divulgação27 Com os desgastados Belletti e Deco o Fluminense aprendeu. Chega de contratar jogadores apenas pelo currículo...
A troca de Roberto Horcades por Peter Siemsen terá um efeito significativo.

O Fluminense deixará de buscar veteranos 'de nome' no Exterior.

O antigo presidente adorava atletas que tiveram fases consagradas no futebol mundial.

O que decretou essa mudança de atitude nas Laranjeiras foram Belletti e Deco.

Os dois foram contratados a peso de ouro.

Horcades ficou encantado com a chance de trazer um campeão mundial com a Seleção Brasileira.

Atleta que fez sucesso no Barcelona, no Chelsea.

E outro que também passou pelo Barça, pelo mesmo clube inglês e foi titular da Seleção Portuguesa.

Se pensou apenas no currículo e não houve uma preocupação efetiva com a condição física dos dois.

Eles já estavam jogando pouco na Europa.

Chegaram muito desgastados fisicamente.

Mas para a antiga administração do Fluminense, não importava.

Eles iriam se recuperar e justificar a fama.

Como no departamento médico do clube houvesse uma fonte da juventude.

Os dois iriam mergulhar e voltariam a ter o vigor físico, a saúde de 25 anos.

Pudera....

Nada disso aconteceu.

Deco, 33 anos, continua com sua grave lesão no tendão da coxa esquerda.

Todo tipo de tratamento está sendo feito.

A recuperação está lenta demais.

Mas os médicos não perdem a esperança.

A situação de Belletti, 34 anos, é ainda mais complicada.

Ele tem tendinite crônica nos dois tendões de Aquiles.

Técnica das mais modernas vem sendo utilizada e não há maneira de melhorar.

Ele não foi nem inscrito na primeira fase da Libertadores.

Há enorme chance de deixar o clube.

A dupla ganha salários altíssimos.

Quem fica mais agoniado com a situação é Muricy Ramalho.

Ele já conversou com Siensem e com Celso Barros.

A determinação é fazer com que o departamento médico do clube tente até o fim com os dois.

Mas daqui para a frente ele não quer mais contratações com o nome.

Com o currículo.

Prefere atletas rodados, vividos, mas inteiros fisicamente.

Como Araújo.

Será assim daqui por diante.

Chega de jogadores consagrados e desgastados.

Quanto à atual dupla, o departamento médico e a diretoria serão justos.

Se eles não conseguirem se recuperar rapidamente, o Fluminense buscará acordos para dispensá-los.

Sem brigas, sem escândalos, mas sem desperdício de dinheiro.

Belletti recebe cerca de R$ 300 mil.

"Eu iria contratar o Deco, mas o Fluminense ofereceu R$ 500 mil por mês, isso eu não pago", revelou Andres Sanches.

Ou seja: o clube gasta cerca de R$ 800 mil só com os dois jogadores contundidos.

Isso não irá continuar.

Acabou a empolgação da era Horcades...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/OBih