleção esteve para ter um goleiro assassino.

Tive de responder pelo menos umas cinco vezes sobre ele em Johannesburgo.

Foi constrangedor.

Muito pior para a diretoria do Flamengo.

Patricia Amorim não sabia o que fazer.

Foi engolida pelos fatos, pelas evidências.

O que a princípio se pensou temporário, um engano, foi se tornando assustador.

O clube tinha um criminoso de alta periculosidade no seu gol.

Bruno foi preso, seu contrato suspenso.

Parou de receber.

Desesperado, passou a pedir dinheiro emprestado a jogadores.

Não teve sucesso.

Sua ligação com o Flamengo terminou em dezembro do ano passado.

Não há qualquer vínculo.

Aí que surge o Boa Esporte Clube.

Mesmo diante de todas as acusações, a diretoria fez uma proposta oficial a Bruno.

Pouco importavam as evidências, as acusações.

Se saísse livre, uma camisa do time seria reservada a ele.

A cor só poderia ser vermelha.

Mas a Justiça o condenou por 22 anos e três meses pelo assassinato.

Só que ele pode ser liberado em menos de três anos.

Para um goleiro, 31 anos é uma idade ótima.

Por isso a proposta do Boa Esporte Clube estará valendo.

Assim que colocar o pé na cadeia, Bruno tem onde trabalhar.

Um clube que terá a honra de colocar seu símbolo no gelado coração de Bruno.

Neste Dia Internacional da Mulher, a diretoria do clube de Varginha merece aplausos.

Eliza foi espancada e estrangulada.

Seu corpo retalhado em pedaços.

E eles foram dados para cachorros comerem.

Sonia Moura ficou desesperada ao final do julgamento.

Queria um 'presente'.

O paradeiro do corpo da filha para poder levá-lo a um cemitério.

Mas ele não existe mais.

Foi devorado por cães.

O Boa Esporte Clube quer o mentor desse crime bárbaro.

Terrível a pacífica Varginha ser tão mal representada.

Pior a prefeitura, o BMG e Kanxa bancarem esse clube.

O que mais pode fazer dirigentes que acolhem um assassino?

Feliz Dia Internacional das Mulheres...

Principalmente à sensata diretoria do Boa Esporte Clube.

E às esposas, mães, filhas desses dirigentes.

Que todos esperem por Bruno...

a24 Feliz Dia Internacional das Mulheres. Para a diretora do Boa Esporte Clube de Varginha. Clube que tem um lugar no para Bruno. Basta sair da cadeia pelo assassinato de Eliza Samudio. O que pode levar apenas três anos...

54 Comentários

"Feliz Dia Internacional das Mulheres. Para a diretora do Boa Esporte Clube de Varginha. Clube que tem um lugar no para Bruno. Basta sair da cadeia pelo assassinato de Eliza Samudio. O que pode levar apenas três anos…"

8 de March de 2013 às 13:56 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Bia
    - 11 de março de 2013 - 11:35

    Estou com o Zico: pro Flamengo ter sido campeão brasileiro e ter um ... desse na foto, era melhor não ter ganhado nada. O futebol não precisava disso, os torcedores passariam muito bem sem esse cara, enfim, o tal do Bruno acabou não fazendo diferença alguma para a humanidade, além do fato de ter matado a mãe de seu filho e encabeçado um grupo grande de pessoas na execução de um crime bárbaro. Eu passaria facilmente sem esse cara na face da terra. Os comentários são lamentáveis, mas é bom para a gente conhecer a população do nosso país: para a maioria dos brasileiros, ter um homossexual assumido no time é motivo para morrer de vergonha, mas ter um psicopata defendendo um time de futebol (nem que não seja o seu, é tenebroso pensar nisso), tudo bem, porque, "ele já pagou o que devia à sociedade"... Dois posts seus dos quais eu vou me lembrar na próxima eleição, Cosme... Acho que estou abandonando meu "coitadismo" com o povo do meu país...

    Responder
  • ANGELO
    - 11 de março de 2013 - 09:24

    Cosme mais uma vez parabéns pelo post......que todos tem direito a defesa e recomeçar é fato e direito. Agora alguem que manda matar esquartejar e dar de comida para os cães a mae do seu filho..........merecia no minimo a pena de morte. Mas no nosso glorioso país, em alguns anos estará nas ruas e procura da próxima vítima........espero que não sejamos nós....

    Responder
  • Fábio Augusto
    - 10 de março de 2013 - 12:57

    Cosme do ponto de vista esportivo perdemos um grande goleiro no auge de sua forma física e técnica! Mas se realmente cometeu o crime tem que pagar! Só que ele merece uma nova chance de se reintegrar a sociedade! Quem não vai ter mais chance de redimir dos seus erros é a própria vítima! Abraços!

    Responder
  • Cello
    - 9 de março de 2013 - 22:50

    Isso é golpe de marketing, Cosme. De que outra forma o Boa Esporte apareceria no seu blog?

    Responder
  • Ricardo
    - 9 de março de 2013 - 16:07

    Não concordo com você, Cosme. Se a pessoa cumpriu a pena dentro da legislação, não há porque não trabalhar, se conseguir um emprego. Não dá para haver discriminação contra ex-presidiário, senão volta para o crime.

    Responder
  • Edna,2
    - 9 de março de 2013 - 15:57

    "Olha RÍMOLI como tem excesso de pessoas politicamente corretas no teu blog sobre esse assunto". Ai...RÍMOLI *EU* não vou ser politicamente correta pergunto:SERÁ QUE ESSA DIRETORA NÃO É UMA PRÓXIMA CANDIDATA A DEFUNTO? Mas enfim tem quem goste...e eu respeito.

    Responder
  • RRUBENS
    - 9 de março de 2013 - 13:56

    Caro KEVIN, bem que lhe avisei que vc. iria conhecer o "jeitinho brasileiro", lembra ? Pois bem em pouco tempo vc. já pode ver o arreglo da Comebol, pressionada, com o tal clube cujo torcedor tirou sua vida. Agora acaba de presenciar a "austeridade" da nossa Justiça com um ex jogador marginal, cruel,frio e assassino - só não matou o próprio filho de 4 meses porque o executor foi mais benevolente do que ele - 22 anos de condenação e, provavelmente, solto daqui a 3 anos ! Continue observando que você ainda vai ver coisas do "arco da velha" acontecerem aqui na nossa terrinha. De minha parte, enquanto puder, não me esquecerei da seu trágico destino. Vamos torcer juntos para que a Justiça também não esqueça! Continue em Paz !!!

    Responder
  • EVerson Oliveira
    - 9 de março de 2013 - 13:10

    Não concordo Cosme. O Bruno foi condenado e vai cumprir o que a lei estipula. Se as pessoas consideram a lei injusta não é problema dele. Igualmente não vejo problema no Boa Esporte oferecer uma proposta a ele. Quando sair da cadeia ele deve recomeçar sua vida e não ser alijado da sociedade. Prisão é para punir, mas também para reabilitar, essa é a função pedagógica da pena. Depois de cumprir sua pena Bruno merece uma segunda chance, se não querem dar uma a ele, então instituam a pena de morte no Brasil e matem a todos que cometeram crimes. Parecem que muitos esquecem que todos nós somos criminosos em potencial.

    Responder
  • Marcelo
    - 9 de março de 2013 - 13:01

    Cosme, não estou defendendo Bruno. Não gosto dele, mas se seguir sua linha de conduta, o que seria de Jean Valjean dos Miseráveis de Victor Hugo? Minha opinião é que todos devem ter pelo menos uma 2ª chance, pois senão, deveríamos matar a todos que cometessem um crime... Já me chamaram de tudo nesse blog, Marcelo. Mas nunca de inspetor Javert. Mas aceito o rótulo, torcendo para que nada de mal aconteça com sua família. Cosme Rímoli...

    Responder
  • Marcelo
    - 9 de março de 2013 - 10:47

    Cosme, mas tem um porém, segundo as leis dos homens ele tem direito de quando sair da cadeia a trabalhar e reconstruir sua vida, ou estou errado?

    Responder
1 2 3 4 5