1reproducao9 1024x682 A maior injustiça de Tite. Não chamar Vanderlei, do Santos, para a Seleção. É o melhor goleiro brasileiro no momento.  Mas há motivo. Sua timidez é o entrave. O silêncio durante os jogos deixa a Comissão Técnica insegura...
Cássio mereceu ser convocado.

Mas a grande e maior injustiça que Tite insiste em cometer se chama Vanderlei. Já chega a ser um disparate o goleiro santista estar fora das convocações para a Seleção Brasileira.

O que ele fez ontem, na Vila Belmiro, garantindo a classificação do Santos para as quartas da Libertadores, já virou rotina. Defesas de puro reflexo. Coragem diante dos atacantes do Atlético Paranaense. Segurança plena nas saídas do gol. Habilidade para jogar com os pés, quando os atacantes adversários apertar a zaga. Atuar como líbero, quando necessário.

"Não tenho que reclamar de nada. Estou em um grande clube, jogando grandes campeonatos. Tenho consciência de que tenho feito o meu melhor", dizia ontem, diante de repórteres, que insistiam sobre a injustiça de não estar entre os três goleiros da Seleção.

Taffarel esteve no Santos, em julho. Acompanhou os treinamentos. Teve um contato com Vanderlei. Viu, que aos 33 anos, está no auge de sua carreira. Experiente, vivido, seguro.

Mas o blog teve acesso ao único detalhe em relação ao goleiro santista que atrapalha. Pesa contra diante dos seus rivais. Alisson, Enderson, Cássio, Diego Alves, Weverton são muito mais comunicativos.

Vanderlei é um goleiro calado, discreto.

Não está na sua personalidade cobrar, dar broncas, corrigir posicionamento de zagueiros, volantes, gritar com atacantes mal posicionamentos para receber a reposição de bola.

Tanto Tite como Taffarel consideram este um fator fundamental para os goleiros da Seleção. A falta de comunicação pode ser responsável por um gol que elimine o time da Copa do Mundo, por exemplo.

2reproducao2 A maior injustiça de Tite. Não chamar Vanderlei, do Santos, para a Seleção. É o melhor goleiro brasileiro no momento.  Mas há motivo. Sua timidez é o entrave. O silêncio durante os jogos deixa a Comissão Técnica insegura...

Não adianta apenas pedir para Vanderlei se comunicar melhor. Ele é introspectivo. Não é fácil mudar sua personalidade. Esse é o segredo que atrapalha, sabota a sua real chance na Seleção.

Apesar de ser o melhor goleiro brasileiro neste momento.

A pressão, no entanto, tem sido enorme por parte da imprensa nacional. Foi o grande questionamento a Tite na convocação de ontem para os jogos contra Equador e Colômbia. O Brasil fará em outubro suas duas últimas partidas pelas Eliminatórias. Enfrentará Bolívia e Chile. Com o time já classificado para a Copa, há a possibilidade de que Vanderlei tenha, finalmente, uma chance.

Mas ele precisa estar ciente.

A timidez, a introspecção são seu calcanhar de Aquiles.

É possível que três goleiros sem os recursos técnicos que tem mostrado acabem na Rússia. Por se comunicarem melhor. Terem a firmeza de cobrar, aos gritos, e até aos palavrões, o posicionamento dos zagueiros. Principalmente nas bolas paradas, escanteios e faltas laterais à área.

Quem observar com calma, 'ouve' o silêncio de Vanderlei.

Muitas vezes esse silêncio o obriga a grandes defesas.

E também a tomar gols evitáveis.

Ele precisa mudar.

Violentar sua personalidade, se preciso.

Caso queira sonhar com a Copa do Mundo.

E tirar o amargo da boca, que a injustiça sempre traz...
 A maior injustiça de Tite. Não chamar Vanderlei, do Santos, para a Seleção. É o melhor goleiro brasileiro no momento.  Mas há motivo. Sua timidez é o entrave. O silêncio durante os jogos deixa a Comissão Técnica insegura...

http://r7.com/0cHl