divulgacao779 A apresentação mais sem empolgação do futebol brasileiro. Adriano desconfia do Corinthians. E o Corinthians desconfia de Adriano...
Ele fez questão de não beijar a camisa.

Beijos só para a do Flamengo, clube que ama e o rejeitou.

Nem a vestiu diante dos fotógrafos.

O físico malhado faz parte do passado.

Ele não quis mostrar suas atuais gordurinhas...

E se mostrou muito incomodado, desambientado.

Como se estivesse chegando a um time da Malásia, onde nada sabe...

Nunca se interessou...

Foi preciso que Ronaldo o descontraísse e garantisse que estava dando o passo mais certo da carreira...

Adriano não tem a menor intimidade com o Corinthians...

E não fez questão de esconder...

Quer apenas ser o profissional que nunca foi no Flamengo, na Inter de Milão e na Roma...

Vivido, ele sabe que não houve uma empolgação verdadeira com a sua chegada...

A sua contratação é vista como uma oferta de ocasião...

O preço mais barato por um atleta desacreditado, contundido, rejeitado pela Europa...

A falta de torcedores hoje no CT do Parque Ecológico foi proposital...

O tal amor infinito que Adriano nutre pelo Flamengo acabou com a empolgação da torcida...

Há dias, faixas dos torcedores corintianos recomendavam que procurasse voltar à Gávea...

Ele bem que gostaria, mas Luxemburgo falou mais alto do que a presidente Patricia Amorim e fechou o clube para ele...

A apresentação lembrou mais um interrogatório...

Ficou claro que a imprensa paulista não acredita no jogador...

Principalmente pelas confusões que aprontou fora do campo...

Não há a cumplicidade que houve no Rio de Janeiro...

Pelo contrário...

Adriano será vigiado de perto.

Não só pelos paparazzi como também pelos torcedores uniformizados...

Eles fizeram um pacto de caçar Adriano pela noite paulistana...

Se ele for visto de madrugada em alguma balada, a ordem é avisar os chefes de torcida...

E eles passarão as informações a jornalistas...

Ou seja: Adriano não terá vida fácil.

Ele sabe disso.

Lembra bem a vida dura que teve no São Paulo.

As discussões com Muricy Ramalho, com os dirigentes.

O aviso da direção do clube à Inter de Milão que não ficaria com Adriano de jeito nenhum.

Nem de graça.

"Ele é indomável", repetiu Juvenal Juvêncio na terça-feira.

Ao final da coletiva de apresentação, o clima de antipatia entre o jogador e a imprensa era nítido...

Andres tentou amenizar, desviar o foco, mas não conseguiu...

O Imperador não combinou com a República de loucos...

Ronaldo será fundamental na tentativa de costurar a difícil harmonia...

Os dirigentes corintianos dão de ombros e avisam que o contrato é de risco.

Ou seja: se aprontar, atrasar ou sumir, Adriano pode ser dispensado sem o pagamento de multa, nada...

Acostumado com o amor de mãe da torcida flamenguista, Adriano está desconfiado com os corintianos...

E os corintianos com ele....

Ainda mais depois que garantiu que não comemorará gols contra o São Paulo...

O início de Adriano no Corinthians foi de pura e pesada desconfiança...

O clube não sabe se acertou apostando em um jogador tão problemático...

Que se recuperou de um trauma que misturou alcoolismo e depressão...

E Adriano se mostra tenso...

Deu a Ronaldo todo o controle da sua carreira e ele o levou ao Corinthians...

Clube que nunca desejou jogar...

Esse foi o digno primeiro dia de um casamento feito por procuração...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/JfLl