divulgação13 A conversa entre Ronaldo, Demi e Ashton. Mais ou menos como ela aconteceu... Mais ou menos...
Não há porque duvidar do envolvimento de Ronaldo, a preocupação com o futuro do Corinthians na Libertadores...

Quem esteve no reservadíssimo almoço que ele deu para Ashton Kutcher e Demi Moore conseguiu ouvir a conversa.

Os três estavam muito preocupados.

A conversa foi mais ou menos assim...

Mais ou menos...

"Ashton, como é que você acha que precisamos jogar para ganhar do Tolima?"

"Ronaldo, acredito que a melhor coisa é forçar as jogadas pelas laterais..."

"Ah... e vê se deixa o Bruno Cesar chutar mais para o gol, o garoto está constrangido.

Pior do que eu no Ghost...

Que filme chato...

Minhas cutículas têm barro até hoje..."

"Eu sei o que você quer dizer, Demi, só que o Chuta Chuta estava precisando de uma dura.

Corria para receber o passe e ele chutava, eu não tenho mais idade e nem peso para me desgastar à toa..."

"Agora, você já perguntou para o Tite por que a defesa estava jogando em linha na quarta-feira?

Você viu que o gol que eles marcaram foi legítimo..."

"Nem me fala, Ashton... Se eu não dou um grito o auxiliar não levantava a droga da bandeira...

E aí tudo seria pior...

Passamos muitos susto, parceiro...

Mas eu não vou conversar com o Tite, ele que arrume a defesa como quiser.

Já estou tentando orientar o meu peixe, o Dentinho, e também o meu pulmão, o Jorge Henrique...

Tenho de pressionar os árbitros que trabalham nos nossos jogos.

Depois dar entrevista...

E tudo o que eu falo é manchete...

Sorte tem o Ronaldinho Gaúcho que não fala coisa com coisa..."

" Dear Ronaldo, você acha que a situação vai ficar feia se o Corinthians for eliminado na Pré-Libertadores?

Poor, Andres Sanches.. Eu estou very preocupada"...

"Calma, Demi...

Ele já se consagrou.

Conseguiu o estádio.

Mesmo se não vier a classificação, vai ficar tudo bem.

Enrolaram mais para construir um estádio do que o final da série That's 70 Show...

Ele ainda vai sair de herói, aliás, o Andrés é meu herói..."

"Não apela, Ronaldo.

Estou mesmo preocupado.

Não quero saber de estádio, carnaval da Gaviões.

Quero ver o Corinthians ganhando a Libertadores...

Já coloquei no meu twitter que não morrer enquanto o Corinthians não ganhar a Libertadores..."

"Tá querendo viver muito, hein Ashton...

Você é bastante esperto...

Mas você sempre foi assim, o Bruce Willis que o diga..."

"Não seja assim, Ronaldo...

Estamos preocupados se o melhor é o Corinthians entrar com o 4-4-2 ou o 4-3-3 contra o Tolima.

Aliás, o Tite está usando a estratégia do Mano.

Ele deveria esquecer esse fantasma..."

"Ah, não...

Demi, não vá falar sobre fantasma...

Daqui a pouco vamos estar lembrando de Ghost, de novo...

E aquela música grudenta...

Vou te levar para ouvir um funk na comunidade do Adriano, Demi.

Você está precisando..."

"Dou you quer apelar, eu apelo.

Quantas vezes você chora por dia de saudade do Elias?"

"Aí pegou pesado, Ashton...

Eu deveria ter dado dois salários meus e ter o ter segurado aqui...

Já tinha visto o filme Desmanche I com a saída do André Santos, Douglas e do Cristian...

Tive de ver o Desmanche II, a Revanche.

Perder o Elias foi como perder meio time.

Eu sou a outra metade, claro..."

"E como foram as conversas com o Adriano, com o Luís Fabiano, baby?"

"Ah, eu fiz como diretor de cinema mal intencionado...

Prometi mundos e fundos...

Falei em patrocínio, ser campeão disso, daquilo, Seleção Brasileira....

Festa no Pops Drinks, em Presidente Prudente...

Prometi tudo...

Mas ouvi o não...

Chorei no ombro do Roberto Carlos por três dias...

Por falar nisso, Demi, você tem o telefone do Tevez, de um tal de Liédson, do Geraldão Manteiga?"

"Sorry, não tenho, não...

Mas queria ver de novo o Geraldo Butter no nosso time."

"Mas vamos falar um pouco mais do Tolima, Ronaldo?"

"Relaxa, Aston...

Estamos aqui comendo.

Não me irrite que me dá azia.

Já chega ter de ouvir e tentar entender o que o Tite diz.

Isso também me dá azia..

Eu estou já cansando de falar.

Vou twittar..."

"Mas me diz se é melhor jogar o Morais no lugar do Bruno César..."

"Agora, não.

Quero twittar...

O Roberto Carlos está esperando uma resposta minha.

Aliás, sua.

Quer saber como vocês convivem com o Bruce Willis tão bem..."

"Não perturbe, Ronaldo.

Nós viemos aqui para nos acalmar, queremos ver o Corinthians goleando o Tolima."

"Demi, até você?

Deixa comigo.

Futebol é como aqueles filmes para adolescentes que o Ashton está fazendo.

A gente sofre no começo e no final, todos se dão bem...

Menos os bandidos...

Os bad guys são os jogadores do Tolima, did you understand?

Você pensa que não sei esnobar no inglês?"

"Claro, Ronaldo...

Mas quero te falar que as coisas estão mudando em Hollywood...

Os bandidos estão ganhando no final de alguns filmes..

Não nos decepcione na Colômbia..."

"Pode deixar, Demi...

Me passa o purê, essa conversa toda me deu fome..."

"Tá bom, mas você pode repetir de novo a letra do 'Aqui tem um bando de loucos..."

"Ah, não...Outra vez, Demi, você ainda não decorou?"

"Aqui tem um bando de loucos. Loucos por ti, Corinthians"...

"Pô, Ashton, derrubou de novo o vinho..

Sossega..., pense no Bruce Willis..."

"Só se você pensar no Tolima...

Esquecer as badalações fúteis...

Focar responsabilidade do jogo...

No que a Libertadores significa para quem ama o Corinthians, my friend..."

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/si9m