444 Elano está fora da Copa do Mundo...

Johannesburgo...

"Papai do Céu."

"Esperar pela natureza."

Elano teria de esperar pelas forças sobrenaturais para voltar a jogar a Copa do Mundo.

Seu osso do tornozelo esquerdo está inchado.

Tálus.

Não consegue mudar a direção para onde corre.

Brecar.

Não suporta o impacto de chutar a bola.

Quanto sofrer um chute de um adversário...

A dor é imensa.

Sabe que está cortado da Copa.

O médico José Luiz Runco também.

O que aconteceu hoje aqui na entrevista coletiva na sala de entrevistas do hotel Fairway faz parte do teatro do futebol.

Falar em corte, em 'nunca mais' seria só deixar o ambiente pesado para o decisivo jogo contra a Holanda.

Mesmo os familiares de Elano sabem que suas chances de voltar a atuar no Mundial de 2010 são praticamente zero.

Neste teatro de quatro em quatro anos, o médico José Luiz Runco desempenha seu papel de forma exemplar.

Ele é comprometido com a Seleção e não abre mão.

Foi assim que ele, na Copa de 2006, na Alemanha, ele disse que não havia ningué com sobrepeso.

Não foi ouvir dizer, Runco respondeu a este repórter.

E em entrevista exclusiva a este blog, Parreira confirmou que jogadores chegaram na Copa com mais de 100 quilos.

Ele se referia a Adriano e Ronaldo.

Se mais de 100 quilos não for 'sobrepeso', que Jô Soares seja o lateral esquerdo da Seleção Brasileira...

A postura de Runco não é condenável quando analisados os médicos dos clubes no País.

Eles são pressionados por técnicos e dirigentes a não dar o diagnóstico completo de um jogador.

Ou até falar publicamente sobre o peso e até a altura de um atleta.

Ou alguém sabe o peso exato de Ronaldo no Corinthians?

Ou a altura verdadeira de Madson do Santos?

Elano tem de manter a esperança.

O que mais ele pode fazer?

"Só poderíamos trocar jogadores até 24 horas de começar a Copa.

Se houvesse um corte, não teríamos como repor esse atleta", diz o chefe de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva.

Felipe Melo e Júlio Baptista, de acordo com Runco, estão liberados para treinar.

O que não quer dizer muita coisa, já que Elano também estava.

Dunga levará o mistério sobre a presença ou não de Felipe Melo até 45 minutos antes da entrada do Brasil ,em Porto Elizabeth para o jogo contra a Holanda.

Mesmo assim, porque é obrigado.

Na Seleção Brasileira da Copa de 2010 é assim.

Tudo só vem à tona quando não há mais jeito de esconder.

Elano e Runco só deram entrevista hoje por um motivo: o pai do jogador já havia mostrado o triste quadro para a imprensa.

Faltam 12 dias para a Copa acabar.

Médico experiente de clube ouvido em off confirma que lesões parecidas são curadas em cerca de um mês...

Ainda bem que Runco pediu ajuda para a Natureza e para o Papai do Céu...

Quem viu o sofrimento de Elano descendo os cinco degraus da escada da mesa de coletiva sabe que agora só resta rezar.

A Copa acabou para ele desde que tomou o pontapé desleal do marfinense Tioté, no dia 20 de junho..

Veja mais:

+ Acompanhe a cobertura da Copa no R7
+ Veja as principais notícias do dia

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/BypW