1afp Cesar Luiz Menotti. O comunista que a Ditadura Militar da Argentina suportou para ser campeã mundial em 78. Seu resumo do time de Dunga na Copa América. O pior Brasil...

"Jugué en el Santos con Pelé y en el Juventus de San Pablo, fui amigo de Telé Santana, viví varios años en Brasil y conozco muy de cerca su futbol. Y la verdad es que no recuerdo haber visto a una selección que haya jugado tan mal como esta, a un Brasil tan indefenso estratégicamente como este.

"Los centrales no cierran con los laterales, los defensores terminan metidos dentro del área chica, nadie va a los rebotes. Hasta a veces parecía que había como ganas de volverse, de disfrutar del verano europeo.

"Ya otras veces Brasil ha tenido estas mismas intenciones que nada tienen que ver con su historia. Pero tenían jugadores como Romario, Bebeto, Ronaldo, futbolistas que arriba eran terriblemente contundentes y te ganaban los partidos.

"Yo no culparía solamente a Dunga por esto. Ya desde antes del Mundial tienen una dependencia absoluta de lo que pueda hacer Neymar.

"Cuando no está no se sostienen desde ninguna idea, no hay juego colectivo, juegan a ver qué pasa. Agarra uno la pelota y corre para adelante, intenta gambetear a dos o tres y termina pateando desde cualquier lugar. Sinceramente, no entendí nada de lo que quiso hacer Brasil en esta Copa América."

2ae1 Cesar Luiz Menotti. O comunista que a Ditadura Militar da Argentina suportou para ser campeã mundial em 78. Seu resumo do time de Dunga na Copa América. O pior Brasil...

"Joguei no Santos com Pelé. E no Juventus de São Paulo. Fui amigo de Telê Santana. Vivi vários anos no Brasil e conheço muito de perto seu futebol. E à verdade é que não me recordo de haver visto uma Seleção que tenha jogado tão mal como esta. Um Brasil tão indefeso estrategicamente como este.

"Os volantes não protegem os laterais. Os defensores acabam encurralados na pequena área. Ninguém fica nos rebotes. Muitas vezes (os jogadores) pareciam que tinham vontade de voltar e desfrutar o verão europeu. Outras vezes o Brasil já mostrou essas mesma (falta de) vontade, que nada tem a ver com sua história.

"Mas tinha jogadores como Romário, Bebeto, Ronaldo. Jogadores que eram terrivelmente contundentes. E que ganhavam as partidas.

"Eu não culparia somente Dunga. Desde a Copa do Mundo já havia uma absoluta dependência do que poderia fazer Neymar. Quando ele não está, não se sustenta nenhuma ideia. Não existe jogo coletivo. Jogam para ver o que acontece. Um pega a bola. Corre para a frente. Tenta driblar dois ou três adversários e acaba chutando de qualquer lugar.

"Sinceramente não entendi nada o que quis fazer o Brasil nesta Copa América."

1reproducao Cesar Luiz Menotti. O comunista que a Ditadura Militar da Argentina suportou para ser campeã mundial em 78. Seu resumo do time de Dunga na Copa América. O pior Brasil...

As palavras são de César Luiz Menotti. Ele foi campeão mundial pela Argentina em 1978. Treinou o Barcelona, Atlético de Madrid, México, Boca Júniors, River Plate, Sampdoria, Peñarol.

Apaixonado pelo futebol brasileiro. Homem culto, corajoso, sem medo de dizer ou escrever o que pensa. Nunca escondeu ser comunista. Mesmo quando foi campeão mundial, em plena Ditadura Militar argentina. O então presidente, o general Jorge Rafael Videla teve de suportá-lo.

Menotti, aos 76 anos, escreveu ontem sobre a Seleção ontem no jornal argentino La Jornada.

O título da crônica de Menotti?

'El peor Brasil'...

Não precisa de tradução...
2afp Cesar Luiz Menotti. O comunista que a Ditadura Militar da Argentina suportou para ser campeã mundial em 78. Seu resumo do time de Dunga na Copa América. O pior Brasil...

http://r7.com/Is7R