131 Basta a Crefisa depositar R$ 12 milhões, valor da multa, na conta do Sport. E levar Diego Souza. A patrocinadora aceita pagar. Cuca quer o meia. A transação só depende do jogador. Se ele disser sim, o jogador da Seleção voltará ao Palmeiras...
A situação é simples.

Cuca soube que Diego Souza tem apenas cinco partidas com a camisa do Sport. O departamento de futebol do Palmeiras monitora os grandes jogadores do país. O treinador havia dito várias vezes a Alexandre Mattos que precisava de um outro atacante. Um mais versátil do que Borja. E lembrou que havia colaborado, autorizando as saídas de Alecsandro e Rafael Marques.

A opção natural foi o garoto Richarlison do Fluminense. A diretoria carioca mantém esperança de vendê-lo nesta janela para o futebol europeu. Sonha com R$ 50 milhões. E ficou revoltada ao saber que Alexandre Mattos falou diretamente com o jogador e seus representantes. Acertaram tempo de contrato e salário. Mas o Palmeiras chegaria até a R$ 40 milhões. O que poderia ser até um bom negócio, já que não há a certeza de negociação com o Exterior.

Só que o presidente Pedro Abad se sentiu traído. E mesmo precisando de dinheiro, decidiu. Para o Palmeiras, Richarlison não iria. Só se o clube paulista depositasse o total de sua multa, R$ 50 milhões. Nem um centavo a menos. Abad até negociaria se fosse procurado antes pelo executivo palmeirense.

Com a negociação cancelada, surgiu a possibilidade de Diego Souza.

Por coincidência, ou não, o presidente Mauricio Galliotte foi o chefe da delegação brasileira nos amistosos contra Argentina e Austrália. E conversou com Diego Souza. Brincando, perguntou se um dia voltaria ao Palmeiras. De acordo com conselheiros próximos a Galliotte, a resposta foi sim. O que houve, de acordo com o relato do jogador, foi um desentendimento com os torcedores organizados.

A pressão era enorme pela conquista da Libertadores em 2009. Com o fracasso do caro time montado pelo ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, Diego Souza foi um dos mais cobrados. E ele já estava irritado por ter sido desprezado por Dunga. Tinha a esperança de disputar a Copa da África. Mas foi 'queimado' jogando contra a Bolívia, em La Paz.

Não suportou as vaias dos torcedores ao ser substituído em uma partida contra o Atlético Goianiense. E mostrou os dedos médios em direção às organizadas palmeirenses. Fez isso para sair do clube. Belluzzo garantiu que 'nunca mais ele iria vestir a camisa palmeirense'.

Só que se passaram sete anos. Diego Souza já tem 32 anos. Está vivido. E em uma zona de conforto. É tratado com todo o carinho em Pernambuco. É o maior ídolo do Sport. Os torcedores têm o maior orgulho de contar com um jogador que tem toda a chance de disputar a Copa da Rússia.

A princípio, Diego Souza não queria mais voltar para o eixo Rio-São Paulo. Ele e sua família estão muito bem no Recife. Só que ele e seu empresário, Eduardo Uram, não esperavam esse interesse concreto do Palmeiras.

Já houve contato entre Alexandre Mattos e Uram.

A situação financeira é muito favorável, se o jogador quiser mesmo voltar ao Palestra Itália. O Sport tem 50% dos direitos do atleta. A outra metade é do Fluminense. E estipulou a multa de R$ 12 milhões. Basta ao Palmeiras bancar esse dinheiro e trazer o atacante.

No ano passado, o Corinthians sondou Diego Souza. E não houve acerto. O clube pernambucano não aceitou jogadores para amortizar a multa. E o clube de Roberto de Andrade não aceitou pagar os R$ 12 milhões.

2reproducao12 Basta a Crefisa depositar R$ 12 milhões, valor da multa, na conta do Sport. E levar Diego Souza. A patrocinadora aceita pagar. Cuca quer o meia. A transação só depende do jogador. Se ele disser sim, o jogador da Seleção voltará ao Palmeiras...

No início deste ano, o Vasco ofereceu R$ 7 milhões ao Sport.

O clube pernambucano não aceitou.

O presidente do Sport, Arnaldo Barros, já garantiu que não pretende vender o atleta. De maneira alguma. Quer mantê-lo. Não só por sua importância ao time como por ser jogador da Seleção Brasileira.

Se Diego Souza está preocupado com as organizadas palmeirenses, pode ficar tranquilo. As redes sociais provam hoje que ele está perdoado. Seria recebido com tapete vermelho.

O Sport só pagou R$ 2,4 milhões por 50% de Diego.

Teria um grande lucro se saísse por R$ 12 milhões.

A Crefisa, que pagaria R$ 40 milhões por Richarlison, pagaria essa quantia tranquilamente. A presidente da entidade, Leila Pereira, avisou. Se o Palmeiras precisar de qualquer atleta, basta avisar.

Ou seja, a negociação só depende de Diego Souza.

Se ele disser sim, volta a ser jogador do Palmeiras.

Cuca está entusiasmado.

Irritado pela notícia ter vazado.

E ansioso pela resposta do jogador.

O empresário Eduardo Uram desligou seus celulares.

A expectativa no Palestra Itália é enorme...

 Basta a Crefisa depositar R$ 12 milhões, valor da multa, na conta do Sport. E levar Diego Souza. A patrocinadora aceita pagar. Cuca quer o meia. A transação só depende do jogador. Se ele disser sim, o jogador da Seleção voltará ao Palmeiras...

http://r7.com/4nfm