A Copa São Paulo de Juniores de 2014 está nas mãos do Corinthians. Se ele aderir ao boicote ao São Paulo, a competição estará implodida. Cariocas e mineiros não aceitam disputar o torneio mais importante do País. Acusam o clube de Morumbi de aliciar suas promessas…

2reproducao1 A Copa São Paulo de Juniores de 2014 está nas mãos do Corinthians. Se ele aderir ao boicote ao São Paulo, a competição estará implodida. Cariocas e mineiros não aceitam disputar o torneio mais importante do País. Acusam o clube de Morumbi de aliciar suas promessas...
É uma das maiores humilhações na história do São Paulo.

Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo...

Atlético Mineiro, Cruzeiro...

Coritiba, Sport e Vitória.

Esses clubes tradicionais decidiram.

Não querem disputar o torneio mais tradicional de juniores do País.

A Copa São Paulo.

O motivo do boicote: acusações de aliciamento às suas revelações.

A estratégia seria simples.

O clube de Juvenal oferece mais dinheiro às famílias dos garotos.

Aos que se destacam em outros times.

E os leva para o CT de Cotia.

O São Paulo teria rompido um acordo firmado na própria CBF.

Entre as maiores equipes do Brasil.

De respeitar as revelações alheias.

Nove clubes já enviaram carta para a FPF desistindo da competição.

Especificando o motivo, a participação do São Paulo.

O presidente Marco Polo del Nero está dividido.

Não pode ficar contra um dos maiores clubes de seu estado.

Não contra a equipe que tem profunda ligação com o presidente da CBF.

Marco Polo tem em José Maria Marin seu principal cabo eleitoral.

O dirigente paulista o quer suceder na maior entidade do futebol brasileiro.

E não deseja o confronto.

As acusações contra os métodos do São Paulo na base são antigas.

E provocaram união inédita e boicote já na Taça BH deste ano.

Não entrariam em campo com o clube na competição.

O São Paulo ficou sem saída.

A direção alegou que priorizaria o Campeonato Paulista.

Não foi a Minas Gerais.

A revolta dos clubes continuou.

Porque o clube do Morumbi não teria mudado sua filosofia.

Há outras diretorias que estão propensas a seguir pelo mesmo caminho.

O do boicote em todas as competições que o clube de Juvenal Juvêncio estiver.

Valendo já para a Copa São Paulo de 2014.

O Atlético Paranaense, o Goiás, o Figueirense, a Ponte Preta analisam.

Pensam se vale a pena politicamente comprar a briga.

Em São Paulo há dois rivais ainda em dúvida.

E se desistirem da Copa provocarão um caos.

Corinthians e Santos.

O clube do Parque São Jorge venceu oito vezes a competição.

É o maior colecionador de títulos.

E dona da maior torcida paulista.

Tem em Andrés Sanchez rival de Marco Polo na briga pela CBF.

Ele nunca se conformou com a perde de Lucas.

O jogador treinava no Corinthians e tinha o apelido de Marcelinho.

Foi para o São Paulo e acabou vendido para o PSG por R$ 108 milhões.

Sem o Corinthians viria a desmoralização à Copa São Paulo.

Duríssimo golpe no presidente da FPF.

A cúpula corintiana também não aceita os métodos usados no Morumbi.

Há muitas discussões sobre o tema no Parque São Jorge.

Assim como no último campeão, o Santos.

Os dirigentes também seguem na mesma linha.

Não acham corretas as atitudes do rival.

São contra os métodos são paulinos nos bastidores.

Não compram a briga de forma explícita.

Mas Odílio Rodrigues não quer abrir mão da Copa São Paulo.

Bahia, Grêmio, São Paulo e Palmeiras já confirmaram participação.

Os palmeirenses nunca venceram a competição que já foi disputada 44 vezes.

2014 será o ano do seu centenário.

Mergulhado em uma crise financeira, é compreensível a omissão.

As denúncias são graves.

O aumento ao boicote foi revelado pelo Lance!

Assim como a ESPN publicou o e-mail definitivo sobre a união contra o São Paulo.

 A Copa São Paulo de Juniores de 2014 está nas mãos do Corinthians. Se ele aderir ao boicote ao São Paulo, a competição estará implodida. Cariocas e mineiros não aceitam disputar o torneio mais importante do País. Acusam o clube de Morumbi de aliciar suas promessas...

Ele foi enviado por René Simões a mais de 50 dirigentes do País.

Em maio deste ano.

René havia trabalhado e pedido demissão do CT de Cotia.

É lá que o São Paulo reúne toda sua categoria de base.

Ficou pouco tempo, saiu revoltado com o que viu.

E foi muito além das ótimas instalações e excelentes gramados.

Foi trabalhar no Vasco.

E mandou esse e-mail perturbador a mais de 50 dirigentes brasileiros.

"Sei que não tenho sido atuante como gostaria. Mas sei que entendem o momento que estou passando no Vasco. Estou em lua-de-mel. Cada dia é uma foda. Mas sei que vamos dar a volta por cima. Estou preocupado com a Taça BH. O Vasco exigirá a lista de convidados antes de dar a sua resposta. (...) Hoje temos, mais uma vez, o São Paulo roubando dois jogadores da Portuguesa. Chegamos o momento que sabíamos que chegaríamos um dia. Ou encaramos de frente ou colocamos o rabinho entre as pernas. E deixamos aos canalhas de plantão a direção do futebol brasileiro. Como já relatei em outro e-mail, não cobro nada de ninguém. Mas se estamos juntos, chegou a hora!"

Foi o estopim do boicote ao São Paulo na Taça BH.

O ex-diretor do Morumbi, Adalberto Baptista tentou responder.

"O Renê está chateado porque ele vem perdendo atletas seguidamente e está em um clube que, infelizmente, vive em condições precárias de higiene, sem papel higiênico, tampa na privada, esgoto a céu aberto. Além de tudo, aqueles jogadores que têm contrato, com uma ajuda de custo, não estão recebendo. Esses jogadores estão conseguindo a liberação da Justiça e indo para outros clubes, mas quando vêm para o São Paulo, dá Ibope."

Sua arrogância só piorou as coisas.

E o boicote foi confirmado.

O São Paulo teve de desistir para não ser 'desconvidado'.

Mas a situação de René Simões ficou insustentável no Vasco.

Um mês depois da divulgação do e-mail, ele deixou o clube.

Juvenal Juvêncio acreditou que tudo iria parar em Minas Gerais.

Não chegaria nunca à Copa São Paulo.

Ela é a competição de base com maior visibilidade do País.

Só que a revolta dos times cariocas e mineiros continua enorme.

Passou para o Coritiba, Sport e Vitória.

Figueirense, Goiás e Atlético Paranaense também estão dispostos a ficar fora.

Os revoltosos sabem que o Corinthians poderá ser o fiel da balança.

Uma adesão ao boicote e a Copa São Paulo será implodida.

Marco Polo del Nero desgastado.

Finalmente o alegado assédio do São Paulo aos garotos será exposto.

Ficará claro se o que faz é justo.

E vai além da legalidade, é ético.

Clubes não tomariam uma atitude tão drástica à toa, por acaso.

A Federação Paulista de Futebol quer lavar as mãos.

Enviou carta aos dirigentes dos clubes rebelados.

Pede que repensem o boicote.

Não é esse tipo de atitude que se espera de um presidente da CBF.

Marco Polo del Nero tem de agir.

Ter atitude, descobrir o que acontece.

Não fechar os olhos diante das acusações.

Enquanto titubeia, o sucesso da Copa São Paulo de 2014 não depende mais dele.

Está nas mãos dos dirigentes do Corinthians.

Do presidente delegado Mario Gobbi.

Se ele aderir ao boicote ao rival do Morumbi será um desastre.

Ou talvez seja aberta a caixa de Pandora que muitos querem esconder.

Venha à tona o que acontece de verdade nas categorias de base do Brasil.

Principalmente no São Paulo Futebol Clube...
2gazeta A Copa São Paulo de Juniores de 2014 está nas mãos do Corinthians. Se ele aderir ao boicote ao São Paulo, a competição estará implodida. Cariocas e mineiros não aceitam disputar o torneio mais importante do País. Acusam o clube de Morumbi de aliciar suas promessas...

118 Comentários

"A Copa São Paulo de Juniores de 2014 está nas mãos do Corinthians. Se ele aderir ao boicote ao São Paulo, a competição estará implodida. Cariocas e mineiros não aceitam disputar o torneio mais importante do País. Acusam o clube de Morumbi de aliciar suas promessas…"

2 de October de 2013 às 08:27 - Postado por Cosme Rímoli

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Gesiel
    - 4 de outubro de 2013 - 11:11

    Essa historia de aliciamento de jogador é uma bobagem! Qualquer jogador que TENHA UM PAI PRESENTE ou um representante decente, vai procurar o melhor. Se um jogador TEM FUTEBOL SUFICIENTE, para despertar o interesse de outros clubes, "é claro que ele vai receber VARIAS PROPOSTAS" de contratação, e vai optar pela melhor. E' claro que se um jogador, por exemplo do cortinhians, despertasse o interesse do São Paulo, obviamente que os país, o agente ou até mesmo ele, iria preferir jogar num time com uma grande estrutura como o São Paulo, que tem o CT da barra funda e o centro de formação em Cotia; do que jogar no antigo terrão do corinthians. E esses times estrangeiros como o Milan, o Real Madrid, o Barcelona, Bayer de monique e etc; que VÊEM COM ESTÁ desculpa de colonias de ferias: NÃO ESTÃO ASSEDIANDO JOGADORES? Quando o Real Madrid, LEVOU O NEYMAR e promoteu ATÉ EMPREGO PARA OS PARENTES DELE, como o Barcelona fez COM O MESSI, isso não é assedio? SOBRE o RENE SIMÕES. Certa vez ELE USOU DE CRITICAS DURAS ao Neymar para definir a postura de INSUBORDINAÇÃO contra o tecnico Dorival Junior. Na epoca o Rene disse que NUNCA TINHA VISTO um jogador com um comportamento tão terrivel, como o Neymar, e que O Brasil estava CRIANDO UM MONSTRO. Pois bem, por DIVERSAS VEZES perguntei ao Rene Simões, se ele ESTIVESSE NO SÃO PAULO, e "O ROGERIO CENI TIVESSE A MESMA ATITUDE QUE TEVE O NEYMAR", e que ele condenou, "O QUE ELE FARIA", visto que o Rogerio Ceni tinha feito algo semelhante com o tecnico Sergio Baresi? O René NÃO DEU RESPOSTA. Talvez isso também seja uma BOA RESPOSTA ao que ele costuma opnar.

    Responder
  • Cléber
    - 4 de outubro de 2013 - 00:07

    Jogar em qualquer clube grande é um sonho. Acho válido esse boicote, mas e o que os clubes das capitais fazem com os do interior? Pelo poder político e econômico que tem, eles inviabilizam a ascensão dos clubes mais humildes. E não é só aqui no Brasil. Por exemplo, na Alemanha o clube mais odiado é o Bayer de Munique, por fazer exatamente o que acusam o SPFC.

    Responder
  • Alan Rodrigo Lima Oliveira
    - 3 de outubro de 2013 - 23:27

    Então, tá, o SPFC realmente alicia jogadores e merece ser boicotado pelos demais clubes. Bacana, agora, srs. dirigentes, vamos nos unir e boicotar tambem os demais podres do futebol brasileiro?? Boicotar os horários absurdos dos jogos que terminam à meia-noite em plena quarta??? Boicotar os inúteis estaduais?? Boicotar a violência das torcidas organizadas?? Alguem aí acredita que algum dia rolarão esses boicotes??? Boicotar o clube mais bem sucedido nas categorias de base é fácil até pelo que o próprio Cosme comentou em resposta a um leitor, é uma zona total as categorias de base no Brasil, quero ver eles boicotarem as inúteis federações com seus estaduais igualmente inúteis, quero ver Fluminense e Botafogo boicotarem a emissora do plim-plim quando ela decide alterar as datas das semifinais do carioca e fazer o Bostafogo jogar no sábado, em vez de no domingo como estava programado só porque o Fluminense dá mais audiência. Em suma, o SPFC pode até não ser santo nessa história, mas é óbvio que toda essa palhaçada não passa de uma armação politiqueira pra cima do Soberano Em tempo: É sintomático que Santos e Internacional(que são, junto com o São Paulo, os clubes que mais revelam jogadores no Brasil nos últimos anos) não estejam participando dessa farsa politiqueira, enquanto os 4 do Rio, que não têm dinheiro nem pra pagar a conta de água, quanto mais pra manter um CT de Base, estão.

    Responder
  • Paulo Castelli
    - 3 de outubro de 2013 - 18:24

    Cosme, o Corinthians já aderiu ao boicote e agora?

    Responder
  • Hmc
    - 3 de outubro de 2013 - 14:50

    O egocentrismo parece ser contagioso. Ou então é a mais absoluta ignorância, visível pela qualidade dos comentários. Li o comentário de um oligofrênico dizendo que "os clubes de MG tremem quando vêm as condições do CT de Cotia". Somente uma personalidade asinina pra blaterar tremensa asneira. Toca da Raposa I foi durante pelo menos 15 anos o CT escolhido pela CBF para as selecoes em preparacao para as Copas. Somente com a construcao da Granja Comari a CBF deixou de utilizar a Toca I. Toca II é, junto com o recém construído CT do Patético o melhor CT atualmente do Brasil.

    Responder
  • daniel
    - 3 de outubro de 2013 - 11:52

    COMO SEMPRE O CORINTHIANS É O DIVISOR DE AGUAS, TANTO, COMO FOI NO CASO CLUBE DOS TREZE, COMO AGORA. CORINTHIANS, É A LOCOMOTIVA DO FUTEBOL BRASILEIRO!

    Responder
  • danilo
    - 3 de outubro de 2013 - 08:50

    ja vi comentários que na base do vasco tinha garoto pegando micose e bixo de pé, não tinha papel higiênico! vai reclamar porque o cara saiu de lá??? fala sério!

    Responder
  • danilo
    - 3 de outubro de 2013 - 08:45

    quando vem empresário tirar jogador do SPFC alegando falta de salário, ou qualquer irregularidade mentindo, ninguém diz nada! e vai além, elogia o cara dizendo que joga muito e não sabe como não jogava no são paulo. empresário tentou tirar casemiro, diogo(hoje dispensado) e conseguiu oscar! quando é pra vir pro são paulo não pode não! é assédio! VSF! melhorem suas bases! não tem dinheiro pra base, não tem pra salário e vai reclamar de que? fecha as portas!

    Responder
  • Ricardo
    - 3 de outubro de 2013 - 01:41

    Harley - 02/10/2013 - 10h04 vc acha q sabe tudo do Corinthians mais deveria ver a história podre do seu timinho .. Como vcs ganharam o Morumbi do governador de São Paulo o terreno da prefeitura pra construir o CT da Barra Funda e de Cotia !!! Tão devendo a segundona do paulistinha!!! Reu time é SOBERANO Da hipocrisia!!

    Responder
  • Flávio
    - 3 de outubro de 2013 - 01:28

    Podem escrever, o ano que vem vai ter Copa São Paulo de Futebol Juniors normalmente, como todos os anos. Os clubes não são débil mentais de boicotar o São Paulo. Porque se o boicote acontecer e os clubes denunciarem a política de base do São Paulo, não restará nada ao São Paulo a não ser denunciar as políticas de base dos outros clubes, e aí? Ou outros clubes vão se arriscar a ter seus esquemas de futebol de base expostos? Claro que não! O próprio Andres Sanchez do Corinthians afirmou que mudou tudo no Corinthians menos a base, porque não conseguiu. Nos outros clubes não é diferente. Os clubes não serão suicidas de abrir tal caixa de pandora. Então relaxem, ano que vem a Copa São Paulo rolará normalmente, como sempre...

    Responder
1 2 3 4 5