137 1024x595 Bom sorteio dos grupos da Libertadores. Brasileiros apenas precisam de foco
Grupo 1: Grêmio, Cerro Porteño (PAR), Defensor (URU) e Monagas (VEN)

Grupo 2: Atlético Nacional (COL), Bolívar (BOL), Colo Colo (CHI) e Delfin (EQU)

Grupo 3: Peñarol (URU), Libertad (PAR), The Strongest (BOL) e Atlético Tucumán (ARG)

Grupo 4: River Plate, Emelec (EQU), Flamengo e Ganhador 1

Grupo 5: Cruzeiro, Universidad de Chile, Racing (ARG) e Ganhador 3 (caminho do Vasco)

Grupo 6: Santos, Estudiantes (ARG), Real Garcilaso (PER) e Ganhador 2.

Grupo 7: Corinthians, Independiente (ARG), Millonarios (COL) e Deportivo Lara (VEN)

Grupo 8: Boca Juniors, Palmeiras, Alianza Lima (PER) e Ganhador 4

Chapecoense enfrentará o Nacional do Uruguai, na pré-Libertadores. Se passar, entrará no grupo 6.

Vasco, na pré, terá pela frente Universidad Concepción ou Unión Española.

Este o resultado do sorteio dos grupos da Libertadores 2018.

Os clubes brasileiros não precisam se desesperar. Mas também não podem comemorar. O sorteio dirigido da Conmebol conseguiu dividir as forças. E a caminhada exigirá muita competência na gestão dos elencos.

O Cruzeiro deverá sofrer na busca das oitavas, da fase mata-mata. A equipe de Mano Menezes terá pela frente o Universidad do Chile, time que está se reestruturando. O treinador argentino Ángel Guillermo Hoyos, faz da força física, sua arma.

O Racing, que faz fraca campanha no Campeonato Argentino, costuma focar e se reinventar na Libertadores, com o apoio de sua torcida ensandecida e o terrível caldeirão em Avellaneda, Estádio Presidente Perón. O treinador Juan Ramón Fleita diz que prefere o mata-mata do que o campeonato por pontos. Promete surpreender. E ainda há imensa chance do, agora competitivo, Vasco de Zé Ricardo, ser o quarto time.

Os favoritos no grupo 5 são Cruzeiro e Racing são os favoritos na luta pela sobrevivência. Com o Vasco correndo por fora.

Os outros brasileiros caíram em grupos com um adversário forte, tradicional. E outros dois coadjuvantes.

513 Bom sorteio dos grupos da Libertadores. Brasileiros apenas precisam de foco

A começar pelo heptacampeão do país, o Corinthians. O confronto com o atual campeão da Sul-Americana, traria apreensão. Isso se o clube argentino não tivesse perdido seu treinador Ariel Holan não tivesse pedido demissão. Ele não aceitou ser chantageado por membros das organizadas do próprio Independiente. Os outros clubes não despertam medo. O Millonários da Colômbia busca reviver o passado, mas falta o dinheiro do narcotráfico. O clube não possui grandes destaques. Pior ainda, o Deportivo Lara, da Venezuela. É a equipe a ser goleada nos confrontos com os três adversários.

Corinthians e Independiente são favoritos destacados neste grupo 7.

O Palmeiras terá o confronto com o tradicional Boca Juniors, comandado por Guillermo Barros Schelotto. O competitivo jogador deu sua personalidade ao time, que aposta no futebol coletivo e não na força individual dos seus jogadores. Sempre necessário citar a Bombonera, estádio pequeno e aliado do Boca. Alianza Lima segue fraco. E a tendência é que o o Junior Barranquila complemente o grupo.

Palmeiras e Boca têm obrigação de se classificarem.

O Santos precisa se precaver. Terá o Estudiantes, da Argentina. Real Garcilaso do Peru. E, provavelmente a Chapecoense ou o Banfield. O novo presidente santista, José Carlos Perez tem que começar a trabalhar para fechar com o novo nome escolhido Jair Ventura.

810 Bom sorteio dos grupos da Libertadores. Brasileiros apenas precisam de foco

O Estudiantes busca uma indentidade com Lucas Bernardi. Vai mal no Argentino. Mas na Libertadores, a história costuma ser muito diferente, com suas quatro conquistas. Sua confiança na Libertadores de 2018 está no estádio Ciudad de La Plata. Os santistas vão torcer para não enfrentar a Chapecoense. O time de Gilson Kleina é muito brigador, do primeiro ao último minuto de jogo. Principalmente em casa, em Chapecó. Será necessário foco, muita competitividade por parte do Santos.

O Flamengo terá o River Plate, para o grande clássico do grupo 4. O Emelec e, provavelmente, o Santa Fé da Colômbia. A diretoria garante que não fará grandes investimentos. Já gastou tudo e um pouco mais em 2017. Depois que a pena de Guerrero foi diminuída para seis meses por doping, o clube estuda o que fazer com o peruano. Esperá-lo ou contratar o veterano Fred, do Atlético Mineiro. Reinaldo Rueda também terá de sobreviver ao assédio da Seleção Chilena, que busca sua reconstrução.

Já o Grêmio não tem do que reclamar. Pegará o tradicional mas fraco economicamente Cerro Porteño. Os dois são disparados os donos dos melhores elencos. Defensor e Managuas, da Venezuela, farão apenas figuração.

Grêmio de Renato Gaúcho não tem o que reclamar da sorte.

A Chapecoense, na pré-Libertadores, jogará contra o Nacional. A crise financeira segue firme no futebol uruguaio e poderá facilitar o confronto para os catarinenses. Seu ponto forte é a tradição. Caso consiga a classificação, terá pela frente, o vencedor de Banfield da Argentina x Independiente Del Valle.

O Vasco terá um caminho também tenso, mas longe de ser impossível. Primeiro, o confronto com o Universidad Concepción do Chile. Se sobreviver fará outro duelo. Desta vez, com o sobrevivente do boliviano Jorge Wilstermann contra (Oriente Petrolero-BOL e Universitario-PER).

Mais do que o sorteio dirigido, com duelos garantidos com argentinos, o destino dos oito brasileiros envolvidos na Libertadores estará amarrado às suas gestões. Se definirão como prioridade absoluta a Libertadores, abrindo mão dos outros torneios, Estaduais, Copa do Brasil, Brasileiro.

Com a Copa do Mundo da Rússia, tudo ficará muito mais apertado.

Os dirigentes deverão ser firmes.

E priorizar o torneio mais importante, apesar dos protestos.

É quase impossível ganhar todos os campeonatos.

O calendário caótico não permite, com seus jogos encavalados.

A força financeira do Brasil segue sendo a mais forte, disparada.

O sorteio não trouxe motivo para medo ou alegria.

Apenas muita atenção.

Os oito clubes têm condições de sobreviver.

Passar para as oitavas.

Mas precisam escolher seus caminhos no caótico calendário de 2018...
717 735x1024 Bom sorteio dos grupos da Libertadores. Brasileiros apenas precisam de foco

http://r7.com/Mdrd