14 1024x682 Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...
"Formar um Comitê de Ética independente. Este foi o maior erro de quem está envolvido com a corrupção. Por isso Blatter, Platini e Valcke caíram. E deve estar tremendamente arrependido."

Esta foi a perfeita definição que ouço nesta manhã histórica de quinta-feira, 8 de outubro de 2015.

Um advogado especialista em transações internacionais explica com os poderosos Joseph Blatter, Michel Platini e Jérôme Valcke foram suspensos por 90 dias, prorrogáveis por outros 45 dias. E mais o bilionário e ex-vice da Fifa, Chung Mong Joon, foi banido do futebol por seis anos. A acusação é de compras de votos para as Copas de 2018, na Rússia, e 2022, no Catar.

O comitê de ética concluiu que Blatter pagou dois milhões de francos suíços, cerca de R$ 7,9 milhões a Platini. O motivo? Não concorrer com ele na eleição da Fifa. Além disso, há a suspeita que o presidente da UEFA, teria mudado seu voto para a Copa de 2022, também por dinheiro. Depois de divulgar que votaria nos Estados Unidos, de repente, escolheu o Catar e seu calor de 50 graus no período do Mundial.

Depois de 17 anos, Blatter está proibido de pisar na Fifa. Não pode nem chegar perto do seu escritório, dos seus computadores. Eles ficarão à disposição do Comitê de Ética, presidido pelo juiz alemão Hans-Joachim Eckert. A acusação que motivou o afastamento é direta. Não há meias palavras. Corrupção e má gestão do dinheiro da Fifa.

Por enquanto, quem herdou o cargo de Blatter é Issa Hayatou, de Camarões, por ser o vice-presidente mais velho da entidade. Ele também tem a mancha da corrupção tatuada na testa. É Presidente da Confederação Africana de Futebol há 27 anos. É acusado de ter recebido suborno no caso ISL em 1995. Teria se vendido barato. 'Apenas' 100 mil francos suíços, R$ 400 mil. Na vaga de Michel Platini, o espanhol Angel Villar assume o cargo. Ele é presidente da Federação Espanhola de Futebol. E também vive sob a sombra da corrupção. Em 2002 teria pego dinheiro da federação para levar convidados ao Mundial do Japão e da Coréia. Ele também é suspeito de impor a distribuição do dinheiro da tevê privilegiando Real Madrid e Barcelona. Também levaria vantagem financeira nesta desproporção de cotas.

24 Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...

Ou seja, os homens que controlam o futebol mundial têm todos em comum, a suspeita de corrupção.

É muito improvável que Blatter volte ao comando do futebol da Fifa. A suspensão de hoje foi o primeiro passo do banimento. Assim também como Platini terá de reverter a incrível desmoralização. Sua alegação para os dois milhões de francos que recebeu é bizarra. Teria sido por por 'trabalho que fez para a Fifa entre 1999 e 2002'. Arrogante como sempre, deve pensar que o mundo é todo povoado por imbecis. Ele trabalhou e só recebeu nove anos depois, justo quando havia eleição na Fifa. Que coincidência...

O ex-secretário-geral, Jérôme Valcke, já foi afastado da Fifa. O homem que deveria ser o sucessor de Blatter foi afastado por participar de esquema de vendas de ingressos. Teria lucrado nada menos do que US$ 110 milhões, R$ 426 milhões.

Em 2006, Valcke era o ex-executivo chefe da emissora francesa Canal+ era diretor de marketing da Fifa. Estava há três anos no cargo. Quase foi preso porque uma corte de Nova York julgou que ele agiu de forma ilegal na disputa entre a Visa e a Mastercard pelo patrocínio da Fifa. Graças à informações privilegiadas de Valcke, a Visa teria vencido a disputa e acabado com a parceria com a Mastercard, depois de 17 anos. O francês escapou da cadeia. Mas perdeu seu cargo. A Fifa teve de pagar uma multa de 60 milhões de dólares, cerca de R$ 236 milhões.

4afp Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...

É esse tipo de gente que organizou a Copa do Mundo do Brasil. Não foi por acaso que em vez de oito estádios, decidiram por 12. Mesmo sabendo que quatro seriam elefantes brancos. Os estranhos atrasos nos estádios os tornaram mais caros que o previsto, superfaturados. A Fifa teve isenção fiscal do governo brasileiro. Nunca ganhou tanto com um Mundial. Nada menos do que 5 bilhões de dólares, cerca de R$ 19,2 bilhões.

Ao contrário do que o magnânimo então presidente da CBF, Ricardo Teixeira, prometeu. "Não haverá um centavo de dinheiro público na Copa de 2014. Virá todo da iniciativa privada", jurava. Balela. O governo teve de bancar 97% das obras. Ou o Mundial não aconteceria. Dinheiro público, lógico.

Ricardo Teixeira deixou a CBF e o Comitê Organizador Local da Copa. Antes de sair correndo do Brasil em 2012, ele distribuiu R$ 2,3 milhões aos funcionários do COL pelo 'bom trabalho'. Embolsou R$ 869 mil. Deixou sua filha Joana trabalhando na entidade. Ela ficou até dezembro de 2014, cinco meses depois de a Copa haver terminado. Ganhou R4 800 mil de fundo de garantia.

Antes de começar a Copa, patriota, Joanna postou. "O que tinha de ser roubado já foi." Ela devia saber muito bem o escreveu. Era uma dos membros mais efetivas do COL.

65 Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...

Mas não foi só ela quem recebeu até dezembro, 150 dias depois de o Mundial ter acabado. Joana, neta de João Havelange, estava muito bem acompanhada. José Maria Marin, o colecionador de medalhas, também seguiu ganhando seu salário. R$ 110 mil mensais.

"Tendo em vista o encerramento bem sucedido da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, e considerando que as atividades da Sociedade posteriores ao evento tendem a ser, em sua substância, majoritariamente formadas por assuntos de ordem gerencial, os Sócios decidem encerrar os mandatos atualmente em curso dos membros do Conselho de Administração, nomeadamente os Srs. José Maria Marin, Ronaldo Luis Nazário de Lima e José Roberto Gama de Oliveira."

55 Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...

A princípio, Ronaldo e Bebeto nada ganharam diretamente. Abriram mão de seus salários. Mas o prestígio de estar presente em todas as cerimônias da Copa acabou revertendo em publicidade. Ambev, Claro, Pão de Açúcar, Hypermarcas, Proctor & Gamble usaram a imagem de Ronaldo. Fora o fato de o responsável pela imagem de Neymar comentar os jogos do Brasil na Copa pela Globo. Com a presença do jogador que tinha sua empresa como contrata. Um exemplo de ética fantástico.

Bebeto, figura esquecida desde o tetracampeonato mundial de 1994, fez uma rentável propaganda, ao lado do filho, para a Volkswagen.

A queda de Blatter tem muito a ver com a pressão das patrocinadoras, que investem centenas de milhões de dólares na Fifa.

"Para o bem do jogo, a Companhia Coca-Cola está pedindo ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, que se demita imediatamente para que o processo de reforma possa começar com credibilidade o mais rápido possível. A Fifa precisa de uma reforma ampla e urgente, que só pode ser realizada com uma abordagem verdadeiramente independente."
A Coca-Cola foi mais direta. Mas teve apoio do McDonald's, Budweiser e a Visa. Ele perdeu o escudo do dinheiro.

A situação está complicada aqui também na CBF. Marco Polo tem todo o esquema montado para, se precisar, pedir licença de 180 dias. Caso o departamento de justiça norte-americano e o FBI façam qualquer acusação a ele, o dirigente se afastaria do cargo para se defender.

Colocaria no seu lugar o vice em quem mais confia. O da região Centro-Sul, o deputado federal Marcus Vicente (PP-ES). Marco Polo e Marin eram inseparáveis desde que Teixeira renunciou à CBF, pressionado pela Polícia Federal e as denúncias relacionadas à ISL. Seguiram assim até o dia 27 de maio, quando Marin foi trancafiado em uma prisão suíça, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.

1cbf1 1024x682 Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...

A situação é constrangedora.

Blatter vem sendo investigado publicamente pelo governo suíço.

Por suspeita de apropriação indébita de dinheiro da Fifa.

Sinônimo de roubo.

A manhã desta quinta-feira é histórica para o futebol.

Blatter e Platini caíram.

Não devem se levantar.

O francês ainda tentará viabilizar sua candidatura.

Ele estaria livre da suspensão em janeiro de 2016.

A eleição será no dia 26 de fevereiro.

Mas já perdeu apoios fundamentais.

72 Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...

Está desmoralizado.

Agora a expectativa é para o que acontecerá na Fifa.

O bilionário príncipe Ali bin Al Hussein, da Jordânia, aparece como favorito.

Hoje é nome mais forte para comandar a Fifa.

Zico está esperançoso, mas não tem apoio suficiente.

Precisa de cinco federações.

Sem os votos anunciados no brasileiro, ele nem concorre à Fifa.

Seja qual for o novo presidente, não há saída.

O comando do futebol deverá passar a ser mais transparente, limpo.

Com todos seus contratos tornados públicos.

Caso esse milagre aconteça, o efeito será devastador.

Atingirá confederações e federações no mundo todo.

A manhã desta quinta-feira é histórica para o futebol.

Não custaria nada, Marco Polo deixar suas malas prontas na sede da CBF.

Não para sair do Brasil e correr risco de extradição.

Mas talvez precisar abandonar o belíssimo Rio de Janeiro.

A milionária sede da CBF com suas regalias.

Tire todas as fotos possíveis.

A quarta-feira de Cinzas parece estar chegando...
37 Demorou mas finalmente a Fifa se livra de Blatter e Platini. O comando do futebol mundial prestes a passar por uma revolução. Parece mentira. É bom deixar as malas prontas, Marco Polo...

http://r7.com/h3PZ