1gazeta4 Direção do Corinthians se irrita com assédio de Mano Menezes a Sheik. E só o libera se o Flamengo pagar pelo menos metade da multa de R$ 4,5 milhões. E não oferece contrato de dois anos como quer o jogador de 35 anos. Se quiser ficar será só por mais um ano…
A boa relação entre Mano Menezes e Corinthians azedou.

A diretoria soube que ele entrou em contato com Sheik.

Quer de qualquer maneira que o atacante vá para a Gávea.

O colocou como fundamental na reformulação que faz no Flamengo.

O jogador tem vínculo com o Parque São Jorge até o final do ano.

Já pode, pela legislação, assinar um pré-contrato com o clube que desejar.

Ele completará 35 anos daqui dois meses.

E avisou aos dirigentes corintianos.

Deseja contrato de dois anos, até o final de 2015.

Seria talvez seu último vínculo com uma equipe.

"Não vamos fazer o contrato por dois anos.

Queremos que o Emerson fique.

Mas está bem claro.

O Corinthians oferece um vínculo de mais um ano.

É a nossa decisão."

A postura firme é do diretor de futebol, Roberto Andrade.

O Flamengo vem assediando Emerson desde que Mano assumiu o cargo.

1gazeta6 Direção do Corinthians se irrita com assédio de Mano Menezes a Sheik. E só o libera se o Flamengo pagar pelo menos metade da multa de R$ 4,5 milhões. E não oferece contrato de dois anos como quer o jogador de 35 anos. Se quiser ficar será só por mais um ano…

Diante da indecisão do atacante, dirigentes corintianos souberam.

O próprio Mano entrou em contato com ele para convencê-lo a voltar à Gávea.

No Rio há a certeza do amor de Sheik pelo clube rubro-negro.

Ninguém se esqueceu que ele saiu do Fluminense por um motivo surreal.

Por cantar o funk Bonde do Mengão no ônibus do clube.

O presidente Peter Siemsen estava no ônibus e decidiu pela dispensa.

"Canto a música até hoje e não vejo problema nenhum.

Só que o presidente é muito Tricolor.

Ele é muito torcedor e acabou confundindo as coisas."

Diz Emerson, sem a menor preocupação.

O salário do jogador no Corinthians é de R$ 350 mil mensais.

O Flamengo ofereceu R$ 400 mil até dezembro de 2015.

O vínculo que lhe dá a certeza que, aos 37 anos, estará em um clube grande.

O mais difícil de tudo é conseguir a liberação do Corinthians agora.

Sem ônus para o Flamengo.

"O contrato conosco vai até dezembro.

Se o Emerson quiser sair agora não será de graça.

Há uma multa rescisória.

O clube interessado precisa pagar.

E o Corinthians aceitar a transação."

Roberto Andrade é claro.

Não será na conversa que o Corinthians abrirá mão de R$ 4,5 milhões.

"Eu já avisei ao Sheik que iremos conversar só depois da Recopa.

Só depois da partida decisiva com o São Paulo na quarta-feira.

Até lá, não falaremos sobre renovação."

Toda a cúpula corintiana sabe do assédio flamenguista.

Mas tem mantido uma postura firme.

Não quer ceder.

Não deseja se comprometer com mais dois anos com o jogador.

Tite sabe dessa decisão.

Insiste da importância atual do atacante.

Mas entende que não pode garantir a performance dele aos 37 anos.

Aliás, desde o final da Libertadores de 2012 seu desempenho caiu.

Está longe de ser o mesmo jogador.

Se o Flamengo oferecer pelo menos metade da multa pode haver negócio.

De graça, o Sheik não sai.

Não antes de dezembro.

Por mais que Mano Menezes tenha convencido o jogador.

A postura em relação a Sheik vale para Chicão.

O zagueiro de 32 anos também sonha com a renovação por dois anos.

Mas o Corinthians oferece um ano só.

Essa é a política da direção do clube com jogadores mais velhos.

"É uma opção nossa negociar com esses atletas ano a ano.

Se eles quiserem, ótimo.

Estamos sendo transparentes", diz Roberto Andrade.

Quem não foi e incomodou os dirigentes foi Mano Menezes.

Eles não aceitam o assédio direto a Emerson.

Não do treinador que Andrés Sanchez levou até a Seleção.

A mágoa já atrapalhou.

Sheik não será liberado para o Flamengo sem compensação financeira.

De graça, Mano Menezes terá de esperar até janeiro de 2014.

Será quando acabar o vínculo com o Corinthians.

Antes, só com o clube da Gávea pagando.

Pelo menos a metade da multa de R$ 4,5 milhões...
1corinthians Direção do Corinthians se irrita com assédio de Mano Menezes a Sheik. E só o libera se o Flamengo pagar pelo menos metade da multa de R$ 4,5 milhões. E não oferece contrato de dois anos como quer o jogador de 35 anos. Se quiser ficar será só por mais um ano…

http://r7.com/zVkW