Alexandre Pato, Dedé, Renato Augusto. Só estrelas interessam ao Corinthians. O novo rico do futebol brasileiro. O clube abandonou seus garotos, se esqueceu da categoria de base…

ae41 Alexandre Pato, Dedé, Renato Augusto. Só estrelas interessam ao Corinthians. O novo rico do futebol brasileiro. O clube abandonou seus garotos, se esqueceu da categoria de base...
Rivellino, Casagrande, Wladimir.

Eles não teriam chance hoje de jogar no Corinthians.

Andrés Sanchez prometeu mas não cumpriu.

Em 2007 ao assumir a presidência, garantiu.

"O clube voltará a investir na base.

Chega de gastar dinheiro com contratações.

Fui dirigente quando os garotos treinavam no 'terrão'.

Um dos fatores que fez o Corinthians cair foi esse.

Esquecemos da base.

Comigo isso não vai acontecer."

Mas aconteceu.

Os meninos corintianos tiveram pouquíssimas chances.

Com Andrés e Gobbi, o Corinthians virou um comprador.

Entre os titulares bicampeões do mundo não havia um que veio da base.

Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos;

Ralf, Paulinho;

Danilo, Jorge Henrique e Emerson;

Guerrero.

Nenhum deles frequentou as categorias inferiores corintianas.

Foram comprados.

E agora também há enorme pressão para que ídolos sejam adquiridos.

A proposta de R$ 45 milhões por 50% de Alexandre Pato é real.

Assim como o clube quer o zagueiro Dedé do Vasco.

Renato Augusto já foi comprado do Bayer Leverkusen.

Com uma previsão de receitas de 2013 é de R$ 330 milhões.

No mínimo.

O Corinthians é um novo rico.

Não há paciência para apostar nos garotos da base.

A exigência da torcida e da mídia é de supertime.

O campeão mundial reforçado por medalhões.

Empresários não param de atormentar os dirigentes corintianos.

Inclusive da América do Sul.

Argentinos e uruguaios sabem.

O Parque São Jorge é o Eldorado no continente em crise.

O mercado está nas mãos de Mario Gobbi.

Além disso, os jogadores que estão no Parque São Jorge se valorizaram.

O título mundial vale muito.

Para comprar qualquer jogador corintiano o preço será exorbitante.

Como Paulinho e Ralf, os mais desejados.

Em compensação, a direção terá de bancar bons aumentos aos campeões.

No futebol é assim.

Os meninos do Parque São Jorge hoje não têm nem CT próprio.

Estão divididos.

Parte treina no antigo campo do Parque São Jorge, a Fazendinha.

Outra em Guarulhos.

A direção promete buscar uma nova área.

E construir um novo Centro de Treinamento para os garotos.

Na megalomania que domina o clube, tem de ser o melhor do Brasil.

Para isso, conta com o apoio da prefeitura.

Os contatos já começaram com Kassab.

Mas deverão ser finalizados com Haddad.

Novo prefeito de São Paulo.

Político do PT que teve todo o apoio de Andrés Sanchez.

Inclusive com direito a levar os presidentes do São Paulo e Palmeiras.

Lógico que ficará muito mais fácil ao Corinthians tratar com Haddad.

Mas isso é um projeto para o futuro.

Enquanto o clube campeão do mundo desfila pela cidade, o telefone não para.

São articulações e articulações.

O Corinthians quer contratar novas estrelas para o time.

O sonho é ser bicampeão da Libertadores.

E tricampeão do mundo.

Sem os garotos novamente.

Não há como perder tempo com experiências.

Muito menos paciência.

A exigência é enorme.

Não dá para baixar o padrão.

O Corinthians é o time da mídia.

E pagará por isso.

A cobrança externa é imensa.

Os melhores jogadores do mundo entraram no foco.

Há dinheiro para brigar.

Inclusive há quem deseje gastar de verdade.

E insista em nomes como Kaká e Robinho.

Comprar um jatinho para o time.

Vida de novo rico é assim.

Não se contentar com o que tem.

Desejar cada vez mais.

Muitas vezes aspira até algo que não precisa.

Por isso, o Corinthians se esqueceu dos seus meninos.

Rivellino, Casagrande e Wladimir não teriam chances se fossem garotos.

Para o Corinthians em 2013, só estrelas interessam.

É o outro lado da medalha.

Ser campeão do mundo e ter abandonado a base.

Mistura explosiva que traz essa enorme pressão.

Não é nada fácil ser novo rico no futebol brasileiro...

a24 Alexandre Pato, Dedé, Renato Augusto. Só estrelas interessam ao Corinthians. O novo rico do futebol brasileiro. O clube abandonou seus garotos, se esqueceu da categoria de base...

101 Comentários

"Alexandre Pato, Dedé, Renato Augusto. Só estrelas interessam ao Corinthians. O novo rico do futebol brasileiro. O clube abandonou seus garotos, se esqueceu da categoria de base…"

18 de December de 2012 às 12:26 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Guilherme Henrique
    - 20 de dezembro de 2012 - 15:40

    Fomos Campeões da América e do Mundo com um time simples, sem estrelas e que joga em equipe. Nem sempre um time milionário e cheio de estrelas dá certo, Real Madrid é um exemplo, elenco completamente rachado. (Camisa)

    Responder
  • Daniel França
    - 20 de dezembro de 2012 - 13:56

    Cosme, acompanho seu blog desde o fim de 2008, ainda em outro site. Acompanhei com você a profissionalização deste grande time do Corinthians, que espero se torne exemplo para evolução do nosso futebol nacional. Parabéns pelo trabalho! Salve o Corinthians, salve o futebol brasileiro! (camisa)

    Responder
  • Paulo Henrique Meireles
    - 20 de dezembro de 2012 - 00:37

    Só pq os outros times não tem dinheiro pra contratar! O Ninguem reclama do Chelsea, que nao tem um jogador da base, e muito pouco ingleses!

    Responder
  • Paulo Barbosa Vieira
    - 19 de dezembro de 2012 - 21:38

    Como dói né? Vocês gostavam mesmo era dos tempos do faz-me rir, e dos 23 anos de fila né? Sanchez é o cara! Disse em 2007: "Quem riu até agora não rirá mais". Cumpriu a palavra e honrou o seu mandato como o melhor dirigente de todos os tempos. Riu? Então choooraaa! Ashuahuashusahua

    Responder
  • Jessen
    - 19 de dezembro de 2012 - 18:49

    As prioridades do Corinthians campeão da Libertadores e bicampeão do mundo são outras, infelizmente. Todo início de ano é a mesma coisa, com as disputas do time pela Copinha SP . Toda a nossa torcida pela conquista desse importante torneio. Mas de que adianta ganhar se raramente os talentos que são revelados são aproveitados no time principal? Entendemos que a torcida, patrocinadores, etc. não tem paciência de aguardar o amadurecimento de garotos e que resultados não aparecem da noite para o dia. Mas não precisa ser tão radical a ponto de simplesmente descartar por completo a nossa base. Outra bola fora foi a dispensa do Narciso, que mesmo após ter atingido seu objetivo, não foi valorizado pelo clube. Que o espírito colaborativo e coletivo do Corinthians campeão não caia nas armadilhas de formação de "Galáticos" que não dão liga (por vaidades e rivalidades internas) e não ganham nada. Já sofremos com isso no passado e erros dessa natureza não podem mais se repetir. Abraço.

    Responder
  • anderson santos
    - 19 de dezembro de 2012 - 18:42

    Títulos mundiais podem entrar na história de um clube a qualquer momento: Rebaixamentos, porém, jamais poderão deixá-la.

    Responder
  • edson santos
    - 19 de dezembro de 2012 - 18:40

    Antônio - 19/12/2012 - 01h31 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tive que rir do seu comentário...Meu filho, antes, mas bem antes de começar o brasileirão, tem um regulamente que diz: o campeão, o vice, o 3º e o 4º colocado do brasileirão tem vaga garantida pra LIBERTA do ano seguinte. No torneio de verão não teve regulamento, teve convites para alguns clubes, e dentre eles estava o Corinthians, e o mesmo foi convidado por forças políticas.Seria o Palmeiras, mas o mesmo abriu mão pelo o argumento que seria convidado no ano seguinte, e se lascou kkkkkkkkkkkkkkkk!! Meu jovem, antes de falar qualquer coisa, te dou um conselho, tenha mais conhecimento de futebol. Regulamento é regulamento...convite é convite!!! O torneio de verão foi apenas um rascunho pra COPA do MUNDO,tanto que foi rascunho,q somente 5 anos depois teve início a verdadeira COPA do MUNDO de CLUBES da FIFA,não com clubes convidados e sim com regulamento!!!

    Responder
  • Luan
    - 19 de dezembro de 2012 - 17:38

    Quem ganhou a copa são paulo de juniores? Sem mais!

    Responder
  • Jair Sergio
    - 19 de dezembro de 2012 - 13:47

    Corinthians bi campeão, parece que você não leu o que escrevi, e outra respeito o Corinthians, tem uma grande torcida, mas história e conquistas não dá pra comparar! Santos, Melhor Jamais!

    Responder
  • Antônio
    - 19 de dezembro de 2012 - 13:31

    O velho argumento furado: "Como o Corinthians pode ser campeão mundial em 2000 sem ter sido campeão da Libertadoes?" Eu respondo: porque um dos CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO no Mundial de 2000 era o de ser CAMPEÃO DO PAÍS SEDE - caso do Corinthians (bi) campeão do Brasileirão. Para esses "gênios" que repetem o velho argumento furado, eu agora pergunto: COMO PUDERAM O SÃO PAULO E O INTERNACIONAL, EM 2005 E 2006, TEREM SIDO CAMPEÕES DA LIBERTADORES SEM TEREM SIDO CAMPEÕES BRASILEIROS? Vou responder por vocês: porque um dos CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO nas Libertadores, em 2005 e 2006, era o de ter sido UM DOS QUATRO PRIMEIROS COLOCADOS DO BRASILEIRÃO - casos, respectivamente, do São Paulo (3° colocado) e do Internacional (2° colocado). E agora? Como ficamos? São Paulo e Internacional não podem ser considerados campeões da Libertadores de, respectivamente, 2005 e 2006 porque não foram campeões brasileiros antes? PAU QUE BATE EM CHICO, BATE EM FRANCISCO... Em tempo: considerados os 4 títulos de clubes brasileiros nos 9 Mundiais realizados, só o Corinthians-2012 tem a TRÍPLICE COROA (campeão do Brasileirão, da Libertadores e do Mundial).

    Responder
1 2 3 4 5